Quarta-feira, 4 de Outubro de 2017

sopinha

 

É uma sopa mas serve de prato completo porque é bem reconfortante e muito saborosa.

 

Sopa de Lentilhas

 

20170912_124038.jpg

 

2 colheres de sopa de azeite

1 cebola picada

1 talo de aipo picado

1 cenoura picada

½ pimento vermelho picado

1 dl de vinho branco

2 tomates

1 copo de lentilhas vermelhas

1 curgete pequena picada

1 colher de sopa de molho Inglês

1 litro de água a ferver

Sal q.b.

1 mão-cheia de cotovelinhos

Coentros picados

1 malagueta em rodelas finas

1 lima (ou limão)

 

Numa panela refogar a cebola, aipo, cenoura e pimento no azeite. Depois de amolecer adicionar o vinho branco e deixar evaporar. Juntar o tomate picado e pelado e deixar refogar uns minutos.

Juntar as lentilhas, a curgete e o molho inglês. Mexer e adicionar a água a ferver e temperar com sal a gosto. Quando ferver acrescentar os cotovelinhos e deixar cozer por 30 minutos verificando o tempero, ajustar se necessário.

Servir com coentros picados e com a malagueta em rodelas finas e um esguicho de sumo de lima.

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (1) | favorito
|
Segunda-feira, 13 de Fevereiro de 2017

ainda a fruta da época

 

Às vezes é preciso outros lembrarem-nos de coisas que conhecíamos e que entretanto foram desaparecendo da nossa memória.

Foi o que aconteceu com esta publicação do blogue Wonderworld, onde se falava numa sopa encontrada noutro blogue, que eu dantes seguia assiduamente e que depois, vá-se lá saber porquê, desapareceu do meu radar. Voltou e para comemorar fiz a sopa.

Com fruta da época!

 

Sopa de Cenoura e Gengibre

 

download.png

 

3 colheres de sopa de azeite

1 cebola roxa picada

2 dentes de alho picados

1 pedaço de gengibre, ralado

Raspa de 2 laranjas

6 cenouras

1 batata-doce

1 litro de água a ferver ou caldo de vegetais

Sal e pimenta q.b.

Sumo de ½ laranja

Coentros picados

 

Numa panela aquece-se o azeite e salteia-se a cebola e o alho picados. Adicionam-se o gengibre e a raspa das laranjas, mexe-se e juntam-se as cenouras, a batata-doce, a água a ferver e tempera-se com sal e pimenta a gosto. Deixa-se levantar fervura, baixa-se o lume e coze por 20 a 30 minutos. Passa-se com a varinha mágica, adiciona-se o sumo de laranja e serve-se salpicado com coentros picados.

 

Nota: a receita original leva oito cenouras, substitui duas por uma batata-doce, porque me apeteceu

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
|
Segunda-feira, 23 de Janeiro de 2017

antes e depois

 

Picam! Muito. Dizem que faz bem ao reumático. Se é verdade ou não, não sei mas lá que aquecem a zona onde picam, sem dúvida!

Ao que parece são boas para ajudar ao alívio da febre dos fenos, são diuréticas e até ajudam ao tratamento da carequice (nem sei se esta palavra existe mas dá para perceber…)!

Agora a sério, têm propriedades anti-inflamatórias que ajudam a reduzir as dores musculares e a inflamação das articulações.

 

Creme de Urtigas

 

IMG_20170109_211803_867.jpg

 

1 cebola

2 batatas

1 batata doce

1 curgete

1 mão-cheia de urtigas (com luvas!!!)

Azeite q.b.

Sal q.b.

750 ml de água a ferver

 

Amolecer a cebola no azeite. Adicionar os restantes ingredientes (excepto o sal e as urtigas) e deixar levantar fervura. Temperar com sal a gosto e adicionar as urtigas. Deixar cozer por vinte minutos e passar tudo com a varinha mágica até ficar sem qualquer grumo.

Servir com tostas ou pão torrado.

 

Nota: podem ser substituídas por espinafres ou agriões

 

tags: ,
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
|
Segunda-feira, 12 de Dezembro de 2016

a aquecer

 

Por esta altura aparecem na praça uns molhinhos de agriões, a cinquenta cêntimos cada (uma pechincha!) que são do tamanho ideal para fazer uma sopa ou creme de agriões. Sempre que há levo um molhinho porque apesar de gostar de variar nas sopas que faço, nunca me canso desta.

 

Creme de Agriões

 

download.png

 

1 alho francês

1 curgete

1 batata doce

1 chuchu pequeno

3 batatas

1 molhinho de agriões

1 litro de água ou caldo de galinha, a ferver

Sal q.b.

Azeite q.b.

 

Numa panela com um fundinho de azeite alourar ligeiramente a cebola. Juntar a curgete com a casca, a batata doce, o chuchu e as batatas cortados em quadrados, mexer e adicionar a água a ferver. Temperar com sal a gosto e deixar cozer por uns 15 minutos.

Adicionam-se os agriões bem escolhidos mas ainda com alguns talos, deixa-se ferver novamente por mais uns cinco minutos e passa-se com a varinha mágica.

Servir bem quente.

 

tags:
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (2) | favorito
|
Segunda-feira, 24 de Outubro de 2016

sopas de beber

 

Nada como uma caneca de sopa para aquecer corpo e alma. Com a chuva que tem caído, os meus espinafres reapareceram em grande estilo pelo que todas as sugestões não são demais para os gastar. Esta cai mesmo bem.

 

Creme de Espinafres

 

20161018_201102.jpg

 

1 cebola cortada em quartos

1 batata doce cortada em rodelas grossas

1 curgete pequena com a casca cortada em rodelas grossas

1 nabo pequeno cortado em quartos

2 batatas cortadas em quartos

2 mãos-cheias de espinafres

Sal q.b.

Azeite q.b.

750 ml de água a ferver

 

No fundo da panela põe-se o azeite e de seguida os restantes ingredientes, excepto os espinafres e a água. Leva-se ao lume e mexe-se para não pegar, deixando alourar ligeiramente. Adiciona-se a água a ferver e deixa-se levantar fervura, juntam-se os espinafres e deixa-se cozer por uns vinte minutos. Tritura-se com a varinha mágica e serve-se bem quente.

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
|
Terça-feira, 27 de Setembro de 2016

haja tomates!

 

Ainda estão nas bancas das praças, mercados, lojas e supermercados porque este ano tudo veio mais tarde do que o costume.

Para esta sopa, quanto mais  maduros melhor!

 

Creme de Tomate

 

download.png

 

1 cebola pequena

1 alho francês pequeno (apenas a parte branca)

Azeite q.b.

4 tomates coração-de-boi bem maduros

Sal q.b.

1 pitada de açúcar (opcional)

600 ml de água

1 ovo cozido (opcional)

 

Aquecer o azeite numa panela e alourar a cebola e o alho francês. Juntar os tomates cortados em pedaços e deixar refogar uns minutos. Juntar a água e temperar com sal. Se necessário juntar também uma pitada de açúcar, caso os tomates sejam muito ácidos. Deixar levantar fervura e cozer por cerca de 20 minutos. Passar com a varinha mágica e coar num passador para descartar as peles.

Servir com ovo cozido e tostas.

 

tags: ,
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (2) | favorito
|
Segunda-feira, 22 de Agosto de 2016

na calma...

 

Mesmo de verão, com muito ou pouco calor, não deixo de comer sopa, principalmente ao jantar.

São nutritivas, aconchegantes (em dias frios são o mesmo que um cobertor à nossa volta ) e ajudam a deixar menos espaço livre para as outras coisas gordalhufas. Só vantagens, como se vê…

 

Creme de Cogumelos

 

20160726_202259.jpg

 

1 cebola

1 curgete grande

1 nabo

10 cogumelos pequenos

2 batatas

750 ml água a ferver

Sal q.b.

Azeite q.b.

Orégãos ou za’atar, q.b.

 

Cortar a cebola em pedaços e alourar ligeiramente no azeite. Juntar os restantes ingredientes e a água a ferver, temperar com o sal e de seguida deixar cozer por cerca de 20 minutos. Triturar com a varinha mágica e servir polvilhado com orégãos ou za’atar.

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:29
link do post | mandar uns bitaites | favorito
|
Terça-feira, 12 de Abril de 2016

receitas dos outros

 

Por altura da Páscoa tive uns amigos a passar uns dias em minha casa. Foi casa cheia! Até uma Bimby ocupou espaço na minha bancada

Alguém se lembrou de fazer uma sopa tailandesa (no fogão!!!) e com mais isto e mais aquilo (que bom ir ao quintal e trazer um pé de erva-príncipe) a sopa veio para a mesa, a fazer concorrência com uma canja.

Eu que não sou lá grande apreciadora de canja optei pela sopa tailandesa. Estava excelente (podia ser ainda mais picante) e um dia destes lá experimentei a minha versão. A deles estava melhor, esteve a apurar mais tempo. Para a próxima já sei!

 

Sopa Tailandesa com Leite de Coco

 

 

D:\Documents and Settings\u015202\Desktop\thai2.jp

 

1 colher de sopa de óleo de girassol

1 colher de sopa de óleo de sésamo

1 cebola picada

1 dente de alho picado

1 talo de erva-príncipe

1 pedaço de gengibre em rodelas

1 malagueta

1 colher de chá de caril em pó

1 colher de chá de açafrão das Índias

1 embalagem de cogumelos

½ cenoura

½ curgete

¼ de pimento vermelho picado

1 colher de sopa de molho de peixe

1 colher de sopa de molho inglês

Água (cerca de 600 ml)

200 ml de leite de coco

Sumo de ½ lima

1 raminho de coentros

Sal q.b.

 

Num tacho fazer suar a cebola, alho, erva-príncipe e gengibre sem deixar alourar. Adicionar a malagueta, o caril e o açafrão das Índias mexendo para não pegar. Juntar os cogumelos cortados em quartos, a cenoura picadinha, a curgete também picadinha (com ou sem casca) e o pimento vermelho também em quadradinhos. Juntar os molhos de peixe e inglês e deixar refogar em lume brando. Adicionar água, o leite de coco e o sumo de lima, juntar também os coentros picados e deixar apurar a sopa por cerca de 20 ou 30 minutos. Verificar os temperos, se necessário rectificar com sal.

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (2) | favorito
|
Segunda-feira, 7 de Março de 2016

o que eu gosto disto!

 

Estes dias ainda bem frescos pedem lareiras e sopas quentes. A lareira nem sempre dá jeito estar a acender, carregar lenha, limpar cinzas, etc. Às vezes a preguiça é superior ao frio!

A sopa pode ser uma qualquer mas uma como esta, aquece ainda mais. Além disso tem uma cor vibrante que só por si já parece uma pequena chama. É quase uma lareira portátil 

 

Sopa de lentilhas e tomate

 

sopa.jpg

 

1 cebola média, picada

2 colheres de sopa de óleo de girassol (ou outro)

½ colher de chá de cominhos em pó

½ colher de chá de coentros em pó

½ colher de chá de pimentão (colorau) em pó

½ colher de chá de açafrão das Índias

2 dentes de alho ralados

1 colher de chá de gengibre fresco ralado

½ lata de tomates maduros (cerda de 250 grs)

1 litro de água ou caldo de legumes

1 copo de lentilhas vermelhas

Sal q.b.

Coentros picados

 

 

Alourar a cebola no óleo, apenas até amolecer, adicionar o cominho, os coentros, o pimentão e o açafrão em pó e mexer. Juntar também o alho e o gengibre ralados. De seguida juntar os tomates com o líquido, as lentilhas e a água. Temperar a gosto com sal e deixar ferver por 40 minutos.

Quando cozido, passar com a varinha mágica mas sem desfazer completamente. Adicionar alguns coentros picados à sopa e servir, guarnecendo com mais coentros.

 

Notas:

se desejarem uma sopa picante, acrescentem um pouco de piripiri juntamente com as especiarias

ligeiramente adaptada desta receita

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (4) | favorito
|
Segunda-feira, 8 de Fevereiro de 2016

a aquecer

 

Para aquecer o corpo daqueles que não vão em desfiles carnavalescos, aqui está uma bela sopa para dias chuvosos.

 

Creme de Couve-Flor e Açafrão das Índias

 

sopa.jpg

 

1 cebola

1 couve-flor pequena

1 cenoura

1 batata doce

1 nabo pequeno

3 batatas

1 colher de chá de açafrão das Índias

Sal a gosto

2 colheres de sopa de azeite

1 litro de água a ferver

 

No fundo de uma panela põe-se o azeite, a cebola, a couve flor cortada em pedaços, a cenoura, a batata doce, o nabo e as batatas também cortados em pedaços. Polvilha-se com o açafrão das Índias e tempera-se com sal. Leva-se ao lume por dois minutos mexendo uma vez e depois adiciona-se a água a ferver. Deixa-se cozinhar por 20 minutos e tritura-se com a varinha mágica até ficar um creme espesso e aveludado.

Serve-se bem quente.

 

tags:
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (5) | favorito
|
Segunda-feira, 1 de Fevereiro de 2016

recomecemos

 

Esta sopa é boa mesmo para os que dizem que não gostam de peixe. Eu sei, eu também costumava sofrer desse mal 

 

Sopa de Peixe com Ovo e Coentros

 

sopapeixe.png

 

1 cebola picada

¼ de pimento vermelho

3 tomates

2 colheres de sopa de massa de tomate (daquela que vem numa bisnaga)

1 posta de maruca

1 posta de tintureira

Sal q.b.

1 colher de chá de colorau

1 colher de chá de açafrão da Índias

1 colher de chá de chilli em pó

½ copo de vinho branco

2 colheres de sopa de azeite

 

1 litro de água

100 grs de cotovelinhos

1 ovo cozido

Coentros frescos

 

Numa panela larga põem-se a cebola grosseiramente picada, o pimento, os tomates em pedaços, a massa de tomate e o peixe. Tempera-se com sal, colorau, açafrão das Índias e chilli em pó (ou piripiri) e por cima deita-se o vinho e o azeite.

Leva-se ao lume e quando ferver põe-se em lume brando e deixa-se refogar por 20 minutos.

Retiram-se as postas de peixe e passa-se o restante com a varinha mágica.

Desfia-se o peixe, retirando peles e espinhas.

Volta-se a pôr a panela ao lume, junta-se água e deixa-se levantar fervura. Adiciona-se o peixe desfiado e a massa. Rectificam-se os temperos e deixa-se fervilhar até a massa estar cozida (cerca de 12 a 15 minutos).

Serve-se com o ovo e os coentros picados.

 

tags: ,
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (2) | favorito
|
Segunda-feira, 4 de Janeiro de 2016

Bom Ano!

 

Nada como começar de mansinho, sem grandes reviravoltas ou dietas, que isto foram umas semanas de excessos e não se pode passar do oito ao oitenta.

Na minha humilde opinião, que não percebo nada disto, o que se quer é regra. Ou seja, comer de tudo, mas com parcimónia.

E nada como começar com uma sopa que ajuda a aconchegar e preenche deixando assim menos espaço para folestrias ou exageros.

Vão por mim 

 

Sopa de Agriões

 

sopa.jpg

 

1 cebola

1 cenoura

1 batata-doce

1 nabo

1 xuxu

2 batatas

1 litro de água a ferver

1 molhinho de agriões

Azeite q.b.

Sal q.b.

 

Descascar e cortar a cebola, cenoura, batata-doce, nabo, xuxu (ou curgete) e batatas e pôr numa panela com o azeite no fundo. Levar ao lume e deixar estalar por uma ou dois minutos, mexendo. Deitar a água a ferver na panela e temperar com sal. Deixar e cozer por 20 minutos e triturar com a varinha mágica. Levar novamente ao lume e adicionar os agriões escolhidos. Deixar levantar fervura e cozer por cerca de cinco minutos.

Servir bem quente com broa de milho.

 

tags:
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (2) | favorito
|
Segunda-feira, 9 de Novembro de 2015

conforto imediato

Esta sopa é feita quase exclusivamente com ingredientes que crescem debaixo da terra. Uma maravilha!

 

Creme de Cenoura, Batata-Doce e Gengibre

 

download (1).png

 

1 cebola média cortada em quartos

4 cenouras grandes

1 batata-doce grande

4 batatas médias

1 pedaço de gengibre descascado

Azeite q.b.

Sal q.b.

Coentros picados (opcional)

 

Pôr um fundo de azeite numa panela e alourar ligeiramente a cebola. Adicionar os restantes ingredientes descascados e cortados em pedaços e o gengibre. Mexer bem e juntar um litro de água a ferver. Temperar de sal a gosto e deixar ferver por uns vinte minutos.

Retirar o bocado de gengibre e passar a sopa com a varinha mágica até estar cremoso. Quando parecer que já está, insistimos com a varinha mágica mais uns dois ou três minutos de modo a que fique um creme tipo veludo e sem qualquer grumo à vista.

Servir com coentros picados.

 

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (4) | favorito
|
Quarta-feira, 8 de Julho de 2015

verde profundo

 

Quando está muito calor podem-se servir sopas frias, que ajudam a refrescar ao mesmo tempo que nos dão os nutrientes necessários para enfrentar o dia-a-dia.

Blá, blá, blá, passa mas é essa sopa para cá! E quentinha, que hoje está frio!!! 

 

Creme de Agriões

 

IMG_20150703_130744.jpg

 

1 cebola

1 curgete

1 nabo

3 batatas

1 molhinho de agriões

750 ml de água ou caldo de galinha, a ferver

Sal q.b.

Azeite q.b.

 

Numa panela com um fundinho de azeite alourar ligeiramente a cebola. Juntar a curgete com a casca, o nabo e as batatas cortados em quadrados, mexer e adicionar a água a ferver. Temperar com sal a gosto e deixar cozer por uns 15 minutos.

Adicionam-se os agriões bem escolhidos, deixa-se ferver novamente por mais uns cinco minutos e passa-se com a varinha mágica.

Servir quente ou frio.

 

tags:
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (2) | favorito
|
Segunda-feira, 15 de Junho de 2015

e o tempo???

 

Logo de manhã vejo pessoas na estação que parecem estar em continentes diferentes. Uns de sandálias, mangas curtas, calções, outros de sapatos ou sapatilhas, camisolas e lenços ao pescoço, outros ainda de gabardines, casacos grossos de malha, botas! Bem, costuma-se dizer que Deus dá a roupa consoante o frio…

E a minha horta dá beterrabas consoante as minhas necessidades 

 

Creme de Cenoura e Beterraba

 

20150528_205224.jpg

 

3 cenouras

1 beterraba

1 curgete

1 cebola

2 batatas

750 ml de água a ferver (ou caldo de vegetais)

Sal q.b.

Azeite q.b.

 

Descascar todos os ingredientes e cortar em pedaços.

Levar ao lume numa panela com azeite no fundo e ir mexendo para não pegar. Temperar de sal e adicionar a água a ferver. Tapar e deixar cozer por 20 minutos.

Passar com a varinha mágica e servir polvilhado com Za’hatar*.

  

* Za’atar caseiro

4 colheres de sopa de sementes de sésamo

1 colher de sopa de tomilho seco

Sal fino aromatizado com raspa de limão

Tostar as sementes de sésamo numa frigideira, com cuidado para não queimarem. Depois de frias misturam-se num almofariz com as folhas secas de tomilho e o sal aromatizado com raspa de limão. Esmaga-se com o pilão de modo a ficar um pó solto mas com algumas sementes de sésamo visíveis.

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (2) | favorito
|
Segunda-feira, 5 de Janeiro de 2015

a abir as hostilidades :)

Adoro sopa de lentilhas. Se forem das vermelhas então, ainda melhor. Estão descascadas, não necessitam de ser demolhadas e cozem super rápido. Além disso dão uma cor muito bonita a qualquer sopa, como esta que vos apresento e que foi adaptada desta receita.

 

Creme de Lentilhas Vermelhas e Caril

 

sopinha.PNG

  

2 colheres de sopa de azeite

1 cebola

1 alho-francês

1 nabo pequeno

2 cenouras

1 batata

100 grs de lentilhas vermelhas

1 colher de chá de caril em pó

Sal q.b.

750 ml de água a ferver

 

Passar as lentilhas por água, escorrer e reservar.

Alourar a cebola e o alho-francês no azeite. Adicionar o caril e mexer.

Juntar os restantes ingredientes cortados em pedaços, envolver e adicionar a água a ferver. Deixar cozer tudo por cerca de 25 minutos e depois passar com a varinha mágica.

Servir com queijo Feta e coentros picados.

 

Nota: se preferirem uma sopa mais líquida, pôr até um litro de água

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (2) | favorito
|
Quinta-feira, 18 de Dezembro de 2014

crocante

Por estas alturas o pessoal já está a ficar fartinho de jantares de natal, almoços de natal, é uma estragação que quando chegar ao dia da Ceia já não há condições 

Por isso, aqui vai uma sugestão levezinha mas que não deixa de ser interessante.

Ora vejam.

 

Creme de Cebola com Chips de Presunto

 

IMG_3820.JPG

 

2 cebolas

2 batatas

1 curgete

1 xuxu

1 batata doce

Sal q.b.

Azeite q.b.

1 litro de água a ferver

2 fatias de presunto

 

Numa panela aloura-se ligeiramente em azeite a cebola cortada em quartos. Juntam-se os restantes ingredientes, mexe-se e deita-se água a ferver na panela. Deixa-se cozer por 25 minutos e tritura-se.

Rectificam-se os temperos se necessário.

No micro-ondas põe-se o presunto entre duas folhas de papel de cozinha e deixa-se na potência máxima por um minuto. Retirar e ver se já está estaladiço, se não estiver, pôr novamente por mais uns segundos, vinte no máximo.

Servir a sopa com pedacinhos do presunto e fatias de broa.

 

Nota: pode-se fritar o presunto numa sertã sem gordura, para o mesmo efeito estaladiço

 

 

tags: ,
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (4) | favorito
|
Terça-feira, 18 de Novembro de 2014

cá está!

Depois de ter encontrado no Porto a mistura para sopa, tive mesmo que a experimentar.

Como não sabia nenhuma receita, andei por aí a pesquisar e encontrei esta.

Não é do Porto, é da Toscânia, mas os ingredientes da mistura são parecidos.

Porque será?

 

Sopa de ‘mistura para sopa’

 

IMG_20141028_201913.jpg

 

1 cebola

1 colher de chá de caril em pó

250 grs de ‘mistura para sopa’

1 batata aos cubinhos (opcional)

750 ml de água a ferver

Azeite q.b.

Sal q.b.

 

Na véspera põe-se a mistura de molho em água abundante. No dia escorre-se e reserva-se.

Salteia-se a cebola picada no azeite e junta-se o caril. De seguida adiciona-se a mistura de leguminosas e a batata, mexe-se, junta-se a água e tempera-se com sal.

Deixa-se levantar fervura e baixa-se o lume ficando a cozinhar por 30 a 40 minutos.

Se a água evaporar, adiciona-se mais alguma mas esta sopa quer-se grossa por isso atenção à quantidade.

 

tags:
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (3) | favorito
|
Segunda-feira, 10 de Novembro de 2014

deixem passar!

 

Arrumem-se saladas, deem lugar às sopas!

 

Creme de Favas

 

IMG_20141106_204252.jpg

 

1 cebola

1 chuchu

1 nabo

1 batata doce

3 batatas

200 grs de favas

1 colher de chá de garam masala

Azeite q.b.

Sal q.b.

1 litro de água

 

Alourar a cebola em quartos no azeite, adicionar o garam masala e mexer. Juntar os restantes ingredientes e água a ferver. Deixar cozer por cerca de 20 minutos e passar com a varinha mágica.

Servir com torradas com azeite e polvilhadas com orégãos ou za’atar*.

 

Notas:

Usei favas congeladas a que tirei a camisa

 

* Za’atar caseiro

4 colheres de sopa de sementes de sésamo

1 colher de sopa de tomilho seco

Sal fino aromatizado com raspa de limão

Tostar as sementes de sésamo numa frigideira, com cuidado para não queimarem. Depois de frias misturam-se num almofariz com as folhas secas de tomilho e o sal aromatizado com raspa de limão. Esmaga-se com o pilão de modo a ficar um pó solto mas com algumas sementes de sésamo visíveis.

 

tags: ,
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (2) | favorito
|
Segunda-feira, 10 de Fevereiro de 2014

sopa lentilhas

Ao ver esta receita, fiquei logo com vontade de a pôr em prática porque tinha lá por casa umas ervilhas secas que comprei há uns tempos e que estavam a precisar de ser gastas. E lentilhas, diga-se que não preciso que me ameacem para as gastar em qualquer receita. {#emotions_dlg.sarcastic}

Adaptei-a à minha maneira, alterei alguns ingredientes e cá está uma bela sopa que não precisa de muito mais para nos deixar bem satisfeitos neste inverno que não nos larga…

 

Sopa de Lentilhas e Ervilhas Secas 

 

 

1 copo de lentilhas

1 copo de ervilhas secas

1,5 litros de água

1 cenoura

1 alho francês

1 pedacinho de gengibre

1 colher de sopa de caril

2 colheres de sopa de azeite

2 colheres de sopa de pasta de tomate

200 ml de leite de coco

1 mão-cheia de uvas passas

Sal q.b.

 

Numa panela cozem-se as lentilhas e as ervilhas depois de bem lavadas (não é preciso demolhar) e a cenoura na água juntamente com o gengibre. Coze por uns 45 minutos.

Numa frigideira salteia-se o alho francês em rodelas no azeite até alourar e adiciona-se o caril, a pasta de tomate e o leite de coco.

Retira-se o gengibre da panela e adiciona-se o conteúdo da frigideira às lentilhas, passa-se tudo com a varinha mágica e tempera-se com o sal a gosto.

Se não quisermos apanhar bocadinhos da casca das lentilhas, coamos tudo num passador.

No fim adicionam-se as uvas passas e serve-se.

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
|
Segunda-feira, 20 de Janeiro de 2014

sopinha

Esta sopa vem no livro Soups for All Seasons como sendo sopa de ano novo.

O mês de janeiro já vai adiantado mas cá fica ela.

 

Sopa de Ano Novo

 

 

2 colheres de sopa de azeite

1 chuchu

1 nabo

1 batata doce

2 cenouras

1 cebola roxa

1 alho francês

2 talos de aipo

1 pitada de coentros em pó

Sal

Pimenta

1 litro de água

2 colheres de sopa de natas (opcional)

 

Descascar e cortar todos os legumes.

Saltear no azeite com os coentros em pó. Adicionar a água a ferver e temperar com sal e pimenta.

Deixar cozer por cerca de 25 minutos e passar com a varinha mágica.

Servir com uma colher de sobremesa de natas e pimenta, acompanhado de quadradinhos de pão salteados com azeite e orégãos.

 

Nota: a receita original leva cherovia que eu substituí por um nabo e acrescentei o chuchu

 

tags:
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
|
Segunda-feira, 3 de Junho de 2013

sopa vermelha

Aqui há uns dias tive que apanhar de empreitada umas dez beterrabas porque estavam todas a querer espigar e se as deixasse na terra, ficavam impróprias para consumo.

Assim, para além de um bolo de beterraba (sim!, receita em breve), de picles de beterraba e saladas com beterraba, também deu para fazer este creme que ficou delicioso.

 

Creme de Beterraba

 

 

2 alhos franceses pequenos

beterraba cozida (cerca de 300 grs) e cortada em pedaços

1 cenoura cortada em pedaços

3 batatas cortadas em pedaços

Azeite q.b.

1 litro de água

Sal q.b.

Queijo de cabra (opcional)

 

Alourar os alhos franceses em rodelas no azeite. Adicionar os restantes ingredientes excepto a água e mexer. Juntar a água e temperar a gosto com sal.

Deixar levantar fervura e baixar o lume. Cozer por 25 minutos e passar com a varinha mágica até parecer veludo. Juntar mais água a ferver se desejar que fique menos espesso.

Para complementar, pode-se servir com um pedacinho de queijo de cabra esfarelado. Combina muito bem!

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (1) | favorito
|
Segunda-feira, 15 de Abril de 2013

velhas mercearias

Aqui há uns dias tive que ir ao Porto e entre os dois compromissos que tinha havia algum tempo livre que ocupei a dar uma volta pelo Mercado do Bolhão e algumas das lojas míticas que existem por ali à volta.

Adoro aquelas mercearias antiquíssimas que vendem avulso artigos que na maioria das vezes já não se encontram noutros locais, como a cevada em grão, os frutos secos a peso, as ervilhas secas, a mistura para sopas (feijão pequenino, ervilhas secas, cevada em grão, lentilhas), etc.

Muitas, a par destes ingredientes à antiga, vendem também produtos finos vindos de outras culturas.

Vale mesmo a pena visitar estas lojas, uma a uma, e deixar-se seduzir por ingredientes invulgares que depois são embalados em cartuchos de papel, como estas ervilhas que são descascadas, têm uma cor verde seco e podem ser utilizadas para fazer uma bela sopa.

Digo eu, que não aprecio muito ervilhas…

 

Sopa de ervilhas secas

 

 

1 cebola pequena

1 alho francês pequeno

Azeite q.b.

1 copo de ervilhas secas

1 curgete

3 batatas médias

750 ml de água

Sal q.b.

 

Escolher as ervilhas de pedras e ciscos. Passar por água e escorrer.

Alourar a cebola e o alho francês no azeite. Adicionar as ervilhas, a curgete descascada e cortada em bocados e as batatas também descascadas e cortadas em bocados. Mexer, temperar com sal e adicionar a água. Deixar levantar fervura em lume forte e baixar para deixar cozer, cerca de 25 minutos.

Passar com a varinha mágica de maneira a ficar um creme liso e sem grumos.

 

tags:
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
|
Segunda-feira, 7 de Janeiro de 2013

o conforto das sopas

As lentilhas são um legume que coze muito rápido e normalmente não necessitam de mais do que meia hora de molho em água.

Estas, cor de laranja, ainda são mais rápidas a cozinhar porque não têm a pele, são descascadas e além de excelentes em sopas também ficam muito bem quando acrescentadas num arroz.

E nem precisam de ser demolhadas!

 

Creme de Lentilhas

 

 

1 alho francês pequeno

2 colheres de sopa de azeite

1 batata grande

2 cenouras

1 e ½ copos de lentilhas laranja

Água ou caldo de galinha (cerca de litro e meio)

 

Lavar as lentilhas.

Saltear o alho francês cortado em rodelas no azeite. Juntar a batata e as cenouras cortadas em bocados. Mexer e adicionar  as lentilhas e a água. Deixar levantar fervura, baixar para o mínimo e deixar cozer por 25 minutos. Triturar com a varinha mágica até ficar em creme.

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
|
Quinta-feira, 20 de Dezembro de 2012

Clam Chowder

Esta receita de sopa de ameijoas é típica do Canadá e Estados Unidos, mais especificamente de uma zona chamada New England.

O nome chowder presume-se que tenha originado na palavra chaudière (caldeirão) que era o pote usado antigamente pelos pescadores para fazer esta sopa numa fogueira.

 

Clam Chowder (Sopa de Ameijoas) 

 

 

2 punhados de ameijoas (cerca de meio quilo)

50 grs de bacon cortado em quadradinhos pequenos

1 cebola grande picada

1 colher de sopa de azeite

1 copo de vinho branco

3 copos de água

2 batatas cortadas em quadradinhos pequenos

1 folha de louro

2 hastes de tomilho

1 colher de sopa bem cheia de farinha

Pimenta moída

Sal q.b.

200 ml de natas (opcional)

 

Num tacho levam-se as ameijoas ao lume com a água. Quando estiverem abertas côa-se o líquido e reserva-se.

Retiram-se as ameijoas de dentro das cascas (apenas as que estiverem abertas, as fechadas deitam-se fora).

Numa panela salteia-se o bacon até derreter a gordura.

Junta-se a cebola e o azeite ao bacon e deixa-se alourar mexendo. Salpica-se com a farinha e mexe-se para não pegar. Junta-se o vinho, mexe-se e adicionam-se as batatas, o líquido de cozer as ameijoas, o sal, pimenta, louro e tomilho.

Coze por 20 minutos mexendo de vez em quando para não pegar e finalmente juntam-se as ameijoas.

Se se pretender uma sopa mais rica juntam-se as natas nesta fase e deixa-se levantar fervura.

Servir com bolachas de água e sal.

 

Nota: não usei as natas e mesmo assim ficou uma sopa super cremosa.

 

tags:
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
|
Segunda-feira, 26 de Novembro de 2012

outras sopas

Como sopa todos os dias (ou quase) e por isso é essencial que as sopas sejam variadas para uma pessoa não ter a sensação de andar a comer sempre a mesma coisa.

Ultimamente tenho experimentado sabores mais audazes e que normalmente não encontramos associados às sopas. São alternativas muito boas e fáceis de adaptar ao nosso gosto e ingredientes, como esta receita que me serviu de inspiração.

Recomendo!

 

Sopa de Cenoura e Coentros

 

 

3 colheres de sopa de azeite

2 alhos franceses

500 grs de cenouras

1 chuchu (ou curgete)

sal

1 colher de sopa de coentros em pó

800 ml de água ou caldo de galinha

 

Azeite de coentros

Sementes de girassol

 

Num tacho aloura-se ligeiramente o alho francês no azeite e adicionam-se as cenouras e o chuchu (ou curgete) descascados e cortados. Tempera-se com sal e juntam-se os contros em pó. Mexe-se e adiciona-se a água ou caldo de galinha.

Deixa-se cozer por 20 minutos e depois passa-se com a varinha mágica.

 

Para servir polvilha-se com as sementes de girassol tostadas numa frigideira e umas gotas de azeite de coentros.

 

Nota: Para fazer o azeite de coentros (ou de outra erva) põe-se azeite num copo,  juntam-se os coentros frescos e emulsiona-se com a varinha mágica.

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
|
Segunda-feira, 12 de Novembro de 2012

prova certa

Para gastar a outra metade da abóbora que assei, experimentei uma sopa.

Eu sei que ultimamente toda a gente e mais a sua prima faz sopa de abóbora. Eu, que sou Maria, tento não ser Maria-vai-com-as-outras mas tive tanta curiosidade em experimentar e provar que não gosto mesmo de sopa de abóbora…

Mas desta vez foi contra mim, porque desta gostei imenso!!!

 

Sopa de Abóbora (Cucurbita moschata) Assada

 

 

1 cebola

1 cenoura

1 chuchu

½ abóbora manteiga assada

Azeite q.b.

Sal q.b.

600 ml de água

1 colher de sopa de gengibre ralado

Folhas de salva fritas em azeite para enfeitar

 

Amolecer a cebola picada grosseiramente em azeite. Juntar a cenoura em pedaços, o chuchu em pedaços e a polpa da abóbora previamente assada. Temperar com sal e adicionar a água. Deixar levantar fervura e baixar o lume. Quando estiver tudo cozido passa-se com a varinha mágica.

Rala-se o gengibre e adiciona-se à sopa.

Servir com folhas de sálvia fritas em azeite e umas gotinhas do azeite de fritar a salva.

Acompanhar com broa frita.

 

tags: ,
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
|
Segunda-feira, 6 de Agosto de 2012

sopas ligeiras

Mais uma utilização para as curgetes que saiu muito bem.

O Aneto também está em ‘velocidade cruzeiro’ mas o seu tempo de vida é tão curto que temos que pensar em outras maneiras de o preservar. Para já está um ramo enorme no congelador, a aguardar novas ideias…

 

Creme de Alho Francês e Curgete

com Azeite de Aneto

 

 

1 alho francês grande

1 curgete grande (descascada)

2 batatas médias

Azeite

Sal

Água ou caldo de galinha

 

Alourar muito ligeiramente o alho francês cortado em rodelas no azeite. Juntar a curgete e as batatas, água ou caldo de galinha e temperar de sal. Deixar ferver por cerca de 20 minutos e derreter com a varinha mágica.

Servir com umas gotas de Azeite de Aneto e quadradinhos de pão frito.

 

Azeite de Aneto

1 ramo de aneto

2 dl de azeite

 

Emulsionar com a varinha mágica. Guardar no frigorífico.

 

Nota: usar o Azeite de Aneto em sopas, molhos, saladas, sandes, etc.

 

tags: ,
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:30
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (3) | favorito
|
Segunda-feira, 23 de Julho de 2012

creminho

Quando não gostamos muito (ou pouco, ou mesmo nada) de algum ingrediente, o melhor é juntar-lhe outros sabores para passar despercebido.

Foi o que fiz com esta sopa onde usei couve-flor que sinceramente, não é o meu vegetal de eleição.

 

Creme de Couve-Flor e Caril

 

 

 

1 cebola

3 colheres de sopa de azeite

1 colher de chá de caril em pó

1 couve-flor pequena

2 batatas

1 curgete

1 litro de água

Sal q.b.

 

Cortar a cebola em quartos e alourar ligeiramente no azeite. Juntar o caril em pó e mexer.

Adicionar a couve-flor em raminhos, a batata descascada e cortada em quadrados e a curgete, também descascada e cortada. Mexer e acrescentar a água e temperar de sal. Deixar levantar fervura e quando estiver cozido, cerca de 20 minutos depois, passa-se com a varinha mágica e serve-se com tostas ou gressinos.

 

Nota: Pode ser servida fresca

 

tags:
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
|
Segunda-feira, 28 de Maio de 2012

cremezinho

Aqui há uns tempos, num restaurante, serviram-me uma sopa com um gosto muito fora do vulgar. Percebi que levava gengibre (adoro gengibre) mas levava outra especiaria que não consegui identificar. Perguntei e disseram que eram sementes de cominhos. Ora, eu não aprecio muito cominhos em pó porque acho muito forte (nomeadamente em enchidos) mas ali eram usadas as sementes e estava mesmo no ponto.

Lá tive que experimentar em casa a ver como me saía e não é que ficou ainda melhor??? {#emotions_dlg.sarcastic}

 

Sopa de Cenoura com Cominhos e Gengibre

 

 

1 alho francês

2 colheres de sopa de azeite

3 cenouras

3 batatas

1 colher de café de sementes de cominhos

1 litro de água

Sal

¼ de cubo de caldo de galinha (opcional)

1 pedaço de gengibre (cerca de 3 cms)

 

Saltear o alho francês no azeite com as sementes de cominhos. Juntar as cenouras e batatas, adicionar a água, temperar com sal e com o caldo de galinha se usar. Deixar ferver por 25 minutos. Entretanto rala-se o gengibre e espreme-se com as mãos para retirar o sumo (deita-se fora a polpa). Junta-se esse sumo à sopa e passa-se tudo com a varinha mágica.

Servir com croutons.

 

tags: ,
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
|
Segunda-feira, 30 de Abril de 2012

o grão

Eu sou fã incondicional de grão de bico! E quando a minha irmã no outro dia me disse que tinha feito esta sopa e que tinha ficado uma delícia, tive que experimentar também.

E ficou mesmo!!!

 

Sopa de Grão de Bico

 

 

1 frasco de grão cozido

1 cenoura grande (ou duas médias)

1 cebola

Sal q.b.

Água

 

Põe-se o grão numa panela depois de passado por água e escorrido. Junta-se a cenoura descascada e cortada em fatias finas (para cozer mais rápido). Põe-se água, cerca de um litro, na panela e tempera-se de sal.

Leva-se ao lume até ferver e depois baixa-se o lume e deixa-se cozer por 20 minutos.

Entretanto pica-se a cebola bem miudinha e reserva-se.

Passa-se a sopa com a varinha mágica até ficar aveludada e leva-se de volta ao lume com a cebola por cerca de 10 minutos, até a cebola estar cozida.

 

Nota: pode-se polvilhar com um bocadinho de colorau em pó ou servir com croutons para uma refeição ligeira

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
|
Quarta-feira, 22 de Fevereiro de 2012

vermelho, ou encarnado?

Esta é daquelas sopas que não precisa de mais acompanhamentos além de uma fatia de broa ou pão de trigo.

A receita é de uma das minhas cunhadas e fica mesmo uma sopa de ‘sustança’, como é costume dizer-se…

 

Sopa de Feijão Vermelho

 

 

300 grs de feijão vermelho cozido

1 nabo

1 cenoura

3 batatas

Couve q.b.

1 mão cheia de macarrão riscado

Sal

Azeite

 

Numa panela põe-se o feijão (reservar um bocado, aí uns 50 grs), o nabo descascado e cortado em bocados, a cenoura e as batatas do mesmo modo.

Cobrem-se com água (cerca de litro e meio) e tempera-se de sal.

Leva-se ao lume e quando ferver baixa-se o lume e deixa-se cozer por 20 minutos.

Entretanto prepara-se a couve, pode ser couvão ou tronchuda ou galega. Corta-se em tiras largas ou esfarrapa-se com as mãos.

Passa-se a sopa com a varinha mágica e junta-se a couve, o macarrão e o feijão que se reservou. Deixa-se levantar fervura e rega-se com um golpe de azeite. Se estiver grosso demais deve-se juntar mais um pouco de água. Mexe-se e deixa-se cozer por mais uns 15 a 20 minutos.

 

Nota: Pode-se pôr outra massa em vez do macarrão, pevide, pontinha, cotovelinhos…

 

tags: ,
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
|
Quinta-feira, 2 de Fevereiro de 2012

cogumelos

Embora goste muito de sopa do género à lavrador, consistentes e cheias de ‘entulho’, adoro as sopas que são em creme, pela rapidez da sua confecção e pelo sabor forte de um ingrediente que normalmente se sobrepõe aos outros. Como gosto muito de cogumelos, desta vez experimentei desta maneira. Excelente!

 

Creme de cogumelos

 

 

1 cebola

Azeite

1 chuchu pequeno

1 curgete pequena

3 batatas médias

Duas mão cheias de cogumelos (cerca de 250 grs)

Sal

1 litro de água ou caldo de galinha

 

Amolecer a cebola em azeite e juntar os restantes ingredientes. Deixar cozer por 20 minutos após levantar fervura.

Passar com a varinha mágica

 

Nota: quanto mais escuros forem os cogumelos, mais escura fica a sopa. Os que usei eram dos branquinhos.

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:15
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (1) | favorito
|
Segunda-feira, 19 de Dezembro de 2011

sabores fortes

Eu achava que não gostava de sopa de peixe (bem, eu achava que não gostava de peixe!) até que uma colega de trabalho me deu esta receita há montes de anos.

Desde aí, tem sido uma sopa recorrente, especialmente quando há certas partes de peixe que são melhores desfiadas do que inteiras.

É fácil de fazer, é super saborosa, pode ser acompanhada com pão e um bom vinho que faz uma refeição maravilhosa! E ainda por cima é melhor no dia seguinte por isso toca a fazer em maior quantidade e usar como ‘almoços portáteis’!!!

 

Sopa de Peixe

 

 

 

1 cebola grande picada

2 dentes de alho

4 tomates grandes e bem maduros

½ folha de louro

1 raminho de salsa

1 malagueta

¼ copo de vinho branco

¼ de copo de azeite

Sal q.b.

3 postas de peixe

Água

Cotovelinhos

 

Numa panela larga põem-se a cebola grosseiramente picada, os tomates sem pele em pedaços, o louro, a salsa, a malagueta e o peixe. Usei uma posta pequena de tintureira e dois rabos de pescada mas podem ser usados outros peixes, a maruca fica muito bem nesta sopa. Tempera-se com sal e por cima deita-se o vinho e o azeite.

Leva-se ao lume e quando ferver põe-se em lume brando e deixa-se refogar por 20 minutos.

Retiram-se as postas de peixe, a salsa, a malagueta e o louro e passa-se o restante com a varinha mágica.

Desfia-se o peixe, retirando peles e espinhas.

Volta-se a pôr a panela ao lume, junta-se água, o peixe desfiado e a massa. Rectificam-se os temperos e deixa-se fervilhar até a massa estar cozida (cerca de 12 a 15 minutos).

 

tags: ,
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (2) | favorito
|
Quarta-feira, 16 de Novembro de 2011

give peas a chance :)

 

Não sou muito fã de ervilhas. Dito isto, adoro creme de ervilhas, super aveludado!

Vá-se lá entender…

  

Creme de Ervilhas

  

 

1 cebola grande

Azeite q.b.

1 batata grande

1 chuchu

1 curgete

1 copo de ervilhas

1 litro de água ou caldo de galinha

Sal

Hortelã (opcional)

 

Numa panela salteia-se em azeite a cebola cortada em quartos. Junta-se a batata cortada em quadrados com o chuchu, a curgete e as ervilhas. Adiciona-se a água (ou caldo de galinha) e tempera-se com sal a gosto.

Deixa-se levantar fervura e adiciona-se umas folhinhas de hortelã.

Quando estiver cozido retiram-se a folhas de hortelã e passa-se a sopa com a varinha mágica.

Serve-se bem quente.

 

tags:
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:15
link do post | mandar uns bitaites | favorito
|
Segunda-feira, 11 de Julho de 2011

fora de época

Eu sei que estamos quase em meados de Julho, oficialmente é verão e essas coisas todas mas o que é certo é que por aqui neste bocadinho onde vivo e trabalho, as temperaturas não têm ido muito além dos 22ºC, o que faz com  que isto mais pareça um outono antecipado...

 

Sopa de Abóbora, Cenoura e Vagens

 

 

2 batatas

1 curgete

200 grs de abóbora

2 cenouras

1 cebola

1 tomate maduro

1 mão cheia de vagens

1,5 lt de água

sal q.b.

azeite .b.

 

Levar uma panela ao lume com a batata, a curgete, a abóbora, cenoura, cebola e tomate. Temperar de sal e deixar cozer bem.

Passar com a varinha mágica.

Levar novamente ao lume e quando voltar a levantar fervura juntam-se as vagens cortadas em rodelas fininhas. Tempera-se com um fio de azeite e deixa-se ferver até as vagens estarem cozidas, uns 10 minutos.

Servir com broa de milho.

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
|
Sexta-feira, 22 de Outubro de 2010

outras verduras

Esta sopa é mesmo mimosa. Nasceu sem receita e de repente ficou mesmo boa.

Usei acelgas. Tenho 5 pés no quintal e embora ache que a folha, se bem que muito tenrinha, tem tendência a ter um sabor ligeiramente a mofo, o talo é muito saboroso e estaladiço. Fica muito bem numa sopa ou salteado com alho e azeite.

 

Sopa de Acelgas e Cebola

 

 

2 cebolas

2 tomates maduros

1 dente de alho

1 courgete

3 batatas grandinhas

5 talos de acelgas

Azeite q.b.

 

Numa panela colocam-se: 1 cebola cortada em bocados grandes, os tomates sem pele, os dentes de alho, a courgete descascada e cortada em bocados e as batatas. Cobre-se com água (cerca de litro e meio) e tempera-se de sal.

Vai ao lume até ferver, depois baixa-se o lume e deixa-se cozer por 20 minutos.

Entretanto cortam-se os talos das acelgas em rodelinhas e pica-se a outra cebola.

Passa-se a sopa com a varinha mágica e acrescenta-se a acelga e a cebola picada. Deixa-se cozer por mais 15 minutos e serve-se.

 

tags:
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:30
link do post | mandar uns bitaites | favorito
|
Sexta-feira, 26 de Fevereiro de 2010

somos sopeiros

É como quem diz, comedores de sopa. E com este inverno que não dá ares de acabar, aliás, dá vento e saraiva e chuva e frio e mais vento e ainda mais chuva, apetece sopa, quentinha, a dar ânimo à alma.

 

Embora tenhamos o hábito de chamar legumes às hortaliças, na realidade, tecnicamente, legumes são apenas leguminosas, ou seja: feijão, grão de bico, tremoço, ervilha, fava, etc. De um modo geral, aqueles frutos que nascem numa vagem. Mas, habituámonos a dizer legumes em relação a todas as verduras.

 

Sopa de Legumes

 

 

 

4 batatas médias

1 cenoura

1 nabo

12 talos de espargos (opcional)

100 grs de carne da aba (vaca)

1 mão cheia de folhas de couve portuguesa

1 mão cheia de macarronete riscado

água q.b. (cerca de 1,5 lt)

sal 

 

Numa panela juntam-se todos os ingredientes excepto as couves e o macarronete. Deixa-se cozer bem por 30 minutos e passa-se com a varinha mágica (retirar primeiro a carne).

Devolver a carne à panela e deixar levantar fervura. Juntar as couves cortadas em bocados pequenos aproveitando também os talos. Adicionar o macarronete e mexer. Deixa-se ferver em lume muito brando por mais meia hora.

Serve de refeição principal, ao jantar, acompanhada de pão tostadinho.

Quem quiser pode cortar a carne em bocadinhos pequeninos e distribuir pelos pratos.

 

Os talos de espargos foram um aproveitamento dos espargos utilizados noutra receita. A parte mais dura, que normalmente se deita fora, pode ser usada em sopas se tivermos o cuidado de descascar e retirar a parte mais fibrosa. 

 

 

 

 

tags: ,
publicado por belitaarainhadoscouratos às 08:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
|
Domingo, 7 de Fevereiro de 2010

ui, ui, urtigas

Quando estou em 'modo inspirado' apetece-me fazer coisas diferentes. E não há dúvida, sopa de urtigas é diferente!

Primeiro porque para as apanhar temos que nos munir de luvas, tesoura e coragem. Depois, o mesmo para as arranjar, luvas enfiadas até aos cotovelos porque as urtigas picam que se fartam quando em contacto com a pele.

Diz que as picadas fazem bem ao reumático mas eu cá  prefiro ficar na dúvida...

 

Creme de Urtigas

 

 

1 molho de urtigas

1 cebola

4 batatas grandes

1 nabo

azeite q.b

sal q.b.

1 1/2 litros de água

 

Numa panela refoga-se a cebola no azeite. Adicionam-se as batatas e o nabo cortados aos bocados, a água e tempera-se de sal. Deixa-se levantar fervura e juntam-se as folhas das urtigas, cerca de 100 grs. Deixa-se cozer 20 minutos e passa-se tudo muito bem com a varinha mágica.

 

 

 

 

As urtigas são ricas em vitaminas do grupo B, vitamina C, minerais, oligo-elementos, aminoácidos e proteínas.

 

 

tags: ,
publicado por belitaarainhadoscouratos às 16:34
link do post | mandar uns bitaites | favorito
|

mais sobre mim


ver perfil

seguir perfil

. 87 seguidores

cuscar

quantos são? quantos são?

HTML Hit Counter
pc computer components

digam qualquer coisa

coolinaria@sapo.pt

A Belita no Facebook!

My taste

mytaste.pt

armazém de receitas

tags

todas as tags

os meus livros de receitas, alguns...

blogs SAPO

subscrever feeds