Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Belita, a Rainha dos Couratos

Belita, a Rainha dos Couratos

Sex | 29.05.20

ficaremcasa#49

 

Há pessoas que têm abacateiros porque em determinada altura foi moda ter uma árvore dessas mas não apreciam nada o seu sabor.

Cá para mim, não sabem como os devem comer para que lhes saibam bem. E para mim, a melhor maneira é com chocolate! Até nabos devem ser bons com chocolate…

Deixo aqui esta sugestão que vi aqui e alterei ligeiramente. É mesmo cremoso.

Cuidem-se.

 

Mousse de Abacate e Chocolate

 

IMG_20200512_221413.jpg

 

Mousse

100 grs de chocolate negro

2 abacates grandes

2 colheres de sopa de cacau em pó

2 colheres de sopa de mel

1 colher de chá de extracto de baunilha

1 colher de chá de café instantâneo

1 pitada de sal

100 ml de leite de coco

 

Cobertura

1 banana

2 colheres de chá de óleo de coco

2 colheres de chá de açúcar amarelo2 colheres de sopa de rum

1 colher de chá de extracto de baunilha

2 colheres de sopa de flocos de coco tostados

 

Derreter o chocolate no micro-ondas por cerca de um minuto ou até ficar completamente liso.

Juntar no processador ou picadora (até pode ser feito com a varinha mágica) os ingredientes da mousse e triturar até ficar um creme sem grumos.

Deitar em taças e reservar no frigorífico.

Aquecer uma frigideira com o óleo de coco e o açúcar amarelo. Juntar rodelas de banana e deixar alourar. Adicionar a baunilha e o rum e deixar ao lume mais um minuto.

Deixar arrefecer e pôr sobre a mousse. Salpicar com flocos de coco tostados e servir.

 

Qui | 28.05.20

ficaremcasa#48

 

Eu nunca tenho saudades de ir a pizarias porque as que faço em casa sabem muito bem e quando não apetece fazer a massa da base, compro bases já feitas.

Mas com esta receita de massa que é super fácil e rápida de fazer, nem isso é preciso!

Cuidem-se.

 

Piza de Fiambre e Espinafres

 

IMG_20200515_195323.jpg

(antes de ir ao forno)

 

2 e ½ copos de farinha de trigo

2 colheres de chá de fermento em pó

1 pitada de sal

1 colher de sopa de azeite

¾ de copo de água

 

Misturar a farinha, o fermento e o sal numa taça, adicionar o azeite e a água (se necessário pôr mais alguma água). Amassar numa superfície enfarinhada por cerca de cinco minutos e deixar repousar enquanto se preparam os restantes ingredientes.

 

100 ml de molho de tomate

6 fatias de fiambre de frango e/ou salame

1 mão-cheia de folhas de espinafre

100 grs de queijo mozarela ralado

50 grs de queijo manchego em lascas finas

 

Estender metade da massa (e guardar a outra metade no congelador para outra vez ou fazer duas pizas).

Por cima espalhar o molho de tomate e pôr o fiambre, os espinafres e cobrir tudo com os queijos.

Levar a forno quente por cerca de meia hora ou até estar dourado e o queijo derretido.

 

Nota: usei 2 copos de farinha e ½ de farinha integral (ambas de trigo)

 

IMG_20200515_193943.jpg

 

Qua | 27.05.20

ficaremcasa#47

 

Aqueles que agora começam a ‘desconfinar’ e preferem o ar do campo do que as enchentes das praias (e ainda estamos em Maio!), podem aproveitar para apanhar papoilas por esses campos fora e fazer esta receita. É muito fácil de fazer e o aroma é muito subtil.

E não tenham receio de efeitos secundários que estas papoilas do campo não são ‘daquelas’!

A receita original podem encontra-la aqui.

Cuidem-se.

 

Panna Cotta de Papoilas

 

15034442_PZut9a.jpeg

 

2 folhas de gelatina

200 ml de natas

100 ml de leite

2 colheres de sopa de mel

22 papoilas (apenas as pétalas)

 

Demolhar a gelatina em água fria por cinco minutos.

Entretanto misturar as natas com o leite e o mel e levar ao lume até começar a borbulhar.

Juntar a gelatina escorrida e mexer. Adicionar as pétalas de papoila, tapar e deixar repousar por 30 minutos.

Coar esta mistura para ramequins ou taças e levar ao frio por oito horas antes de servir.

 

Nota: Estas papoilas foram apanhadas num terreno ao pé de minha casa, são daquelas silvestres que se veem por todo o lado

 

Ter | 26.05.20

ficaremcasa#46

 

Comida rápida e boa mas sem ser de todos os dias porque o sabor paga-se em calorias! 

Cuidem-se.

 

Pescada a Brás

 

IMG_20191206_201338.jpg

 

3 rabos de pescada cozidos

1 cebola em meias luas

2 dentes de alho picados

1 alho francês em rodelas

Azeite q.b.

Vinagre q.b.

150 grs de batata-palha de compra

4 ovos batidos

Sal, pimenta e noz moscada q.b.

Salsa picada

Azeitonas

 

Retirar a pele e espinhas à pescada e separar em lascas.

Alourar a cebola, os alhos e o alho-francês no azeite. Quando estiverem dourados, deitar um esguicho de vinagre e mexer. Juntar as lascas da pescada e envolver.

Passar a batata-palha por água a ferver num escorredor (para perder o excesso de sal e de gordura) e adicionar à cebolada, temperando com sal, pimenta e noz moscada a gosto. Bater os ovos e adicionar à mistura muito rapidamente para não cozerem.

Servir de imediato polvilhado com salsa picada e enfeitado com azeitonas.

 

Seg | 25.05.20

ficaremcasa#45

 

Para dar mais cor a estes dias que parecem todos iguais para quem ainda não se desconfinou.

Cuidem-se.

 

Batido cremoso de Banana e Beterraba

 

IMG_20200519_180953.jpg

 

1 banana

1 colher de chá de manteiga de amendoim

50 grs de beterraba (cozida ou assada)

150 ml de leite de coco

 

Triturar todos os ingredientes e polvilhar com sementes de linhaça e de sésamo, coco ralado e flocos de aveia.

 

Nota: O leite de coco torna este batido bastante encorpado e é melhor para comer à colher

 

Sex | 22.05.20

ficaremcasa#44

 

Desde que o meu limoeiro secou (já há mais de um ano) que acho que me está sempre a apetecer fazer coisas com limões!

E deixem-me dizer-vos, quem já provou limões caseiros nunca, mas nunca, vai achar que os limões de compra em supermercados prestam para alguma coisa. Outra das particularidades dos limões caseiros é que aguentam muito tempo sem se estragarem, ao contrário dos de compra.

Dito isto, passo a vida a pedinchar limões a quem tem limoeiros e de vez em quando lá me chegam umas sacadas. Por isso, quando vi uma receita nesta página do instagram, foi só esperar que o fim de semana chegasse para a poder testar e só posso dizer que É A MELHOR SOBREMESA QUE COMI EM MUITO TEMPO!

Cuidem-se.

 

Sobremesa de Limão e Bolacha Torrada

 

IMG_20200517_104735.jpg

 

350 grs de leite condensado

200 ml de natas

2 colheres de chá de gengibre em pó

150 ml de sumo de limão

Bolacha torrada q.b.

Leite q.b.

Para enfeitar:

Pistachos, flocos de coco, rodelas de limão

 

Misturar o leite condensado com as natas e o gengibre e mexer. Adicionar o sumo de limão em três vezes mexendo com a vara de arames, vai engrossar de imediato.

Forrar uma forma com película aderente dobrado de maneira a fique algum que depois possa ser usado para puxar o bolo.

Pôr um pouco do creme no fundo da forma e passar bolachas por leite e colocar de modo a que o fundo fique preenchido (eu só tinha bolachas das redondas mas para este caso as rectangulares funcionam melhor).

Cobrir as bolachas com mais creme e fazer mais camadas até que se acabem os ingredientes.

Tapar com mais película aderente e levar ao frigorífico de preferência até ao dia seguinte.

Retirar da forma quando for para servir levantando pelas abas da película e pondo num prato. Puxar a película com cuidado para sair do fundo.

Enfeitar a gosto com pistachos picados, flocos de coco e umas rodelas muito finas de limão (ou com flores!)

 

Nota: a receita original leva 380 ml de natas mas não achei necessário pôr tantas (e também não tinha )

 

IMG_20200517_173228.jpg

 

Qui | 21.05.20

ficaremcasa#43

 

Uma receita de meter ao forno e deixar andar até ir para a mesa. Muito bom, sem ser necessário cozedura prévia do polvo ou seja, receitas descomplicadas, como eu gosto.

A mistura do sabor do polvo e da batata-doce é perfeita.

Encontrei a receita aqui e fiz com muito ligeiras adaptações.

Cuidem-se.

 

Polvo assado no forno com Batata-Doce

 

IMG_20200419_134244.jpg

 

1 polvo com cerca de quilo e duzentas

1 cebola em meias luas

4 tomates picados (usei congelados)

4 batatas-doces

2 batatas ‘normais’

Sal e pimenta a gosto

1 colher de chá de pimentão em pó

1 folha de louro

2 dentes de alho picados

Salsa q.b.

1 copo de vinho tinto

1 copo de água

Azeite q.b.

 

Separar os tentáculos e a cabeça do polvo e pôr num tabuleiro refractário ou pyrex sobre a cebola e o tomate.

À volta pôr as batatas-doces em rodelas grossas (usei das roxas e das cor de laranja) e as batatas em quartos com a pele. Temperar com sal, pimenta e o pimentão, a folha de louro, os alhos e a salsa picados.

Deitar o vinho e a água no tabuleiro e por cima regar tudo com azeite.

Levar ao forno por cerca de hora e meia ou até que o polvo fique bem tenrinho.

Se necessário acrescentar mais um pouco de água para ter molho.

 

Nota: o aspecto da foto não faz jus ao sabor!

 

Ter | 19.05.20

ficaremcasa#42

 

Está na sua altura e por esses quintais veem-se as nespereiras carregadinhas. Deram-me bastantes e apesar de ser um fruto que normalmente só se come ao natural, encontrei esta receita que me pareceu interessante. Claro que não lhes tirei as cascas porque nem me estava a ver a ter essa trabalheira por isso fiz com cascas e tudo. Ficou excelente, quem gosta de compotas com um travo ácido, esta é a ideal.

Cuidem-se.

 

Compota de Nêsperas

 

IMG_20200521_082233.jpg

 

750 grs de nêsperas sem caroços e sem a película que os envolve

200 grs de açúcar amarelo

Sumo de ½ limão

1 cravinho

 

Misturar todos os ingredientes num tacho e deixar macerar por uma hora.

Levar a lume forte até levantar fervura, depois baixar e deixar fervilhar por cerca de 30 a 40 minutos. Retirar o cravinho e triturar as nêsperas com a varinha mágica. Deitar de imediato em frascos esterilizados e tapar. Deixar arrefecer e guardar.

Esta quantidade deu três frasquinhos médios.

 

IMG_20200516_145721.jpg

 

Seg | 18.05.20

ficaremcasa#41

 

Para dar energia e alento e ajudar a ultrapassar os dias.

Cuidem-se.

 

Batido de Banana, Espinafres e Morangos

 

IMG_20200518_122044.jpg

 

1 banana pequena

3 morangos

6 folhas de espinafre

200 ml de leite

1 colher de chá de maca peruana em pó

1 colher de chá de sementes de linhaça

 

Triturar todos os ingredientes com a varinha mágica ou no liquidificador.

Consumir de imediato.

 

Sex | 15.05.20

ficaremcasa#40

 

Gente! Ainda tudo em modo caseiro ou já andamos a dar o passo maior do que a perna?

Vá, juizinho que isto de andar na rua é só para quem tem mesmo que andar.

Para consolo, deixo aqui esta receita muito simples e super saborosa.

Cuidem-se.

 

Pudim de Leite de Coco

 

IMG_20200426_142907.jpg

 

1 lata de leite de coco (400 ml)

3 ovos grandes (ou 4 pequenos)

180 grs de açúcar amarelo

1 colher de chá de água de flor de laranjeira ou raspa de uma laranja

 

150 ml de caramelo para untar a forma (usei de compra)

 

Bater bem o leite de coco com os ovos e o açúcar com a batedeira, aromatizar com a água de flor de laranjeira ou com a raspa de laranja e deitar na forma de pudim já com o caramelo na base e a toda a volta.

Fechar a forma com a tampa e levar ao lume a cozer em banho-maria num tacho com tampa durante uma hora.

Retirar do tacho e deixar arrefecer, depois pôr no frigorífico até desenformar.

 

Qui | 14.05.20

ficaremcasa#39

 

Um acompanhamento digno de publicação.

Vi a fotografia num site e guardei. Não tinha a receita e não faço ideia se o original era como fiz mas acho que não deve estar muito longe. Ficou excelente.

Cuidem-se 

 

Trouxas de Batatas e Presunto

 

IMG_20200202_131808.jpg

 

3 batatas

6 fatias de presunto finas

Tomilho, sal e azeite q.b.

 

Descascar as batatas e cortar em rodelas finas uniformes de modo a que fiquem mais ou menos do mesmo tamanho. Descartar as pontas das batatas que são mais finas (aproveitar para a sopa). Temperar com tomilho e um fio de azeite e uma pitada de sal (cuidado com a quantidade pois o presunto é salgado).

Fazer seis montinhos e envolver no presunto (cortei cada fatia ao alto longitudinalmente).

Pôr em forminhas de queques untadas com azeite e levar ao forno por cerca de 45 minutos.

 

Nota: pode ser usada salva ou orégãos em vez do tomilho e bacon em vez do presunto

 

Qua | 13.05.20

ficaremcasa#38

 

Não é uma receita, é uma sugestão para quem tiver um desidratador de alimentos. Eu tenho o meu desde meados do ano passado e já se ‘pagou’ com os pacotinhos de fruta desidratada que costumava comprar (maçãs com canela forever!!!)

Agora faço conforme a época (e maçãs ao longo de todo o ano). Como estamos na altura dos morangos, aproveitei para desidratar alguns, uma dúzia de morangos grandes deu para encher quatro tabuleiros da máquina de desidratar (o quinto foi com maçãs). Estiveram cerca de nove horas a desidratar a uma temperatura de 70ºC.

Ficaram muito estaladiços embora passado alguns dias fiquem mais flexíveis. O sabor é fenomenal! Guardo-os em saquinhos com fecho hermético ou em frascos.

Outra coisa que podem desidratar por agora são laranjas ou limões para depois pôr uma rodela numa bebida ou num chá para aromatizar. Ou passar metade da rodela em chocolate derretido! E mais não digo 

Os pêssegos estão quase aí e também ficam muito bons.

 

Morangos Desidratados

 

IMG_20200510_093720.jpg

 

Cortar morangos não muito moles em rodelas finas e espalhar sem sobrepor nos tabuleiros da máquina de desidratar.

Ligar o temporizador para 9 horas e a temperatura para 70ºC.

Ao fim desse tempo retirar da máquina e guardar (a meio costumo virar as rodelas mas desta vez esqueci-me).

 

Seg | 11.05.20

ficaremcasa#37

 

Para petiscar de vez em quando a meio da jornada de teletrabalho. Bastam duas para um reforço até à próxima refeição. São muito saborosas e com menos de 15 minutos de trabalho temos uma dúzia de bombinhas de energia portáteis.

A manteiga de avelãs pode ser substituída por manteiga de amendoim ou de amêndoa, ou de outros frutos secos.

 

Bolinhas de Aveia

 

IMG_20200428_201545.jpg

 

50 grs de flocos de aveia

100 grs de tâmaras sem caroço

20 grs de cacau

50 grs de manteiga de avelãs

 

Coco ralado q.b. para enrolar

 

Na picadora ou robot de cozinha triturar todos os ingredientes até ficar uma pasta moldável. Retirar colheradas e com as mãos apertar e rolar até formar bolinhas do tamanho de nozes.

Passar estas bolinhas por coco ralado.

Podem ser guardadas no frigorífico até duas semanas.

 

Sex | 08.05.20

ficaremcasa#36

 

Dizem que é uma receita que nos transporta às memorias de infância. Não aconteceu comigo porque não me lembro de comer biscoitos quando era miúda. Bolacha Maria sim, bolacha Torrada sim e de resto acho que era pão.

Mas que são boas são e já estão na minha memória para voltar a fazer porque canela, enfim, nunca se esquece  

Cuidem-se.

 

Biscoitos de Canela

 

IMG_20200408_221620.jpg

 

300 grs de farinha

125 grs de manteiga (usei Becel Cozinha)

100 grs de açúcar (usei amarelo)

1 ovo batido

 

Canela em pó q.b. para envolver

 

Pôr todos os ingredientes dos biscoitos numa taça e amassar com a mão até ter uma massas que não se pegue.

Moldar bolinhas de tamanho uniforme e envolver na canela.

Pôr as bolinhas de massa num tabuleiro ligeiramente espalmados e levar ao forno por cerca de 20 minutos (verificar a partir dos 15 minutos pois varia de forno para forno).

Quando cozido retirar do forno e deixar arrefecer numa rede.

 

Nota: a receita encontrei-a aqui

 

Qui | 07.05.20

ficaremcasa#35

 

Quando não se sabe bem o que fazer olha, sai uma salada!

Isto foi o que usei, façam com o que tiverem à mão (e não vale batatas fritas de pacote com m&m’s, picles e molho de chocolate! Ou vale, ao fim de 327 dias de confinamento, quero lá saber).

Cuidem-se.

 

Salada de Couscous

 

IMG_20190810_204337.jpg

 

1 copo de couscous

1 copo de água a ferver

Sal q.b.

1 mão-cheia de tomate cherry em quartos

1 pera em cubos

1 colher de sopa de pinhões

1 cebola roxa picada

1 talo de aipo em rodelas

1 ramo de salsa e cebolinho picados

75 grs de queijo (usei Wensleydale) em cubos

75 grs de fiambre de frango (1 fatia grossa) em cubos

Rúcula

Vinagre de cidra

Vinagre balsâmico

Mel

Azeite

 

Deitar a água a ferver sobre os couscous e o sal. Tapar e deixar repousar por 10 minutos.

Fazer um molho com os vinagres o mel e o azeite.

Misturar os restantes ingredientes com os couscous e temperar com o molho.

 

Nota: usei queijo Wensleydale do Lidl (e não, não me pagam para fazer publicidade mas eu sou assim mãos-largas )

 

Qua | 06.05.20

ficaremcasa#34

 

Hoje é dia de mais um tesourinho e eu já nem me lembrava de como isto é mesmo bom!

O original é de Maio de 2015 e pode ser encontrado aqui.

Cuidem-se.

 

Maçãs com Creme de Iogurte

 

untitled.PNG

 

100 ml de iogurte natural (usei grego)

1 colher de sopa de manteiga de amêndoa (ou de amendoim)

1 colher de sopa de mel

1 maçã

 

Misturar o iogurte com a manteiga de amêndoa e o mel até ficar um creme macio.

Cortar uma maçã em fatias finas e servir com este creme.

 

Ter | 05.05.20

ficaremcasa#33

 

Receitas que dão para substituir quase tudo. É o ‘cóver’ à mão. O resto é imaginação.

Cuidem-se.

 

Quiche de verduras e ovos de codorniz

 

IMG_20200419_201227.jpg

 

Cogumelos

Espargos

Alho francês

Acelgas

1 dente de alho

Azeite q.b.

3 ovos

100 ml de natas

100 ml de leite

Sal e pimenta q.b.

8 ovos de codorniz cozidos

1 base de massa quebrada

 

Aquecer o azeite e alourar o dente de alho picado numa frigideira. Juntar as verduras em rodelas ou cortadas em bocados e saltear por uns minutos. Temperar com sal e pimenta a gosto e reservar.

Bater os ovos com as natas e o leite e temperar também a gosto.

Estender a massa na tarteira e por cima espalhar as verduras e os ovos de codorniz. Deitar a mistura de ovos, natas e leite sobre as verduras e levar ao forno por cerca de 40 minutos (verificar antes pois depende dos fornos).

 

Seg | 04.05.20

ficaremcasa#32

 

Mais uma sugestão para um pequeno almoço dos que apetece, principalmente em dias quentes (alguém viu o dia de ontem? Que calor!!!)

Cuidem-se.

 

Batido com Morangos

 

IMG_20200429_080213.jpg

 

1 iogurte natural

1 banana pequena

4 morangos

1 colher de chá de Maca Peruana em pó (opcional)

Granola q.b.

 

Triturar o iogurte com a banana, morangos e maca em pó com a varinha mágica.

Pôr uma colherada de granola numa taça, por cima deitar o batido e polvilhar novamente com granola.

 

Nota: se necessário, acrescentar um pouco de mel