Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Belita, a Rainha dos Couratos

Belita, a Rainha dos Couratos

Qui | 17.03.11

zé do pipo

Acredito que já toda a gente fez Bacalhau à Zé do Pipo… é um clássico da cozinha portuguesa.

No entanto, eu nunca tinha experimentado. Mas redimi-me e fiz esta receita exactamente (quase) como está no livrinho de receitas ‘Receitas de Todo o Ano’, editado em Dezembro de 1996 pelo Pingo Doce (acho que foi o 1º livro de receitas que editaram) e que tem uma vasta selecção de receitas tradicionais da nossa cozinha.

 

Bacalhau à Zé do Pipo

 

 

Cozer duas postas de bacalhau em leite por cerca de 10 minutos após levantar fervura.

Escorrer (coar e reservar o leite) e retirar peles e espinhas mas sem desfazer muito as postas.

Fazer um puré de batata aproveitando o leite da cozedura do bacalhau. Pode-se juntar uma gema de ovo e uma clara batida em castelo ao puré para ficar mais fofo.

Alourar em azeite uma cebola grande e três dentes de alho cortados em rodelas muito finas.

Num tabuleiro de barro ou pyrex dispõe-se o puré de batata a toda a volta deixando o meio livre. Deita-se metade da cebolada no espaço livre do tabuleiro e por cima dispõem-se as lascas do bacalhau que se cobrem com a restante cebolada. Sobre a cebolada dispõe-se maionese e enfeita-se com azeitonas pretas.

Leva-se ao forno bem quente para gratinar por cerca de 15 a 20 minutos.

 

Nota:

Não acrescentei o ovo no puré.

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.