Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Belita, a Rainha dos Couratos

Belita, a Rainha dos Couratos

Qui | 15.05.08

tortilha

Adoro tortilha! Uma amiga, cuja mãe é espanhola, explicou-me o segredo que, pelo menos nas tortilhas da Galiza (a minha Espanha favorita), faz toda a diferença. E este é: por cada duas batatas, uma cebola. Isto é muita cebola mas é o que lhe dá aquele gostinho a "jeneséquá".

 

 

Tortilha de Batata

 

 

 

6 batatas cortadas às rodelas

3 cebolas picadas

óleo para fritar

4 ovos

sal e pimenta

 

Numa frigideira bastante grande fritam-se as batatas, mais ou menos a meio da fritura junta-se a cebola e deixa-se fritar até alourar tudo ligeiramente, não se quer muito tostado.

 

Numa taça batem-se os ovos e temperam-se com sal e pimenta moida na altura ou então, para quem tiver, em vez do sal e pimenta tempera-se com adobo, uma mistura de temperos que vai muito bem na tortilha. Juntam-se as batatas e cebola escorridas aos ovos, mexe-se bem e volta a colocar-se na frigideira de onde se tirou todo o óleo.

 

Deixa-se alourar, vira-se a tortilha (eu faço-a deslizar para um prato grande e depois viro-a 'do avesso' para a frigideira) e deixa-se alourar do outro lado mas sem deixar cozer demais porque é muito boa quando o centro ainda está meio líquido.

 

Haverá outras versões, algumas com mais ingredientes mas esta é a minha favorita e é também a mais simples. Como tenho vindo a descobrir ao longo dos anos, às vezes 'less is more'...

 

15 comentários

Comentar post