Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Belita, a Rainha dos Couratos

Blogue de receitas flexitarianas (carne, peixe e assim-assim)

Belita, a Rainha dos Couratos

Blogue de receitas flexitarianas (carne, peixe e assim-assim)

Seg | 09.05.22

o que é natural é bom...

 

O meu iogurte favorito é o natural, sem sabores, pedaços, sem ser líquido e branquinho, é como eu gosto. E é tão fácil de fazer em casa que a maioria das vezes nem me dou ao trabalho de comprar. Depois acrescento o que me apetece: mel, frutas, granola, compotas, conforme o 'apetecia-me algo' do dia. E também podem ser usados em receitas que pedem iogurte: quiches, marinadas, sobremesas.

Agora que não preciso de usar a minha lancheira para levar o almoço para o trabalho, uso-a para fazer iogurtes. Se podia fazê-los numa daquelas máquinas super-mega-hiper-xpto que há à venda e que cozinham e tudo?

Podia. Mas não era a mesma coisa...

 

Iogurte Natural

 

photocollage_20225994232693.jpg

 

1 litro de leite fresco meio gordo (usei marca branca)

1 iogurte natural (usei marca branca)

 

Aquecer o leite até estar morno e agradável ao toque (ou usar um termómetro para alcançar os 45ºC).

Dissolver o iogurte natural no leite morno e mexer bem. Coar esta mistura para dentro de frasquinhos limpos e secos e tapar.

Encher dois frasquinhos com água a ferver e colocar todos os frascos, os que têm a mistura de leite e os que têm água a ferver, dentro de uma lancheira. Fechar bem e guardar onde não seja mexido durante oito horas (pode ser dentro do forno, por exemplo).

Ao fim desse tempo retirar os frascos de iogurte da lancheira e guardar no frigorífico até serem consumidos.

 

20220504_200822.jpg

 

Notas:

Os frascos podem ser quaisquer, usei uns que me ofereceram e que levam 200ml cada;

A minha lancheira [marmita para alguns] é de neopereno mas também podem ser usadas aquelas que têm o interior que parece papel de alumínio;