Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Belita, a Rainha dos Couratos

Belita, a Rainha dos Couratos

Qui | 11.08.11

criado ao ar livre

Nem sempre se consegue comer criação da que é efectivamente criada ao ar livre, a comer milho e couves e pão (e bicharocos). Mas quando se consegue encontrar quem nos arranje uma destas peças, é uma maravilha e o sabor serve para nos lembrar que o que compramos no supermercado, e que também dizem ser criado ao ar livre, não tem nada a ver. Nada!

 

Macarronada de galo caseiro

 

 

2 cebolas médias

3 dentes de alho

½ copo de azeite

½ galo caseiro cortado em bocados

Sal q.b.

½ copo de vinho branco

4 tomates coração de boi bem maduros

2 malaguetas

1 haste de alecrim

2 lts de água

400 grs de macarrão riscado

 

Na panela de pressão alouram-se as cebolas e os alhos no azeite. Juntam-se os bocados de galo com a pele virada para baixo e deixam-se alourar. Salpica-se com sal grosso.

Junta-se o vinho e mexe-se bem. Juntam-se os tomates descascados e cortados em pedaços. Mexe-se e deixa-se fervilhar.

Juntam-se as malaguetas e o alecrim. Adiciona-se a água e deixa-se levantar fervura.

Fecha-se a panela com a tampa e a pipeta da pressão e deixa-se cozer por 45 minutos após começar a apitar.

Desliga-se o lume e deixa-se perder a pressão, abre-se a tampa e adiciona-se o macarrão, voltando a acender o lume.

Deixa-se cozer o macarrão (agora sem a panela estar sob pressão) e serve-se com muito pão para aproveitar o molho que é maravilhoso!