Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Belita, a Rainha dos Couratos

Belita, a Rainha dos Couratos

Ter | 31.10.17

Verono

 

Sabores de Outono naquilo que mais parece um ‘Verono’

 

Costeletas de Porco com Salva e Maçã

 

20171007_193916.jpg

 

2 costeletas

Sal e pimenta q.b.

Folhas de salva a gosto

1 dl de vinho branco

4 colheres de sopa de azeite

2 colheres de sopa de manteiga

1 maçã

 

Temperar as costeletas com sal e pimenta.

Aquecer o azeite numa frigideira e alourar as costeletas com a salva. Borrifar com o vinho branco e juntar as maçãs com casca cortadas em meias luas. Deixar cozer por uns cinco minutos e adicionar a manteiga (usei Becel Cozinha). Tapar a frigideira e deixar apurar por mais uns minutos até a carne estar cozida.

Servir com couve bok-choy salteda, couscous e bagos de romã.

 

Sex | 27.10.17

Cá estão elas!

 

As maçãs. Se esta não é a melhor altura do ano para elas, qual será?

É que por esta altura há-as de imensas variedades, nas praças e mercados, dos amigos, mesmo daquelas que se vão apanhar em árvores por aí abandonadas.

 

Galette de Maçã (com canela e noz-moscada)

 

20171021_203832.jpg

 

1 embalagem de massa quebrada

4 maçãs variadas

Sumo de ½ limão

2 colheres de sopa de açúcar

2 colheres de sopa de farinha

Canela em pó q.b.

Noz-moscada q.b.

 

Descascar e cortar as maçãs em meias luas finas. Salpicar com o sumo de limão e envolver numa mistura de açúcar, farinha, canela e noz-moscada.

Estender a massa num  tabuleiro (aproveitar o papel onde vem embrulhada) e pôr as maçãs no meio espalhando ligeiramente mas deixando massa a toda a volta para dobrar um pouco por cima das maçãs.

Levar o tabuleiro ao forno até as maças estarem cozidas e a massa dourada, cerca de meia hora.

Servir morno ou frio, de preferência com uma bola de gelado.

 

Qua | 25.10.17

vamos lá

 

Não tem sido falta de vontade de publicar receitas. Tem sido falta de tempo, quer para as experimentar quer para as passar para o papel.

Embora tenha também andado a pensar se vale a pena que certas receitas passem por aqui já que são tão simples e singelas que decerto toda a gente as sabe fazer.

Por outro lado também sei que como sou muito adepta de maçãs e de aveia, acabo por pôr aqui muitas receitas que levam esses ingredientes, o que deve pôr as pessoas a pensar: mas ela só come maçãs e aveia???

Não, como outras coisas tipo este bacalhau, uma receita maravilhosa do meu muito estimado amigo Chefe Emídio Concha de Almeida.

 

Bacalhau com Capa de Broa e Alheira

 

20170730_130805.jpg

 

12 batatas pequenas

2 lombos de bacalhau

1 cebola

1 alheira de caça

300 grs de miolo de broa

Azeite q.b.

 

Cozer batatas com a pele. Escorrer e dar um murro sobre cada batata para espalmar.

Pôr a cebola cortada em meias luas num pyrex ou outro tabuleiro que vá ao forno e à mesa.

Por cima pôr os lombos de bacalhau e à volta as batatas espalmadas.

Retirar a pele à alheira e esmigalhar juntamente com o miolo de broa de modo a formar uma pasta espessa.

Pôr esta pasta sobre os lombos de bacalhau (se sobrar fazer bolinhas e espalhar sobre as batatas).

Regar tudo copiosamente com azeite (não sejam forretas, é azeite a rodos!) e levar ao forno por 30 minutos.

Servir com verduras cozidas.

 

Seg | 16.10.17

16 de Outubro.

 

Hoje é o dia mundial da Alimentação.

Todos os dias devem ser contra o desperdício mas hoje, especificamente, devemos pensar na comida que estragamos e que poderia ajudar a salvar vidas.

Não querendo catequizar ninguém (até porque sou adepta de cada um fazer aquilo que ache melhor para si) quero apenas lembrar que o combate ao desperdício pode começar em pequena escala, em nossa casa.

Pensem nisso.

 

E agora a sugestão de hoje. Não é bem uma receita mas um modo de preparar com antecedência papas de aveia instantâneas, feitas em casa, com os ingredientes escolhidos por nós.

As misturas podem ser feitas com bastante antecedência, juntando a água a ferver apenas no momento de usar. Podem ser guardadas em frascos ou saquinhos de plástico, daqueles com fecho hermético e podemos fazer logo para a semana toda e mesmo para o mês se tivermos tanta imaginação.

São ideais para um pequeno almoço rápido ou para ter no trabalho (se existir uma cafeteira eléctrica no local ou um micro-ondas).

Pode ser usado todo o tipo de frutas desidratadas (maçã, pera, pêssego, ananás, manga, etc.), frutos secos (nozes, avelãs, amêndoas, etc.), frutas passas (figos, uvas, arandos, tâmaras, etc.), sementes (girassol, chia, linhaça, sésamo, etc.), especiarias (canela, baunilha, gengibre, etc.) e outras, como pedacinhos de chocolate! Quem nunca???

 

Faça Você Mesmo papas de Aveia Instantâneas

 

20171008_094744-COLLAGE.jpg

 

Com Coco, Pinhões e Goji

½ copo de flocos de aveia

1 colher de sopa de sementes de chia

1 colher de chá de açúcar de coco

Pinhões

Bagas goji

Coco ralado

 

Com Cacau e sementes de Girassol

½ copo de flocos de aveia

1 colher de sopa rasa de cacau em pó

1 colher de chá de linhaça ralada

1 colher de chá de açúcar amarelo

1 colher de sopa de sementes de girassol

 

Com Canela e Maçã

½ copo de flocos de aveia

1 colher de chá de açúcar amarelo

1 pitada de canela em pó

Nozes

Passas

Maçã desidratada

 

Pôr num frasco e quando for para preparar, adicionar ½ copo de água a ferver e mexer. Esperar 3 a 5 minutos antes de comer.

Se quiserem umas papas mais cremosas, juntar duas ou três colheres de sopa de leite ou usar flocos de aveia mais pequenos ou ligeiramente triturados no robot de cozinha.

 

Nota: Estas são medidas e combinações ao meu gosto. Inventem as vossas. Podem pesquisar mais aqui, aqui e aqui sobre esta maravilha 

 

Qua | 11.10.17

embrulhos

 

Embora já apeteça acender o forno, pelo menos aqui pela zona de Aveiro, a verdade é que às vezes apetece saltar essa parte porque demora mais um bocadinho, e fazer tudo no fogão.

Foi numa dessas vezes que decidi experimentar esta receita mas sem a fazer no forno.

Para criar um ambiente idêntico ao forno, coloquei umas conchas no fundo de uma sertã (daquelas que apanhamos na praia quando fazemos caminhadas à beira do mar) e por cima das conchas pus os embrulhos de papel de alumínio.

Tapei tudo com uma tampa grande (usei uma de wok) et voilà, um forno de trazer por casa.

Mas resultou!

 

Salmão Assado

 

20170913_122649.jpg

 

2 lombos de salmão (de preferência selvagem)

1 dente de alho picadinho

1 colher de chá de orégãos

1 colher de chá de tomilho

½ colher de chá de mel

30 grs de manteiga

50 ml de azeite

1 limão pequeno fatiado

Sal e pimenta q.b.

Salsa (opcional)

 

Numa frigideira ou caçarola derreter a manteiga com o azeite juntamente com o alho picado e as ervas, o mel,  o sal e a pimenta. Reservar.

Estender dois bocados grandes de folha de alumínio e colocar as rodelas de limão bem a meio de cada um.

Pôr os lombos de salmão por cima do limão e fazer uma espécie de barquinhos juntando o alumínio sem fechar. Dividir a mistura de manteiga derretida pelos lombos de salmão e acabar de fechar bem os embrulhos.

Com cuidado pôr os embrulhos sobre as conchas e tapar a sertã com a tampa. Levar a lume forte por uns cinco minutos e depois baixar o lume e deixar mais dez minutos.

Retirar e servir com batata cozida e verduras salteadas, salpicado com salsa.

 

Nota: Para fazer no forno põe-se num tabuleiro e vai a forno médio, já aquecido, por cerca de 20 minutos.

 

Qua | 04.10.17

sopinha

 

É uma sopa mas serve de prato completo porque é bem reconfortante e muito saborosa.

 

Sopa de Lentilhas

 

20170912_124038.jpg

 

2 colheres de sopa de azeite

1 cebola picada

1 talo de aipo picado

1 cenoura picada

½ pimento vermelho picado

1 dl de vinho branco

2 tomates

1 copo de lentilhas vermelhas

1 curgete pequena picada

1 colher de sopa de molho Inglês

1 litro de água a ferver

Sal q.b.

1 mão-cheia de cotovelinhos

Coentros picados

1 malagueta em rodelas finas

1 lima (ou limão)

 

Numa panela refogar a cebola, aipo, cenoura e pimento no azeite. Depois de amolecer adicionar o vinho branco e deixar evaporar. Juntar o tomate picado e pelado e deixar refogar uns minutos.

Juntar as lentilhas, a curgete e o molho inglês. Mexer e adicionar a água a ferver e temperar com sal a gosto. Quando ferver acrescentar os cotovelinhos e deixar cozer por 30 minutos verificando o tempero, ajustar se necessário.

Servir com coentros picados e com a malagueta em rodelas finas e um esguicho de sumo de lima.

 

Seg | 02.10.17

para restabelecer

 

Começar a semana com energia e boa disposição não é para quem quer, é para quem pode (mas com receitas tão fáceis, toda a gente pode!)

 

Batido de Aveia e Maçã

 

20171001_094628.jpg

 

250 ml de leite (pode ser vegetal)

1 maçã pequena

½ copo de flocos de aveia

1 colher de sopa de sementes de cânhamo (ou de linhaça, ou de chia)

1 colher de chá de manteiga de amêndoa (opcional)

½ colher de chá de canela em pó

 

Colocar todos os ingredientes no copo da varinha mágica e triturar até ficar uma bebida suave. Deitar num copo e polvilhar com mais um pouco de canela em pó.

 

Nota: a receita veio daqui