Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Belita, a Rainha dos Couratos

Belita, a Rainha dos Couratos

Seg | 26.09.11

trio de compotas de figo

Os figos já estão a desaparecer. Mas ainda fui a tempo de experimentar compotas e desta vez três tentativas que saíram maravilhosamente bem.

A primeira é excelente com requeijão ou queijo fresco.

A segunda é muito boa para barrar em fatias de pão com manteiga.

A terceira é óptima para acompanhar queijos mais fortes.

 

Compota de Figos com Porto e Pinhão

 

 

1 kg de figos pingo de mel

800 grs de açúcar

1 dl de vinho do Porto

50 grs de pinhões

 

Cortar os pedúnculos aos figos e cortar em quatro. Deitar num tacho largo e por cima despejar o açúcar e o Porto.

Levar a fogo médio até começar a ferver e baixar o lume para o mínimo. Mexer de vez em quando, retirar alguma espuma que forme à superfície.

Quando estiver quase a atingir o ponto (cerca de hora e meia de fervura em lume brando) juntar os pinhões.

Verter para frascos esterilizados e fechar rapidamente para criar vácuo.

 

 

Variação: Canela e Limão

 

 

1 kg de figos pingo de mel

800 grs de açúcar

2 paus de canela

sumo de um limão

 

Faz-se da mesma maneira que a receita de cima, a diferença é que os ingredientes se juntam todos no início.

 

 

Compota de Figo

 

 

600 grs de figos

1 copo de açúcar

Sumo e raspa de um limão

1/8 de copo de vinho tinto

3 cravinhos da Índia

Pitada de sal

 

Misturar todos os ingredientes num tacho largo e deixar repousar por 30 minutos mexendo de vez em quando.

Levar ao lume e deixar fervilhar por 30 a 40 minutos.

Retirar os cravinhos, passar com a varinha mágica, voltar a levar ao lume até borbulhar (cerca de 5 minutos - cuidado com os salpicos) e deitar em frascos esterilizados. Fechar bem os frascos e reservar.

 

Nota: a última receita é daqui. As outras duas são lá de casa.