Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Belita, a Rainha dos Couratos

Belita, a Rainha dos Couratos

Ter | 29.05.12

Puttanesca???

É isso, o nome não engana e mesmo em italiano é isso mesmo que quer dizer! {#emotions_dlg.blink}

Agora porque é que tem este nome? Há quem diga que era uma receita fácil de preparar entre ‘clientes’. Outros dizem que ‘elas’ faziam este prato cujo aroma cativava os ‘clientes’.

Enfim, explicações para todos os gostos e esta receita também é para todos os gostos. É mesmo boa!

 

Pasta Puttanesca

  

  

3 colheres de sopa de azeite

8 filetes de achova (de lata, escorridos)

2 dentes de alho ralados

½ colher de chá de piri-piri

1 lata de 400 grs de tomate picado

150 grs de azeitonas pretas sem caroço ligeiramente esmagadas

2 colheres de sopa de alcaparras

3 colheres de sopa de salsa picada (opcional)

Sal e pimenta, a gosto

Esparguete q.b.

 

Cozer o esparguete em água a ferver temperada de sal.

Aquecer o azeite numa frigideira funda, num wok ou num tacho. Juntar as anchovas e cozninhar por três minutos esmigalhando com a colher de pau até que as anchovas estejam numa pasta. Depois juntam-se os alhos e o piri-piri e deixa-se apurar por mais um minuto.

Juntar tomates, azeitonas e alcaparras. Mexer e deixar cozinhar por dez minutos, mexendo de vez em quando. O molho vai engrossar.

Quando a massa estiver cozida, escorrer e reservar um bocadinho da água de cozer, cerca de meio copo. Juntar a massa ao refogado e envolver bem, se necessário acrescentar a água da cozedura que reservámos.

Polvilhar com a salsa picada e servir.

 

Nota: mais uma receita retirada do livro “Nigella Kitchen: Recipes From the Heart of the Home”

 

1 comentário

Comentar post