Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Belita, a Rainha dos Couratos

Belita, a Rainha dos Couratos

Sex | 25.06.21

não era a mesma coisa

 

Para os bons dias de calor que aí vêm, uma receita que não podia ser mais fácil de preparar e que com poucos ingredientes faz um vistaço.

Eu sei que era mais fácil tirar uma Viennetta do congelador, mas não era melhor…

 

Tarte gelada de Morango

 

20210530_091758.jpg

 

200 grs de bolachas digestive

75 grs de manteiga (usei Becel Cozinha)

1 embalagem de queijo Mascarpone

1 lata de leite condensado

250 grs de morangos

 

Triturar as bolachas e adicionar a manteiga. Pôr esta massa na base de uma tarteira com fundo amovível, pressionando bem.

Bater o queijo Mascarpone com o leite condensado, de seguida juntar os morangos cortados em bocados e bater novamente para triturar um pouco a fruta.

Deitar a mistura do queijo sobre a base e levar ao congelador por umas horas.

Retirar do congelador meia hora antes de servir para ser mais fácil cortar.

 

Qui | 24.06.21

vavum!

 

Para refeições rápidas mas mesmo assim saborosas.

 

Lombinhos de Pescada com Pimento Vermelho e Aneto

 

20210605_123201.jpg

 

1 cebola em meias-luas

2 dentes de alho picados

½ pimento vermelho

1 malagueta

4 lombinhos de pescada (congelados)

1 ramo de aneto

1 ramo se salsa

2 colheres de sopa de azeite

Sal

 

Numa frigideira põe-se o azeite, a cebola, os alhos, o pimento, a malagueta, os lombinhos, o aneto e a salsa. Tempera-se com sal a gosto e leva-se a lume brando tapando a frigideira com uma tampa larga. Depois de levantar fervura verificar se é necessário acrescentar algum líquido (água ou vinho branco); neste caso não foi necessário pois a cozedura em lume brando não evaporou o molho. Deixar cozinhar por cerca de meia hora.

Servir com batata cozida ou puré e uma salada.

 

Ter | 22.06.21

plagiar por aí

 

Este prato é fácil de preparar e é uma espécie de plágio desta receita de que já não me lembrava há muito tempo.

Excelente para um jantar em que não queremos estar à frente do fogão mais do que o indispensável para apresentar um excelente repasto.

Vão por mim!

 

Costeletas no forno com Arroz

 

20210618_190443.jpg

(antes de ir ao forno)

 

1 cebola

1 talo de aipo

200 grs de ‘mistura oriental’ de vegetais congelados

1 copo de arroz vaporizado

Sal q.b.

2 costeletas de porco com osso

1 colher de sopa de molho inglês

3 colheres de sopa de azeite

2 copos de água a ferver

 

Aquecer o forno.

Temperar as costeletas com molho inglês e sal a gosto.

Picar a cebola e ao aipo e alourar em duas colheres de sopa de azeite, numa frigideira. Adicionar a mistura de vegetais congelados e mexer, deixando amolecer. De seguida juntar o arroz e o sal, mexer bem e pôr toda esta mistura num tabuleiro que vá ao forno (usei um de barro, pode ser pyrex ou refractário).

Limpar a frigideira e alourar as costeletas na restante colher de sopa de azeite, apenas para perderem o aspecto cru, um minuto é suficiente. Pôr as costeletas sobra a mistura de arroz e vegetais e deitar dois copos de água a ferver com cuidado no tabuleiro, sem ser sobre as costeletas.

Levar ao forno por cerca de quarenta minutos e servir de imediato.

 

Sex | 18.06.21

antes & depois

 

Tenho uma ameixeira mas as ameixas apenas estão boas lá para meados de Agosto. Entretanto têm-me chagado às mãos carradas destas pequenas ameixas, vermelhas a parecerem sangue por dentro quando madurinhas. Como-as à mão-cheia mas dão para fazer outras coisas.

Podia dizer que o bom desta receita é que apenas sujamos uma taça e a forma mas não digo porque há muitas mais coisas boas além disso.

Experimentem.

 

Bolo de Ameixa

 

20210615_195651-COLLAGE.jpg

 

2 copos de farinha de trigo

¾ de copo de açúcar amarelo

2 colheres de chá de fermento em pó

½ colher de chá de bicarbonato de soda

1 pitada de sal

1 colher de chá de extracto de baunilha

½ copo de óleo de girassol

1 copo de iogurte natural

2 ovos

8 a 12 ameixas pequenas cortadas em quartos

 

Ligar o forno e untar uma forma (usei uma de pyrex).

Misturar a farinha, fermento, bicarbonato e sal numa taça. Abrir um buraco no meio e deitar aí os restantes ingredientes excepto as ameixas mexendo com um garfo até formar uma massa espessa. Deitar esta massa na forma (ou em formas de queques) e por cima espalhar os quartos das ameixas.

Levar ao forno por cerca de 20 a 25 minutos (se forem queques podem precisar de menos tempo a cozer).

Retirar do forno e deixar arrefecer.

 

Nota: a receita original é esta.

 

Ter | 15.06.21

chinesices

 

A couve Pak-choi, também conhecida por Bok-choi ou mesmo couve chinesa é originária da China e é muito saborosa. Excelente para saltear, num instante se põe na mesa e é um acompanhamento muito apreciado.

Já tentei cultivá-las na minha horta e embora seja facílimo e cresçam rapidamente, tenho tido azar porque os caracóis devem cheirá-las à légua e ‘derretem-nas’ da noite para o dia. Existem à venda já em quase todos os supermercados e são a um preço jeitoso por isso acabo por preferir comprar do que andar a alimentar aqueles caracóis lazeirentos.

 

Frango com Pak-choi

 

IMG_20210213_194837 (1).jpg

 

1 peito de frango em tiras

2 colheres de sopa de óleo de sésamo (ou de girassol)

1 cebola em meias-luas

1 embalagem de cogumelos

1 embalagem de couves Pak-choi

100 ml de molho de soja

 

Aquecer o óleo num wok e alourar o frango e a cebola. Juntar os cogumelos em quartos e as folhas da couve Pak-choi. Temperar com molho de soja e deixar cozinhar por cinco minutos.

Servir com arroz Basmati.

 

Sex | 11.06.21

só coisas boas

 

Como já é costume cá em casa as bananas muito maduras não têm como destino o caixote do composto, oh não!

E já que a época é de dias quentes - não sei onde, mas parece que sim - aqui está mais uma utilização.

Muito boa, se é que posso dizer (embora as fotos possam não parecer as mais apelativas).

 

Gelado de Banana e Chocolate

 

20210607_182427.jpg

 

2 bananas maduras

4 bolachas de chocolate

50 grs de chocolate de cobertura branco

50 grs de chocolate de cobertura negro

 

Triturar as bananas com as bolachas. Deitar em moldes de gelado e levar ao congelador.

Antes de servir, derreter os chocolates (em separado) e mergulhar os gelados no chocolate branco e com o chocolate negro fazer uns riscos para enfeitar.

 

20210607_182451.jpg

 

Qua | 09.06.21

nim

 

É isto que apetece quando o tempo está nas meias tintas.

 

Salada de Couscous e Atum

 

IMG_20210417_124024.jpg

 

1 copo de Couscous

1 cebola roxa

25 grs de algas (esparguete do mar)

1 lata de atum

2 hastes de cebolinha

3 colheres de sopa de beterraba em picles

1 cenoura ralada

1 talo de aipo em rodelas

1 mão-cheia de folhas de rúcula

1 ovo cozido

3 colheres de sopa de azeitonas em rodelas

 

Preparar os couscous conforme indicado na embalagem. Entretanto preparar os restantes ingredientes. As algas devem ser demolhadas em água quente enquanto os couscous ficam prontos ou preparadas da maneira explicada na embalagem.

Soltar os couscous com um garfo e misturar com os restantes ingredientes numa saladeira.

Temperar com um molho a gosto (usei um feito com azeite, vinagre e molho de peixe).

 

Ter | 08.06.21

quente ou frio

 

Junho segue ligeiro e embora por aqui ainda não estejam umas temperaturas de acordo com a época, a verdade é que também já apetece fazer coisas diferentes das que fazemos quando está frio à séria. Começo por alterar os pequenos-almoços, em vez de papas de aveia de fogão, passa a haver papas de aveia de frigorífico.

 

Overnight Oats

 

20210607_083322.jpg

 

200 ml de leite de coco

4 colheres de sopa de flocos de aveia

1 colher der sopa de compota de morango

 

Na véspera misturar os flocos de aveia com o leite de coco. Mexer e deixar no frigorífico até ser necessário.

Adicionar uma colherada de compota de morango (usei uma versão desta).

 

Ter | 01.06.21

descobertas

 

Não sei se vos acontece mas quando uso um pacote de massa, qualquer tipo, sobra sempre alguma que sozinha não chega para uma refeição… antigamente costumava esperar para comprar outro pacote da mesma massa e juntava aquele resto, assunto arrumado embora por vezes andassem por ali pequenas sobras de diferentes tipos de massas à espera que eu comprasse o correspondente. Até que um dia vi um programa do Jamie Oliver (oh yeah!) onde ele juntava num frasco diferentes tipos de sobras de massa e quando tinha quantidade suficiente, usava aquela mistura.

Como é que nunca me tinha lembrado de fazer isso??? Não é preciso ser um cientista espacial fazer descobertas dessas…

Resumindo, aqui está uma mistura de massas que até tem algumas com feitios de árvores de natal e estrelas. Soube mesmo bem e sem desperdícios!

 

Massa com Cogumelos e Presunto

 

20210529_201156.jpg

 

2 colheres de sopa de azeite

1 cebola

1 dente de alho

200 grs de cogumelos pleurotos

4 fatias finas de presunto

Sal e pimenta q.b.

Massa cozida q.b.

50 ml de natas

Salsa picada

 

Cortar a cebola em meias-luas e picar o dente de alho. Alourar ambos em azeite e juntar os cogumelos. Saltear por uns minutos e de seguida juntar o presunto cortado em bocados. Temperar com sal e pimenta. Juntar a massa cozida com um pouco da água de cozer e mexer bem. Rectificar os temperos e adicionar as natas. Mexer e servir salpicado com a salsa picada. Servir de seguida.