Terça-feira, 11 de Novembro de 2014

de outras bandas

Gosto mesmo de polvo e a maneira que mais aprecio é cozido. Deve ser a minha costela galega já que ao que parece um dos meus bisavôs era da Galiza e polvo como eles, poucos sabem fazer.

Daí a encontrar esta receita no blogue O Garfelo foi um instantinho.

Fica deliciosa apesar de simples como poucas.

 

Polvo à Galega 

IMG_3735.JPG

1 polvo com cerca de 1 kg, descongelado

4 batatas

Azeite q.b.

Pimentão Doce

Sal grosso

1 cebola pequena cortada em meias luas

 

Pôr água a ferver num tacho. Quando ferver pegar na cabeça do polvo, já limpo, e mergulhar por três vezes na água, por uns segundos de cada vez. Fica logo todo encorrilhado!

Depois põe-se dentro do tacho e deixa-se cozer até estar tenro, este demorou cerca de 40 minutos.

Retira-se da água e corta-se em rodelas.

Entretanto cozem-se também as batatas em rodelas grossas, pode ser na água do polvo ou à parte, com uma pitada de sal.

Corta-se a cebola em rodelas finas.

Numa travessa ou prato de servir põem-se as batatas em rodelas, por cima o polvo, salpica-se com sal grosso, sobre o polvo as rodelas de cebola e por cima o pimentão doce e o azeite, abundante.

Servir com pão para aproveitar o azeite no fim 

 

tags:
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (1) | favorito
|
Terça-feira, 14 de Janeiro de 2014

outras feijoadas

Nunca comi feijoada de polvo mas de chocos já tinha comido e gostei muito.

Como aqui há uns tempos passou à porta de casa uma peixeira (das que andam com um atrelado, a pé, a vender peixe da Ria) e comprámos polvo ‘até vir a mulher da fava rica’, agora tenho que inventar maneiras de gastar o polvo, que adoro!

Inspirei-me nesta receita.

 

Feijoada de Polvo

 

 

1 polvo pequeno, cerca de 800 grs

2 cebolas (uma pequena e uma grande)

3 dentes de alho

Azeite q.b.

2 tomates maduros

1 folha de louro

3 pés de salsa

1 malagueta

1 cenoura

50 ml de vinho branco

1 lata de feijão branco (das grandes)

 

Cozer o polvo com a cebola pequena na panela de pressão por 25 minutos após levantar fervura.

Retirar da panela e cortar em pedacinhos. Reservar a cebola pequena e a água de cozer o polvo.

Num tacho largo alourar a cebola grande, picada e os dentes de alho também picados, no azeite.

Juntar o tomate sem pele cortado em pedaços (usei congelado) o louro, a salsa, a malagueta e a cenoura em rodelas. Borrifar com o vinho e deixar evaporar.

Adicionar o polvo cortado bem como a cebola pequena esmigalhada. Juntar alguma água de cozer o polvo e deixar levantar fervura.

Adicionar o feijão e temperar com sal. Deixar ferver para que os sabores se misturem por cerca de 20 minutos, verificar se é necessário adicionar mais água de cozer o polvo ou água a ferver e rectificar os temperos.

Servir com arroz branco.

 

Nota: Aqui em versão ‘a guardar no congelador’

 

tags:
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
|
Quinta-feira, 28 de Junho de 2012

Olé!!!

Não os comemos mas podemos comer as comidas deles {#emotions_dlg.blink}

Aqui estão algumas receitas que quedaron muy ricas!!!

 

Polvo à Feira (Polbo a Feira)

 

 

1 polvo pequeno

Sal grosso

Azeite

Pimentão em pó

 

Cozer o polvo na panela de pressão com um pouco de água durante 25 minutos logo que comece a ferver.

Retirar da panela, escorrer e cortar em rodelas. Salpicar com uma pitada de sal grosso.

Temperar com azeite e polvilhar com pimentão em pó.

 

Batatas com molho Alioli (Patatas Alioli)

 

 

 

4 batatas

1 ovo

Sumo de 1 limão grande

1 dente de alho grande

Óleo de girassol

Cebolinho

 

Cozer as batatas em rodelas. Escorrer a água e reservar.

Num copo misturador faz-se o molho Alioli: põe-se o ovo, o dente de alho, o sumo de um limão e óleo. Com a varinha mágica emulsiona-se de modo a ficar um molho mais líquido do que a maionese. Se necessário junta-se mais sumo de limão.

Envolvem-se as batatas no molho e polvilham-se com cebolinho cortado às rodelas.

 

Pão com Tomate (Pa amb tomaquet)

 

 

 

1 baguete

1 dente de alho

Azeite q.b.

1 tomate

Orégãos

 

Retirar as sementes ao tomate e ralar para ficar uma polpa. Descartar a pele.

Cortar a baguete em fatias e torrar ligeiramente.

Raspar o dente de alho nas tostas.

Servir as tostas com o tomate polvilhadas com os orégãos.

 

Nota: Regar com Sangria!

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
|
Quinta-feira, 18 de Novembro de 2010

polvo

O polvo só tem, a meu ver, um senão: é muito caro e por isso não se faz tantas vezes como gostaria. Mas quando se faz é uma festa e tenta-se dar-lhe a melhor companhia. Aqui foi ao forno e ficou mesmo mesmo bom.

Excelente para variar de assados com carne.

 

Polvo Assado no Forno

 

 

Para cozer o polvo:

1 polvo com cerca de 1,5 kg

água q.b.

1 cebola pequena

 

Descasca-se a cebola e põe-se na panela de pressão juntamente com o polvo coberto de água. Vai ao lume e deixa-se cozer por 20 minutos após levantar fervura e a panela começar a largar o vapor.

 

Para o assado:

1 cebola grande em rodelas

2 tomates maduros em rodelas

10 pimentos de Padron

8 batatas cozidas com a pele

1 ramo de salsa

sal

pimenta

água de cozer o polvo

vinho

azeite

 

Num tabuleiro põe-se a cebola em rodelas, por cima o tomate e os pimentos e sobre esta cama dispõe-se o polvo previamente cozido. Ao lado põem-se as batatas, também cozidas e esmagadas ligeiramente com um murro. Por cima de tudo a salsa.

Tempera-se com sal e pimenta fresca. Rega-se com o azeite, umas boas goladas dele. O vinho, meio copo é suficiente e também um bocadinho da água de cozer o polvo, para ajudar a fazer o molho.

Vai ao forno bem quente em tabuleiro de barro por cerca de 30 a 40 minutos, até estar mesmo bem douradinho.

Para acompanhar muito pão, que este molho não se pode desperdiçar!

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (1) | favorito
|
Quinta-feira, 21 de Outubro de 2010

petisco

Normalmente as pontas dos tentáculos do polvo e a bolsa não são muito apreciados e quando não se gastam a fazer arroz, podem bem ser usados assim.

 

Pataniscas de Polvo

 

 

150 grs de polvo picado

1 cebola picada

1 raminho de salsa picada

3 colheres de sopa de farinha com fermento

1 colher de sopa de farinha de grão de bico

2 ovos

1 dl de água das pedras

sal

pimenta fresca

óleo para fritar

 

Numa taça misturam-se todos os ingredientes e mexem-se bem.

À falta de farinha de grão, pode usar-se apenas farinha de trigo mas como agora se encontram as mais variadas farinhas à venda em lojas de produtos naturais, desde farinha de soja, farinha de aveia, farinha de espelta, etc., prefiro ir experimentando estas misturas.

Aquece-se o óleo numa frigideira e fritam-se colheradas da massa. Escorrem-se as pataniscas em papel absorvente e servem-se como prato principal ou como um petisco.

 

Nota:

A água das pedras faz com que a massa fique muito mais leve. Também pode ser feito com cerveja.

 

tags:
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (1) | favorito
|
Terça-feira, 9 de Março de 2010

queremos mais

 Ao contrário das lulas, o polvo é um favorito! A maneira como mais gosto é simplesmente cozido com batatas e ovo (as batatas ficam meias vermelhas pois agarram a cor do polvo) e também adoro a bela da salada de polvo ou o polvo à feira, como é servido na Galiza.

Aqui, foi assado no forno. Ficou muito bom.

 

Polvo assado no forno com batatas a murro

 

 

1 polvo médio

1 cebola

3 dentes de alho

1 folha de louro

1 raminho de salsa

1 raminho de coentros

10 batatas cozidas com a pele

1 copo de vinho branco

3 dl de azeite

sal q.b.

 

Coze-se o polvo em pouca água até estar tenro. Pode ser cozido na panela de pressão.

Escorre-se e separam-se as 8 pernas e a bolsa.

Cozem-se as batatas com a pele, escorrem-se e dá-se um murro em cada uma para abrir.

Num tacho de barro põem-se as cebolas às rodelas, os dentes de alho picados, a folha de louro, alguns pezinhos de salsa e coentros e por cima dispõe-se o polvo e as batatas.

Tempera-se de sal se for necessário e por cima deita-se o vinho e o azeite e os restantes pezinhos de salsa e coentros. Vai ao forno quente até estar bem lourinho, cerca de meia hora a 40 minutos.

Servir com grelos cozidos.

 

 

tags:
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
|

mais sobre mim

cuscar

quantos são? quantos são?

HTML Hit Counter
pc computer components

digam qualquer coisa

coolinaria@sapo.pt

A Belita no Facebook!

My taste

mytaste.pt

armazém de receitas

tags

todas as tags

os meus livros de receitas, alguns...

blogs SAPO

subscrever feeds