Segunda-feira, 18 de Fevereiro de 2019

quem gosta?

 

Começar a semana nem sempre é fácil e se bem que eu não diferencio os dias de trabalho (a segunda pode ser tão má ou tão boa quanto a quinta), o que é certo é que se tiver um incentivo logo ao começo do dia a coisa até parece que vai correr melhor. Por isso levanto-me um bocadinho mais cedo e aprecio com calma o que é bom.

Experimentem!

 

Papas de Aveia

 

IMG_20190215_072613.jpg

 

4 colheres de sopa de flocos de aveia

1 pitada de sal

Água q.b.

Pasta de Tâmaras

Manteiga de Amêndoa

Flocos de Coco

Sementes de Cânhamo

Bolinhas de Energia, opcional

Framboesas

 

Pôr num tachinho os flocos de aveia e o sal e cobrir com água de modo a ficar com mais de um centímetro de água acima dos flocos. Levar ao lume e deixar levantar fervura, mexendo para não pegar, durante uns cinco minutos. Se ficar muito grosso adicionar mais um pouco de água.

Retirar do lume e acrescentar uma colher de sopa de pasta de tâmaras (ou de açúcar amarelo, mel, xarope de ácer, o que preferirem). Mexer bem e deitar as papas numa taça. Por cima dispor uma colher de chá de manteiga de amêndoa, flocos de coco tostados, sementes de cânhamo, bolinhas de energia e framboesas.

Apreciar.

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
Sexta-feira, 15 de Fevereiro de 2019

quando me pedem com jeitinho

 

Não sei quem é que diz que de Espanha nem bom vento nem bom casamento.

De todas as vezes que lá vou (e convém dizer que ‘a minha Espanha’ fica a pouco mais de 150 kms) não me lembro de não ter gostado seja do que for. Mas isto como se costuma dizer, a opiniões são como os narizes… todos temos um 

Mas que não restem dúvidas quanto a esta receita!

É do melhor e só conheço uma pessoa que não iria gostar porque não gosta de queijo (eu nem sabia que havia pessoas dessas!).

Nunca fui ao restaurante La Viña em San Sebastián mas garanto que quando lá for só vou querer disto, esqueçam lá o resto dos pratos 

 

Tarta de Queso de La Viña

 

IMG_20190210_121543.jpg

 

450 grs de queijo-creme

200 grs de açúcar

4 ovos pequenos

1 colher de sopa de farinha de trigo

250 ml de natas

 

Molhar um papel de ir ao forno e amachucar numa bola. Abrir e com este papel todo enrugado forrar uma forma de 20 cms de diâmetro, de preferência de aro mas as outras também dão. Não é preciso untar.

Pôr todos os ingredientes numa taça e mexer com a batedeira ou com uma vara de arames até estar uma massa lisa e sem quaisquer grumos.

Deitar a massa na forma forrada e levar ao forno 40 minutos. Apagar o forno e entreabrir a porta deixando arrefecer (retirei ao fim de 20 minutos e deixei arrefecer completamente fora do forno). Levar ao frigorífico até ser necessário.

Servir frio mas sem estar gelado (ou seja, deve-se retirar do frigorífico uma meia hora antes de servir).

 

Nota: a receita adaptei-a da que encontrei no Directo al Paladar

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (2) | favorito
Quinta-feira, 14 de Fevereiro de 2019

choco, não é chocolate

 

Na praça da terrinha há cinco bancas de peixe que não variam muito a oferta: carapauzinhos, carapaus, fanecas, pescada, robalos, douradas e de vez em quando raia, lulas e chocos.

Aqui há uns tempos havia choco mas já em tiras, deviam pertencer a um choco gigante porque eram bem grandes mas, segundo a peixeira, eram tenrinhos e cozinhavam-se num instante.

Aproveitei e fiz uma Jardineira, embora do que eu goste mesmo é de ‘choco frrrrito’!

 

Jardineira de Choco

 

IMG_20190126_131118.jpg

 

Azeite q.b.

1 cebola

2 dentes de alho

1 tomate grande (usei congelado)

350 grs de choco

Sal q.b.

Coentros em pó

Colorau em pó

Noz-moscada

1 cenoura

50 grs de ervilhas

4 batatas

1 colher de sopa de molho inglês

1 colher de sopa de pasta de tomate

Água a ferver

Salsa e coentros picados

 

Alourar a cebola e os dentes de alho picados no azeite. Adicionar o tomate e o choco cortado em quadrados (usei choco do grande). Temperar com sal, coentros, colorau e noz-moscada a gosto.

Adicionar a cenoura picada, as ervilhas e as batatas cortadas em quadrados. Misturar o molho inglês, a pasta de tomate e a água a ferver e deitar no tacho até quase cobrir as batatas. Deixar ferver, baixar o lume e cozer por cerca de meia hora.

Acrescentar água se necessário para ter molho mas não em excesso. Rectificar os temperos e servir polvilhado com salsa e coentros picados.

 

tags:
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (2) | favorito
Terça-feira, 12 de Fevereiro de 2019

dádivas

 

Deram-me um ror de tâmaras! Deu para fazer muitas coisas, mesmo muitas, e estas bolinhas foram apenas uma das coisas que fiz.

Tão bom! 

 

Bolinhas de Tâmaras

 

IMG_20190202_200348.jpg

 

1 copo de tâmaras sem caroço

100 grs de amêndoa ralada

1 colher de chá de essência de amêndoa (opcional)

100 grs de coco ralado + algum para polvilhar

25 grs de chocolate negro ralado

 

Triturar as tâmaras na picadora. Adicionar a amêndoa ralada, a essência e o coco e voltar a triturar. Acrescentar o chocolate ralado e moldar bolinhas com as mãos que se passam por coco ralado.

Guardar no frio.

Duram pouco porque são mesmo boas e desaparecem num instante mas se não fosse isso, aguentavam à vontade um mês no frigorífico.

 

IMG_20190202_181458.jpg

 

tags:
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
Segunda-feira, 11 de Fevereiro de 2019

Uma quê?

 

Embora já tivesse ouvido falar muito de Miso, nunca tinha experimentado. É uma pasta de soja fermentada, de origem Japonesa e vende-se em saquetas. Serve para fazer um caldo que pode ser consumido como sopa ou como ingrediente em receitas asiáticas e tem o tão falado sabor Umami.

Como é muito rico em ‘bactérias boas’ (probióticos) não podia estar mais na moda entre os entusiastas de comida saudável pois ajuda à digestão e é uma excelente fonte de vitaminas B, E, K e ácido fólico. Além de ser uma espécie de super sabor instantâneo!

Experimentem, já há à vendas nos supermercados.

 

Massa Japonesa com Frango e Miso

 

IMG_20190208_201336.jpg

 

1 embalagem de massa japonesa grossa

1 colher de sopa de óleo de amendoim

1 colher de sopa de óleo de girassol

2 chalotas

1 pedaço de gengibre 

2 dentes de alho 

1 bife de frango 

150 grs de rebentos de soja

½ pimento vermelho 

1 cenoura grande

1 saqueta de Miso

150 ml de água a ferver

150 ml de molho de soja

Cajus picados para polvilhar

 

Cozer a massa (cerca de 4 minutos) e escorrer.

Numa taça misturar a pasta de Miso com a água a ferver. Mexer e reservar.

Cortar as chalotas em meias luas. Ralar os dentes de alho e o gengibre. Cortar em tiras o pimento e a cenoura e também o bife de frango.

Aquecer os óleos no wok. Alourar as chalotas e adicionar os alhos e gengibre ralados. De seguida juntar as tiras de frango, os rebentos de soja, o pimento e cenouras. Adicionar o molho de soja, mexer e deixar cozinhar uns minutos.

Adicionar a massa escorrida e a mistura de Miso e envolver bem sem deixar ferver. Polvilhar com cajus tostados.

 

tags: ,
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
Sexta-feira, 8 de Fevereiro de 2019

Reaproveitar

 

Sobrou pão? Não podia haver melhor notícia!

Este pudim é super fácil de fazer e aproveita-se para gastar aqueles papos-secos, moletes, carcaças, pãezinhos que sobraram (na minha terra diz-se que cresceram mas crescer não crescem, quando muito ainda estão é mais mirrados  )

A receita é da Maria Rodriguez. Tem muitas receitas com um aspecto maravilhoso e as fotos são de babar!

 

Pudim de Pão

 

IMG_20190127_204907.jpg

 

3 pães secos

4 ovos

500 ml de leite

125 grs de açúcar amarelo

Raspa de 1 laranja

1 mão-cheia de uvas passas

1 cálice pequeno de Moscatel

Caramelo líquido

 

Barrar com caramelo uma forma de bolo inglês. Pôr as passas numa tacinha com o moscatel.

Partir o pão em pedacinhos e deitar numa taça com metade do leite para envolver.

Bater com a batedora o restante leite com os ovos, o açúcar e a raspa da laranja. Adicionar o pão demolhado e bater novamente. De seguida juntar as passas e algum moscatel que sobre.

Pôr na forma com o caramelo e levar ao forno num tabuleiro com água a ferver para cozer em banho-maria por uns 45 minutos. Verificar com um palito.

Retirar do forno e deixar arrefecer, de preferência até ao dia seguinte e desenformar.

 

Nota: a massa era muita para uma forma por isso untei outra com manteiga (já não tinha caramelo) e cozi no mesmo tabuleiro. Ficou muito bom mas o que tinha caramelo [na foto] ficou ainda melhor.

tags: ,
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (2) | favorito
Quinta-feira, 7 de Fevereiro de 2019

à antiga

 

Esta receita foi estreada no Natal e repetida agora mais recentemente, desta vez assada em fogão de lenha. Uma maravilha.

É preciso pensá-la com alguma antecedência embora não dê trabalho nenhum a fazer.

Primeiro é pedir no talho que desossem uma coxa de peru, mais vale grande que assim dá para a refeição e sobra para sandes!

Depois é só pôr a carne numa salmoura e um dia depois está pronta a cozinhar.

A foto, mais uma vez, não faz jus ao bom que isto ficou!

 

Perna de Peru Recheada

 

IMG_20190203_170257.jpg

 

2 laranjas

1 limão

1 lima

Sal q.b.

1 perna de peru desossada

2 alheiras de caça

 

Pasta:

4 dentes de alho ralados

1 colher de chá de colorau em pó

1 colher de sopa de ervas aromáticas secas, a gosto

Sal q.b.

1 dl de azeite

1 dl de vinho

 

Um dia antes de se cozinhar põe-se a perna de peru já desossada numa bacia com as rodelas das laranjas, limão e lima e um punhado de sal. Fica de preferência por 24 horas neste banho. Depois retira-se e seca-se a carne muito bem.

Estende-se a perna de peru desossada e recheia-se com o conteúdo de duas alheiras bem espalhado.

Enrolar e atar com um fio de cozinha bem apertado.

Misturar todos os ingredientes da pasta e barrar o rolo atado.

Pôr num tabuleiro e levar a forno forte por cerca de 30 minutos, depois baixar o lume, tapar com papel de alumínio e deixar estar a cozer por mais cerca de uma hora ou hora e meia se a perna for muito grande (a que usei era).

Retirar do forno e deixar repousar uns cinco minutos antes de retirar o fio e cortar em fatias finas. Recolher o molho do tabuleiro para uma molheira.

Servir com legumes assados e arroz.

 

IMG_20190203_164629.jpg

 

 

tags:
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
Terça-feira, 5 de Fevereiro de 2019

brrrrrr

 

Vamos aquecer por dentro?

 

Creme de Lentilhas Vermelhas

 

IMG_20190122_195819.jpg

 

1 colher de sopa de óleo de coco

100 grs de lentilhas vermelhas

1 batata-doce laranja

1 cebola

1 nabo

2 batatas

750 ml de água a ferver

Sal q.b.

Endro picado

 

Aquecer o óleo de coco e adicionar as lentilhas e batata-doce, cebola, nabo e batatas cortadas em pedaços.

Mexer e adicionar a água a ferver, temperar com sal a gosto e deixar cozer por cerca de 25 minutos.

Triturar com a varinha mágica e servir salpicado com endro picado.

 

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito (1)
Segunda-feira, 4 de Fevereiro de 2019

Vai um galão?

 

Para aquecer numa tarde gelada um chá vai sempre bem mas por vezes queremos algo com mais substância e aí entram estes galões modernos e de nome estrangeiro, com a espuma do leite a fazer um bigode dos lindos 

 

Galão de Canela (Cinnamon Latte)

 

IMG_20190202_102950.jpg

 

250 ml de leite ou bebida vegetal

1 colher de chá de açúcar de coco

1 colher de café de canela

1 café expresso

 

Aquecer o leite com o açúcar e a canela. Deitar numa caneca 2/3 do leite. Com o restante fazer espuma de leite (usei um aparelho apilhas que tenho e que faz super espuma, mas pode ser feito com a varinha mágica também).

Fazer um café forte e deitar sobre o leite na caneca. Por cima pôr a espuma de leite e polvilhar com canela.

Beber bem quente.

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
Sexta-feira, 1 de Fevereiro de 2019

tempestade?

 

Deram-me abacates maduros. Aconteceu isto.

 

Brownies de Abacate e Chocolate Negro

 

IMG_20190130_230732.jpg

 

Brownies:

60 grs de chocolate negro ou pepitas

2 abacates maduros

¾ de copo de açúcar de coco

2 colheres de chá de café instantâneo

2 colheres de chá de extracto de baunilha

2 ovos

½ copo de cacau em pó

½ copo de farinha de amêndoa

1 pitada de sal

Caju torrado (opcional)

 

Molho:

½ copo de xarope de ácer

¼ de copo de óleo de coco

40 grs de chocolate negro

¼ de copo de cacau

 

Forrar uma forma quadrada 20x20 cm com papel de ir ao forno.

Derreter o chocolate ou pepitas no micro-ondas. Mexer até ficar liso e reservar.

No robot de cozinha colocar a polpa de abacate, o açúcar de coco, o café instantâneo, a baunilha e os ovos. Triturar e de seguida adicionar o cacau em pó, a farinha de amêndoa e o sal. Dar mais umas voltas à lâmina do robot, apenas para envolver tudo bem.

Deitar a massa às colheradas na forma e espalhar com a ajuda da colher. Levar a forno quente por cerca de 20 a 30 minutos, dependendo do forno. Ter cuidado para não deixar cozer demais, no meu forno foram só 23 minutos, com um palito vi que já estava cozido.

Retirar do forno e deixar arrefecer.

Pôr o xarope de ácer, o óleo de coco e o chocolate numa caçarola e levar a lume muito brando para derreter tudo. De seguida adicionar o cacau em pó e mexer bem.

Deitar sobre os brownies e por cima espalhar caju picado. Cortar em quadrados e apreciar

 

Esta receita foi inspirada/copiada desta e é boa demais!

Se quiserem podem ver o filminho que ajuda a perceber como isto é fácil de fazer: https://www.facebook.com/hbharvest/videos/fudgy-avocado-brownies-with-chocolate-fudge-frosting/1407667132630311/

 

IMG_20190130_203642.jpg

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
Quinta-feira, 31 de Janeiro de 2019

fresquinho da Ria

 

Acho que ainda não vos disse que me ofereceram uma cataplana. Mesmo bonita, de tamanho considerável e com o interior antiaderente. Espectacular!

Já fiz várias experiências e só digo que cozinhar na cataplana é muito bom porque como aquilo fecha hermeticamente, os sucos da cozedura não se desperdiçam.

Recomendo!

A estreia foi com um Robalo da Ria [de Aveiro] que comprei na praça.

 

Cataplana de Robalo

 

IMG_20190112_131435.jpg

 

1 robalo amanhado e cortado às postas

1 cebola

2 dentes de alho

1 tomate maduro grande

4 batatas grandes em rodelas

½ pimento vermelho em tiras

Sal q.b.

1 colher de café de coentros em pó

1 colher de café de curcuma (açafrão das Índias)

1 colher de café de colorau em pó

150 ml de vinho branco

150 ml de água

1 golada de azeite

 

Pôr metade da cebola em rodelas no fundo da cataplana e um dos dentes de alho picado. Pôr metade do tomate em pedacinhos e por cima o peixe, o pimento e metade das batatas. Voltar a pôr cebola, alho, tomate e batatas. Temperar com o sal, os coentros em pó, o açafrão das Índias e o colorau. Deitar o vinho e a água na cataplana e regar com uma golada de azeite. Fechar e levar a lume forte até começar a ferver, depois baixar e deixar apurar por cerca de meia hora.

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
Terça-feira, 29 de Janeiro de 2019

oui!

 

Quando somos previdentes e organizados, tratamos de adiantar algumas coisas que mais à frente nos vão facilitar a vida, por exemplo, cozer mais umas postas de pescada, assar mais vegetais, fazer arroz que depois sirva para outra coisa, ou massa…

Pois comigo nada disso, é tudo à última da hora, tudo pensado em cima do joelho, tudo muito atrapalhado.

Mas mesmo assim consigo pôr a comida na mesa 

 

Soufflé de Pescada

 

20190104_204815.jpg

 

1 cebola picada

2 dentes de alho picados

Azeite q.b.

2,5 colheres de sopa cheias de farinha

1 colher de sopa de mostarda em pó

250 ml de leite

100 ml de água de cozer a pescada

Sal e pimenta a gosto

3 colheres de sopa de ervas aromáticas (usei salsa, endro e aipo)

350 grs de pescada cozida e limpa de peles e espinhas

4 ovos (separar gemas das claras)

 

Alourar a cebola e o alho no azeite. Salpicar com a farinha e a mostarda em pó, mexer e adicionar o leite e a água de cozer a pescada. Mexer bem, temperar com sal e pimenta a gosto, juntar as ervas aromáticas e as gemas e mexer bem até engrossar.

Adicionar a pescada em lascas e rectificar os temperos se necessário.

Bater as claras em castelo e envolver na mistura de pescada.

Levar a forno quente num pyrex untado até alourar e crescer para o dobro da altura, cerca de 25 minutos.

 

Nota: usei o mesmo recipiente ao lume e no forno, menos louça para lavar 

 

tags:
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (2) | favorito
Segunda-feira, 28 de Janeiro de 2019

começos

 

Antigamente para além das latas de atum e de sardinhas, e de algumas enguias pelo menos aqui na zona de Aveiro, não havia muito mais variedade em conservas.

Agora, que ganharam estatuto de estrela principal, até já têm lojas e restaurantes que lhes são completamente dedicados. E a meu ver muito bem, que sempre fui fã de peixe em conserva.

E foi com muita alegria que descobri que um dos meus peixes favoritos agora também tem a sua lata!

Em vez de ser ‘carapau-de-corrida’ é carapau de conserva 

 

Pasta de carapau para barrar

 

IMG_20190120_200726.jpg

 

1 lata de filetes de carapau

2 colheres de sopa de mostarda

2 colheres de sopa de maionese

Picles picados

Salsa e endro picados

Sumo de meio limão

Pimenta preta

 

Misturar todos os ingredientes desfazendo os filetes com um garfo.

Servir em sandwiches com tomate e ovo cozido em rodelas ou em tostinhas.

 

tags:
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
Sexta-feira, 25 de Janeiro de 2019

já...

 

Alguma cor para nos acompanhar durante o fim de semana.

Que aproveitem.

 

Copinhos Tricolores

 

20180930_125342.jpg

 

2 copos de leite

¾ copo de açúcar amarelo

20 grs de farinha

30 grs de cacau em pó

½ colher de chá de canela

100 grs de queijo quark

100 grs de iogurte grego

1 colher de sopa de açúcar

Compota a gosto

 

Numa caçarola misturam-se a farinha, o açúcar, o cacau, a canela e o leite. Mexe-se bem e leva-se ao lume para engrossar, mexendo continuamente para não agarrar ao fundo. Quando estiver a borbulhar e com uma consistência cremosa, desliga-se o lume e reserva-se até esfriar.

Bate-se o queijo quark com o iogurte grego e o açúcar.

Deitar o creme de chocolate em copinhos ou tacinhas até 1/3 da altura, deitar por cima umas colheradas de creme de queijo e iogurte e por cima uma colherada de compota a gosto, eu usei uma de maracujá mas qualquer uma serve, especialmente se for um pouco ácida.

 

tags:
publicado por belitaarainhadoscouratos às 10:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
Quinta-feira, 24 de Janeiro de 2019

dois ingredientes

 

Quando era miúda, criavam-se porcos lá em casa e desde os pés ao focinho, aproveitava-se tudo e tudo era um manjar (menos as iscas…).

Agora é raro comer carne de porco mas quando vem de alguém que sei que os cria com esmero, lá me decido.

Desta vez aproveitei para fazer Rojões, que é um prato muito típico da zona onde vivo e que, à moda da minha mãe, apenas leva dois ingredientes, a carne e o sal!

 

Rojões à moda da minha Mãe

 

20181223_131924.jpg

 

1,2 Kg de carne de porco em pedaços

Sal grosso q.b.

 

Pôr a carne num tacho largo e salpicar com o sal.

Levar o tacho ao lume no mínimo para largar alguma gordura tapado por uns dez minutos e de seguida destapar subir o lume e deixar frigir mexendo sempre para não pegar, até a carne estar dourada e bem cozida.

É essencial que de quando em quando se mexa a carne para que não agarre. Leva cerca de uma hora no total a ficar com este aspecto da fotografia, bem douradinho (ou mais um pouco se for carne caseira).

Retirar os rojões e servir com picles, azeitonas e rodelas de laranja.

 

Notas:

A carne deve ser entremeada de febra e gordura. A gordura é que vai derreter e fazer com que a carne frite na sua própria gordura.

Aproveitar o pingue (banha) para outros cozinhados.

 

tags:
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
Terça-feira, 22 de Janeiro de 2019

primeiras vezes

 

Foi a primeira vez que cozinhei com raiz de aipo. E foi muito bom!

 

Creme de Raiz de Aipo com Gremolata

 

20181218_204408.jpg

 

Sopa

2 colheres de sopa de azeite

1 cebola

1 raiz de aipo pequena

1 batata-doce branca

1 nabo

1 curgete

2 batatas

Sal q.b.

750 ml de água a ferver

 

Gremolata

1 cebola pequena picada

1 fio de azeite

Salsa picada

Nozes picadas

 

Descascar e cortar em pedaços idênticos a cebola, a raiz de aipo, a batata-doce, o nabo, a curgete e as batatas.

Pôr o azeite e restantes ingredientes numa panela e levar ao lume por um minuto. Acrescentar a água a ferver e deixar levantar fervura. Baixar o lume e deixar cozer por 20 minutos.

Entretanto faz-se a gremolata alourando a cebola juntamente com as nozes e a salsa picada num fio de azeite.

Triturar a sopa e servir com gressinos e a gremolata.

 

tags:
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
Segunda-feira, 21 de Janeiro de 2019

home remedies :)

 

Quando o pingo no nariz, o catarro, as dores de garganta e tudo o resto inerente a esta época de frio e chuva aparecem, toca a combatê-los com o que há por casa e sem ter que ir à farmácia!

 

Leite Dourado

 

20190106_203627.jpg

 

200 ml de litro de leite

1 colher de café de açafrão das Índias (curcuma)

1 pitada de canela em pó

1 pitada de pimenta preta

1 colher de sopa de mel

 

Levar o leite ao lume com os restantes ingredientes até levantar fervura.

(Para fazer espuma usar uma batedeira ou um utensílio próprio a pilhas.)

Deitar numa caneca e beber muito quente.

 

tags: ,
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
Terça-feira, 15 de Janeiro de 2019

alternativas

 

Os nossos pratos devem ser o mais coloridos possível, ou melhor, a nossa comida é que deve ser, os pratos até podem ser brancos 

Não podendo encher um prato de smarties ou M&M’s, fica aqui esta sugestão 

 

Batatas Coloridas Assadas

 

49797500_1177094445774088_1354246035022544896_n.jp

 

2 batatas

1 batata-doce laranja

1 batata-doce roxa

1 batata-doce branca

1 cabeça de alhos

2 colheres de sopa de azeite

Sal q.b.

Ervas aromáticas secas a gosto (usei mistura de tomilho, orégãos, alecrim, salva e piri-piri)

 

Descascar as batas e cortar em palitos grossos. Cortar as pontas dos dentes de alho sem separar.

Numa bacia misturar os palitos de batata com o sal, as ervas aromáticas e o azeite. Envolver bem.

Forrar um tabuleiro com papel vegetal e dispor as batatas.

Levar ao forno médio por cerca de uma hora virando as batatas a meio.

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito (1)
Segunda-feira, 14 de Janeiro de 2019

que fofura

 

Esta receita de panquecas deixa-as bem fofas e altas.

Fiz só metade da receita. Podemos fazer o dobro e deixar algumas para os pequenos almoços ou lanches seguintes, aguentam três dias sem estragar no frigorífico. É só retirar as panquecas para a temperatura ambiente por meia hora ou aquecer no micro-ondas por dez segundos e já está!

 

Panquecas (com Fruta)

 

20190102_184919.jpg

 

1 copo de farinha de trigo c/ fermento

1 pitada de sal

½ colher de chá de fermento em pó

½ colher de chá de bicarbonato de sódio

1 ovo batido

1 copo de leite c/ 1 colher de sopa de vinagre

2 colheres de sopa de óleo de girassol

 

Misturar todos os ingredientes numa taça e mexer bem para não ficar com grumos.

Aquecer uma frigideira antiaderente e derreter 1 colher de chá de manteiga.

Deitar uma medida de massa (meia concha de sopa) na frigideira e deixar até formar umas bolhinhas. Virar do outro lado e deixar por mais um minuto.

Retirar para um prato e continuara té esgotar a massa.

Juntar fruta fresca e mel ou xarope de ácer e servir.

 

Nota: receita original aqui

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
Sexta-feira, 11 de Janeiro de 2019

vai saber muito bem!

 

Como já devem andar todos fartinhos de dietas, aqui fica uma sugestão que vai saber bem com uma bebida quentinha.

 

Bolo de Coco e Iogurte

 

20181207_193350.jpg

 

1 iogurte natural

2 embalagens de iogurte de farinha

2 embalagens de iogurte de coco ralado

2 embalagens de iogurte de açúcar amarelo

1 embalagem de iogurte de óleo

2 ovos

Raspa e sumo de uma laranja grande ou duas pequenas

 

Juntar todos os ingredientes numa taça e mexer com uma colher de pau até estar tudo bem misturado.

Untar um tabuleiro e deitar a massa no tabuleiro. Levar a forno quente por cerca de 20 minutos, dependendo do forno.

Retirar e cortar em quadrados. Polvilhar com canela.

 

Nota: Inspirado nesta receita

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
Quinta-feira, 10 de Janeiro de 2019

vamos lá a aproveitar

 

Continuando na senda dos aproveitamento e em vestir as sobras com outras roupagens, deixo aqui uma sugestão para sobras de carne assada, estufada, cozida, frita ou mesmo todas as versões juntas.

Pode haver alturas em que as sobras de um assado por exemplo não são suficientes para ir fazer logo um empadão. Mas se juntarmos a essas sobras outras, várias, já pode dar.

A solução é ir congelando num recipiente os bocados que vão sobrando e quando se tiver uma quantidade jeitosa, dá para fazer croquetes, empadões, lasanhas o que apetecer na altura. E ninguém se vai queixar de que está a comer sobras!

 

Empadão de Vitela com Arroz

 

20180729_131500.jpg

 

1 cebola

2 cenouras

2 hastes de aipo

200 grs de cogumelos

1 curgete

1 raminho de salsa

50 ml de azeite

500 grs de carne (assada, cozida, etc)

100 ml de vinho branco

150 ml de água

150 ml de molho de tomate

1 pitada de sal

1 colher de chá de piripiri

1 colher de chá de orégãos

1 colher de chá de colorau

1 colher de chá de molho Inglês

Cerca de 500 grs de arroz cozinhado

1 ovo

 

No robot de cozinha triturar a cebola, cenoura, aipo, cogumelos, curgete e salsa.

Pôr no tacho com azeite e deixar refogar.

De seguida triturar também as sobras de carne.

Adicionar ao refogado e apurar um minuto ou dois.

Adicionar vinho branco, água e molho de tomate, sal, piripiri, orégãos, colorau e molho Inglês.

Deixar apurar até estar ao gosto. Rectificar os temperos.

Pôr arroz na base de um tabuleiro, por cima põe-se o refogado de carne e tapa-se com mais arroz.

Cobre-se com um ovo batido e leva-se ao forno até alourar.

 

Nota: neste caso específico, até o arroz tinha sido congelado!

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (2) | favorito
Quarta-feira, 9 de Janeiro de 2019

Perishable thoughts...

 

“Do milhão de toneladas anuais de comida desperdiçada em Portugal, o projecto apurou que 324 mil perdem-se em casa dos consumidores.”

 

Já que no ano novo todos temos muito boa vontade e muito boas intenções acerca daquilo que podemos fazer nas 365 páginas em branco que se nos oferecem, deixo aqui uma sugestão para que, este ano, olhemos para o desperdício alimentar que cada um de nós faz em nossas casas.

Uma das razões para o que estragamos é: ah, não gosto de comida aquecida.

Muitos de nós não gostam, mas a comida que sobra não tem forçosamente que ser aquecida, pode ser reinventada, pode ser transformada, pode ser aproveitada.

Porque vejam bem lá em cima aquela frase que saiu de um artigo do National Geographic: “Do milhão de toneladas anuais de comida desperdiçada em Portugal”… um milhão de toneladas!

Já nem falo na fome em África, esse milhão de toneladas podia bem ajudar a sustentar os Bancos Alimentares, podia servir para que não gastássemos tanto dinheiro em comida, podia servir para gastarmos o mesmo dinheiro em comida mas em comida melhor…

Além de que não é só a comida que se perde, é o combustível que se gasta para a transportar de onde é produzida para onde é consumida, é a água gasta para regar os campos, são as embalagens.

E depois andamos aqui todos de saias à cabeça por causa do efeito de estufa, do ambiente, da pegada ecológica, dos recursos naturais.

 

“Se o desperdício mundial de géneros alimentares fosse um país, seria o terceiro maior responsável pela emissão de gases com efeito de estufa do mundo, logo a seguir à China e aos EUA!”

 

Não sou fundamentalista de causa nenhuma e também não tenho soluções para os probemas ou resoluções de ano novo mas que vou continuar a aproveitar o melhor que posso as sobras lá de casa, isso vou!

 

Croutons

 

20190102_202030.jpg

 

10 fatias de pão de forma

 

Cortar as fatias de pão de forma em quadrados uniformes. Levar a forno quente até estarem dourados e estaladiços. Deixar arrefecer e guardar num frasco para utilizar em sopas, saladas, fazer pão ralado, etc.

 

Nota: Usei fatias de pão de forma descongeladas e já com uns dias que acabaram por não ser necessárias na altura. E aproveitei o forno que já estava a ser utilizado para outra coisa para fazer estes croutons.

 

tags:
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
Terça-feira, 8 de Janeiro de 2019

cores da moda

 

A batata-doce está em alta. E agora tem tantas cores que até apetece vesti-la 

 

Batata Doce Recheada

 

20181207_200213.jpg

(antes de ir ao forno)

 

1 batata-doce laranja

50 grs de bacon

100 grs de queijo mozarela ralado

Sal, pimenta e ervas aromáticas q.b.

Azeite

 

Assar a batata doce inteira no micro-ondas por 10 minutos (com um corte para não estourar).

Retirar e cortar fatias quase até ao fundo mas deixando cerca de 1 cm por cortar.

Rechear os intervalos das fatias com bacon cortado em pedaços e queijo ralado. Temperar com sal e pimenta e ervas aromáticas a gosto e por cima regar com um fio de azeite.

Levar ao forno por cerca de 20 minutos até derreter o queijo e servir com cogumelos salteados ou uma salada.

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
Segunda-feira, 7 de Janeiro de 2019

Ooooommmmm

 

Devagar, na calma, sem ansiedades, chatices, pressões, foi assim que começou o ano novo.

E agora, que já passaram uns dias, vou tentar que continue assim, com tempo para apreciar aquilo de que gosto e me faz bem, com tempo de me sentar à mesa e apreciar a refeição de que mais gosto no dia-a-dia. Mesmo tendo que programar o despertador para meia-hora mais cedo, vale a pena!

 

Papas de Aveia

 

20190104_072750.jpg

 

½ copo de flocos de aveia

1 copo de leite de coco/normal

3 tâmaras em pedacinhos

1 pitada de canela

 

Levar ao lume mexendo de vez em quando por cinco minutos.

Deitar numa taça e acrescentar:

1 colher de sobremesa de manteiga de amêndoa

1 colher de sopa de frutos secos/desidratados

1 colher de sobremesa de pepitas de cacau

 

Servir morno.

 

20190102_150823.jpg

Bioria

 

tags:
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
Sexta-feira, 28 de Dezembro de 2018

Está a acabar. Venha o novo!

 

Para a despedida do ano, deixo esta receita, ainda bem a tempo de ser feita para as festarolas que se avizinham.

Espero que o Natal tenha sido a vosso contento e que tenham conseguido encontrar Paz no meio do reboliço e da confusão. E que o ano que se avizinha venha de encontro aos vossos desejos e anseios.

Gosto de número impares por isso o ano que vem já é dos meus favoritos, a ver se corresponde.

Feliz Ano Novo!

 

Cheesecake

 

20181209_204446.jpg

 

Base:

250 grs de bolachas Digestive

100 grs de manteiga derretida

Bolo:

400 grs de queijo-creme (tipo Philadelphia)

250 grs de queijo Quark

250 grs de iogurte grego

1 copo de açúcar amarelo

3 colheres de sopa de farinha

4 ovos grandes

1 colher de chá de extracto de baunilha

Raspa de 1 laranja

Raspa de 1 limão

Calda:

200 grs de mirtilos (usei congelados)

4 colheres de sopa de açúcar amarelo

4 colheres de sopa de água

Sumo de um limão

 

Triturar as bolachas e adicionar a manteiga. Pôr esta mistura na base de uma tarteira de fundo amovível e pressionar bem.

Pôr os ingredientes do bolo numa taça e bater com a batedeira ou à mão até estar um creme líquido e sem grumos. Deitar sobre a base e levar a forno quente por cerca de uma hora. Vai subir bastante e provavelmente racha a parte de cima mas não tem problema (vai baixar um pouco ao arrefecer). Se começar a escurecer tapar com papel de alumínio até acabar de cozer. Retirar do forno, deixar arrefecer e pôr no frigorífico até ao dia seguinte.

Entretanto levar os mirtilos com o açúcar, a água e o sumo de limão ao lume e deixar ferver por dez minutos. Deixar arrefecer e reservar.

Quando for para servir, cortar fatias e deitar calda por cima.

 

Nota: pode ser usada outra fruta para fazer a calda

 

20181208_194831.jpg

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (2) | favorito
Segunda-feira, 17 de Dezembro de 2018

a rodos

 

Outra sugestão daquelas que em dez minutos está tudo pronto e só temos que esperar que solidifique sem ter tentações de ir tirando bocadinhos.

Afinal isto é para presentear, não é para comer à guloso!

 

Chocolate em Pedaços

 

20181216_184510.jpg

 

400 grs de chocolate (usei de 72% cacau)

1 colher de sopa de óleo de coco

2 colheres de sopa de xarope de ácer

Frutos secos (nozes pecãs, pistachos, castanha do maranhão), flocos de coco e bagas goji q.b.

 

Derreter o chocolate com o óleo de coco e o xarope de ácer no micro-ondas em períodos de 30 segundos, mexendo em cada intervalo.

Logo que derretido, juntar frutos secos, coco e bagas a gosto, deixando alguns para enfeitar.

Espalhar sobre um papel untado com gordura e por cima enfeitar a gosto.

Levar ao frigorífico por umas horas para solidificar.

Partir em pedaços e embrulhar em papel celofane ou colocar em caixinhas para oferta.

 

tags:
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
Quinta-feira, 13 de Dezembro de 2018

mais ideias

 

Esta semana é para isto que estamos virados.

A Granola é sempre uma boa sugestão para presentes de Natal ou de outro tipo. É fácil de fazer e de um modo geral toda a gente aprecia estes flocos crocantes para comer com o iogurte.

Estes, porque ficam em pedaços, são excelentes para ir petiscando sem mais nada.

 

Granola em Pedaços

 

IMG_20181213_110802_285.jpg

 

¼ de copo de mel

¼ de copo de açúcar

¼ de copo de água

1 colher de chá de extracto de baunilha

1 pitada de sal

½ copo de óleo de coco ou azeite

3 copos de flocos de aveia

1 copo de amêndoas com pele, picadas

¼ de copo de sementes de linhaça

¼ de copo de sementes de chia

¼ de copo de sementes de sésamo

½ copo de farinha de amêndoa

 

Numa taça aquecer no micro-ondas o mel com o açúcar, água, baunilha, sal e óleo de coco ou azeite.

Numa taça grande misturar os flocos de aveia, com as amêndoas, as várias sementes e a farinha de amêndoa.

Juntar a mistura de mel com a mistura de flocos de aveia e mexer bem. Deitar num tabuleiro forrado com papel de ir ao forno. Espalmar bem e carregar na mistura para ficar bem compacta.

Levar ao forno por cerca de 30 minutos (atenção que pode variar de forno para forno) sem mexer até estar bem dourada.

Retirar do forno e deixar arrefecer antes de partir em pedaços.

Guardar em frascos ou caixas que possam ser hermeticamente fechadas.

Excelente para ofertas de Natal.

 

tags: ,
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (4) | favorito
Terça-feira, 11 de Dezembro de 2018

continuando...

 

Continuamos com a inspiração votada aos presentes de comer.

Quem os recebe não se queixa por isso ou estão a ser simpáticos ou gostam mesmo 

Estes fazem sucesso com os mais pequenos.

 

Biscoitos M&M’s

 

20170102_224825.jpg

 

2,5 copos de farinha

1 colher de chá de bicarbonato de soda

1,5 colheres de chá de farinha Maizena

1 pitada de sal

150 grs de manteiga amolecida

1 copo de açúcar amarelo

2 ovos pequenos

2 colheres de sopa de extracto de baunilha

100 grs de pepitas de chocolate

100 grs de M&M’s vermelhos e verdes

 

Numa taça misturar a farinha, o bicarbonato, a Maizena e o sal.

Noutra taça bater a manteiga amolecida com o açúcar, adicionar os ovos e a baunilha e mexer. Juntar com a mistura da farinha e envolver também as pepitas de chocolate e os M&M’s. Tapar e levar ao frigorífico por duas horas (ou até três dias).

Quando for para cozer os biscoitos, retirar do frigorífico e deixar à temperatura ambiente por uns minutos. Aquecer o forno e pôr papel de ir ao forno em dois tabuleiros.

Rolar bocados de massa do tamanho de bolas de golfe na mão e pôr nos tabuleiros, ligeiramente espalmadas e afastadas pois vão ficar grandes. Levar ao forno por cerca de 12 a 15 minutos (depende do forno). Tirar do forno e deixar no tabuleiro por uns cinco minutos e depois retirar para uma rede para acabar de arrefecer.

Guardar em latas ou caixas que fechem hermeticamente.

 

Receita daqui

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
Segunda-feira, 10 de Dezembro de 2018

já cheira a coisas boas

 

Esta semana as receitas vão ser de sugestões para presentes comestíveis.

Gosto muito de estar na cozinha por esta altura a preparar as guloseimas que vou oferecer e apesar de algumas serem pedidas todos os anos, gosto de renovar algumas para que a tradição, mantendo-se, não se torne rotina.

Uma das escolhidas é esta. A receita foi adaptada daqui.

 

Mistura Solúvel de Cacau e Especiarias

 

20171208_172433.jpg

 

4 colheres de chá bem cheias de cacau em pó

4 colheres de chá de fécula de batata

2 colheres de sopa de açúcar de coco (ou amarelo)

1 pitada de sal

½ colher de chá de açafrão das Índias (opcional)

50 grs de chocolate negro triturado

1 pau de canela

1 estrela de anis

Mini marshmallows q.b.

 

Misturar o cacau com a fécula de batata, o açúcar, o sal e o açafrão das Índias e adicionar o chocolate triturado.

Colocar estes ingredientes num saquinho ou frasco. Juntar o pau de canela e a estrela de anis. Por cima pôr os marshmallows.

 

Quando for para usar, retirar do saquinho os marshmallows, o pau de canela e a estrela de anis. Aquecer 750 ml de leite e juntar o pau de canela e a estrela de anis, deixar fervilhar por uns cinco minutos e desligar o fogão.

Ao fim de uns dez minutos, adicionar a mistura de cacau mexendo bem para não ter grumos e levar novamente ao lume, mexendo sempre com uma vara de arames até derreter o chocolate e engrossar ligeiramente.

Deitar em canecas e servir bem quente, com os marshmallows no topo.

 

Escrever as instruções num cartão e juntar ao saquinho ou frasco. Fazer um embrulho catita e dar.

20171224_105842.jpg

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
Sexta-feira, 7 de Dezembro de 2018

siga...

 

Quando a fruteira tem maçãs de várias proveniências e todas já a serem deixadas de lado porque já viram melhores dias… fazemos um crumble e temos a sobremesa resolvida.

 

Crumble de Maçãs

 

20181202_174221.jpg

 

Base:

8 maçãs pequenas descascadas e cortadas em fatias

50 grs de açúcar

1 colher de chá de canela em pó

1 colher de chá de gengibre em pó

Noz-moscada ralada q.b.

200 ml de água

Topo:

1 copo de flocos de aveia

1 copo de farinha

50 grs de açúcar

1 colher de chá de canela em pó

1 colher de chá de gengibre em pó

Noz-moscada ralada q.b.

1 pitada de sal

100 grs de manteiga

3 colheres de sopa de amêndoa em lascas

 

Na base de um pirex colocar as fatias de maçã, polvilhar com o açúcar e as especiarias e por cima deitar a água. Reservar.

Numa taça misturar os ingredientes do topo (excepto a amêndoa em lascas) e misturar bem de modo a ficar a parecer migalhas grossas.

Deitar esta mistura sobre as maçãs e por cima polvilhar com a amêndoa em lascas.

Levar ao forno por cerca de 40 minutos até estar dourado e a borbulhar.

Servir morno ou frio, de preferência com uma bola de gelado.

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito (1)
Quinta-feira, 6 de Dezembro de 2018

esfiapos

 

A par do ‘pulled pork’ também a receita de carne de vitela esfiapada é cozinhada até quase se desfazer, ou como se costuma dizer, corta-se à colher 

Esta faz-se rápido (se considerarmos que hora e meia na panela de pressão é rápido) e embora eu tenha uma relação amor/ódio com a panela de pressão, acho que é um utensílio que ajuda bastante quando é preciso encurtar tempo. De outro modo eram precisas cerca de três, quatro horas para esta textura.

 

Shredded Beef

 

20180819_130824.jpg

 

1 cebola grande picada

2 tomates grandes em pedacinhos

50 ml de azeite

1 kg de vitela

1 colher de chá de cada:

Estames de açafrão, adobo, paprika, coentros em pó, orégãos

1 haste de aipo

1 raminho de salsa

250 ml de vinho tinto

250 ml de água

Sal q.b.

 

Pôr todos os ingredientes na panela de pressão, fechar bem e levar ao lume. Deixar levantar fervura e começar a apitar. Baixar o lume e deixar cozinhar por cerca de uma hora e meia.

Retirar do lume, deixar a panela perder a pressão e retirar a carne da panela. Com dois garfos desfiar a carne e envolver no molho restante.

Servir com puré de batata e vagens cozidas.

A carne que sobrar é excelente para fazer sanduiches!

 

tags:
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
Terça-feira, 4 de Dezembro de 2018

a cores

 

Uma salada feita de sobras e que deu uma excelente refeição para levar na lancheira (não sei porquê mas a expressão ‘levar na marmita’ não me soa muito bem…)

O ovo, esse foi cozido de propósito. Oito minutos após levantar fervura ficou assim.

Se há coisas que adoro!

 

Salada de Bacalhau e Batata Doce

 

20181121_200612.jpg

 

Bacalhau cozido em lascas

Batata doce assada

Beterraba em picles

Azeitonas

Ovo cozido

Salsa

Azeite e vinagre q.b.

Pimenta preta

 

Pôr nesta ou outra ordem num recipiente que se possa fechar com tampa  hermética.

Salpicar com a salsa e temperar com azeite e vinagre a gosto.

Por cima uma pitada de pimenta.

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
Segunda-feira, 3 de Dezembro de 2018

Oh...

 

Obrigada ao Sapo por mais uma vez ter destacado a minha Belita!

Desta vez com uma publicação que me deu muito gosto fazer porque é acerca de uma coisa pela qual tinha muita curiosidade, o cacau (se já viesse em forma de chocolate melhor mas pronto, tudo eu, tudo eu...).

Espreitem porque embora não tenhamos acesso a vagens de cacau todos os dias, pode ser que alguém vos surpreenda com uma e assim já sabem o que lhe fazer.

Untitled1.png

 

E agora retomamos a ordem habitual 

A palavra chai significa chá em grande parte do mundo, e masala chai quer dizer chá com especiarias. É uma bebida profusamente usada na Índia, onde até se vende na rua, acabada de fazer por vendedores conhecidos por "chai wallahs".

Chá preto com leite deve ser a minha bebida favorita. Acho piada aos fanáticos do café mas para mim o dia tem que começar com uma enorme caneca de chá. Quanto mais forte melhor. É do que preciso para acordar.

E se for esta versão, ainda melhor!

 

Masala Chai

 

20181202_180504.jpg

 

1 colher de sopa de chá preto

300 ml de água a ferver

1 pitada de canela em pó

1 pitada de gengibre em pó

1 pitada de cardamomo em pó

Mel q.b.

100 ml de leite

 

Deitar a água a ferver sobre as folhas de chá (pode ser substituído por um pacotinho) juntamente com as especiarias e o mel a gosto.

Deixar repousar por cinco minutos.

Entretanto aquecer o leite e usando um espumador de leite ou a varinha mágica, fazer espuma.

Coar o chá para uma caneca e por cima deitar o leite com a espuma.

Polvilhar com canela e apreciar.

 

tags: ,
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito (1)
Sexta-feira, 30 de Novembro de 2018

Quando foi a última vez que fizeste uma coisa pela primeira vez…

 

Uma amiga minha viveu S. Tomé e Príncipe entre os três meses e os sete anos de idade e 45 anos depois regressou.

Foi ‘A’ viagem da sua vida e além de redescobrir os lugares de então, levou malas e malas cheias de ofertas que conseguiu angariar entre amigos e conhecidos. De regresso, trouxe frutas tropicais e lembranças.

A única coisa que lhe pedi se tivesse lugar na bagagem (as malas ficaram lá) foi uma vagem de cacau.

Trouxe-me duas, da  Roça Monte-Café da sua infância e depois de as ‘namorar’ durante uma semana (são tão lindas) achei que iam acabar por se estragar e por isso mais valia fazer alguma coisa com elas.

Aqui há uns tempo no supermercados começaram a aparecer na parte dos produtos naturais pepitas de cacau (cacao nibs). Não confundir com pepitas de chocolate, as últimas são processadas com gorduras e açúcares, as primeiras são apenas cacau.

E se achamos que comer chocolate com 70% de cacau faz bem, e faz!, então comer cacau sem qualquer tipo de processamento faz ainda melhor.

  • É antidepressivo (só por isso já merece uma estrela);
  • Inibe o apetite (duas estrelas!!!);
  • Tem 40 vezes mais antioxidantes do que os mirtilos;
  • É a planta com a maior taxa de ferro;
  • Carregadinho de Magnésio, o que é bom para o coração e para o cérebro.

Isto são só alguns dos benefícios, tem muitos mais mas só estes já me convenceram a preparar as pepitas. Não fiz chocolate porque a quantidade dava apenas para uma amostra, e com tantos candidatos a provar era capaz de ser complicado 

 

Pepitas de Cacau

 

IMG_20181126_093557.jpg

 

Retirar as sementes de dentro da vagem do cacau e deixar ao ar livre em temperatura ambiente quente até 72 horas (deixei 24 horas) para fermentar.

De seguida pôr num tabuleiro sobre papel vegetal e levar ao forno até estarem tostadas mexendo de vez em quando, no meu forno demorou cerca de 45 minutos em forno baixo.

Retirar do forno e deixar arrefecer até se poder mexer sem queimar os dedos.

Retirar as sementes das cascas (aperta-se e a casca abre) e partem-se em bocadinhos.

Guardar num frasco bem fechado e usar com granola, em bolos, sobremesas, etc.

 

Nota: Não deitem fora as cascas,  podem ser usadas para fazer chá (parece pele de amendoim mas mais grossa)

tags:
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (8) | favorito (1)
Quinta-feira, 29 de Novembro de 2018

olha a novidade!

 

Quem nunca experimentou bochechas de pescada não sabe o que perde!

E onde as encontramos perguntam vocês? As minhas bochechas (salvo seja), encontrei-as no Lidl (passe a publicidade que eles não me pagam para isto mas o que é certo é que foi o único sítio onde vi bochechas!).

 

Bochechas de Pescada com Molho Verde

 

20181124_202219.jpg

 

250 grs de bochechas de pescada

2 dentes de alho

1 malagueta seca

Azeite q.b.

1 molhinho de salsa

Sal q.b.

 

Secar bem as bochechas de pescada com papel de cozinha.

Picar o alho e alourar ligeiramente no azeite numa sertã juntamente com rodelas da malagueta seca. Adicionar as bochechas e salpicar com sal a gosto e a salsa picada. Deixar fritar 3 minutos e virar as bochechas para fritarem do outro lado por dois minutos.

Retirar a sertã do lume e deixar estar a repousar por uns cinco minutos. De seguida mover a sertã com movimentos circulares de maneira a que o que está lá dentro se envolva e o molho engrosse. Levar de novo a sertã ao lume uns minutos para aquecer e servir de imediato com batatas e couve-flor cozidas.

 

Nota: esta receita é típica do País Basco (Espanha) e chama-se Kokotxas de Merluza (ou Cocochas)

 

tags:
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
Segunda-feira, 26 de Novembro de 2018

brrrrr...

 

A precisar de aquecer? Aqui está a solução.

  

Creme de Abóbora

 

20181107_202713.jpg

 

Azeite q.b.

1 cebola

350 grs de abóbora assada

1 curgete

2 batatas doces

1 nabo

750 ml de água a ferver

sal.q.b.

Pevides de abóbora tostadas

Rodelas de pão tostadas

 

Aquecer o azeite numa panela, adicionar todos os ingredientes excepto as pevides e as tostas. Deixar refogar dois minutos e acrescentar a água a ferver. Temperar com sal a gosto e deixar cozer por 20 minutos.

Triturar com a varinha mágica e servir com as pevides tostadas, as rodelas de pão tostadas e um fio de azeite.

 

tags: ,
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
Sexta-feira, 23 de Novembro de 2018

a fechar

 

Esta sobremesa prepara-se em minutos e vai ao frio enquanto preparamos o almoço.

É fresca e sabe bem mesmo que o tempo seja de castanhas.

 

Cheesecake de Lima

 

20181111_224843.jpg

 

200 grs de Bolacha de Coco

200 grs de iogurte grego

200 grs de queijo-creme

200 grs de leite condensado

Sumo e raspa de 1 lima grande

Raspa de 1 quadrado de chocolate

Bagos de romã, opcional

 

Triturar as bolachas e pôr na base de uma taça.

Bater o iogurte com o queijo-creme, o leite condensado e o sumo de lima.

Deitar esta mistura sobre as bolachas trituradas.

Por cima espalhar a raspa da lima e o chocolate raspado.

Servir fresco com bagos de romã.

 

20181111_125907.jpg

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
Quinta-feira, 22 de Novembro de 2018

ao forno

 

Antes que o Outono acabe, fica esta receita que também dá para fazer no Inverno e em todas as restantes estações. Mas as cores são tão Outono que decidi chamar-lhe Assado Outonal.

Apreciem.

 

Assado Outonal

 

20181104_130354.jpg

 

1,5 kg de cachaço de porco

1 cebola cortada em meias-luas

1 cabeça de alhos cortada ao meio

1 batata doce roxa

1 batata doce laranja

4 batatas

4 cenouras

Sal grosso q.b.

300 ml de vinho branco

300 ml de água

100 ml de azeite

1 colher de sopa de colorau em pó

1 colher de sopa de mostarda em pó

Alecrim, tomilho e salva q.b.

1 mão-cheia de castanhas cozidas/assadas

 

Pôr todos os ingredientes num tabuleiro (excepto as castanhas), por cima da carne espalhar as ervas e tapar tudo com papel de alumínio.

Levar ao forno por cerca de três horas verificando a meio se é necessário acrescentar mais algum líquido para ter molho.

Quando faltar cerca de meia hora, retirar o papel de alumínio e acrescentar as castanhas.

Servir com verduras cozidas.

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
Segunda-feira, 19 de Novembro de 2018

a abrir

 

Começos de semana bons, calmos, na paz.

 

Papas de Aveia e Cacau

 

20181116_072907.jpg

 

3 colheres de sopa de flocos de aveia

1 colher de sopa de sementes de chia

1 colher de sopa de sementes de linhaça moídas

1 colher de chá de cacau amargo em pó

1 colher de chá de mel ou açúcar amarelo

150 ml de leite

 

Misturar todos os ingredientes, mexer bem e deixar durante a noite para que os flocos absorvam o leite.

Ao servir adicionar extras a gosto.

Usei: rodelas de banana, flocos de coco, bagas de romã, manteiga de amendoim, sementes de cânhamo e uma noz picada.

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
Sexta-feira, 16 de Novembro de 2018

Só??????????????

 

Dois! Dois ingredientes apenas e uma explosão de sabor.

Não se fiem no que eu digo, quem sou eu?!!!

Experimentem vá. Não custa nada.

E se quiserem aprender a descascar uma romã como deve ser, espreitem aqui.

 

Chocolate com Romã

 

20181113_203945.jpg

 

200 grs de chocolate negro

100 grs de bagos de romã

 

Derreter o chocolate (usei o micro-ondas para esta tarefa, muito fácil, cerca de 2 minutos). Mexer bem para ficar liso e brilhante.

Adicionar os bagos de romã ao chocolate derretido e espalhar num pedaço de papel vegetal.

Levar ao frigorífico por umas horas para solidificar.

Partir em pedacinhos.

Lambuzar-se 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
Quinta-feira, 15 de Novembro de 2018

foi bonito

 

Simples e rápido de fazer, com muito sabor, só coisas boas para esta receita.

Quanto aos Sapos do Ano, votem muito e bem.

Os cinco nomeados de cada categoria merecem os vossos votos e eu vou já escolher os meus favoritos.

Foi bonito estar nomeada e só por isso a minha Belita já se sente vencedora 

Obrigada a quem pensou em mim e achou que este era também o meu lugar 

 

Almondegas de Peru

 

20181109_200549.jpg

 

450 grs de carne de peru picada

1 dente de alho grande ralado

1 colher de café de orégãos

1 colher de café de colorau

1 colher de café de piripiri

Sal q.b.

 

2 colheres de sopa de azeite

400 ml de molho de tomate

100 ml de água

 

Juntar os ingredientes para formar as almondegas e moldar bolas do tamanho de nozes.

Aquecer o azeite numa frigideira e alourar as almondegas. Juntar o molho de tomate e a água e rectificar os temperos.

Deixar fervilhar por 20 minutos e servir com massa cozida.

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
Terça-feira, 13 de Novembro de 2018

Sapos do Ano

 

Gente! Super feliz por estar nomeada para os Sapos do Ano!

Entre tantos Blogs que admiro. 

Fico mesmo sem jeito mas tremendamente agradecida por terem pensado em mim e terem tirado do vosso tempo para me nomear.

Já ganhei, fique onde ficar!

 

 

Image-only-Why-Creativity-Matters.jpg

 

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (5) | favorito (2)

minimalismo

 

Eu gosto de quase toda a comida que conheço (blharghhhh iscas!) mas podia bem viver a comer cogumelos, ovos, atum e mais qualquer coisita…

 

Cogumelos Recheados

 

IMG_20181020_205324_170.jpg

 

6 cogumelos brancos grandes

1 cebola picada

2 colheres de sopa de azeite

1 molhinho de espinafres

Orégãos q.b.

Pimenta preta

100 grs de queijo Feta

50 grs de nozes

 

Alourar a cebola picada no azeite. Juntar os pés dos cogumelos também picados e os espinafres cortados grosseiramente e deixar amolecer. Temperar com os orégãos e com pimenta preta.

Dividir esta mistura pelos cogumelos e por cima pôr o queijo Feta esfarelado, as nozes picadas e um fio de azeite.

Levar ao forno até alourar, cerca de 15 ou 20 minutos.

Servir com uma salada de tomate.

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (4) | favorito (1)
Segunda-feira, 12 de Novembro de 2018

Felicioso...

 

Para quem não sabe, eu sou adepta do Futebol Clube do Porto. Mas não é por isso que este pequeno-almoço é à campeão 

É porque é tão bom que ganha em qualquer campeonato!

 

Pequeno-Almoço à Campeão

 

IMG_20181112_084903_018.jpg

 

4 colheres de sopa de flocos de aveia

1 colher de sopa de sementes de chia

1 colher de sopa de sementes de girassol

1 colher de sopa de passas

2 colheres de sopa de iogurte natural

150 ml de leite

 

Misturar todos os ingredientes numa taça e reservar no frigorífico durante a noite.

De manhã, dividir o conteúdo por duas taças e acrescentar extras a gosto.

Neste caso usei dióspiro-maçã, romã, manteiga de amendoim e xarope de ácer.

 

Nota: adaptada da receita que vi aqui.

tags: ,
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (1) | favorito (1)
Sexta-feira, 9 de Novembro de 2018

fruuuuta

 

Eu sei que os mirtilos não estão na época mas se forem como eu e congelaram quilos deles (consegui comprar a 3€ o quilo!!!) agora é gastar à tripa-forra

 

Tarte Frangipane de Mirtilos

 

20181027_193418.jpg

 

1 base de massa folhada de manteiga

100 grs de amêndoa com pele

½ copo de açúcar

75 grs de manteiga

1 ovo

1 colher de sopa de leite

250 grs de mirtilos (usei congelados)

1 colher de sopa de farinha Maizena

1 colher de sopa de açúcar amarelo

 

No robot de cozinha ou picadora misturar as amêndoas e o açúcar e triturar até ficar como migalhas pequenas. Adicionar a manteiga e o ovo e a colher de sopa de leite e voltar a triturar. Fica uma pasta grossa, é mesmo assim.

Espalha-se a pasta de amêndoa pela superfície da massa folhada deixando uma beirinha a toda a volta com cerca de 2 cms sem nada.

Por cima da pasta de amêndoa põem-se os mirtilos e polvilham-se com a mistura de farinha Maizena e açúcar amarelo.

Dobra-se a massa que ficou sem nada de modo a parecer uma tarte rústica e leva-se ao forno por cerca de 30 minutos ou até a massa estar dourada.

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (2) | favorito
Quinta-feira, 8 de Novembro de 2018

insano!

 

Parece complicado e que leva montes de ingredientes.

Não é, não leva, faz-se num instante e é BOM!!!!!!!!!!!!!!!!!

Atrevam-se, eu vi este filminho e fiquei ‘agarrada’.

Nada de admirar visto que do Jamie Oliver não esperamos menos.

Substitui o bacon por ovo estrelado porque de mim não se espera menos 

 

Hambúrguer “Insano” do Jamie Oliver

20181026_202437.jpg

 

300 grs de carne picada*

Sal e pimenta q.b.

1 colher de sopa de azeite

1 cebola roxa

Vinagre de cidra q.b.

2 pães de hambúrguer

2 colheres de chá de mostarda

2 colheres de chá de Tabasco

2 fatias de queijo**

2 ovos P/ estrelar

Molho:

Alface q.b.

1 colher de chá de molho Inglês

1 colher de sopa de iogurte natural

1 colher de sopa de maionese

1 colher de sopa de ketchup

1 colher de chá de Tabasco

 

Preparar os hambúrgueres: dividir a carne em duas bolas, temperar com sal e pimenta, achatar e pôr num prato untado com o azeite (virar dos dois lados para que fiquem ambos untados). Reservar.

Preparar a cebola em picles: cortar a cebola em fatias muito finas e cobrir com vinagre. Reservar

Preparar o molho: cortar a alface em tiras finas e misturar com os restantes ingredientes do molho (molho Inglês, iogurte, maionese, ketchup e Tabasco). Reservar

Aquecer uma frigideira antiaderente e pôr os hambúrgueres a grelhar de um lado, virar e pincelar com mostarda e Tabasco, ao fim de um minuto voltar a virar e pincelar também do outro lado com mostarda e Tabasco. Pôr as fatias de queijo por cima dos hambúrgueres e tapar a frigideira com uma tampa para ajudar a derreter o queijo.

Entretanto estrelar os dois ovos e tostar ligeiramente os pães de hambúrguer e escorrer a cebola.

Montagem: dividir a mistura de alface pelas duas metades de baixo dos pães, por cima pôr os hambúrgueres com o queijo derretido, a cebola e por cima os ovos estrelados. Tapar com as restantes metades de pão (se necessário para não tombar espetar um palito) e servir de imediato com cerveja fresquinha.

 

*usei vitela

**usei queijo Gouda

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
Terça-feira, 6 de Novembro de 2018

Desenrasque

 

O desenrasque é uma qualidade muito nossa e que aplicamos a milhentas situações da nossa vida. Até na cozinha!

Queria fazer bacalhau à Brás mas não tinha bacalhau demolhado… desenrascou-se com alho-francês e só posso dizer que se não ficou melhor que o original, anda lá muito perto!  

 

Alho-francês à Brás

 

20181103_132037.jpg

 

1 cebola

50 ml de azeite

1 dente de alho

3 alhos franceses

1 batata-doce

150 grs de batata-palha

4 ovos

Sal, pimenta e noz-moscada q.b.

Salsa e coentros picados q.b.

Azeitonas

 

Cortar a cebola em meias-luas e alourar no azeite. Adicionar o alho picado, o alho-francês cortado em rodelas (apenas a parte branca e verde clarinha) e a batata-doce ralada. Deixar amolecer e adicionar a batata-palha e temperar a gosto com sal, pimenta e noz-moscada. Mexer bem.

Numa taça bater bem os ovos e adicioná-los ao refogado. Envolver bem, polvilhar com salsa e coentros picados e enfeitar com azeitonas.

Servir com uma salada.

 

tags: ,
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (2) | favorito
Segunda-feira, 5 de Novembro de 2018

mais uma experiência

 

Assei uma abóbora daquelas mesmo lindas que se chamam abóbora manteiga e depois de utilizar numa sopa (sim, assada primeiro e só depois na sopa, um sabor com muito mais impacto), sobrou um pedaço para utilizar noutras experiências.

Uma delas foi este leite para o pequeno almoço. Sou fiel bebedora de chá preto mas de quando em quando, normalmente ao fim de semana, ‘vareio’ e experimento outras bebidas.

Esta, com a particularidade de ser batida com a varinha mágica, produz muita espuma e transforma uma bebida bem simples numa bebida digna de foguetório!

 

Leite com Abóbora

 

20181104_101042.jpg

 

1 colher de sopa de abóbora assada

250 ml de leite

1 colher de chá de xarope de ácer

1 colher de café de extracto de baunilha

Canela em pó q.b. para polvilhar

 

Aquecer o leite e bater todos os ingredientes excepto a canela no copo da varinha mágica.

Deitar numa caneca e polvilhar por cima com a canela em pó.

 

Nota: A colher de pau da foto foi decorada pela Manuela do Saltico de Pardal. Entrem em contacto com ela. São lindíssimas e podem ser personalizadas.

 

tags:
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
Sexta-feira, 2 de Novembro de 2018

até que enfim

 

Falaram-me nesta receita há uns anos mas só ontem a pude experimentar (tantas receitas, tão pouco tempo!).

Parecidas com as broas de mel mas mais duras e com um sabor a erva-doce mais intenso (usei sementes da minha safra, que triturei), são maravilhosas.

Passo para aqui a receita tal e qual está no blogue da Marta pois não alterei quase nada (alterações identificadas a escuro).

 

Biscoitos de Erva-Doce

 

20181101_175538.jpg

 

Ingredientes (~36 unidades):

500g de Farinha de Trigo T55

250g de Açúcar

10g de Canela em pó

10g de Erva-doce em pó

50ml de Azeite

3 c. sopa de Mel

2 Ovos

Leite q.b. (cerca de 30/50ml)

Frutos secos q.b. (Opcional – não usei)

1 Gema para pincelar

 

Preparação:

Amasse todos os ingredientes, juntando leite pouco a pouco, até obter uma massa homogénea e que seja fácil tender as broas.

Colocam-se as broas num tabuleiro untado (ou forrado com folha de silicone – forrei com papel de ir ao forno), pincelam-se com gema de ovo (eu juntei uma colher de sobremesa de leite à gema) e levam-se a cozer ao forno bem forte, até estarem bem douradinhas.

 

Dica: Para ser mais fácil tender as broas, molhe as mãos, retire o excesso de água e de seguida então forme bolinhas de massa, rolando pequenas quantidades de massa entre as palmas das mãos; desta forma a massa não se agarra tão facilmente às mãos. Repita esta operação quantas as vezes que achar necessário.

 

tags:
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (2) | favorito
Terça-feira, 30 de Outubro de 2018

Eu explico

 

Quem nunca ouviu falar de Ramen levante o braço. (ena tantos)!

O Ramen é um prato japonês de origem chinesa, é uma espécie de sopa com massa (noodles) servida em malga e há em muitas variedades: frango, porco, peixe, vegetariana, etc.

Esta foi a primeira vez que fiz este prato até porque sempre que se fala em cozinha japonesa só me lembro de sushi e embora ‘ódio’ seja uma palavra muito forte para exprimir o que sinto em relação a sushi, anda lá perto…

Mas não se deixem enganar, esta sopa é uma delícia e já estou a imaginar como será com frango e cogumelos. Me aguarde!

 

Ramen

 

20181027_200418.jpg

 

Caldo de Peixe*

1 colher de sopa de molho de soja

1 colher de chá de molho de peixe

Massa noodles

Ovo mal cozido

Coentros

Cebolinha

 

Cozer a massa conforme indicação da embalagem.

Cozer o ovo por sete minutos, retirar da água e mergulhar em água fria. Descascar com cuidado e cortar ao meio.

Pôr a quantidade de massa desejada numa malga e por cima deitar o caldo e os molhos de soja e de peixe. Mexer e acrescentar coentros e cebolinha picados e meio ovo.

 

*Para fazer o caldo de peixe usei cabeça e espinha de robalo, água, sal, aipo, salsa, tomate, piripiri e colorau. Ferveu durante 30 minutos e escorri.

 

tags: , ,
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito

mais sobre mim


ver perfil

seguir perfil

. 95 seguidores

cuscar

digam qualquer coisa

coolinaria@sapo.pt

A Belita no Facebook!

My taste

mytaste.pt

favoritos

Amarelo vivo, amarelo neg...

armazém de receitas

tags

todas as tags

os meus livros de receitas, alguns...

blogs SAPO

subscrever feeds