Quinta-feira, 24 de Agosto de 2017

dá-se sempre um jeito

 

Quando fazemos uma receita que sabemos que vai sair mesmo bem e depois nos esquecemos de fotografar!

Felizmente que houve quem fosse acompanhando o processo e por isso aqui fica o registo de algumas imagens.

Para ver melhor, é favor ir aqui onde se vê a receita original, que essa sim, está muito bem documentada!

 

Wraps de Alface à Tailandesa

 

20799006_10214702476861304_5262298720518962005_n-C

 

1 colher de sopa de óleo de sésamo (ou azeite)

500 grs de peito de frango picado

2 alhos franceses fininhos em rodelas

1 colher de sopa de erva-príncipe ralada

1 colher de sopa de gengibre ralado

1 colher de sopa de alho ralado

1 colher de sopa de molho picante (usei Tabasco)

Sumo de meia lima (ou limão)

3 colheres de sopa de molho de soja

2 colheres de sopa de vinagre de arroz

1 colher de sopa de molho de peixe

¼ de copo de coentros picados

2 colheres de sopa de hortelã picada

1 alface (bola de manteiga é melhor neste caso)

½ copo de amendoins grosseiramente esmagados

 

Numa frigideira aquecer o óleo ou azeite e saltear a carne picada por uns cinco minutos até perder a cor de cru. Juntar o alho-francês em rodelas fininhas, a erva-príncipe ralada, o gengibre ralado, o alho ralado e o molho picante. Deixar cozinhar uns minutos e entretanto numa taça juntar o sumo de lima, o molho de soja, o vinagre de arroz e o molho de peixe. Deitar sobre a carne e mexer bem e deixar mais uns minutos ao lume.

Retirar do lume e adicionar os coentros e a hortelã picados. Deitar colheradas desta mistura nas folhas de alface e salpicar com amendoins picados. As folhas de alface podem-se enrolar como tortilhas ou fazer como se fossem embrulhos.

Servir com batata frita no micro-ondas, uma sala de tomate e uma sangria fresca.

 

Nota: a receita original leva açúcar mas não achei necessário

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
|
Terça-feira, 28 de Março de 2017

sol de empréstimo

 

Não me canso de usar o açafrão das Índias, é uma das minhas especiarias preferidas e até em doces a utilizo. Adoro a cor vibrante e, à falta do sol primaveril, alegro-me a contemplar os pratos que ajuda a produzir 

 

Filetes com Açafrão das Índias

 

download.png

 

4 filetes de pescada, cortados ao meio

Sal q.b.

2 dentes de alho ralados

1 limão (sumo e raspa)

100 ml de natas

1 colher de chá de açafrão das Índias

1 fio de azeite

Coentros picados q.b.

 

Temperam-se os filetes com sal, os alhos ralados e sumo e raspa de limão. Deixam-se tomar gosto por meia ou uma hora.

Põe-se azeite no fundo de uma frigideira e fritam-se os filetes juntamente com o resto da marinada. Viram-se os filetes com cuidado para não desmanchar e acabam de fritar. Misturam-se as natas com o açafrão das Índias e deitam-se por cima dos filetes. Deixa-se levantar fervura e serve-se polvilhado com coentros picados.

Acompanhar com puré de batata ou batatas cozidas.

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (2) | favorito
|
Quinta-feira, 16 de Fevereiro de 2017

viajemos...

 

Comida Indiana, a saudade que tenho de a comer num restaurante indiano a sério.

Como quem não tem cão caça com gato, vamos lá fazer experiências e ver o que saiu da adaptação desta receita.

 

Frango Bhuna

 

20170120_202407.jpg

 

3 colheres de sopa de óleo (usei de girassol e sésamo)

2 cebolas médias

2 colheres de chá de gengibre ralado

2 colheres de chá de alhos ralados

1 colher de chá de açafrão das Índias

1 colher de chá de chilli em pó (ou piripiri)

1 colher de chá de Garam Masala (ou caril)

500 grs de frango cortado em pedaços

Sal q.b.

150 ml de água

4 colheres de sopa de pasta de tomate (de bisnaga)

100 ml de iogurte natural

Coentros picados q.b.

 

Picar as cebolas e alourar no óleo. Adicionar o gengibre e o alho ralados, o açafrão das Índias, o chilli e o Garam Masala. De seguida juntar os pedacinhos de frango, temperar com sal e mexer. Misturar a água com a pasta de tomate e deitar sobre o frango. Deixar cozer por uns 15 minutos mexendo de vez em quando e se necessário acrescentar mais um pouco de água. Quando estiver cozido, adicionar o iogurte, mexer e servir, salpicado com coentros, com arroz Basmati e pão Naan.

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
|
Terça-feira, 7 de Fevereiro de 2017

autoplágio?

 

Uma receita que é praticamente cópia de outra feita com raia mas que também levou umas ameijoas para abrilhantar. Pode ser feito sem as ameijoas mas com elas fica mais saboroso.

 

Pescada Estufada com Ameijoas

 

20170203_201750.jpg

 

1 cebola grande

2 dentes de alho

1 folha de louro

1 malagueta

Azeite q.b.

1 cerveja mini (25 cl)

Sal q.b.

Pimenta q.b.

6 mimos de pescada (congelados)

Coentros picados

Sumo de ½ limão

1 mão cheia de ameijoas brancas

 

Forrar o fundo de uma frigideira ou wok com uma boa camada de cebola às rodelas, os dentes de alho picados, a folha de louro e a malagueta. Por cima colocar os mimos de pescada e temperar com sal e pimenta. Rega-se tudo com azeite e com a cerveja mini e leva-se ao lume.

Quando começar a ferver, baixa-se o lume e tapa-se a frigideira, deixando cozer por cerca de 20 minutos. De seguida juntam-se as ameijoas (usei congeladas), tapa-se novamente e deixam-se abrir, mais uns cinco minutos.

Estando pronto, espreme-se meio limão sobre o peixe e salpica-se com coentros picados.

Serve-se com batatas cozidas ou puré de batata.

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
|
Terça-feira, 17 de Maio de 2016

vai um arrozinho

 

As novidades, como chamam na praça às coisas da estação (por agora favas, ervilhas tortas, etc) começam a estar na época, bastante atrasadas para o que é costume mas ainda a tempo de as podermos aproveitar em diversas preparações.

As primeiras favas deste ano serviram para fazer um arroz, para acompanhamento de peixe frito.

Muito bom!

 

Arroz de Favas

 

arrozdefavas.jpg

 

1 cebola picada

1 alho picado

1 fatia de presunto (fina) picada

¼ de copo de vinho branco

1 copo de arroz agulha

3 copos de água

1 copo de favas descascadas e descamisadas

Sal q.b

Coentros q.b.

Azeite q.b.

 

Num tachinho alourar a cebola e o alho picados em azeite.

Juntar o presunto e o vinho e mexer. Deixar evaporar e adicionar o arroz, mexendo para não pegar.

Juntar a água a ferver e as favas e temperar com sal a gosto.

Deixar cozer o arroz (se necessário adicionar mais água para que fique cremoso) e no fim juntar os coentros.

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (2) | favorito
|
Terça-feira, 29 de Março de 2016

nem tudo o que parece...

 

Sou pouco apreciadora de marisco, não corro atrás de um arroz de marisco nem de uma mariscada. Gosto de camarões mas a maior parte das vezes até os dispenso só por ter de os descascar.

Gosto de ameijoas, daquelas malhadas que há na Ria de Aveiro e que são muito difíceis de encontrar. Não me apanham a comer ameijoas vietnamitas e muito menos sou vista perto daquele sucedâneo de marisco que dá pelo enganador nome de delícias do mar.

Não sou fundamentalista, apenas há coisas que aprecio, e outras não 

E este arroz? Uma maravilha!

 

Arroz de Peixe e Marisco

 

20160319_131605.jpeg

 

Azeite q.b.

1 cebola

1 dente de alho

3 tomates (usei congelados, podem ser de lata)

¼ de pimento vermelho

1 malagueta ou piripiri

1 filete de pescada médio

1 raminho de salsa picada

1 medida de arroz carolino

3 a 4 medidas de água ou caldo de peixe

Sal q.b.

100 grs de camarão congelado, descascado

100 grs de ameijoas (usei congeladas)

Coentros picados q.b.

 

Cortar o peixe em pedaços. Reservar.

Num tacho alourar a cebola e alho picados em azeite. Adicionar o tomate pelado e cortado em pedacinhos, o pimento também cortado e a malagueta ou piripiri e deixar refogar. Juntar o peixe, mexer e juntar também o arroz e a água a ferver (apenas 3 medidas, se necessário junta-se mais um pouco, mais tarde).

Deixar levantar fervura, baixar o lume e deixar cozer por uns 15 minutos. Adicionar o camarão e as ameijoas, se necessário acrescentar mais água a ferver para se manter malandrinho, e rectificar os temperos.

Logo que o arroz esteja cozido, servir salpicado com coentros picados.

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:35
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (2) | favorito
|
Segunda-feira, 22 de Fevereiro de 2016

começar bem

 

Em vez da manteiga, aqui está uma boa opção para barrar numas tostas ou em pão estaladiço.

Só para quem goste de sabores fortes, como diz o outro: não é para meninos 

 

Chutney de Coentros

 

chutney.jpg

  

1 molhinho de coentros (só as folhas)

1 raminho mais pequeno de hortelã pimenta (só as folhas)

1 malagueta verde

1 dente de alho

1 pedaço de gengibre

¼ de copo de iogurte natural

Sumo de 1 lima ou limão

Sal q.b.

 

Pôr todos os ingredientes no liquidificador ou triturar com a varinha mágica (foi o que fiz).

Servir como acompanhamento ou para barrar em tostas ou pão.

 

Nota: a receita veio daqui

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (4) | favorito
|
Segunda-feira, 23 de Março de 2015

com a pele

 

Não há muito que saber para fazer estas batatas. São quase tão boas como as fritas sem terem aquelas carradas de óleo do costume. E com pele, adoro batatas com pele.

 

Batatinhas coradas

 

IMG_4009.JPG

 

 

20 batatas pequenas

2 alhos picados

Coentros

Sal

Azeite

 

Cozer as batatas em água temperada com sal até estarem bem cozidas.

Escorrer e dar um murro em cada batata para as espalmar (atenção para não queimar as mãos).

Aquecer um pouco de azeite numa frigideira e alourar os alhos. Saltear as batatas no azeite até estarem douradas e polvilhar com contros frescos.

Servir como acompanhamento de carnes grelhadas.

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
|
Quinta-feira, 5 de Fevereiro de 2015

hoje temos...

 

Às vezes não sei como temperar uma peça de carne para não ser sempre a mesma coisa, alho, limão, vinho…

Aqui, um copo com uma sobra de sumo de laranja ditou a receita. E com coentros, que combinam muito bem estes sabores.

Provem lá.

 

Lombinho de Porco com Laranja e Coentros

 

IMG_4008.JPG

 

1 lombinho de porco

1 colher de chá de coentros em pó

1 colher de chá de colorau

5 colheres de sopa de sumo de laranja

1 colher de sopa de coentros frescos picados

2 colheres de sopa de azeite

Sal e pimenta preta q.b.

 

Cortar o lombinho em medalhões e temperar com os coentros em pó, o colorau, o sumo de laranja, os coentros picados e sal e pimenta a gosto.

Deixar marinar de 30 minutos a uma hora mexendo de vez em quando.

Levar ao lume uma sertã com o azeite e fritar os medalhões dos dois lados juntamente com a marinada até estarem no ponto.

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (4) | favorito
|
Terça-feira, 24 de Junho de 2014

vai dar raia...

Tenho um colega de trabalho que é instrutor de vela e pescador nas horas vagas. No outro dia deu-me uma receita que disse ser infalível, e que era muito boa para fazer com robalo ou dourada.

Sinceramente, não são os meus peixes de eleição e como torci o nariz ele disse: e raia, gostas de raia? Gosto. Então faz com raia que não te arrependes.

Não me arrependi mesmo!

 

Raia com cerveja

 

 

1 cebola grande

2 dentes de alho

1 folha de louro

1 malagueta

Azeite q.b.

1 cerveja mini

sal

4 postas de raia (podem ser congeladas)

Coentros picados

Sumo de ½ limão

 

Forrar o fundo do tacho com uma boa camada de cebola às rodelas, os dentes de alho picados, a folha de louro e a malagueta. Por cima colocar as postas de raia e temperar com sal. Rega-se tudo com azeite e com a cerveja mini e leva-se ao lume.

Quando começar a fervilhar, baixa-se o lume e tapa-se o tacho, deixando cozer por cerca de 35 minutos.

Estando pronto, espreme-se meio limão sobre a raia e salpica-se com coentros picados.

Serve-se sobre fatias de pão torrado (ou então com batatas cozidas).

 

Nota: A receita original também levava ameijoas no fim, mas como não tinha fiz assim e não achei que lá fizessem falta.

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
|
Segunda-feira, 8 de Abril de 2013

em vez da manteiga

Esta pasta é excelente para barrar. Também é conhecida como chutney de coentros e é óptima para gastar o excesso de coentros que com esta chuva toda estão a crescer como se o mundo fosse acabar.

 

Pasta de Coentros

 

 

1 mão cheia de coentros

1 pedaço de gengibre

1 malagueta (opcional)

2 colheres de sopa de coco ralado

2 colheres de sopa de sumo de lima ou limão

2 colheres de sopa de azeite

2 colheres de sopa de água

 

Triturar todos os ingredientes num copo com a varinha mágica até estarem em puré.

Refrigerar e servir com tostas.

 

tags:
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
|
Segunda-feira, 26 de Novembro de 2012

outras sopas

Como sopa todos os dias (ou quase) e por isso é essencial que as sopas sejam variadas para uma pessoa não ter a sensação de andar a comer sempre a mesma coisa.

Ultimamente tenho experimentado sabores mais audazes e que normalmente não encontramos associados às sopas. São alternativas muito boas e fáceis de adaptar ao nosso gosto e ingredientes, como esta receita que me serviu de inspiração.

Recomendo!

 

Sopa de Cenoura e Coentros

 

 

3 colheres de sopa de azeite

2 alhos franceses

500 grs de cenouras

1 chuchu (ou curgete)

sal

1 colher de sopa de coentros em pó

800 ml de água ou caldo de galinha

 

Azeite de coentros

Sementes de girassol

 

Num tacho aloura-se ligeiramente o alho francês no azeite e adicionam-se as cenouras e o chuchu (ou curgete) descascados e cortados. Tempera-se com sal e juntam-se os contros em pó. Mexe-se e adiciona-se a água ou caldo de galinha.

Deixa-se cozer por 20 minutos e depois passa-se com a varinha mágica.

 

Para servir polvilha-se com as sementes de girassol tostadas numa frigideira e umas gotas de azeite de coentros.

 

Nota: Para fazer o azeite de coentros (ou de outra erva) põe-se azeite num copo,  juntam-se os coentros frescos e emulsiona-se com a varinha mágica.

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
|
Segunda-feira, 12 de Dezembro de 2011

é típico

É raríssimo fazer pratos que levem batatas fritas, como a carne de porco à alentejana ou o bacalhau com natas.

Por norma não fazia batatas fritas em casa, até ter descoberto uma maneira mais saudável de as fazer. E isso permite-me saborear alguns pratos tradicionais da nossa gastronomia, que são mesmo bons.

 

Carne de Porco à Portuguesa

 

 

400 grs de carne de porco cortada em quadrados

1 colher de sopa de massa de pimentão

1 dl de vinho branco

1 folha de louro

Sal

Pingue

Azeite

Batatas fritas em quadrados

Coentros

 

Pôr a carne com a massa de pimentão, o sal, o louro e o vinho branco a marinar por umas horas (pode ser de véspera).

Numa frigideira, põe-se uma colher de sopa bem cheia de pingue e duas colheres de azeite. Quando estiver quente, frita-se a carne. Vai-se mexendo para que a carne aloure por todos os lados. Se necessário vai-se acrescentando líquido da marinada para ficar com molho.

Juntam-se as batatas previamente fritas e envolve-se bem. Polvilha-se com coentros e serve-se com uma boa salada.

 

Nota: As batatas foram fritas usando este método.

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (2) | favorito
|
Segunda-feira, 9 de Maio de 2011

favas contadas

Está na altura delas e vêem-se pelos mercados, debulhadas ou ainda dentro da casca.

As minhas já estão prontas para usar, umas maiores outras mais pequenas. As maiores serão usadas para fazer Favas Com Chouriço ou sopa (ando curiosa para experimentar uma receita de sopa onde as cascas também entram!).

As mais pequenas são para petiscos como este.

 

Favinhas Suadas

 

 

250 grs de favas pequeninas

4 dentes de alho

Azeite

Coentros

 

Alourar ligeiramente os alhos bem picadinhos em azeite e juntar as favinhas. Tapar o tachinho e baixar o lume para o mínimo. Deixar suar por cerca de 10 minutos (até as favas estarem tenrinhas) mexendo de vez em quando.

Servir polvilhado de coentros picados.

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (3) | favorito
|
Domingo, 9 de Maio de 2010

podem não ir à mesa do rei...

mas vão à minha!

 

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 15:54
link do post | mandar uns bitaites | favorito
|

mais sobre mim


ver perfil

seguir perfil

. 87 seguidores

cuscar

quantos são? quantos são?

HTML Hit Counter
pc computer components

digam qualquer coisa

coolinaria@sapo.pt

A Belita no Facebook!

My taste

mytaste.pt

armazém de receitas

tags

todas as tags

os meus livros de receitas, alguns...

blogs SAPO

subscrever feeds