Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Belita, a Rainha dos Couratos

Belita, a Rainha dos Couratos

Ter | 14.01.20

se não é a bem...

 

Se não as podes vencer, junta-te a elas!

É o meu lema quanto às urtigas que nascem e se reproduzem sem dó nem piedade na minha horta. E como no inverno pouco mais cresce, deixá-las crescer que até as como!

 

Esparregado de Urtigas

 

IMG_20200101_123623.jpg

 

1 molho de urtigas 

Sal q.b.

2 dentes de alho

Azeite q.b.

1 colher de sopa de farinha de trigo

50 ml de leite

1 esguicho de vinagre

 

Escolher as urtigas deixando apenas as folhas e a parte de cima com talo.

Encher um tacho de água e quando ferver adicionar o sal e mergulhar as urtigas e deixar levantar fervura. Retirar do lume, escorrer e deixar arrefecer.

Quando estiver morno espremer bem o excesso de água e picar no robot de cozinha ou com uma faca muito bem afiada.

Aquecer o azeite numa frigideira e alourar os dentes de alho bem picadinhos. Adicionar as urtigas picadas e mexer. Polvilhar com a farinha, envolver e juntar o leite mexendo sempre. Quando estiver com a consistência desejada (pode ser necessário mais ou menos leite) deita-se um esguicho de vinagre, mexe-se novamente e serve-se.

 

Nota: pode ser feito com nabiças ou espinafres