Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Belita, a Rainha dos Couratos

Belita, a Rainha dos Couratos

Sex | 28.05.21

ah a primavera...

 

Adoro sobremesas que levam fruta. Esta época é a ideal para juntar os morangos ao ruibarbo, fazem um par delicioso e oferecem muitas alternativas, cada qual a melhor.

Se não tiverem ruibarbo, usem apenas morangos, fica muito bom de qualquer das maneiras.

 

Crumble de Morangos e Ruibarbo

 

20210523_111933-COLLAGE.jpg

 

Fruta

300 grs de morangos

200 grs de ruibarbo

75 grs de açúcar amarelo

1 colher de sopa de amido de milho (Maizena)

Cobertura

100 grs de farinha

50 grs de flocos de aveia

50 grs de amêndoa ralada

50 grs de açúcar amarelo

80 grs de manteiga

Creme de Cardamomo

200 ml de natas

2 colheres de sopa de açúcar amarelo

1 colher de chá de cardamomo em pó

 

Cortar a fruta do tamanho desejado e misturar com os restantes ingredientes da camada da fruta. Pôr na base de um pyrex.

Misturar os ingredientes do crumble numa taça. Esfarelar com as mãos até ficar como migalhas grandes. Espalhar as migalhas da cobertura sobre a fruta e levar ao forno por cerca de meia hora.

Entretanto bater as natas (usei natas ácidas) com o açúcar amarelo e o cardamomo até estar da espessura de chantilly.

Servir o crumble morno ou frio acompanhado do creme de cardamomo.

 

Qui | 27.05.21

à moda dos outros

 

Este foi um dos pratos que mais apreciei recentemente. Depois de ver algumas receitas de frango Satay onde o frango era cortado em pedacinhos e espetado em palitos para espetadas, decidi variar e saiu isto. Muito bom!

 

Frango Satay do género ‘à moda de Bali’

 

20210522_195322.jpg

 

1 cebola

1 dente de alho

1 pedaço de gengibre ralado

1 malagueta

1 colher de chá de curcuma em pó (açafrão das Índias)

1 colher de chá de coentros em pó

1 colher de sopa de azeite

2 colheres de sopa de água

400 grs de peito de frango

Sal q.b.

1 colher de sopa de coco ralado

Coentros picados

 

Molho de amendoim

2 colheres de sopa de manteiga de amendoim

2 colheres de sopa de água morna

1 colher de sopa de vinagre de cidra

2 colheres de sopa de molho de soja

 

Alourar a cebola picada, o alho e o gengibre numa colher de sopa de azeite. Quando estiver seco, adicionar as especiarias (curcuma e coentros em pó) e duas colheres de sopa de água. Deixar apurar mais um ou dois minutos e reservar.

Triturar o peito de frango (usei caseiro) na picadora de modo a ficar com bocadinhos e não uma pasta. Adicionar a mistura da cebola picada, o sal e o coco ralado. Pulsar novamente a picadora para misturar bem. Moldar uma espécie de croquetes à volta de palitos de espetada cortados ao meio.

Alourar estes ‘croquetes’ em azeite na mesma frigideira que usámos para alourar a cebola. Deixar tostar bem de todos os lados e servir polvilhado com coentros picados e com molho de amendoim.

Para o molho de amendoim basta misturar bem os ingredientes.

 

Nota: Como preparei esta receita para jantar e não apetecia estar a comer um acompanhamento pesado, usei apenas folhas de alface, como se fossem tortilhas

 

 

Ter | 25.05.21

variações

 

Um prato vegetariano que superou as espectativas.

Os vegetais usados foram estes mas podem ser outros, sempre o que houver à mão; podia ter usado também pimentos vermelhos que tinha no congelador, podia usar cogumelos, couve-flor, beringelas, etc. Para terem uma ideia, podem usar o que mais vos agrada e sai sempre uma maravilha. A sério, assim até podem ficar a perceber porque é que os vegetarianos não comem carne nem peixe. É porque não precisam, em termos de sabor, não falta nada a este prato.

 

Vegetais Gratinados no forno

 

20210523_131026.jpg

 

azeite

cebola

tomate

alho-francês

aipo

cenoura

batata-doce

acelgas

curgete

espargos

ervilhas-tortas

salva

sal

alho picado

 

Também vai ser necessário:

Molho bechamel (caseiro ou de compra)

Queijo ralado (cerca de 100 grs)

Massa cozida (2 mão-cheias)

Pão ralado

 

Saltear os vegetais durante trinta minutos numa frigideira larga com tampa.

Fazer um molho bechamel temperado com sal, pimenta e noz-moscada.

Na base de um tabuleiro dispôr massa cozida (usei espirais coloridas). Por cima espalhar os vegetais salteados e o queijo ralado. Deitar o molho bechamel sobre esta mistura e polvilhar com pão ralado. Levar ao forno até estar dourado.

 

20210523_113656.jpg

 

Sex | 21.05.21

ainda demora?

 

Encontrei esta receita aqui e fiz igualzinho excepto nos frutos que usei apenas mirtilos já que ainda tenho uma carrada deles congelados do ano passado.

Muito bom e a modos que quase saudável…

 

Gelatina de Mirtilos com queijo Quark

 

20210509_121404.jpg

 

1 embalagem de gelatina de mirtilos (que dê para 1 litro)

500 grs de queijo Quark

200 grs de mirtilos (usei congelados)

1 colher de sopa de açúcar amarelo

1 colher de sopa de sumo de limão

 

Preparar a gelatina com 500 ml de água a ferver. De seguida adicionar o queijo Quark mexendo bem com uma vara de arames para dissolver completamente. Adicionar 400 ml de água fria, mexer novamente e deitar a mistura em tacinhas ou numa forma de silicone que dê para desenformar mais tarde. Levar ao frigorífico por cerca de oito horas para solidificar completamente.

Levar um tachinho ao lume com os mirtilos, o açúcar e o sumo de limão e deixar fervilhar por uns dez minutos. Deixar arrefecer.

Quando for para servir a gelatina, adicionar uma colherada desta ‘compota’ de mirtilos.

Servir bem fresco.

 

Qui | 20.05.21

rapidez e bom gosto

 

Não sou a maior fã de arroz integral embora goste de quase todas as outras coisas integrais, massas, farinhas, etc. No caso do arroz percebi que o aprecio muito mais feito desta maneira e sempre ajuda a pôr na mesa uma refeição num instante.

Não sei porque é que a maioria das pessoas não usa o arroz frito como maneira de desenrascar uma refeição rapidinha, eu sou fã.

Este é com salmão mas sou conhecida por fazê-lo com fiambre. E quando não tenho à mão a mistura de vegetais, uso ervilhas e cenoura em cubinhos e já está.

 

Arroz Frito com Salmão

 

20210508_195049.jpg

 

2 colheres de sopa de azeite

2 dentes de alho

1 talo de aipo

300 grs de mistura chinesa de vegetais (congelados)

2 copos de arroz integral cozido

1 lata de salmão ao natural

1 ovo

15 ml de vinagre de arroz (ou de maçã)

75 ml de molho de soja

 

Aquecer o azeite no wok e saltear o alho e o aipo bem picadinhos. Adicionar a mistura de vegetais e mexer. Deixar cozinhar por cinco minutos e adicionar o arroz cozido e o salmão em lascas. Temperar com o molho de soja e borrifar com o vinagre. Abrir um ovo no meio e mexer de modo a que fique aos fiapinhos.

Servir de imediato.

 

Ter | 18.05.21

aplicadinhos

 

A última vez que fui à Grécia foi em 2007 (calma, não pensem que ando sempre a ir à Grécia, fui só duas vezes, a primeira em 1988).

Das duas vezes (e de certeza as próximas, se lá puder ir) o que mais me agradou foi a comida. Ia dizer que o que mais me agradou foi tudo e não estaria a mentir, mas objectivando à cause das receitas, o que mais me agradou foi a comida, os cheiros da comida, a comida vendida nas ruas, a comida vendida nos mercados.

Mesmo com esses anos todos entre as duas viagens e com a CEE (era o que se chamava na altura) a dar as cartas cá e lá, a verdade é que eles conseguiram manter-se mais fieis ao que eram enquanto povo do que nós. Não foram logo a correr normalizar e calibrar tudo como nós, armados em alunos cumpridores, que passámos de acolhedoras tabernas de balcão de mármore a frios balcões de aço inoxidável…

 

Coxas de Frango assadas à Grega

 

IMG_20210404_111920.jpg

(antes de ir ao forno)

100 ml de azeite

Sumo de um limão

1 colher de chá de raspa de limão

1 colher de chá de piripiri

1 colher de sopa de alho ralado

2 colheres de sopa de orégãos frescos (ou secos)

Sal q.b.

3 coxas e pernas de frango do campo

Batatas novas q.b.

1 cabeça de alhos

1 cerveja (330 ml)

 

Numa taça misturar o azeite, sumo e raspa de limão, piripiri, alho ralado, orégãos e sal. Envolver as coxas de frango e as batatas nesta marinada e deitar numa assadeira. Espalhar os dentes de alho sobre a carne e o que sobrar do limão, cortado em quartos. Deitar a cerveja sobre a carne e tapar a assadeira com papel de alumínio. Levar ao forno por cerca de uma hora e meia. Se necessário acrescentar mais líquido (água a ferver) e rever os temperos.

Servir com legumes salteados.

 

Sex | 14.05.21

quem precisa?

 

Bolinhas de energia ou bolinhas de felicidade, este é o nome dado a estas maravilhas.

As de hoje levaram apenas três ingredientes e são tão boas!

 

Bolinhas de Amêndoa

 

20210512_194823.jpg

 

150 grs de amêndoa ralada (tipo farinha)

100 grs de tâmaras

1 colher de sopa de sementes de chia

 

Triturar tudo muito bem até formar uma pasta moldável.

Moldar bolinhas do tamanho de nozes e passar por amêndoa ralada ou cacau em pó (sim, se for cacau são quatro ingredientes, era só para ver se estavam atentos…)

 

Qui | 13.05.21

'team' despacho

 

Sou do ‘team’ preparar uma vez para usar várias vezes. Quando peço no talho para picarem carne aproveito para fazer hambúrgueres, almôndegas, molho à bolonhesa e alguma carne picada para preparar de alguma outra maneira, num rolo de carne por exemplo. As combinações de carne levam normalmente vaca, porco e peru. Outras vezes é só peru, ou só vaca, consoante a disposição do momento. Nunca compro carne que já esteja picada, gosto de escolher aquela que vou usar. Depois é só guardar as coisas prontas a serem usadas. Estas almôndegas (com este ou outros temperos) estão sempre a jeito para uma refeição rápida.

 

Almôndegas

 

20210430_130741.jpg

 

1 pão seco

100 ml de leite

300 grs de carne de vaca

300 grs de carne de porco

1 cebola pequena ralada

2 dentes de alho ralados

1 colher de chá de orégãos secos

1 colher de sopa de sumo de limão

2 colheres de sopa de salsa picada

1 colher de sopa de orégãos frescos picados

1 pitada de sal

1 ovo

 

Misturar o pão esfarelado com o leite e deixar absorver.

Misturar todos os ingredientes numa taça até formar uma mistura homogénea e moldar almondegas do tamanho de bolas de golfe. Levar ao congelador num tabuleiro e depois de congeladas pôr num saco.

Quando for para cozinhar, fazer um bom molho de tomate e pôr as almondegas congeladas no molho a ferver, deixando cozinhar por cerca de meia hora.

 

Seg | 10.05.21

dias bons

 

Estes queques são excelentes para ter à mão, fazem-se em menos de uma hora (muito menos) e para que não restem dúvidas se devem ou não experimentá-los, sumiram-se num instante.

São deliciosos!

 

Queques de Queijo & Fiambre & Tomate

 

20210505_200304.jpg

 

3 ovos

1 copo leite

½ copo azeite

2 copos farinha

1 clher de chá de fermento em pó

75 grs de queijo (usei mozarela)

75 grs de fiambre (usei de peru)

1 tomate maduro rijo

1 mão-cheia de azeitonas

6 hastes de cebolinho

 

Bater os ovos, leite e azeite numa taça, adicionar a farinha e o fermento e mexer até não ter grumos.

Adicionar o queijo e o fiambre picados, o tomate em quadradinhos, as azeitonas previamente descaroçadas e cortadas em rodelas e o cebolinho picado.

Pôr forminhas de papel plissado em formas de queques (ou untar formas se preferirem ter esse trabalho embora eu não perceba a necessidade mas pronto, há gente capaz de tudo…).

Levar as formas ao forno por cerca de trinta minutos ou até os queques estarem dourados.

Servir morno ou frio.

 

Sex | 07.05.21

mais um

 

Já se sabe, sempre que sobram bananas ou sai um batido ou um bolo rápido, destes que já se fazem a olho e de olhos fechados (uma contradição, eu sei…).

A receita original é da sempre incrível Tieghan, e encontram-na aqui.

 

Bolo de Banana e Chocolate

 

20210424_133328.jpg

 

2 bananas grandes bem maduras (quase castanhas por fora!)

¼ de copo de óleo (coco, girassol, azeite…)

¼ de copo de mel

2 ovos grandes

2 colheres de chá de extracto de baunilha

1 e ½ copos de farinha com fermento

1 e ½ colheres de chá de bicarbonato de sódio

1 colher de chá de canela em pó

1 pitada de sal

100 grs de chocolate negro cortado em bocados (ou pepitas de chocolate)

50 grs de nozes-pecãs (opcional)

 

Aquecer o forno e untar uma forma de bolo inglês (não untei, forrei a forma com papel de ir ao forno, vele o mesmo e não se sujam as mãos).

Numa taça grande esmagar as bananas e juntar o óleo, o mel, os ovos e o extracto de baunilha. Mexer bem.

Adicionar a farinha (peneirada se estiverem para isso), o bicarbonato, a canela e o sal. Mexer apenas para envolver e juntar os pedaços de chocolate e as nozes.

Deitar a massa na forma e levar ao lume por cerca de 45 minutos. Verificar com um palito no meio a ver se está bem cozido. Retirar do forno e deixar arrefecer.

 

Ter | 04.05.21

cores da época

 

Fazem um excelente acompanhamento a qualquer prato de carne ou podem mesmo ser prato principal se lhe juntarmos uns ovos escalfados (tudo, mas tudo mesmo, fica bom com ovos!).

Os ingredientes podem ser estes ou outros. Podem substituir, acrescentar, retirar. Brócolos, vagens, batata-doce, beterrabas. É mesmo ao gosto de cada um e usando aquilo que está à mão em cada momento.

Desta vez foi assim, abrilhantado pelas ervilhas tortas roxas (roxas!!!) que a minha irmã me deu. Adoro comida colorida.

 

Mistura de vegetais salteados

 

20210502_115907.jpg

 

Azeite q.b.

1 alho-francês

1 cebola

1 cenoura

1 pastinaca

1 curgete

¼ de couve-flor

6 espargos

1 mão-cheia de ervilhas tortas

1 pitada de sal

Orégãos q.b.

 

Pôr todos os ingredientes por esta ordem numa frigideira e levar ao lume. Tapar e deixar cozinhar por cerca de trinta minutos abanando a frigideira de vez em quando.