Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Belita, a Rainha dos Couratos

Belita, a Rainha dos Couratos

Sex | 15.02.19

quando me pedem com jeitinho

 

Não sei quem é que diz que de Espanha nem bom vento nem bom casamento.

De todas as vezes que lá vou (e convém dizer que ‘a minha Espanha’ fica a pouco mais de 150 kms) não me lembro de não ter gostado seja do que for. Mas isto como se costuma dizer, a opiniões são como os narizes… todos temos um 

Mas que não restem dúvidas quanto a esta receita!

É do melhor e só conheço uma pessoa que não iria gostar porque não gosta de queijo (eu nem sabia que havia pessoas dessas!).

Nunca fui ao restaurante La Viña em San Sebastián mas garanto que quando lá for só vou querer disto, esqueçam lá o resto dos pratos 

 

Tarta de Queso de La Viña

 

IMG_20190210_121543.jpg

 

450 grs de queijo-creme

200 grs de açúcar

4 ovos pequenos

1 colher de sopa de farinha de trigo

250 ml de natas

 

Molhar um papel de ir ao forno e amachucar numa bola. Abrir e com este papel todo enrugado forrar uma forma de 20 cms de diâmetro, de preferência de aro mas as outras também dão. Não é preciso untar.

Pôr todos os ingredientes numa taça e mexer com a batedeira ou com uma vara de arames até estar uma massa lisa e sem quaisquer grumos.

Deitar a massa na forma forrada e levar ao forno 40 minutos. Apagar o forno e entreabrir a porta deixando arrefecer (retirei ao fim de 20 minutos e deixei arrefecer completamente fora do forno). Levar ao frigorífico até ser necessário.

Servir frio mas sem estar gelado (ou seja, deve-se retirar do frigorífico uma meia hora antes de servir).

 

Nota: a receita adaptei-a da que encontrei no Directo al Paladar

 

1 comentário

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.