Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Belita, a Rainha dos Couratos

Belita, a Rainha dos Couratos

Ter | 16.06.15

à Galega

 

Uma receita muito fácil e que apesar de parecer peixe cozido comum, fica bem diferente com a utilização deste molho.

A receita original leva ervilhas mas como tenho tido abundância de ervilhas tortas e como as prefiro às normais, usei as tortas.

De resto é comer e chorar por mais…

 

Pescada à Galega

 

IMG_4328.JPG

 

2 postas de pescada

4 batatas

1 mão-cheia de ervilhas tortas

½ cebola

2 dentes de alho

Azeite q.b.

Sal

1 colher de pimentão em pó

 

Cozer as batatas cortadas em rodelas grossas juntamente com a cebola. Quando estiverem quase cozidas, adicionar as postas de pescada e deixar levantar fervura. De seguida adicionam-se as ervilhas tortas e deixa-se acabar de cozer, cerca de cinco minutos ou um pouco mais, dependendo da grossura das postas de pescada.

Entretanto numa frigideira salteiam-se os alhos amachucados, com pele, no azeite apenas até dourar. Retira-se a frigideira do lume e retiram-se os alhos. Deixa-se arrefecer ligeiramente o azeite e adiciona-se o pimentão, mexendo. Deita-se esta mistura para uma taça para repousar o pimentão no fundo.

Escorre-se a água às batatas, ervilhas e pescada e servem-se com o molho de azeite e pimentão.

 

Nota: esta forma de cozinhar o peixe é muito usual na Galiza e pode-se usar, além de pescada, raia, bacalhau fresco, tamboril, etc.

 

1 comentário

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.