Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Belita, a Rainha dos Couratos

Belita, a Rainha dos Couratos

Ter | 23.04.19

fresquinho da Ria

 

Quando o peixe é comprado na praça ou supermercados podemos sempre pedir que seja amanhado e preparado como queremos. Mas quando o compramos à porta de casa ou quando temos amigos pescadores que nos dão algum peixe de vez em quando, temos que ser nós a amanhá-los. E embora não custe nada a fazer, o que é certo é que passadas umas horas ainda temos as mãos a cheirar a peixe. Sim, eu sei da existência de luvas mas não sou capaz de usar, gosto de meter ‘as mãos na massa’.

Uma das maneiras de escamar o peixe e evitar que as escamas andem a voar pela cozinha é fazê-lo sob a água da torneira a correr. Outra maneira é fazê-lo com o peixe dentro de um saco de plástico (o mesmo onde o peixe vem da loja).

Para retirar o cheiro das mãos aconselho esfregar muito bem as mãos com meio limão e depois lavar com detergente da louça. Não é infalível mas já ajuda.

 

Robalos no Forno

 

IMG_20190420_122357.jpg

 

2 robalos frescos

1 dente de alho grande, picadinho

2 raminhos de alecrim

2 rodelas de limão

Sal q.b.

Azeite q.b.

 

Pôr os raminhos de alecrim e as rodelas de limão dentro da cavidade dos robalos.

Pôr um fio de azeite no fundo de um tabuleiro, por cima os robalos. Temperar com sal e o dente de alho picado e mais um fio de azeite por cima.

Levar ao forno por 15 a 20 minutos e servir com batata cozida e espigos de couve cozidos.