Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Belita, a Rainha dos Couratos

Belita, a Rainha dos Couratos

Qua | 23.12.15

sem tempo a perder

 

Eu sou pela simplicidade. A sério.

 

Arroz de Frango no Forno

 

arroz.JPG

 

½ frango do campo

1 cebola

1 cenoura

2 pés de salsa

4 cravinhos

4 bagas de pimenta da Jamaica

Sal q.b.

 

1 cebola

1 copo de arroz

2 colheres de sopa de passas

3 colheres de sopa de amêndoas palitadas

2 e ½ copo de água de cozer o frango

 

Pôr o frango cortado em pedaços numa panela com uma cebola descascada inteira, uma cenoura descascada inteira, a salsa, o cravinho, a pimenta da Jamaica e o sal. Cobrir com água e deixar cozer até a carne estar tenra.

Retirar a carne da panela e deixar arrefecer até se poder desfiar. Cortar a cenoura em rodelas finas.

No fundo de um tabuleiro ou pyrex põe-se a outra cebola cortada em meias luas. Por cima a carne do frango desfiada, o arroz, a cenoura em rodelas, as passas e as amêndoas.

Põe-se a água de cozer o frango sobre tudo, remexe-se um pouco com um garfo para que tudo fique envolvido pela água e leva-se ao forno por cerca de 45 minutos.

 

Nota: Com a restante água de cozer o frango pode-se fazer uma canja

 

Ter | 22.12.15

brilharete!

 

Esta receita tem uma bela apresentação e no entanto é facílima de fazer. Encontrei-a aqui e podem ver o vídeo que é muito explicativo. Eu aligeirei a preparação e mesmo assim ficou excelente!

 

Folhado de Salmão com Espinafres e Pinhões

 

salmao.jpg

 

1 placa de massa folhada rectangular

2 tranches de  salmão

200 grs de espinafres

2 colheres de sopa de pinhões

sal e pimenta q.b.

1 ovo

2 colheres de sopa de azeite

 

Cortar a massa ao meio.

Numa frigideira aquecer uma colher de azeite e saltear os espinafres temperados com uma pitada de sal. Retirar e na mesma frigideira passar os pinhões de modo a tostarem ligeiramente.

Temperar o salmão com sal e pimenta e alourar dos dois lados na frigideira untada com uma colher de azeite. Pôr cada tranche sobre a massa folhada e por cima põe-se os espinafres e os pinhões.

Dobrar a massa de modo a formar um embrulho e juntar bem as extremidades de modo a ficar bem fechado. Com uma faca fazer uns cortes no topo para ventilar.

Pincelar com o ovo batido e levar ao forno por cerca de 25 minutos, até a massa estar douradinha.

Servir com uma salada.

 

Seg | 21.12.15

Moose

 

Desde há bastantes anos que faço por altura do Natal biscoitos dos mais variados tipo, de aveia, de canela, de gengibre, de chocolate, etc. Os que mais gosto de fazer são os que se cortam com feitios alusivos à época, árvores de natal, estrelas, sinos, etc.

Aqui há uns tempos uma sobrinha minha ofereceu-me uma forminha que trouxe da Suécia. É mesmo mimosa e faz uns biscoitos muito lindos. Eu sei que por cá os alces não são tradição mas alces lembram-me a Lapónia e isso lembra-me o Natal e por isso isto anda tudo ligado 

  

Biscoitos de Especiarias

 

moose.JPG

 

1 copo de margarina amolecida (cerca de 200 grs)

1 e ½ copos de açúcar (uso amarelo)

1 ovo

2 colheres de sopa de melaço

1 e ½ colheres de raspa de laranja (usei raspa de uma laranja)

1 colher de sopa de sumo de laranja

3 e ½ copos de farinha

2 colheres de chá de bicarbonato de sódio

2 colheres de chá de canela em pó

2 colheres de chá de gengibre em pó

¼ de colher de cravinho moído (opcional)

¼ de colher de chá de sal

 

Bater bem a manteiga com o açúcar. Adicionar o ovo e mexer bem. Juntar o melaço, a raspa e sumo de laranja e bater.

Juntar todos os ingredientes secos e adicionar à mistura anterior, amassando com as mãos até ter uma bola de massa que não se pegue às mãos (usar mais um pouco de farinha se necessário).

Dividir a massa em três partes, espalmar e embrulhar cada uma em película aderente e deixar no frigorífico por uma hora ou mesmo até ao dia seguinte.

Quando for para fazer os biscoitos, retira-se uma parte de massa do frio, amassa-se novamente para ficar mais maleável e estendem-se pedaços de massa para cortar os biscoitos do formato desejado.

Colocar os biscoitos num tabuleiro forrado com papel de ir ao forno e levar a cozer em forno quente por cerca de 10 a 12 minutos. Retirar e deixar repousar na forma por um minuto, depois passar os biscoitos para uma rede para acabarem de arrefecer.

 

Nota: estes biscoitos podem ser guardados em latas ou caixas herméticas por algumas semanas. Vão apurando o sabor a gengibre ao longo do tempo.

 

moosegift.JPG

 

 

Sex | 18.12.15

sucesso portátil

 

Para quem não quiser ir de mãos a abanar para as festas de Natal que se avizinham, que tal levar um pudim destes?

Tem uma mais-valia (além de ser tão bom!): é que é super fácil de transportar.

E tem outra: é tão fácil de fazer que pode ser feito mesmo por quem não percebe nada disto 

 

Pudim de Café

 

pud.JPG

 

1 lata de leite condensado

1 medida da lata de leite

4 ovos

1 chávena de café forte (tamanho da bica)

[o café pode ser feito com café instantâneo]

Caramelo líquido (usei de compra)

 

Misturar os ingredientes do pudim com uma vara de arames.

Forrar a forma com caramelo e deitar a mistura do pudim na forma.

Levar a cozer no fogão em banho-maria por uma hora num tacho largo com tampa, com água até cerca de meio da forma.

Retirar depois de cozido e deixar arrefecer. Depois de frio pôr no frigorífico até desenformar.

Para desenformar basta virar a forma para um prato fundo e abanar com cuidado até o pudim desprender.

 

Qui | 17.12.15

às bolinhas

 

Vão ser precisas, com a azáfama que se avizinha!!!!

 

Bolinhas de Energia

 

IMG_4917.JPG

 

1 copo de tâmaras

100 grs amêndoa em pó

1 colher de sopa de manteiga de amêndoa

Raspa de ½ laranja

2 colheres de sopa de cacau em pó

2 colheres de sopa de coco ralado

Bagas goji (opcional)

 

Retirar os caroços às tâmaras e cortá-las em pedacinhos. Por no robot de cozinha e triturar até ficar uma pasta. Adicionar a amêndoa em pó, a manteiga de amêndoa e a raspa de laranja. Triturar novamente para ficar bem envolvido.

Moldar bolinhas com as mãos (se tivermos as mãos molhadas não se pega) e passar umas em cacau em pó e outras em coco ralado misturado com bagas goji picadas. Pôr no frigorífico até servir.

 

Nota: duram cerca de uma semana no frigorífico.

 

 

Ter | 15.12.15

venham elas!

 

Nada melhor para experimentar a massa de ontem do que esta receita, tão prática e fácil.

E faz um vistaço!

 

Tarteletes de Pescada e Pinhões

 

download (1).png

 

1 receita desta massa
3 filetes pequenos de pescada
1 cebola picada
2 colheres de sopa de pinhões
1 colher de sopa de raspa de limão
1 colher de sopa de salsa picada

1 colher de sopa de cebolinho picado
1 ovo

3 colheres de sopa de natas (usei de soja)
sal e pimenta q.b.

Azeite q.b.

Divide-se a massa da tarte em quatro e forram-se as formas de tarteletes.
Numa taça põem-se os filetes de pescada cortados aos bocadinhos pequeninos, tipo dados minúsculos. Junta-se a cebola picada, os pinhões, a raspa de limão, a salsa e o cebolinho picados, o ovo, as natas, o sal e a pimenta. Mexe-se bem e distribui-se pelas formas. 
Salpica-se cada uma com um fiozinho de azeite e levam-se ao forno cerca de meia hora até ficarem douradinhas.


Nota: Esta receita é muito versátil e dá para modificar os ingredientes, se não houver pinhões, usam-se nozes, amêndoas, cajus, etc. Se não houver cebolinho, põe-se apenas salsa, etc. Como em tudo o resto na cozinha, a imaginação de quem está a cozinhar e o estado de espírito é que ditam o que entra na receita.

 

 

Seg | 14.12.15

rápido e bem

 

As massas de tarte prontas a usar à venda nos supermercados são mesmo úteis, estão ali tão à mão que por vezes pensamos que fazer a nossa massa nem merece o trabalho.

Pois  não é bem assim, há massas que se fazem em tão pouco tempo quanto levamos a retirar da embalagem e desenrolar uma de compra… além de que levam incomparavelmente menos gordura e ingredientes de que não sabemos dizer o nome sem ser a ler com muita atenção!

 

Massa de Azeite para Tarte

 

massa.jpg

 

250 grs de farinha (usei metade normal, metade integral)

1 pitada de sal

1 pitada de ervas aromáticas secas (opcional)

60 ml de azeite extra virgem

120 ml de água fria

 

Numa taça misturar a farinha o sal e as ervas aromáticas (usei tomilho).

No meio deitar o azeite e misturar com um garfo, de seguida a água (deve estar bem fria) e continuar a mexer com o garfo até envolver e depois mexer com a mão mas sem amassar demais. Formar uma bola e estender com o rolo da massa numa superfície lisa enfarinhada. Forrar a forma que se vai usar e reservar no frigorífico enquanto se prepara o recheio.

 

Nota: pode-se usar farinha de trigo normal, de espelta, mistura de centeio, etc.

 

Sex | 11.12.15

mais ideias

 

Uma amiga ofereceu-me um ‘carimbo’ para biscoitos pelo natal do ano passado. Na altura já não o pude experimentar pois a época já ía avançada e já estava fartinha de fazer biscoitos.

No outro dia lembrei-me do carimbo e lá pus as mãos na massa. Usei uma receita básica de Shortbread.

Cá estão eles, maravilhosos 

 

Biscoitos Home Made

 

homemade.jpg

 

100 grs de açúcar

200 grs de manteiga fria

300 grs de farinha

 

Misturar o açúcar e a farinha numa taça e adicionar a manteiga cortada em cubos. Com a ponta dos dedos ou duas facas, misturar a manteiga com a farinha e açúcar. Primeiro fica a parecer migalhas mas continuamos a amassar com a mão e depois passa a uma bola de massa.

Pôr esta massa no frigorífico por uma hora ou mais. Estender com o rolo da massa e estampar com o molde. De seguida cortar com um aro.

Pôr num tabuleiro forrado com papel de ir ao forno e levar ao forno por cerca de doze a quinze minutos.

Retirar e deixar arrefecer um pouco na forma. Depois retirar para uma rede para acabar de arrefecer.

 

Qui | 10.12.15

ideias

 

Para quem está à procura de ideias para os presentes de Natal, aqui está uma bem simples e fácil de fazer. E deliciosa.

O problema é chegar a presente...

 

Licor tipo Baileys Irish Cream 

 

download (1).png

 

1 lata de leite condensado
1 medida da lata de whiskey
1 colher de chá de café solúvel
1 colher de chá de chocolate em pó
1 colher de chá de extracto de baunilha (opcional)

Misturar muito bem todos os ingredientes usando uma batedeira em velocidade baixa (ou bater à mão).

Deitar a mistura em garrafinhas.

 

Nota: esta receita dá cerca de 500 ml.

 

 

Qua | 09.12.15

Felicidade em pó...

 

Quando pensamos que uma receita não pode melhorar, lá está, aparece o Jamie Oliver e transforma uma coisa mesmo boa numa outra ainda melhor! Foi o que fez com a bela da Granola, de que sou fã incondicional desde que experimentei pela primeira vez.

E agora isto! Qualquer dia até dá para ‘snifar’ 

 

Granola em Pó do Jamie Oliver

 

download (1).png

 

500 grs de flocos de aveia integrais

125 grs de frutos secos (amêndoas, cajus e nozes)

100 grs de sementes (abóbora, sésamo, girassol, linhaça e chia)

125 grs de frutos desidratados (tâmaras e passas)

1 colher de sopa de café em pó

1 colher de sopa de cacau em pó

raspa de 1 laranja pequena

 

Misturar os flocos de aveia com os frutos secos e as sementes. Espalhar num tabuleiro e levar ao forno por cerca de 20 minutos mexendo a meio.

Retirar do forno e adicionar as frutos desidratados, o café em pó e o cacau em pó. Juntar também a raspa de laranja.

Triturar tudo num robot de cozinha ou picadora de modo a ficar com a consistência desejada (ou completamente em pó ou com alguns pedacinhos).

Servir com iogurte, em salada de frutas, comer à colher, em batidos, etc.

 

Notas: Podem-se usar outras frutas secas e/ou desidratadas (castanhas do maranhão, pistachos, macadâmia, arandos, bagas goji, figos secos, alperces, etc.)

Receita original no livro Everyday Super Food. Ou ver aqui.

 

Sex | 04.12.15

hoje temos...

 

O pudim é uma sobremesa que é rápida de fazer, não requer a atenção de um bolo quando está a cozer e só temos é que pensar em fazê-lo na véspera pois ganha se ficar de um dia para o outro no frigorífico.

E depois é muito bom para transportar, se temos que levar uma sobremesa para qualquer lado, não desmancha porque vai dentro da forma e ao desenformar tem sempre (ou quase, de vez em quando há uns desastres) um excelente aspecto!

 

Pudim de Pão e Vinho do Porto

 

pudim.jpg

 

1 pão seco (carcaça)

500 ml de leite

1 cálice de Vinho do porto

4 ovos

10 colheres de sopa de açúcar (ou mais, a gosto)

Caramelo líquido q.b. para a forma

 

Pôr o pão de molho no leite e no vinho do Porto. Juntar os ovos e o açúcar e bater com a varinha mágica até estar o pão todo moído.

Forrar uma forma de pudim com caramelo líquido (usei de compra) e deitar a mistura na forma. Tapar e levar a cozer num tacho largo com tampa, em banho-maria, por cerca de uma hora.

Retirar do tacho e deixar arrefecer. Pôr no frigorífico por umas horas até desenformar.

Para desenformar basta virar a forma para um prato fundo e abanar com cuidado até o pudim desprender.

Qui | 03.12.15

bons sabores

 

Uma receita de ‘pulled pork’ ou seja, uma carne que se assa ou estufa até quase se desfazer e que depois se desfia com a ajuda de dois garfos. Receita muito conhecida lá para as os países de língua inglesa onde normalmente esta carne é usada para rechear umas sandes.

A receita deu-me uma sobrinha que a viu aqui. Eu alterei tanto que já nem se pode dizer que tenha alguma coisa a ver com a original mas mesmo assim ficou excelente!

Servi com puré e nabiças salteadas.

 

Cachaço de Porco no Forno (Pulled Pork)

 

IMG_4862.JPG

 

1 quilo de cachaço de porco

Sal e pimenta q.b.

50 ml de azeite

2 colheres de sopa de molho inglês

1 folha de louro

1 haste de aipo

1 raminho de tomilho

½ laranja com casca

1 copo de vinho

2 copos de água ou caldo de carne

 

Pôr os ingredientes num tabuleiro e tapar com folha de alumínio. Levar ao forno por duas horas. Retirar o papel de alumínio e deixar mais meia hora no forno. Retirar a carne do tabuleiro e deixar repousar uns dez minutos antes de a desfiar com dois garfos (estará tão cozida que se desfaz sem qualquer problema).

Se o molho estiver muito líquido, ferver para engrossar enquanto se espera que a carne repouse.

Servir com puré de batata e verduras cozidas

  

Nota: as sobras são excelentes em sanduiches

 

Ter | 01.12.15

eggcellent

 

Para aqueles jantares em que apetece só sopa e mais qualquer coisinha…

 

Broa Frita com Ovos mexidos

 

20151118_201728.jpg

 

4 fatias de broa cortadas finas

2 ovos

1 pitada de sal

2 colheres de sopa de azeite

Orégãos q.b.

Sementes de sésamo q.b.

 

Numa sertã aquecer o azeite e fritar as fatias de broa dos dois lados.

Retirar a broa e na mesma sertã mexer os ovos até estarem ao gosto, com uma pitada de sal

Pôr sobre as fatias de broa e polvilhar com orégãos ou outra erva a gosto.

 

Nota: usei za’atar para polvilhar