Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Belita, a Rainha dos Couratos

Belita, a Rainha dos Couratos

Sex | 28.06.13

ilhas à vista

Uma sobremesa à volta de 3 claras que estavam no congelador… e que saiu melhor do que a encomenda!!!

 

Ilhas Flutuantes

 

 

 

3 claras

2 colheres de sopa de açúcar

2 embalagens de leite creme instantâneo

2 colheres de sopa de cacau em pó

6 colheres de sopa de açúcar

50 grs de chocolate negro

1 litro de leite

Caramelo líquido q.b.

 

Bater as claras em castelo, juntar as duas colheres de sopa de açúcar e tornar a bater até ficar em castelo firme.

Aquecer o leite e quando começar a borbulhar cozem-se colheradas de claras por um ou dois minutos cada uma. Devem-se fazer seis farófias. Retirar do leite com a escumadeira e reservar as farófias num prato, com jeito para não se desfazerem.

Numa caçarola mistura-se o pó do leite creme, o cacau em pó e as seis colheres de sopa de açúcar. Adiciona-se o leite onde cozeram as farófias, coado, e mexe-se bem para evitar grumos. Junta-se o chocolate em pedaços e leva-se ao lume mexendo sempre até engrossar. Retirar do lume e deitar em taças (dá para seis e sobra um bocadinho para provarmos).

Depois de frio põe-se uma farófia por cima de cada taça de creme e um fio de caramelo líquido.

Servir bem frio.

 

Bom fim de semana!

 

 

Qui | 27.06.13

vinagre bom!

 

Olha que coisa mais linda, mais cheia de graça!

 

Vinagre de Capuchinhas

 

 

200 ml de vinagre de vinho branco

6 folhas de capuchinhas

6 botões e flores de capuchinhas

 

Lavar bem as flores e folhas, secar e meter dentro de um frasco. Juntar o vinagre e deixar repousar.

No dia seguinte já o vinagre apresenta uma cor alaranjada.

Usar para temperar saladas.

 

Nota: retirar as flores e folhas ao fim de duas semanas

 

Ter | 25.06.13

fresquinho

Nunca tinha usado bacalhau fresco. Depois de experimentado, prefiro o seco.

Mas considerando que, com um cupão de desconto, uma embalagem de 400 grs ficou por 0,19€, não foi nada mau!!!

 

Bacalhau Fresco com Espinafres 

 

 

1 embalagem de bacalhau fresco desfiado congelado (uff!)

1 cebola grande

2 dentes de alho

6 batatas

1 embalagem de espinafres congelados

Pimenta

Azeite q.b.

 

Descongelar o bacalhau.

Descascar as batatas, cortar em rodelas e cozer em água temperada com sal. Escorrer e reservar.

Cozer os espinafres. Escorrer e reservar.

Cortar a cebola em meias luas e os alhos em rodelas.

Levar ao lume uma frigideira com a cebola e os alhos e azeite e fritar até a cebola estar lourinha. Adicionar o bacalhau e deixar cozer por 4 ou 5 minutos. Temperar com pimenta moída.

Num tabuleiro põe-se as batatas em rodelas, por cima espalha-se a mistura de bacalhau e por cima de tudo os espinafres. Se necessário rega-se com um pouco mais de azeite.

Leva-se ao forno quente por 20 minutos.

 

Seg | 24.06.13

quando a vida nos dá limões...

Agora que parece que as temperaturas vão estar de acordo com a época do ano, aqui está uma sugestão para ter à mão, no frigorífico, e que ajuda a gastar alguns limões do limoeiro.

 

Preparado para Limonada

 

 

 

1 copo de açúcar

1 copo de água

1 copo de sumo de limão

 

Levar a água ao lume com o açúcar e deixar ferver. Juntar o sumo de limão e mexer.

Coar para retirar quaisquer pedacinhos de limão, deixar arrefecer e guardar no frigorífico.

 

Para preparar uma limonada juntar num copo uma parte deste preparado para três ou quatro de água, dependendo de gostar mais ou menos doce.

Servir com gelo e com hortelã, tomilho, manjericão ou uma rodela de limão.

 

Sex | 21.06.13

ahhhhh, perfeito

Mais uma invenção para usar o resto das amoras do congelador.

É que apesar de tudo estou com muita esperança de que por ai venha o verão [sei que é hoje mas não se nota nada…] e nessa altura haja mais amoras para apanhar nas beiras dos caminhos.

À borla! Há lá coisa melhor?

 

Parfaits de Amora

 

 

1 copo de amoras

Sumo de ½ limão

½ colher de sopa de farinha Maizena

 

8 colheres de sopa de iogurte

2 colheres de sopa de mel

4 colheres de sopa de Granola

 

Ferver as amoras com o sumo de limão e a farinha Maizena por cinco minutos. Esmagar e passar num coador para não ficar com as sementes. Deixar arrefecer.

Misturar o iogurte com o mel.

 

Para montar a sobremesa, põe-se uma colher de sopa de granola no fundo de um copo largo. Por cima duas colheres de sopa de iogurte e sobre o iogurte um pouco de molho de amora. Repete-se e por cima polvilha-se com um pouquinho de granola.

Estes ingredientes dão para dois copos do tipo whiskey.

 

Nota: Em vez de granola pode-se usar bolacha ralada.

 

Qui | 20.06.13

feio mas bom

Este é daqueles preparados que não ficou com o melhor aspecto visual mas o sabor é mesmo bom e recomendo!

 

Frango ao leite de coco e caril

 

 

½ frango do campo

1 maçã

1 curgete

1 cebola

1 colher de sopa de caril em pó

1 pitada de colorau em pó

200 ml de leite de coco

100 ml de água

Sal q.b.

 

Cortar frango em pedaços pequenos e a maçã, a cebola e a curgete em quadrados.

Envolver estes ingredientes no caril e temperar com sal e uma pitada de colorau.

Deitar a mistura num tabuleiro e por cima verter o leite de coco misturado com a água. Envolver bem e levar ao forno até estar dourado e o frango cozido, cerca de uma hora.

Servir com arroz branco.

 

Qua | 19.06.13

cool gadgets

Esta é daquelas geringonças que, honestamente, não serve para nadinha…

Ok, é engraçada, dá para ser assunto por cerca de dois ou três minutos mas bem espremidinho, é uma inutilidade.

Daquelas que nos oferecem, claro! As quais agradecemos muito porque, bem, porque são engraçadas {#emotions_dlg.sarcastic}

Isto, especificamente, é um sapo que achata latas vazias. Latas de bebidas porque as dos feijões e isso são muito rijas e este sapo não as engole…  Ao contrário de alguns sapo que, apesar de indigestos, temos que engolir{#emotions_dlg.tongue}

 

um sapo no sapo

 

 

 

Ter | 18.06.13

o arroz é nosso

O nosso arroz carolino é mesmo bom. A sério! Se puderem usem e verifiquem.

Existe à venda nas grandes superfícies arroz carolino proveniente das zonas do Mondego, Ribatejo e Sado.

O que eu uso, na maioria das vezes, é de produção local, das marinhas de arroz de Salreu e Canelas (Vouga), mas esse não se encontra em supermercados, compramos a quem produz ou a quem conhece quem produz.

 

Arroz Caldoso de Camarão e Ervilhas Tortas 

 

 

1 cebola

2 colheres de sopa de azeite

¼ de copo de vinho branco

1 copo de arroz carolino

Sal

Água a ferver q.b. *

6 estames de açafrão

100 grs de camarões descascados

1 mão-cheia de ervilhas tortas (retirar os fios)

1 colher de sopa de manteiga

Pimenta

 

Descascar os camarões e com as cascas e cabeças fazer um caldo que se mantém sempre a ferver para ir acrescentando ao arroz.

Alourar a cebola no azeite. Quando estiver dourada, juntar o arroz e mexer. Temperar com sal e adicionar o vinho e deixar evaporar.

Juntar o açafrão e meio copo de água de cozer as cascas do camarão. Deixar evaporar mexendo e repetir esta operação até gastar metade da água.

Adicionar o camarão e também as ervilhas. Continuar a adicionar água de cozer as cascas (ou água simples bem quente) até o arroz estar cozido e caldoso. Juntar a manteiga e a pimenta.

Servir de imediato.

 

Seg | 17.06.13

azeite 'engalanado'

Este azeite pode ser usado para temperar saladas, temperar peixe ou carne grelhados, servir de base para refogados ou apenas para molhar bocadinhos de pão e deliciar-se!

 

Azeite Picante

 

 

200 ml de azeite

1 dente de alho ralado

1 colher de sopa de piripiri

1 colher de chá de colorau em pó

 

Misturar os ingredientes num frasco ou numa garrafinha bonita, que possa ir à mesa.

Deixar repousar por umas horas e usar.

 

Nota: Pode ser usado ao longo de duas semanas. É melhor fazer pouca quantidade e fazer várias vezes do que fazer muito de uma vez.

 

Sex | 14.06.13

com sarampo?

Como de costume, se a vida nos dá limões, fazemos limonada; se nos der beterrabas, fazemos o que nos der na cabeça! (ah, e se nos der melões, provavelmente estamos a ler mal…)

 

Bolo de Beterraba 

 

 

250 grs de beterraba cozida e em puré

¾ de copo de açúcar

¼ de copo de óleo

2 ovos

2 colheres de chá de sumo de limão

1 copo de farinha

2 colheres de chá de fermento em pó

 

Untar uma forma com margarina. Reservar.

Numa taça misturar o puré da beterraba, o açúcar, o óleo, os ovos e o sumo de limão.

Adicionar a farinha e o fermento em pó e mexer.

Deitar na forma untada e levar ao forno por cerca de 30 a 40 minutos.

 

Nota: convém passar a beterraba mesmo num passe-vite e não fazer como eu que, preguiçosa, esmaguei com um garfo o que deixou este ar de bolo com sarampo…

Adaptada desta receita, claramente feita por alguém não tão preguiçoso {#emotions_dlg.sarcastic}

 

 

Qui | 13.06.13

os feriados dos outros :)

Hoje é feriado para muita gente, muita mesmo, dia de Santo António e feriado municipal em várias zonas do país.

Para quem está merecidamente a gozar este dia livre de trabalho, segue a sugestão de uma salada fresca, que se faz rápido e que fica muito saborosa.

 

Salada de massa colorida e frango

 

 

Lacinhos tricolores cozidos q.b.

Frango desfiado (cozido ou assado)

1 cebola pequena

1 raminho de cebolinhas

Beterraba cozida

Azeitonas

Queijo de cabra esfarelado (ou queijo Feta)

Pimenta preta moída

Molho:

1 colher de sopa de vinagre balsâmico

1 colher de sopa de vinagre de vinho tinto

1 colher de sopa de mostarda

4 colheres de sopa de azeite

 

Misturar todos os ingredientes, de preferência frios, e temperar com o molho (agitar num frasco os ingredientes do molho).

 

Nota: Estes ingredientes podem ser substituídos por outros mais à mão

 

Qua | 12.06.13

como o tempo passa...

Faz hoje um ano, estava eu no programa "Querida Júlia", da SIC, a apresentar esta receita que foi muito elogiada, pelo aspecto visual e também pela maravilha que é para quem gosta de ovos.

Ao que parece, acertei na mouche porque a 'tia' Júlia adora ovos!

Aqui está novamente, para quem ainda não percebeu que não se pode perder uma receita destas!!!  {#emotions_dlg.sarcastic}

 

Ovos no Pão

 

(antes de ir ao forno) 

 

4 pãezinhos redondos

8 azeitonas

Espinafres salteados

50 grs de queijo Feta

4 ovos pquenos

Azeite

Pimenta fresca

 

Retirar uma tampa em cada pão e remover o miolo do interior (reservar para outro uso).

Salpicar com um fio de azeite a parte de dentro do pão e as tampas e polvilhar com pimenta moída. Colocar as azeitonas cortadas em bocadinhos, os espinafres, o queijo Feta esfarelado. Por cima põe-se um ovo e polvilha-se com bastante pimenta.

Põem-se os pães e as tampas num tabuleiro forrado com folha de alumínio e leva-se ao forno até ficar no ponto desejado, cerca de 15 a 20 minutos. A meio pode-se tapar com mais folha de alumínio para não tostar demais.

 

Nota: Podem ser usados outros ingredientes para fazer o recheio dos pães como fiambre, outro tipo de queijo, curgetes ou cogumelos salteados, tomate, pimentos, etc. Pode ser usado queijo de cabra em vez do queijo Feta.

 

Quem quiser ver, ou rever a minha prestação, pode fazê-lo através deste link, emprestado, porque eu perdi o meu ...

entro lá para o minuto oito, mais coisa menos coisa...

Ter | 11.06.13

aperitivo

Uma solução que é óptima para queijos excessivamente salgados e que nos fazem fazer caretas quando os comemos, tal é a quantidade de sal.

Esta marinada disfarça o sabor a sal porque todos os outros sabores se querem chegar à frente {#emotions_dlg.blink}

 

 

Queijo Marinado

 

 

100 grs de queijo Feta (ou de cabra)

Sumo de ½ limão

1 colher de sopa de orégãos ou mistura de ervas para salada

1 colher de chá de piri-piri

Azeite q.b.

 

Cortar o queijo em cubos.

Misturar todos os ingredientes e envolver no queijo. Deixar repousar por uma hora e servir.

 

Sex | 07.06.13

fã deste flan

Olha um pudim melhor do que os instantâneos, tão fácil de fazer e tão saboroso!!!

Escusam de agradecer.

 

Flan de Bolachas

 

 

600 ml de leite

100 grs de bolacha Maria

100 grs de chocolate preto

2 colheres de sopa de farinha Maizena

Caramelo Líquido q.b.

 

Num fervedor mistura-se a farinha maizena com o leite. Juntam-se as bolachas partidas em pedaços e o chocolate, também em pedaços.

Leva-se ao lume mexendo sempre para não agarrar, até que as bolachas estejam desfeitas e o creme tenha engrossado.

Deitar uma ou duas colheres de caramelo líquido no fundo das taças, copos ou frascos. Por cima deita-se o creme ainda quente. Deixa-se arrefecer e serve-se.

 

Notas:

esta quantidade deu para quatro taças;

usei bolacha Maria Fibra;

não é necessário acrescentar açúcar porque o chocolate e a bolacha já dão doçura suficiente mas quem preferir pode juntar uma ou duas colheres de açúcar ou mel

 

adaptado de uma receita do blog Kanela Y Limon

 

Qui | 06.06.13

rolinhos

Para variar das febras grelhadas, aqui está uma solução bem fácil e pouco dispendiosa mas que faz uma excelente apresentação à mesa (se ao menos eu soubesse tirar fotografias de jeito...)

 

Febras Enroladas

 

 

 

2 febras grandes e finas

Sal, pimenta e sumo de limão

4 fatias de fiambre de frango

4 fatias de queijo (usei Gouda mas pode ser outro qualquer)

4 colheres de sopa de azeite

2 colheres de sopa de margarina líquida

 

Temperar as febras com sal, pimenta e sumo de limão. Deixar repousar por cerca de meia hora.

Estender a febras e rechear cada uma com duas fatias de fiambre e duas fatias de queijo. Enrolar e atar com um fio ou prender com palitos.

Levar ao lume o azeite e a margarina numa frigideira até aquecer e fritar os rolos tendo o cuidado de virar frequentemente para fritar por todo. Depois de alourar inicialmente pode-se tapar a frigideira com um anti salpicos. Frita por 20 minutos até a carne estar bem cozinhada.

Retirar o fio e servir com arroz ou batatas fritas e uma salada.

 

Nota: usei fio dental para atar os rolinhos

 

Qua | 05.06.13

perishable thoughts...

A Alcachofra (Cynara cardunculus) é uma planta que dá uma flor comestível se for apanhada ainda bem fechadinha, se não formos a tempo, fica muito rija e já não se pode comer.

O nome alcachofra provem do árabe al-kharshûf e significa "planta espinhuda".

Até agora só tinha comido alcachofras de conserva, nunca tinha comido ou preparado alcachofras frescas. Uma colega deu-me algumas da sua horta e lá tive que me fazer à vida.

Não é nada complicado de arranjar, retiram-se as folhas mais rijas, corta-se o topo, tira-se o meio que é muito peludo e cozem-se em água com sal. Aqui uma explicação em fotos que é muito mais esclarecedora!

Depois podem ser usadas de qualquer maneira, como qualquer outro vegetal.

Gastei estas em duas versões: cozidas e comidas frias com maionese; e numa quiche.

Se nunca experimentaram, está na hora!

  

 

   

Ter | 04.06.13

sandocha

Os enlatados deviam fazer parte da nossa alimentação de muitas maneiras pois são saudáveis, moderadamente baratos e fáceis e rápidos de usar.

Aqui está uma opção, das mais fáceis.

 

Sandes de Filetes de Sardinha

 

 

1 lata de filetes de sardinha (sem peles nem espinhas)

2 padas de centeio

Manteiga q.b.

Alface

Rúcula

Coentros

 

Barrar a manteiga nas padas e por cima dispor os filetes de sardinha e um pouco do molho. Por cima as verduras e tapar com a outra metade do pão.

Acompanhar com uma bebida fresca.

 

Nota: Usei sardinhas em azeite da Comur Fábrica de Conservas da Murtosa

 

Seg | 03.06.13

sopa vermelha

Aqui há uns dias tive que apanhar de empreitada umas dez beterrabas porque estavam todas a querer espigar e se as deixasse na terra, ficavam impróprias para consumo.

Assim, para além de um bolo de beterraba (sim!, receita em breve), de picles de beterraba e saladas com beterraba, também deu para fazer este creme que ficou delicioso.

 

Creme de Beterraba

 

 

2 alhos franceses pequenos

beterraba cozida (cerca de 300 grs) e cortada em pedaços

1 cenoura cortada em pedaços

3 batatas cortadas em pedaços

Azeite q.b.

1 litro de água

Sal q.b.

Queijo de cabra (opcional)

 

Alourar os alhos franceses em rodelas no azeite. Adicionar os restantes ingredientes excepto a água e mexer. Juntar a água e temperar a gosto com sal.

Deixar levantar fervura e baixar o lume. Cozer por 25 minutos e passar com a varinha mágica até parecer veludo. Juntar mais água a ferver se desejar que fique menos espesso.

Para complementar, pode-se servir com um pedacinho de queijo de cabra esfarelado. Combina muito bem!