Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Belita, a Rainha dos Couratos

Belita, a Rainha dos Couratos

Sex | 25.02.11

da arca

Uma das coisas boas de cultivar uma horta é que quando as coisas estão a produzir no seu ponto alto, podemos guardar para quando não há, ou para quando são mais caras.

No caso das courgetes, toda a gente sabe que quando dão, DÃO!!! E quando isso acontece aproveito para congelar para usar mais tarde.

No ano passado, além de congelar para sopa e para bolos (aos bocados e raladas, respectivamente) congelei também em rodelas fininhas para mais tarde usar em tartes.

Para congelar desta maneira, e para as rodelas não ficarem todas juntas num bloco, congelei em tabuleiros, rodela a rodela, e quando estava congelado (em menos de uma hora) guardei em sacos de plástico e sem o perigo de as rodelas voltarem a colar e poderem ser usadas da maneira desejada.

 

Quiche de Courgete e Mozarella

 

  

1 base de massa quebrada

3 dentes de alho

1 courgete grande ou 2 pequenas

1 bola de queijo mozarella fresco

1 colher de chá de orégãos

3 ovos

1 iogurte natural

1 dl de natas de soja

1 dl de leite

sal

pimenta fresca

 

Cortar a courgete em rodelas fininhas. Saltear as rodelas de courgete em azeite e alho. Reservar.

Numa taça batem-se os ovos com o iogurte, as natas e o leite. Tempera-se de sal e pimenta fresca e com os orégãos. Cortar a bola de mozarella em rodelas.

Estender a massa na tarteira.

(Na foto podem ver que também tem o papel que envolve a massa quando a compramos. É uma maneira excelente de não ter que untar a forma porque este papel é anti-aderente e além disso ajuda a retirar a tarte da forma, basta levantar pelas pontas)

No fundo da tarteira espalham-se as rodelas de courgete e bocadinhos de alho. De onde em onde espalham-se também as rodelas de queijo. Por cima deita-se o creme dos ovos e iogurte.

Leva-se ao forno por 25 a 30 minutos, até apresentar um aspecto douradinho.

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.