Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Belita, a Rainha dos Couratos

Belita, a Rainha dos Couratos

Qui | 19.11.15

O Jack...

 

O Jack é o pai de uma das minhas cunhadas. É americano, vive no Massachussets e gosta de cozinhar.

A única vez que fui aos Estados Unidos gostei muito de um prato feito pela minha cunhada e cuja receita lhe tinha sido dada pelo pai.

Mais de vinte anos depois, encontrei o cartãozinho onde estava a receita e tive que a fazer. Cá está mais ou menos como explicado.

 

Costeletas no forno à moda do Jack

 

costel.JPG

 

2 costeletas de porco, grossas

Sal e pimenta q.b.

Sumo de 1 limão pequeno

Azeite q.b.

1 copo de arroz (usei vaporizado)

2 copos de água ou caldo de carne

1 cebola roxa (ou branca)

3 dentes de alho

¼ de pimento vermelho

Brócolos a gosto (usei congelados)

 

Aquecer o forno.

Temperar as costeletas com sal, pimenta e sumo de limão e alourar em azeite, numa frigideira.

Num tabuleiro de ir ao forno, ou pyrex, põe-se o arroz no fundo e por cima põe-se a água ou caldo de carne. Se se usar água deve-se temperar o arroz com uma pitada de sal, com o caldo de carne não será necessário pois já tem sal.

Espalha-se a cebola cortada em meias-luas, os dentes de alho picados, o pimento cortado em tirinhas e os brócolos sobre o arroz e ajeitam-se as costeletas sobre tudo bem como o líquido que está nas frigideira de as alourar.

Leva-se ao forno até o arroz estar cozido, não tomei nota do tempo mas penso que rondou os 40 minutos.

 

Nota: A receita original levava milho, ervilhas e calda de tomate. Usei o que tinha à mão por isso fiz antes com brócolos. Isto para dizer que este prato é do mais versátil que há e pode ser feito com imensas alterações, cogumelos, cenouras, curgetes, frango, etc.

 

2 comentários

Comentar post