Sexta-feira, 21 de Fevereiro de 2014

que lindins :)

Nem costumo fazer sobremesas que levem muitos ovos. Sou comedora ‘compulsiva’ de ovos de todas as maneiras e feitios (ao ponto de me perguntarem como é que ainda tenho fígado {#emotions_dlg.sarcastic} ) por isso evito receitas que levem muitos ovos na sua composição.

Mas quando vi esta receita soube que tinha que a experimentar, até porque estes foram partilhados pelo que o estrago não foi demais.

 

Quindins

 

 

5 gemas (usei apenas 4)
2 ovos inteiros
1 chávena de açúcar
1 colher de sopa de manteiga amolecida
100 grs de coco ralado
2 colheres de sopa de água
1 colher de chá de essência de baunilha

Manteiga e açúcar para as forminhas

 

Numa taça bater os ingredientes pela ordem apresentada.

Deitar a mistura em forminhas de queque untadas com manteiga e polvilhadas de açúcar (deu para 9 forminhas).

Levar ao forno em banho-maria num tabuleiro com água a ferver por cerca de 40 minutos.

Desenformar com a ajuda de uma faca quando estiverem mornos e pôr em forminhas de papel plissado.

 

tags:
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (2) | favorito
Segunda-feira, 2 de Dezembro de 2013

um patê

Um ovo cozido. Uma indecisão. Um lanche domingueiro. Um patê…

 

Patê de Ovo

 

 

1 ovo cozido

1 talo de aipo (sem as folhas)

1 colher de chá de mostarda

1 colher de chá de tahini (ou manteiga de amendoim)

1 colher de sopa de iogurte grego

Sal

Pimenta preta

 

Picar muito bem o ovo e o talo de aipo. Adicionar os restantes ingredientes e mexer muito bem de modo a ficar uma pasta que seja fácil de barrar.

Servir com tostas e tomates cereja.

 

tags:
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
Quinta-feira, 4 de Julho de 2013

ovinhos

Embora vá ao forno, é rapidinho de fazer e para quem adora ovos, é das melhores receitas dos últimos tempos!!!

 

Ovos Gratinados 

 

 

4 ovos cozidos

1 lata de atum

2 colheres de sopa de maionese

1 colher de sopa de cebolinho picado

250 ml de leite

1 colher de sopa de manteiga

1 colher de sopa de farinha

Sal q.b.

Noz moscada q.b.

Pimenta q.b.

50 grs de queijo da Ilha ralado

 

Cortar os ovos ao meio e retirar as gemas. Esmagar as gemas juntamente com o atum (escorrido) e adicionar o cebolinho.

Rechear as metades dos ovos com este preparado (sobra um bocado, dá para usar como pasta para barrar em tostas). Poem-se os ovos com o recheio para baixo num recipiente para ir ao forno.

Entretanto faz-se o molho: numa caçarola derrete-se a manteiga, junta-se a farinha, mexe-se e adiciona-se o leite mexendo sempre para não formar grumos. Quando tiver engrossado tempera-se de sal, noz-moscada e pimenta e junta-se o queijo.

Deita-se este molho sobre as metades dos ovos e leva-se ao forno quente por 20 minutos até alourar.

Servir com uma boa salada.

 

Adaptada desta receita.

 

tags: ,
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
Terça-feira, 16 de Abril de 2013

invenções?

O inverno é sinónimo de molhadas de grelos nas bancas do mercado. No outro dia comprei um molho deles que eram tão grandes e tão tenros que deram para aproveitar de várias maneiras.

Dos talos mais grossos mas ainda bem tenros, saiu este aproveitamento já que esta não é uma época de desperdícios (a bem dizer, nenhuma é…)

 

Ovos mexidos com talos verdes 

 

 

Talos grossos de grelos

1 colher de sopa de azeite

4 ovos

Sal q.b.

Pimenta moída q.b.

 

Descascar os talos dos grelos e cortar com cerca de 2 cms. Dar-lhes uma fervura em água temperada com sal, por quatro ou cinco minutos.

Aquecer o azeite numa frigideira e juntar os talos fervidos. Adicionar os ovos e mexer bem. Temperar a gosto com sal e pimenta e mexer até estar no ponto desejado.

Servir sobre tostas ou torradas com manteiga.

 

tags:
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (1) | favorito
Sexta-feira, 1 de Março de 2013

pavlovinhas

Meus amores e minhas amoras, é só para dizer que a Belita também já está no Facebook.

Vejam ali ao lado a ligação e ‘amiguem-se’ se quiserem.

 

Posto isto, ainda bem que é sexta-feira.

Cá está um doce!

 

Mini Pavlovas 

 

 

3 claras

150 grs de açúcar

1 colher de chá de farinha Maizena

1 colher de chá de vinagre

8 colheres de sopa de iogurte grego

2 colheres de sopa de açúcar em pó

4 colheres de sopa de doce de cereja

Açúcar em pó para polvilhar (opcional)

 

Bater as claras em castelo. Adicionar o açúcar continuando a bater as claras, adicionar também a farinha Maizena e por fim o vinagre, sem parar de bater.

Fazer 4 montes de claras batidas num tabuleiro forrado com papel vegetal. Alisar o topo de modo a ficar com espaço para colocar o recheio mais tarde.

Levar ao forno a 120ºC por cerca de quarenta minutos. Desligar o forno e deixar arrefecer sem retirar as pavlovas (como fiz à noite, deixei até ao dia seguinte).

Bater o iogurte com o açúcar em pó e dividir pelas pavlovas. Por cima deitar o doce de cereja e polvilhar com açúcar em pó imediatamente antes de servir.

 

Nota: Pode ser usado outro doce qualquer ou mesmo fazer uma compota rápida de frutos vermelhos com um pouquinho de açúcar

 

tags: ,
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (2) | favorito
Segunda-feira, 22 de Outubro de 2012

e agora na versão mexidos!

 

Esta é uma sopa para os que gostam muito de tomate maduro. Fica muito boa, com o seu sabor forte e, em vez dos ovos escalfados leva ovos mexidos na própria sopa.

Uma receita antiga, que só agora descobri, e que traz muito boas memórias a quem dela me falou, como a boa comida deve fazer.

 

Sopa de Tomate e Ovos Mexidos

 

 

1 cebola média

2 dentes de alho

3 tomates maduros

4 colheres de sopa de azeite

4 colheres de sopa de vinho branco (ou água)

Sal

2 ovos

Orégãos

 

Num tachinho aloura-se a cebola bem picadinha no azeite, junta-se o alho e deixa-se estalar. Por cima põem-se os tomates pelados e cortados em bocadinhos. Salpica-se de sal e rega-se com o vinho. Deixa-se ferver, baixa-se o fogo e refoga por cerca de 15 minutos mexendo de vez em quando, até o molho engrossar.

Partem-se os ovos para um recipiente e mexem-se. Deitam-se no molho de tomate e mistura-se bem.

Servir com pão (para aproveitar o molho todo!)

 

tags: ,
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
Segunda-feira, 25 de Junho de 2012

almoços portáteis #9

Esta é mesmo uma salada de aproveitamento mas que ficou tão boa que não me importava de passar a vida a comer disto. E não sou arrozeira!!!

O ovo, que quase não se nota, é caseiro como os outros que normalmente uso e que são tão amarelos que até ferem a vista. O que me leva a crer, numa quase científica certeza, que os ovos também podem ser albinos… digo eu…

 

Salada de Arroz Frito 

 

 

 

1 ovo

1 colher de sopa de azeite

1 copo de arroz cozido

3 fatias de fiambre de frango

2 colheres de sopa de queijo Feta esfarelado

4 hastes de cebolinho

 

Aquecer o azeite numa frigideira. Juntar o ovo e mexer para ficar ovo mexido. Adicionar o arroz cozido e o fiambre cortado em quadradinhos e mexer. Juntar o queijo esfarelado e o cebolinho em rodelinhas fininhas e envolver.

Servir quente ou frio.

 

Nota: Usei arroz basmati

 

tags: ,
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (2) | favorito
Quarta-feira, 30 de Maio de 2012

com ovos

Para gastar uns camarõezinhos que não davam nem para tapar a cova de um dente… e assim deram para fazer duas sandochas!

E a cor destes ovos...{#emotions_dlg.tongue}

 

Omelete de Camarão e Salsa

 

 

 

3 ovos

10 camarões cozidos

Sal e pimenta

1 raminho de salsa

Azeite q.b.

 

Descascar os camarões e cortá-los ao meio, ao alto. Picar a salsa.

Bater os ovos, temperar e juntar os camarões e a salsa.

Levar uma frigideira ao lume e deitar um fiozinho de azeite no fundo. Quando estiver quente, deitar os ovos batidos e deixar fritar por dois minutos. Virar a omelete para fritar do outro lado por mais um minuto.

Servir em sandes com alface ou rúcula

 

Nota: Deu para duas omeletes pequenas.

 

tags:
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
Sexta-feira, 18 de Maio de 2012

nigella e eu

As minhas semelhanças com a Nigella Lawson são apenas os quilinhos a mais  e o gosto por comer aquilo que cozinho. De resto qualquer comparação é como se estivesse a comparar a feira da Palhaça com o mês de Agosto… ou qualquer coisa do género {#emotions_dlg.blink}

O que não me impede de experimentar o máximo das suas receitas e devorar (não literalmente) os seus livros como se de bons policiais se tratasse.

 A última aquisição foi o “Nigella Kitchen: Recipes From the Heart of the Home” e esta foi a primeira receita que fiz desse livro.

 

Baked Egg Custard/Leite-Creme no Forno

 

 

600 ml de leite

4 ovos

50 grs de açúcar

2 colheres de chá de extracto de baunilha

Noz Moscada para ralar

Manteiga para untar a forma

 

Aquecer o forno a 140ºC e untar com manteiga uma forma refractária (usei uma de soufflé). Pôr água a ferver no fogão para o banho-maria.

Aquecer o leite mas sem deixar ferver.

Numa taça bater os ovos com o açúcar e a baunilha. Adicionar o leite em fio batendo sempre. Coar esta mistura num passador e deitar na forma untada. Polvilhar com noz moscada ralada de fresco.

Pôr a forma num tabuleiro e deitar a água a ferver no tabuleiro até mais ou menos metade da altura da forma. Levar ao forno por cerca de hora e meia (90 minutos). Retirar e deixar arrefecer.

 

Nota: O meu forno não tem controle de temperatura pelo que ficou em forno médio/baixo e demorou apenas 60 minutos a ficar pronto.

 

tags: ,
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
Terça-feira, 1 de Maio de 2012

ovinhos

Às vezes há receitas que vejo e: Tenho mesmo que experimentar esta! E depois experimento e fico muito feliz porque afinal acabou por ser ainda melhor do que o que eu imaginava e a minha vida nunca mais vai voltar a ser a mesma depois disso!!!

Ou então não é nada disso mas fico feliz na mesma porque uma receita com ovos… só pode ser maravilhosa.

 

Ovos no Pão

 

(antes de ir ao forno) 

 

4 pãezinhos redondos

8 azeitonas

Espinafres salteados

50 grs de queijo Feta

4 ovos

Azeite

Pimenta fresca

 

Retirar uma tampa em cada pão e remover o miolo do interior (reservar para outro uso).

Salpicar com um fio de azeite a parte de dentro do pão e as tampas e polvilhar com pimenta moída. Colocar as azeitonas cortadas em bocadinhos, os espinafres, o queijo Feta esfarelado. Por cima põe-se um ovo e polvilha-se com bastante pimenta.

Põem-se os pães e as tampas num tabuleiro forrado com folha de alumínio e leva-se ao forno até ficar no ponto desejado, cerca de 15 a 20 minutos. A meio pode-se tapar com mais folha de alumínio para não tostar demais.

 

Nota: Podem ser usados outros ingredientes para fazer o recheio dos pães como fiambre, outro tipo de queijo, curgetes ou cogumelos salteados, tomate, pimentos, etc. Pode ser usado queijo de cabra em vez do queijo Feta.

 

(hmmmmmm)

 

tags:
publicado por belitaarainhadoscouratos às 18:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (2) | favorito
Segunda-feira, 6 de Fevereiro de 2012

a culpa era da varinha...

Aprendi a fazer maionese com a varinha mágica em casa de uns amigos de Almada onde me alojei por uns tempos aquando da minha ida para a capital, há muitos anos atrás. E saía-me sempre bem.

Passados uns anos, a minha varinha magica avariou e tive que comprar outra. A partir daí, nunca mais consegui fazer maionese como deve ser. Ficava sempre muito líquida, deslaçada, prontinha para o lixo…

Após inúmeras tentativas, chegou-se à conclusão que o problema era mesmo da anatomia da maquineta já que a receita, embora a olho, era sempre a mesma.

Nova varinha mágica, problema resolvido!

 

Maionese Caseira 

 

 

1 ovo

1 colher bem cheia de mostarda

1 pitada de sal

250 ml de azeite (ou óleo, ou uma mistura dos dois)

Sumo de meio limão

 

Colocar os ingredientes no copo da varinha mágica. Meter a varinha mágica no copo e ligá-la de modo a começar a trabalhar de baixo para cima até estar tudo em creme. Demora cerca de 30 segundos.

 

Nota: Pode ser guardada no friogrífico por três dias. O melhor é fazer quantidades pequenas de modo a não sobrar e fazer fresca sempre que necessário.

Pode-se juntar um dente de alho ou ervas aromáticas para outros sabores.

 

 

tags: ,
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (3) | favorito
Sexta-feira, 2 de Dezembro de 2011

outras gastronomias

Há mais de 20 anos fui a França e estive na zona da Bretanha por uma semana. Uma das duas refeições que ainda recordo com saudade foi esta que comi numa Galetterie. A outra foi um pato caseiro assado numa quinta rural.

As outras, infelizmente não me consigo esquecer delas, de tão más que foram…

 

Galettes Bretonnes

 

 

Para fazer os crepes:

250 grs de farinha de trigo-sarraceno

1 ovo

Sal

4 a 5 dl de água

 

Numa taça põe-se a farinha de trigo-sarraceno e o sal, faz-se um buraco no meio e parte-se o ovo. Mistura-se bem, adicionando a água pouco a pouco. Esta mistura fica sem grumos e deve ser batida no mínimo por cinco minutos para que entre bastante ar na massa. Deixa-se repousar por uma hora ou mais.

 

Para fazer os crepes, aquece-se uma frigideira grande (untar com um bocadinho de gordura antes de fazer o primeiro crepe), mexe-se bem a massa novamente e deita-se uma concha de massa na frigideira. Roda-se para espalhar a massa e deixa-se cozer por dois ou três minutos (fica com uns furinhos na massa). Vira-se o crepe para o outro lado e deixa-se acabar de cozer, mais dois minutos.

Fazer crepes até gastar a massa. Guardam-se num prato largo tapado com papel de alumínio para se manterem quentes. Os crepes que sobrarem podem ser congelados ou usados noutras preparações.

 

Para cada Galette Bretonne

1 ovo

Fiambre

Queijo ralado

 

Põe-se um crepe na frigideira, espalha-se o fiambre no centro, por cima abre-se um ovo e cobre-se com queijo ralado. Dobra-se o crepe no formato desejado e deixa-se estar ao lume até o ovo estar ‘frito’ e o queijo derretido.

 

Nota: O trigo-sarraceno, também conhecido como trigo mourisco, não contém glúten. Pode ser comprado em lojas de produtos naturais.

 

tags:
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
Segunda-feira, 28 de Novembro de 2011

Uma receita para a Maria ou como nem sempre 'less is more'...

Esta receita é muito simples mas muito saborosa. Tanto serve de entrada como de prato principal e a inspiração veio de uma Sopa de Tomate à Alentejana que a Suspeita uma vez publicou.

Agora vai servir para responder ao desafio da Moira, que pedia receitas para a Maria, voluntária das Nações Unidas em Timor Leste e que tem acesso a muito poucos ingredientes e ainda menos utensílios de cozinha.

  

Ovos em Tomatada

 

 

 

1 cebola média

3 tomates maduros

1 raminho de salsa

4 colheres de sopa de azeite

4 colheres de sopa de vinho branco (ou água)

Sal

2 ovos

Orégãos

 

Num tachinho põe-se a cebola bem picadinha. Por cima os tomates pelados e cortados em bocadinhos e a salsa (inteira). Salpica-se de sal e rega-se com o vinho e azeite.

Leva-se ao lume até começar a ferver, baixa-se o fogo e deixa-se refogar por cerca de 15 minutos mexendo de vez em quando, até o molho engrossar.

Parte-se um ovo de cada vez para um recipiente e deita-se sobre o molho de tomate cuidadosamente. Salpica-se com os orégãos e deixa-se acabar de cozer (cerca de 5 minutos). 

Servir com pão (para aproveitar o molho todo!)

 

Nota: Os ingredientes utilizados fazem parte da lista de ingredientes a que a Maria tem acesso

 

tags: ,
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
Segunda-feira, 17 de Outubro de 2011

das sobras

Como esta é uma época de não se desperdiçar nada, as sobras são bem-vindas e dão sempre para vestir uma roupa nova. Aqui, uma sobra de vitela assada equivalente a um bife transformou-se num belo pastelão (ou numa frittata, se quisermos ser cosmopolitas).

Buon Appetito !!!

 

Pastelão de Vitela e Cogumelos

 

 

100 grs de vitela assada

100 grs de cogumelos

1 cebola picada

1 malagueta fresca

3 colheres de sopa de azeite

4 ovos

1 colher de sopa de natas (ou leite)

Sal

Salsa

 

Saltear a cebola e a malagueta no azeite. Juntar os cogumelos cortados em quartos e a carne cortada em quadradinhos.

Saltear, juntar a salsa picada e temperar com sal.

Bater os ovos com as natas e deitar na frigideira. Deixar cozer de um lado por cerca de 5 minutos. Virar e deixar alourar do outro lado por mais três minutos.

Servir com uma salada de tomate.

 

tags: ,
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
Quarta-feira, 28 de Setembro de 2011

cool gadgets

Actualmente quase só se veem batedores de ovos ou de claras daqueles ovais e compridos que se utilizam rodando o braço em circulo.

Este é muito mais prático, é como uma mola que se utiliza carregando para baixo e soltando.

Não custa tanto a bater os ovos e é muito mais giro {#emotions_dlg.happy}

 

 

 

tags:
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:30
link do post | mandar uns bitaites | favorito
Sexta-feira, 29 de Julho de 2011

Frittata di Zucchini

É bom quando queremos fazer uma refeição rápida e com meia dúzia de ingredientes sai uma beleza que até dá pena comer…

A inspiração veio daqui.

 

Pastelão de Curgete

  

 

4 ovos grandes

½ copo de queijo ricotta (ou requeijão)

2 colheres de sopa de queijo parmesão

1 pitada de sal

1 pitada de pimenta preta

1 colher de chá de manjericão picado

1 colher de chá de cebolinho picado

Azeite para fritar q.b.

2 curgetes pequenas cortadas em rodelas fininhas

 

Batem-se os ovos numa tigela e adicionam-se os queijos parmesão e ricotta. Juntam-se o sal, pimenta, manjericão e cebolinho e mexe-se bem. Reserva-se.

Numa frigideira aquece-se azeite e salteiam-se as rodelas fininhas de curgete. Deixam-se amolecer por cinco ou seis minutos e retiram-se da frigideira.

Juntam-se à mistura de ovos e queijo e mexe-se.

Volta-se a colocar a frigideira ao lume com o restinho do azeite no fundo (se necessário acrescenta-se mais um bocadinho) e deita-se a mistura de ovos e curgete na frigideira. Deixa-se fritar de um lado, com uma tampa maior do que a frigideira vira-se o pastelão ao contrário, volta-se a colocar na frigideira, desta feita o lado que não está ainda frito fica virado para baixo e acaba de se fritar.

 

Servir com umas cenouras cozidas temperadas com azeite e sumo de limão e uma salada de tomate.

 

tags: ,
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:30
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (2) | favorito
Quarta-feira, 13 de Julho de 2011

almoços portáteis #5 / poupança #2

É raríssimo ir almoçar a centros comerciais, ao que se chama ‘Praças da Alimentação’. Quando tem mesmo que ser, costumo escolher uma cadeia que serve comida mais ou menos natural e com toque mediterrânico.

Não consigo, contudo, deixar de me sentir extremamente roubada pelo que me cobram por uma pequena embalagem com uma salada ou mesmo uma sandes!!! Só paga quem quer, é certo, mas não deixa de ser um exagero.

Aqui está uma réplica de uma salada que comi há algum tempo e digo-vos, fica muito mais em conta feita em casa.

 

Salada de Fusili Tricolor e Atum

 

 

1 lata de atum

150 grs Fusili tricolor cozido

1 ovo cozido

1 tomate maduro

Salsa picada q.b.

Cebolinho picado q.b.

3 colheres de sopa de azeite

1 colher de sopa de vinagre

 

Numa taça misturam-se os ingredientes (o tomate e o ovo devem estar picados em quadradinhos).

Tempera-se com azeite e vinagre e refresca-se.

 

Notas:

usei tomates mini cherry porque agora estão em grande produção na minha horta mas na salada comprada o que usaram foi tomate normal;

usei salsa e cebolinho mas na salada comprada o que usaram foi apenas salsa;

a salada comprada foi 4,50€. Como podem ver na ficha utilizada, a que fiz (já contemplando desperdícios e outros consumos [água, gás, etc.]) fica pela módica quantia 1,15€;

os preços dados são de marcas brancas de hipermercado (vistos on-line).

 

 

  

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (1) | favorito
Terça-feira, 7 de Junho de 2011

ainda as ervilhas tortas

As minhas ervilhas tortas já encerraram a produção deste ano. O leirão onde cresceram já aguarda a chegada de novos inquilinos mas para a despedida ainda pude fazer este prato, tão singelo mas tão reconfortante.

 

Ervilhas Tortas Salteadas e Ovos Estrelados

 

 

2 dentes de alho

1 dl de azeite

1 mão cheia de ervilhas tortas

sal e pimenta q.b.

endro picado

2 ovos estrelados

 

Saltear o alho no azeite. Juntar as ervilhas e deixar amolecer. Temperar com sal e pimenta e polvilhar com endro picado.

Servir com ovos estrelados mal passados e pão tostado.

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (3) | favorito
Quinta-feira, 14 de Abril de 2011

B&B

Uma variação no tradicional bacalhau com broa.

Esta receita leva couve coração de boi embora também possa ser usada couve lombarda ou outra qualquer, afinal as receitas são apenas sugestões que podermos recriar ao nosso modo!

 

 

2 postas de bacalhau

1 cebola roxa

5 dentes de alho

2 cenouras raladas

1 couve coração pequena (300 grs)

175 grs de broa

2 ovos cozidos

azeite q.b.

vinagre q.b.

oregãos

 

Cozer o bacalhau e os ovos. Desfiar o bacalhau em lascas e reservar.

Na água de cozer o bacalhau dá-se uma fervura por três ou quatro minutos na couve cortada em juliana grossa, escorre-se e reserva-se.

Alourar a cebola cortada em meias luas grossas em bastante azeite (pode-se misturar azeite de orégãos) e os alhos cortados em palitos.

Salpicar com vinagre e juntar as lascas do bacalhau.

Mexer e adicionar a cenoura ralada e a couve coração. Deixar apurar por uns minutos e adicionar a broa previamente esmigalhada.

Salpicar com orégãos e deitar tudo num tabuleiro. Enfeitar com os ovos cortados às rodelas e levar a forno quente por 15 minutos até alourar.

Acompanhar com legumes cozidos e azeitonas.

 

Nota: usei um tacho de paella para fazer esta receita, assim evitei sujar louça extra já que a paellera vai também ao forno.

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (2) | favorito
Terça-feira, 12 de Abril de 2011

que pastelão!!!

Das minhas memórias de infância não podia faltar o pastelão! Não, não é um pastel grande (e informo aqui que por cá temos o hábito de chamar pastel àqueles bolos que se vendem nas pastelarias).

O pastelão era o que agora se chama Frittata, muito mais na moda e com mais impacto numa ementa.

A minha Mãe costumava fazer pastelões com sobras de carne ou mesmo com chouriço e era um belo de um petisco.

Parecia comida de domingo!!!

 

Pastelão de Frango

 

 

1 alho francês

1 dl de azeite

100 grs de peito de frango desfiado

1 ramo de salsa picada

3 ovos + 3 colheres de sopa de leite

Sal e pimenta

 

Cortar o alho francês em rodelas finas. Saltear no azeite até alourar.

Juntar o frango desfiado e a salsa picada e temperar com sal e pimenta. Mexer.

Numa taça batem-se os ovos e o leite. Adicionam-se à frigideira e deixam-se cozinhar por 5 minutos. Vira-se o pastelão para que frite também do outro lado mais 3 minutos.

Servir com salada de alface e coentros.

 

tags: ,
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (1) | favorito
Terça-feira, 22 de Março de 2011

consenso ou não

Uns dizem que o nome vem dos carvoeiros dos montes Apeninos, outros que é porque está salpicado de pimenta e fica a parecer carvão (?!?), outros que é o bacon que ao fritar fica escuro como carvão.

Depois há a corrente que diz que já existia na Roma antiga e outra ainda que diz que apareceu por volta da Segunda Grande Guerra quando os italianos tinham como ingredientes os ovos e toucinho fornecidos pelos soldados americanos.

Enfim, sem consenso à vista. O que é certo é que é delicioso e super rápido de preparar!

 

Esparguete à Carbonara

 

 

100 grs de bacon

2 ovos

2 colheres de sopa de natas

2 colheres de sopa de queijo parmesão ralado na altura

pimenta fresca moída

esparguete q.b. para duas pessoas

 

Cozer o esparguete.

Cortar o bacon em quadradinhos pequenos e saltear numa frigideira até derreter a gordura. Reservar.

Numa taça bater os ovos com as natas e o queijo parmesão ralado.

Na mesma frigideira salteia-se o esparguete por um minuto e adicionam-se os quadradinhos de bacon.

Desliga-se o lume e juntam-se à massa os ovos batidos com as natas e mexe-se bem e rapidamente. Os ovos acabam por cozer com o calor.

Polvilhar com pimenta fresca moída.

 

Nota:

As orquídeas vieram da minha irmã

 

tags: ,
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (1) | favorito
Sexta-feira, 18 de Fevereiro de 2011

portátil

Os pudins são uma das sobremesas mais fáceis de transportar e podem ser feitos com um dia ou dois de antecedência.

Na dúvida sobre o que levar para algum almoço ou jantar para onde fomos convidados, os pudins são sempre uma garantia de sucesso.

Ou seja: é preciso ter duas mãos esquerdas para estragar um pudim... digo eu... 

 

 Pudim de Canela

 

 

5 ovos

2 colheres de sopa de açúcar por cada ovo

Raspa de uma laranja grande

1 colher de sopa de canela

750 ml de leite

 

200 grs de açúcar

2 colheres de sopa de água

 

Fazer o caramelo: misturar 200 grs de açúcar com 2 colheres de sopa de água e levar a lume brando até ficar dourado. Forrar uma forma de pudim com este caramelo.

Mexer todos os ingredientes do pudim, deitar na forma forrada com o caramelo, tapar e levar ao lume dentro de um tacho com água a ferver, mais ou menos até meio da forma.

Deixar cozer por uma hora. Retirar do tacho, deixar arrefecer e guardar no frigorífico, de preferência até ao dia seguinte.

Desenformar e servir.

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:30
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (1) | favorito
Terça-feira, 18 de Janeiro de 2011

grande quindim

Para um almoço de família e em cima da hora, tive que pensar em qualquer coisa para levar que fosse rápido de fazer. E a escolha recaiu nesta receita que uma amiga me deu e que andava para experimentar há imenso tempo.

Para mais, aproveitei para devolver a taça que tinha vindo no Natal com Aletria. Sempre é melhor devolver com um mimo do que vazia, certo??? 

 

Quindão

 

 

 

5 ovos inteiros

100 grs de côco ralado

1 colher de sopa de manteiga

2 chávenas de açúcar

1 chávena de água

 

Colocar todos os ingredientes no liquidificador e triturar bem.

Untar uma forma com manteiga e açúcar. Deitar a massa na forma e levar a forno bem quente por 25 minutos.

Retirar do forno e deixar repousar por 10 minutos.

Desenformar.

  

tags: ,
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:30
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (2) | favorito
Quinta-feira, 14 de Outubro de 2010

acompanhamentos que viram a estrela da festa

Mais uma vez recorri ao blog J'en reprendrai bien un bout para me inspirar numa receita fabulosa!

A repetir, rapidamente.

 

Batatas com Cebolinho e Avelãs

 

 

Cobertura:

40 grs de manteiga fria

40 grs de queijo parmesão ralado

40 grs de avelãs em pó

100 grs de fécula de batata

1 pitada de açafrão em pó

 

Com as pontas dos dedos misturar os ingredientes acima de modo a ficar uma mistura em migalhas.

 

Base:

5 batatas médias em fatias muito finas

1 dl de leite

20 grs de manteiga amolecida

2 ovos

1 dente de alho ralado

1 pitada de sal

Pimenta fresca

70 grs de fécula de batata

1 colher de chá de fermento em pó

20 hastes de cebolinho finamente picadas

20 folhas de manjericão finamente picadas

1 raminho de salsa finamente picada

 

Numa taça mexem-se os ovos, o leite e a manteiga amolecida. Temperar de sal e pimenta e juntar a polpa do alho.

Adicionar a fécula de batata e o fermento e mexer bem para não ficar com grumos. Juntar o cebolinho, o manjericão e a salsa.

 

Com o robot de cozinha, ou à mão, cortam-se as batatas em rodelas muito finas e dispõem-se num pyrex previamente untado.

Sobre as batatas deita-se o preparado de leite e ovos de modo a cobrir bem todas as batatas.

Sobre este preparado polvilham-se as migalhas da cobertura e leva-se a forno bem quente por cerca de uma hora.

 

Deixar arrefecer ligeiramente antes de cortar em quadrados.

Servir como acompanhamento ou como refeição principal acompanhado de uma salada.

 

Notas: 

1. Fiz algumas alterações a esta receita: não usei queijo parmesão no topo, omiti o manjericão e substitui as avelãs por sementes de girassol.

2. Apesar de levar açafrão na cobertura, a cor bastante amarela do conjunto foi dada pelos 2 ovos que usei, caseiros!!!

 

tags: ,
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (2) | favorito
Terça-feira, 13 de Julho de 2010

ovos vermelhos???

Sim!!!

Quando depois de cozidos os mergulhamos umas horitas dentro do frasco dos pickles de beterraba

 

 

 

 

tags:
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (2) | favorito
Sábado, 1 de Maio de 2010

um bom dia

Mais uma novidade da época: as ervilhas tortas (ou ervilhas de quebrar). São muito tenrinhas e a sua época é bastante curta por isso o melhor é aproveitar enquanto há!

 

Bacalhau no forno com ervilhas tortas

 

 

 

2 postas grandes de bacalhau

8 batatas

250 grs de ervilhas tortas

2 ovos

2 cebolas

2 dentes de alho

1 haste de aipo

2 dl de azeite

1 colher de sopa de vinagre

12 azeitonas

 

Cozer o bacalhau por 20 minutos. Retirar da água e nessa mesma água cozer as batatas descascadas e cortadas em rodelas grossas. Quando levantar fervura, adicionam-se as ervilhas tortas e os ovos. Deixar cozer por 15 minutos e escorrer.

Descascar os ovos e limpar o bacalhau de peles e espinhas, separando em lascas grandes.

Entretanto prepara-se uma cebolada numa frigideira com as cebolas cortadas em rodelas fininhas, o aipo cortado também em rodelas e os dentes de alho picados. Deixa-se alourar e adiciona-se uma colher de sopa de vinagre.

Num tabuleiro deitam-se umas colheres de cebolada, por cima põe-se uma camada de batatas, ervilhas e ovos. Sobre esta camada põem-se as lascas do bacalhau e tempera-se de pimenta fresca. Mais uma camada de cebolada e novamente batatas, ervilhas e ovos. Por cima põe-se a restante cebolada e enfeita-se com azeitonas. Volta-se a polvilhar com pimenta.

Vai ao forno quente alourar por 20 minutos.

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 15:06
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (1) | favorito
Segunda-feira, 19 de Abril de 2010

sem ovos não dá...

Tudo o que leve ovos é bem vindo cá para os meus lados. Gosto de ovos de todas as formas e feitios mas se calhar a omelete é aquela que menos faço.

Com a desculpa de um queijo mozarela já quase a ir para o 'céu dos queijos mozarela,'' experimentei uma receita inventada. Teve que ser comida muito rápido, só ficou o registo do 'antes'.

 

Omelete de queijo mozarela e coentros

(2 omeletes médias)

 

Omelete de Mozarela e Coentros

 

 

4 ovos

1 colher de chá de adobo (ou sal e pimenta)

1 queijo mozarela

1 raminho de coentros

 

Bater os ovos e temperar com o tempero escolhido.Cortar o queijo mozarela em rodelas.

Numa frigideira deitam-se umas gotas de azeite, menos de uma colher de sopa. Deixa-se aquecer e com um papel de cozinha espalha-se a gordura por toda a frigideira, absorvendo o excesso.

Verter metade dos ovos para a frigideira, deixar cozer a parte de baixo e em metade da omelete dispôr algumas rodelas do queijo e umas folhas de coentros. A outra metade dobra-se sobre o queijo e, com a ajuda de uma espátula, volta-se a omelete ao contrário, para derreter bem o queijo.

Retirar para um prato e fazer a segunda omelete.

Servir com uma salada verde.

tags: ,
publicado por belitaarainhadoscouratos às 20:53
link do post | mandar uns bitaites | favorito
Segunda-feira, 22 de Março de 2010

para variar

Quando se pensa em filetes de pescada normalmente associamos a filetes passados por farinha e ovo e fritos em óleo. É muito bom, então acompanhado de uma salada russa, maravilha mesmo.

Para não ficar com a casa a cheirar a fritos, optei por dar uma roupa nova a uns filetes de pescada. Esta receita pode também ser feita com medalhões, tranches, postas, lombos e outros nomes que basicamente querem dizer o mesmo: pescada congelada.

 

Filetes de Pescada Gratinados

receita para duas pessoas

 

 

 

 

3 filetes de pescada congelados

sumo de 1 limão

sal para temperar

2 ovos

molho

1 colher de sopa de margarina

1 colher de sopa de farinha

1/2 copo de água de cozer os filetes

1/2 copo de leite

pimenta

noz moscada

 

Temperam-se os filetes com o sal e o sumo de limão e reservam-se por cerca de uma hora.

Cozem-se os filetes num tachinho com água por 10 minutos. Retiram-se da água e separam-se em lascas.

Põe-se dois ovos a cozer retirando da água 4 minutos depois de começar a ferver para que o centro dos ovos esteja ainda líquido.

Noutro tachinho faz-se um molho bechamel. Derrete-se a margarina e junta-se a farinha mexendo bem. Adiciona-se a água de cozer os filetes (meio copo) e o leite (meio copo). Tempera-se de pimenta moida na altura e noz moscada também ralada no momento. Se necessário adiciona-se mais água ou leite, o molho não deve ficar muito grosso pois ainda vai ao forno. Ajustar os temperos, se necessário.

Num tabuleiro de barro dispõem-se as lascas da pescada, por cima os dois ovos cortados ao meio (depois de descascados...) e com a parte da gema virada para cima.  Sobre os ovos e a pescada verte-se o molho bechamel. Polvilhar novamente com noz moscada.

Vai ao forno a gratinar cerca de 20 minutos.

 

Servido com arroz de bróculos roxos.

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 08:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (3) | favorito

mais sobre mim


ver perfil

seguir perfil

. 97 seguidores

cuscar

digam qualquer coisa

coolinaria@sapo.pt

A Belita no Facebook!

My taste

mytaste.pt

favoritos

Amarelo vivo, amarelo neg...

armazém de receitas

tags

todas as tags

os meus livros de receitas, alguns...

blogs SAPO

subscrever feeds