Terça-feira, 23 de Maio de 2017

Manitaropita??? OPA!

 

Recentemente veio a público um estudo da Organização Mundial de Saúde onde consta que a obesidade infantil/adolescente aumentou em países europeus como Grécia, Itália, Espanha, Malta e Portugal. Estes são países que de um modo ou de outro seguiam a Dieta Mediterrânica que se crê ser benéfica para a saúde e limita o aparecimento de doenças ligadas ao coração, entre outras.

É surpreendente que estes países, logo estes!, estejam a braços com um grave problema de obesidade infantil que se não for brevemente tratado vai com certeza acabar em adultos mais propensos a doenças.

Uma das explicações é a de que a crise que assolou alguns países europeus nos últimos anos acabou por alterar o estilo alimentar e passámos a comer mais comida processada e menos frutas e vegetais.

Ainda vamos a tempo de mudar e embora cada um saiba de si, a desculpa de que a fruta ou os vegetais são caros pode não ser toda a resposta, se pensarmos que muitos dos que dão essa desculpa fazem outras opções nas suas vidas em que não são tão avaros com os gastos (não generalizando, claro…)

Posto isto, vamos experimentar esta receita!

 

Empada Grega de Cogumelos (Manitaropita)

 

download.png

 

2 colheres de sopa de azeite

2 alhos franceses (usei pequenos)

450 grs de cogumelos (usei mistura de brancos e castanhos)

Sal e pimenta q.b.

2 dentes de alho

2 colheres de sopa de vinagre balsâmico

1 colher de sopa de aneto picado

100 grs de queijo Feta esfarelado

100 grs de requeijão

2 ovos

8 folhas de massa Filo

50 ml de azeite

 

Aquecer o azeite numa frigideira e alourar o alho francês cortado em rodelas finas. Adicionar os cogumelos cortados em fatias e temperar a gosto com sal e pimenta. Deixar alourar até perderem o líquido e juntar os alhos picados. Mexer e juntar o vinagre balsâmico deixando ao lume até evaporar.

Retirar do lume e adicionar o aneto, o queijo Feta, o requeijão e os ovos. Envolver bem e reservar.

Estender uma folha de massa Filo e pincelar de imediato com o azeite (as restantes devem ser tapadas com um pano de cozinha limpo, húmido). Pôr essa folha na forma (usei uma de 20 cms de fundo amovível) deixando o excesso de massa pendurado para fora da forma e repetir o procedimento com mais cinco. Deitar a mistura de cogumelos e queijo na forma e por cima pôr as duas restantes folhas de massa, também pinceladas de azeite. Com a massa que ficou pendurada virar para dentro da forma de modo a ficar com um rebordo mais grosso.

Levar ao forno cerca de 30 minutos ou até estar completamente dourado. Retirar e deixar arrefecer.

 

Nota: a massa Filo é muito frágil e deve estar tapada com um pano húmido a que não está a ser usada

 

Kali Orexi

καλή όρεξη

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
|
Segunda-feira, 16 de Março de 2015

ele há coisas...

 

Esta Fava não é feita com favas.

Chama-se Fava mas é feita com ervilhas secas (Lathyrus clymenum). Esta espécie de ervilhas é uma erva daninha que por cá  encontramos em terrenos baldios ou beiras do caminho.

Em Santorini, na Grécia, este tipo de ervilhas secas é DOP (Denominação de Origem Protegida) e a Fava é um dos pratos mais famosos da região.

Confuso? Também é grego para mim 

 

Fava de Santorini

 

IMG_4066.JPG

  

200 grs de ervilhas secas

1 cebola

1 pitada de sal

Azeite

 

Lavar as ervilhas e escorrer. Pôr num tacho juntamente com a cebola cortada em quartos e cobrir com água.

Levar ao lume e cozer por 45 minutos. Verificar e se necessário acrescentar água para estar sempre coberto de água.

Triturar com a varinha mágica. Fica uma pasta espessa que ao arrefecer ainda fica mais firme, como um puré.

Servir com um fio de azeite.

 

Notas:

As ervilhas secas encontram-se à venda em mercados ou em mercearias antigas

Receita encontrada aqui.

 

tags:
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
|
Quarta-feira, 27 de Fevereiro de 2008

Keftedes

Na realidade, keftedes são almondegas em grego. São excelentes e podem ser servidas como aperitivo ou então com um bom molho de tomate e macarrão.

 

 

Almondegas Gregas

 

1 kg de carne picada (no original a carne é de borrego)

½ copo de pão ralado (de preferência fresco)

2 ovos

1 cebola ralada ou picada muito fininha

1 colher de chá de menta seca (se for fresca pode ser uma colher de sopa)

1 mão-cheia de salsa picada

Sal e pimenta moída na altura

1 colher de chá de fermento

½ colher de chá de canela

3 batatas cruas raladas e espremidas

 

Juntar muito bem todos os ingredientes e moldar em bolinhas do tamanho de uma noz.

 

Fritar. Pode ser numa fritadeira com muito óleo ou então numa frigideira apenas com um pouquinho de óleo, esta é a minha versão favorita.

 

 

Uma dica: Pôr umas destas almondegas num pão pita com umas colheradas de tzatziki (acho que foi a 1ª receita que aqui coloquei...)

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:40
link do post | mandar uns bitaites | favorito
|

mais sobre mim

cuscar

quantos são? quantos são?

HTML Hit Counter
pc computer components

digam qualquer coisa

coolinaria@sapo.pt

A Belita no Facebook!

My taste

mytaste.pt

armazém de receitas

tags

todas as tags

os meus livros de receitas, alguns...

blogs SAPO

subscrever feeds