Quinta-feira, 15 de Dezembro de 2016

castanho, castanhas

 

A carqueja é uma erva que sempre associei a cozinhar com coelho. Também dá para fazer chá, e ao que parece até para emagrecer!

A carqueja existe à mão de semear por esses bosques e pinhais, é uma questão de estarem atentos e apanharem um ramo dela quando a virem. Guarda-se na despensa e pode ir sendo usada, até para fazer arroz é boa.

 

Coelho com Carqueja e Castanhas

 

20161113_130316.jpg

 

1 coelho pequeno

200 ml de vinho tinto

Sal q.b.

2 colheres de sopa de farinha

3 colheres de sopa de azeite

1 cebola picada

1 raminho de carqueja

200 ml de água

1 malagueta

100 grs de castanhas cozidas

 

Temperar o coelho cortado em pedaços com sal e marinar no vinho por uma ou duas horas. Escorrer e passar na farinha. Reservar a marinada.

Aquecer o azeite e alourar os pedaços de coelho. Retirar do tacho e alourar a cebola picada (se necessário pôr mais um pouco de azeite). Retornar o coelho ao tacho, adicionar a carqueja, a marinada, a malagueta e a água. Rectificar o sal e deixar cozinhar por 40 minutos a uma hora (dependendo da rijeza da carne) e de seguida juntar as castanhas e deixar apurar por mais dez minutos.

Servir com puré ou arroz branco.

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
|
Quarta-feira, 16 de Abril de 2014

a calhar

O mítico Chefe Silva era, à época, um verdadeiro mestre. Esta é uma das suas velhas receitas, adaptada ao meu jeito.

 

Coelho à Padeiro 

 

 

½ coelho grande cortado em pedaços

4 fatias de carne defumada

2 dentes de alho

1 folha de louro

raminhos de carqueja

1 raminho de salsa

1 colher de chá de colorau

1 copo de vinho branco

1 copo de água

Piri-piri q.b

Sal q.b.

Azeite q.b.

Cebolas e batatas novas

 

Numa tigela misturar o vinho, a água, o colorau, a salsa, o louro, os alhos, a carqueja, o sal e o piri-piri e cobre-se o coelho com esta marinada por umas horas ou de um dia para o outro.

Num tabuleiro põe-se o coelho e a marinada e por cima vertem-se umas goladas de azeite.

Cobrem-se os bocados de coelho com a carne defumada e à volta dispõem-se algumas batatas e cebolas novas cortadas em quartos.

Leva-se ao forno tapado com papel de alumínio por cerca de uma hora. Ao fim deste tempo retira-se o papel e deixa-se no forno por mais 30 minutos. Se necessário acrescentar mais um pouco de água para manter o molho.

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (4) | favorito
|
Quinta-feira, 5 de Maio de 2011

coelhinho

Não fui a tempo da foto mas não seja por isso, esta receita é mesmo boa por isso experimentem.

Se não gostarerm de coelho, façam antes com frango ou carne de porco que também fica bem.

Adaptada desta receita. 

 

Coelho com molho de mostarda

 

 

1 coelho

sal

2 colheres de sopa de manteiga

2 colheres de sopa de azeite

1 cebola

½ copo de vinho branco

½ copo de água

½ copo de mostarda (tipo Dijon)

1 haste de tomilho

3 hastes de carqueja

½ copo de natas

Salsa picada .b.

 

Temperar o coelho cortado em bocados pequenos com sal.

Aquecer a manteiga e o azeite num tacho e alourar os bocados de coelho que não devem estar amontoados. Se necessário aloura-se metade da quantidade de cada vez.

Retirar os pedaços de coelho para uma taça e no tacho junta-se a cebola bem picada à gordura. Mexe-se bem e raspa-se o fundo para soltar quaisquer bocadinhos queimados.

Junta-se o vinho, o tomilho e a carqueja e mexe-se, deixando evaporar por um minuto. Depois junta-se a mostarda e a água e deixa-se ferver. Adicionam-se os bocados de coelho e deixam-se cozinhar em lume brando por cerca de 45 minutos.

Finalmente adicionam-se as natas e mexe-se bem para envolver os bocados de coelho com o molho.

Salpica-se com a salsa picada e serve-se com arroz branco, puré ou cuscuz.

 

Notas: Usei margarina Becel Cozinha em vez da manteiga;

Usei natas de soja marca Pingo Doce.

 

 

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
|
Segunda-feira, 15 de Fevereiro de 2010

Carqueja

A carqueja não se compra. Apanha-se nos pinhais e bosques. Ali para os lados de Sever do Vouga há por todo o lado e apanhei um grande molho desta planta que acompanha muito bem a carne de coelho.

Pelo que pude pesquisar, a carqueja é 'pau para toda a obra' pois tem muitas propriedades e é benéfica em doenças que vão desde a simples gripe até ao reumatismo e diabetes.

Ah, e muito importante, ajuda em regimes de emagrecimento.

Mas por agora serve para fazer arroz.

 

Arroz de Carqueja

 

 

 

1 cebola picada

azeite q.b.

1 copo de arroz estufado

2 copos de infusão de carqueja

sal q.b.

 

Numa caçarola ferve-se a água com cerca de 10 grs de carqueja que se deixa em infusão enquanto se prepara o resto.

 

Num tachinho aloura-se a cebola no azeite e adiciona-se o arroz, mexendo sempre para não pegar. Deixa-se fritar bem o arroz e junta-se a infusão da carqueja, tempera-se de sal a gosto e deixa-se cozer, com o tacho tapado, por 20 minutos até absorver  a água.

 

Bom acompanhamento de pratos de frango e coelho.

 

 

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 23:31
link do post | mandar uns bitaites | favorito
|

mais sobre mim

cuscar

quantos são? quantos são?

HTML Hit Counter
pc computer components

digam qualquer coisa

coolinaria@sapo.pt

A Belita no Facebook!

My taste

mytaste.pt

armazém de receitas

tags

todas as tags

os meus livros de receitas, alguns...

blogs SAPO

subscrever feeds