Quinta-feira, 5 de Janeiro de 2017

a despachar

 

A minha versão '1,2,3 já está' de chilli con carne é ter no congelador a carne picada já preparada (tipo molho bolonhesa) e acrescentar-lhe uma lata de feijões e pronto, jantar na mesa! Mas esta foi feita ‘de raiz’, ficou muito boa.

 

Chilli Con Carne

 

20161217_131109.jpg

 

1 cebola

azeite q.b.

1 cenoura

1 dente de alho

1 talo de aipo

500 grs de carne picada

½ copo de vinho branco

Sal q.b.

1 colher de chá de chilli (ou piripiri)

1 colher de chá de pimentão em pó

1 colher de chá de orégãos

1 colher de sopa de molho inglês

1 lata de tomate picado

1 copo de água

1 lata de feijão vermelho

 

Num tacho aloura-se a cebola no azeite, mistura-se a cenoura triturada, o dente de alho picadinho e o talo de aipo cortado em rodelas fininhas (sem a rama).

Mexe-se e adiciona-se a carne picada (usei mistura de vitela e porco) mexendo bem para não ficar em grumos.

Adiciona-se o vinho, deixa-se evaporar e tempera-se com o sal, chilli, pimentão, orégãos e o molho inglês.

Adiciona-se o tomate picado (se forem frescos devem ser bem maduros e sem a pele, uns 4 médios). Deixa-se refogar mais um pouco, junta-se a água e rectificam-se os temperos. Deixa-se em lume brando por cerca de 30 a 45 minutos para apurar bem o sabor.

Mistura-se uma lata de feijão vermelho escorrido e serve-se com arroz, queijo parmesão ralado e lima.

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
|
Segunda-feira, 26 de Janeiro de 2015

brrrr

 

Para quem aprecia uma comida retemperadora para estes dias de gelo, nada melhor do que uma tigela disto com um belo naco de pão.

Não é preciso mais nada! Ah, talvez um copo de vinho tinto venha a calhar…

 

Feijão à Pássaro (Fagioli all’uccelletto)

 

IMG_3931.JPG

 

1 lata pequena de feijão branco

1 lata pequena de tomate em pedaços

3 dentes de alho

1 raminho de sálvia

1 pitada de sal

Azeite q.b.

 

Numa sertã alouram-se os dentes de alho com a sálvia no azeite. Junta-se o tomate em pedaços e o sal e deixa-se refogar até ficar um molho grosso. Juntar os feijões escorridos e deixar apurar por mais uns minutos, mexendo de vez em quando.

 

Nota: esta receita típica da Toscânia, Itália, veio daqui.

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
|
Quarta-feira, 22 de Fevereiro de 2012

vermelho, ou encarnado?

Esta é daquelas sopas que não precisa de mais acompanhamentos além de uma fatia de broa ou pão de trigo.

A receita é de uma das minhas cunhadas e fica mesmo uma sopa de ‘sustança’, como é costume dizer-se…

 

Sopa de Feijão Vermelho

 

 

300 grs de feijão vermelho cozido

1 nabo

1 cenoura

3 batatas

Couve q.b.

1 mão cheia de macarrão riscado

Sal

Azeite

 

Numa panela põe-se o feijão (reservar um bocado, aí uns 50 grs), o nabo descascado e cortado em bocados, a cenoura e as batatas do mesmo modo.

Cobrem-se com água (cerca de litro e meio) e tempera-se de sal.

Leva-se ao lume e quando ferver baixa-se o lume e deixa-se cozer por 20 minutos.

Entretanto prepara-se a couve, pode ser couvão ou tronchuda ou galega. Corta-se em tiras largas ou esfarrapa-se com as mãos.

Passa-se a sopa com a varinha mágica e junta-se a couve, o macarrão e o feijão que se reservou. Deixa-se levantar fervura e rega-se com um golpe de azeite. Se estiver grosso demais deve-se juntar mais um pouco de água. Mexe-se e deixa-se cozer por mais uns 15 a 20 minutos.

 

Nota: Pode-se pôr outra massa em vez do macarrão, pevide, pontinha, cotovelinhos…

 

tags: ,
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
|
Terça-feira, 19 de Abril de 2011

sabores de outras latitudes

Já estive no Brasil. Com a sorte de ter pessoas amigas a viver lá e ter podido usufruir do Brasil que não é para turistas, do Brasil mais rural e mais terra-a-terra.

Gostei. Tanto, que não me importava de me mudar para lá.

Enquanto isso não acontece (dream on...) mato saudades das feijoadas que lá comi e que aprendi a fazer por quem sabia do assunto!

 

Feijoada à Brasileira 

 

 

1 kg de carne de porco, da barriga

500 grs de carne defumada

1 chouriço vermelho

1 chouriça de carne

4 latas grandes de feijão preto

 

Cheiro Verde

1 raminho de salsa

1 raminho de coentros

1 haste de aipo

1 raminho de cebolinho

Picar tudo finamente.

 

Cozer as carnes e os enchidos em água temperada com sal. Escorrer a água e cortar as carnes e enchidos em bocados pequenos. Juntar o feijão preto cozido e temperar de sal. Adicionar alguma água se necessário para ter bastante molho, pode ser da água de cozer as carnes. Deixar ferver e baixar o lume. Deixar apurar por uma hora.

Mais ou menos a meio da cozedura junta-se o 'cheiro verde'.

A feijoada deve servir-se com arroz branco, farofa, couve frita e laranja fatiada.

 

tags:
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:30
link do post | mandar uns bitaites | favorito
|
Terça-feira, 15 de Fevereiro de 2011

inverno a rigor

Com o tempo invernoso, apetecem sabores mais fortes e reconfortantes em que a digestão se faz em frente à lareira, talvez acompanhada de uma soneca ou duas...

A feijoada é um desses pratos e com um sabor bem forte, a pedir a companhia de um bom vinho tinto.

Neste caso Trás-os-Montes encontrou-se com o Alentejo já que o vinho escolhido foi um Conventual, de Portalegre.

 

Feijoada à moda Transmontana

 

 

1 cebola grande

2 dentes de alho

1 dl de azeite

400 grs de carne de porco

Sal q.b.

1 copo de vinho branco

1 folha de louro

1 raminho de salsa

1 malagueta

2 cenouras

800 grs de feijão cozido

400 grs de couve lombarda

1 farinheira

1 morcela

1 chouriço de carne  

1 copo de água

 

Alourar os alhos e cebolas em azeite. Juntar a carne de porco cortada em bocados (usei mistura de pá e entremeada). Deixar alourar e adicionar o sal, o vinho, o louro e a salsa e o piripiri.
Corta-se a cenoura em rodelas e adiciona-se ao refogado com um copo de água. Deixa-se levantar fervura, tempera-se a gosto e juntam-se os feijões previamente cozidos, podem ser de lata, e a couve cortada em bocados. Usei uma mistura de couve lombarda e portuguesa.
À parte cozem-se os enchidos que, depois de cozidos, se cortam em rodelas grossas e se juntam à feijoada. Deixar apurar bem os sabores e servir com arroz branco.

 

tags:
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:30
link do post | mandar uns bitaites | favorito
|

mais sobre mim

cuscar

quantos são? quantos são?

HTML Hit Counter
pc computer components

digam qualquer coisa

coolinaria@sapo.pt

A Belita no Facebook!

My taste

mytaste.pt

armazém de receitas

tags

todas as tags

os meus livros de receitas, alguns...

blogs SAPO

subscrever feeds