Quinta-feira, 16 de Março de 2017

restos vs sobras

 

Antigamente, chamava restos à comida que sobrava. Depois aprendi que pelo menos na restauração, restos são o que fica no prato e sobras são o que veio para a mesa mas não foi ao prato.

Feitas as ressalvas, guardo sempre as sobras de comida para fazer outras refeições, de preferência bem diferentes do prato original.

Foi o que aconteceu com umas sobras de carne assada, que já foram feitas a mais para mais tarde fazer croquetes ou empadão.

Isto não é bem uma receita, é mais uma indicação de como se podem aproveitar sobras. Acrescenta-se uma camadas de verdes e fica uma refeição bem completa.

 

Empadão de carne com hortos e puré

 

download (1).png

  

Puré de batata q.b.

Sobras de carne assada, picada

Hortos (espigos) cozidos

Cebola

Azeite

Vinho

Molho de tomate

Orégãos

Ovo

 

Refogar uma cebola em azeite e misturar a carne picada (usei sobras de vitela assada que piquei no robot de cozinha). Acrescentar um pouco de vinho branco, deixar evaporar e de seguida adicionar 200 ml de molho de tomate (caseiro ou de frasco). Deixar levantar fervura e rectificar os temperos. Pode-se acrescentar orégãos, etc. para um sabor mais ‘italianado’ 

Enquanto o refogado apura e reduz o molho, faz-se o puré. Passar as batatas cozidas num passe-vite e adicionar leite e manteiga a gosto para fazer um puré leve. Temperar com noz moscada.

Num pyrex põe-se metade do puré, por cima a carne picada refogada, sobre a carne os hortos cozidos e novamente o puré.

Pincelar o puré com uma gema batida e levar ao forno por cerca de 20 a 30 minutos.

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (2) | favorito (1)
|
Quinta-feira, 9 de Fevereiro de 2017

ideias dos outros

 

Às vezes vejo receitas no Pinterest (quem ainda não é viciado???) e marco-as logo para fazer mais tarde.

Esta foi uma delas só que quando decidi fazê-la os meus espinafres estavam todos queimadinhos pela geada. Aliás, neste momento só as couves pencas e tronchas é que se safam, o resto é terra vazia. Mas voltando à receita, queria mesmo fazê-la mas optei por uma coisa mais simples. Saiu mesmo boa mas fica a dica para mais tarde experimentar com todos os quês e os porquês.

 

Rolo de Carne

 

download.png

 

750 grs de carne picada (usei mistura de porco e novilho)

1 ovo

2 dentes de alho ralado

1 colher de sopa de salsa picada

1 fatia de pão ralado (ou ½ copo de pão ralado de compra)

Sal e pimenta q.b.

Fatias de queijo

fatias de bacon

 

Misturar a carne, ovo, alho ralado, salsa picada e pão ralado. Temperar com sal e pimenta a gosto.

Sobre um quadrado de papel de ir ao forno, estende-se a mistura da carne de modo a formar um rectângulo. Por cima põem-se as fatias de queijo (ou queijo ralado). Com a ajuda do papel, enrola-se um rolo, como se fosse uma torta. Por cima do rolo põem-se as fatias de bacon de modo a que fique todo tapado.

Leva-se ao forno em tabuleiro forrado com papel de ir ao forno (usei o mesmo) por cerca de uma hora.

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (2) | favorito
|
Quinta-feira, 5 de Janeiro de 2017

a despachar

 

A minha versão '1,2,3 já está' de chilli con carne é ter no congelador a carne picada já preparada (tipo molho bolonhesa) e acrescentar-lhe uma lata de feijões e pronto, jantar na mesa! Mas esta foi feita ‘de raiz’, ficou muito boa.

 

Chilli Con Carne

 

20161217_131109.jpg

 

1 cebola

azeite q.b.

1 cenoura

1 dente de alho

1 talo de aipo

500 grs de carne picada

½ copo de vinho branco

Sal q.b.

1 colher de chá de chilli (ou piripiri)

1 colher de chá de pimentão em pó

1 colher de chá de orégãos

1 colher de sopa de molho inglês

1 lata de tomate picado

1 copo de água

1 lata de feijão vermelho

 

Num tacho aloura-se a cebola no azeite, mistura-se a cenoura triturada, o dente de alho picadinho e o talo de aipo cortado em rodelas fininhas (sem a rama).

Mexe-se e adiciona-se a carne picada (usei mistura de vitela e porco) mexendo bem para não ficar em grumos.

Adiciona-se o vinho, deixa-se evaporar e tempera-se com o sal, chilli, pimentão, orégãos e o molho inglês.

Adiciona-se o tomate picado (se forem frescos devem ser bem maduros e sem a pele, uns 4 médios). Deixa-se refogar mais um pouco, junta-se a água e rectificam-se os temperos. Deixa-se em lume brando por cerca de 30 a 45 minutos para apurar bem o sabor.

Mistura-se uma lata de feijão vermelho escorrido e serve-se com arroz, queijo parmesão ralado e lima.

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
|
Quinta-feira, 17 de Novembro de 2016

100% bom

 

Sempre que vejo almondegas à venda e vou ler a composição, nunca é 100% carne, normalmente é uma parte de carne, farinhas, etc.

Gosto de fazer a minha própria mistura, quer seja para almondegas, hambúrgueres ou bolonhesa. Normalmente peço para picarem no talho carne de peru, porco e vitela. Depois misturo à minha vontade, às vezes sai só de um tipo, outras vezes é mesmo tudo misturado, como neste caso.

 

Almondegas com Manjericão

 

20160909_121845.jpg

 

1 dl de azeite

Sal q.b.

1 cebola picada

1 dente de alho picado

1 malagueta em rodelas (sem as sementes)

¼ de pimento vermelho picado

1 dl de polpa de tomate

1 dl de água

10 folhas de manjericão

350 grs de almondegas*

 

Alourar a cebola e o alho em azeite. Juntar a malagueta, o pimento e o tomate e deixar refogar, adicionando um pouco de agua para ter mais molho (usei água de cozer a massa). Juntar as almôndegas e as folhas de manjericão e temperar de sal. Deixar cozinhar por cerca de 30 minutos. Verificar se é necessário mais um pouco de água mas o molho deve ficar grosso.

Servir com massa cozida.

 

* usei uma mistura de vitela + porco + peru, temperei com sal

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (1) | favorito
|
Quinta-feira, 10 de Novembro de 2016

prato do dia

 

Canelones é mais complicado de fazer do que lasanha porque temos que encher os canudinhos de massa e isso dá um bocadinho de trabalho. Mas o resultado final compensa o esforço.

Nestes dias que se avizinham frios e chuvosos, nada melhor para ocupar o tempo

 

Canelones de Peru

 

download.png

 

350 grs de peito de peru picado

2 colheres de sopa de azeite

2 dentes de alho picados

1 talo de aipo

1 beringela pequena (cerca de 150 grs)

150 grs de cogumelos

1 dl de polpa de tomate

2 dl de água

Sal q.b.

Orégãos e basílico, q.b.

12 canelones

 

Molho bechamel

650 a 750 ml de leite morno

50 g de farinha

1 noz de manteiga

1 pitada de noz-moscada

sal & pimenta preta moída no momento

 

No azeite aloura-se o alho ligeiramente junto com o aipo picado. Adiciona-se a carne picada e deixa-se cozinhar por uns minutos até perder o aspecto de cru.

Adiciona-se a beringela (pode ser curgete) e os cogumelos picados finamente. De seguida junta-se a polpa de tomate, a água e os temperos a gosto. Deixa-se apurar por 25 minutos.

Entretanto faz-se o molho bechamel. Derreter a manteiga numa caçarola e juntar a farinha. Adicionar o leite e mexer vigorosamente com uma vara de arames de modo a não formar grumos até engrossar. Não deve ficar muito espesso porque depois vai ao forno e ainda engrossa mais. Temperar com sal, pimenta preta e noz-moscada moída no momento.

Quando a carne estiver pronta põe-se dentro dos rolos de massa com uma colher de chá até ficarem bem cheios.

No fundo de um tabuleiro de pyrex põe-se um pouco de molho bechamel. Por cima dispõem-se os canelones recheados e tapa-se com o restante molho bechamel.

Leva-se ao forno por cerca de 45 minutos.

Serve-se com uma salada.

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
|
Quinta-feira, 27 de Outubro de 2016

sobras dignas

 

De vez em quando as sobras de carnes encontram outro caminho que não o velho empadão de carne. Aqui, e adaptando uma velha receita do icónico Chefe Silva, deu uns fabulosos croquetes em forma de bolinha (mais ou menos…)

Sim, é frito, mas perdoa-se o mal que faz, pelo bem que sabe 

 

Croquetes de Cozido

 

20160923_201748.jpg

 

400 grs de sobras de carnes e enchidos de cozido, picados

1 cebola picada

2 dentes de alho picados

1 dl de azeite

1 colher de sopa bem cheia de farinha

250 ml de água do cozido ou leite

Sal q.b.

Noz moscada e pimenta q.b.

1 ovo

50 grs de pão ralado

Óleo de girassol

 

Alourar a cebola no azeite e juntar os dentes de alho. Mexer e adicionar a carne picada e deixar apurar. Juntar uma colher de sopa bem cheia de farinha e mexer. De seguida juntar água de cozer as carnes ou leite e envolver bem de modo a ficar um creme não muito líquido. Temperar a gosto com noz moscada e pimenta, verificar o sal (atenção que as carnes e enchidos já estão temperadas).

Deixar arrefecer esta mistura e pôr no frio para enrijecer. Quando bem frio, moldar bolas ou croquetes e passar por ovo e pão ralado. O pão pode ser uma fatia de pão rijo que se rala, fica com a migalha maior e assim os croquetes ficam muito mais crocantes do que usando o pão ralado comprado.

Fritar em óleo bem quente (sem ficarem mergulhados em óleo) até estarem douradinhos. Escorrer em papel absorvente.

Servir como petisco ou como refeição principal.

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
|
Quinta-feira, 25 de Agosto de 2016

que penne...

 

Ninguém sabe bem que apareceu com esta receita. O mais certo é ter sido algum americano. Não sei nem me interessa, interessa que isto é bom, sabe bem e é outra maneira de fazer um molho com carne picada, para variar.

Qualquer entendido das receitas que ande por aí e saiba quem criou esta, agradeço 

 

Penne alla Vodka

 

download.png

 

1 cebola picada

3 colheres de sopa de azeite

300 grs de carne picada (usei novilho e porco)

Sal q.b.

60 ml de vodca

400 grs de tomate triturado (de lata, congelado ou fresco, tanto faz)

50 ml de natas

Macarrão cozido q.b.

 

Alourar a cebola no azeite e adicionar a carne. Temperar com sal a gosto e deixar fritar mexendo para não ficar em grumos e juntar a vodca. Deixar evaporar por um ou dois minutos e de seguida juntar o tomate triturado. Fica a fervilhar por uns 20 minutos em lume brando. Juntar as natas. Mexer e adicionar o macarrão cozido.

Servir de imediato.

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
|
Quinta-feira, 19 de Maio de 2016

outro ares

 

As koftas são na realidade almôndegas mas em formato oval. São muito comuns na cozinha do Médio Oriente, das Balcãs, da Grécia e Turquia, entre outros países resultantes da queda do Império Otomano e, dependendo dos locais, podem ser feitas com cabrito, porco, vaca ou frango.

Estas são de frango e ficaram um espectáculo!

 

Koftas de Frango

 

D:\Documents and Settings\u015202\Desktop\20160501

 

350 grs de peito de frango picado

1 ovo

1 fatia de pão demolhado em leite

Sal q.b.

½ colher de chá de coentros em pó

½ colher de chá de tomilho seco

Raspa de meio limão

Azeite q.b.

 

Misturar todos os ingredientes excepto o azeite. Formar as koftas (tipo croquete oval) e fritar numa sertã com muito pouco azeite.

Servir como aperitivo ou como prato principal.

 

Nota: os pauzinhos da fotografia foram só para enfeitar :)

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
|
Quinta-feira, 3 de Março de 2016

corrupio

 

Em modo corrida que isto está de uma maneira que não se tem tempo para nada 

Fica aqui a sugestão para utilizar as sobras desta receita.

 

Sandes de Rolo de Carne

 

20160124_200620.jpg

 

4 fatias de rolo de carne

Tomate, alface, coentros q.b.

Mostarda

Maionese

2 pães ligeiramente tostados

 

Pôr duas fatias de rolo em cada metade do pão, por cima temperar com mostarda e maionese (quem gostar pode pôr também ketchup). Pôr o tomate em rodelas finas e as folhas de alface e coentros sobre as fatias do rolo, tapar com a outra metade de pão.

Acompanhar com uma bebida fresca.

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (2) | favorito
|
Quinta-feira, 21 de Janeiro de 2016

báláber...

 

Há que tempos que andava para fazer rolo de carne. Parece um daqueles pratos que entrou em desuso mas de vez em quando sabe bem, além de que as sobras acabam por dar muito jeito se as congelarmos, dão para mais tarde experimentar umas sandes grandiosas 

Neste caso não foi bem rolo porque achei mais prático meter a massa numa forma de bolo inglês (estas formas são muito versáteis, dão para tudo, acho que a única coisa que nunca lá fiz foi… bolo inglês  )

 

Rolo de Carne

 

rolo.png

 

500 grs de carne picada (usei mistura de vitela, porco e peru)

1 ovo

2 fatias de pão

½ copo de leite morno

1 colher de chá de orégãos

1 colher de sopa de salsa picada

2 colheres de sopa de molho Inglês

Sal q.b.

1 cebola

2 colheres de sopa de azeite + + 1 para untar a forma + 1 para pôr por cima

 

Picar a cebola e fritar no azeite, apenas para amolecer. Deixar arrefecer.

Pôr o pão esfarelado numa tigela com o leite e esmigalhar com um garfo.

Misturar todos os ingredientes numa taça grande, de preferência com as mãos mas sem mexer demais, apenas para misturar.

Untar uma forma de bolo Inglês com azeite e deitar a mistura da carne dentro da forma. Alisar e deitar um fio de azeite por cima (cerca de uma colher de sopa).

Levar a forno bem quente por cerca de 45 minutos (o melhor é colocar a forma num tabuleiro porque se salpicar ou deitar molho fora, não suja o fogão).

Retirar do forno quando cozido e se tiver algum molho vertê-lo para uma tacinha.

Servir com arroz e legumes salteados. O molho pode servir para pôr sobre as fatias do rolo.

 

Nota: a carne picada que usei comprei no talho e pedi para picarem, em separado, depois fiz eu a mistura

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
|
Quinta-feira, 29 de Outubro de 2015

buon appetito!

 

É raro fazer lasanha embora seja um prato que aprecie bastante. Normalmente quando penso no tempo que vai demorar até estar pronto, passa-me logo a vontade. E não, eu não sou capaz de antecipar as refeições da semana nem tão-pouco as compras para as ditas…

Por isso, quando faço carne à bolonhesa, aproveito e faço logo uma grande quantidade que congelo em porções e assim, quando me apetecer algo mais trabalhoso, é só retirar do congelador e preparar tudo.

Deixo aqui as receitas completas mas nesta lasanha em especial, usei bolonhesa que tinha guardada, só tive que fazer o molho bechamel (também não estou assim tão desesperada que use do de compra!) e preparar tudo no tabuleiro.

 

Lasanha

 

download (1).png

 

Bolonhesa:

1 cebola

1 cenoura

1 dente de alho

1 raminho de aipo

azeite q.b.

500 grs de carne picada

1/4 de copo de vinho branco

1 lata de tomate picado

sal

pimenta

1 colher de sopa de molho inglês

1 copo de água

 

Molho Bechamel:

2 colheres de sopa de margarina

2 colheres de sopa de farinha

2 1/2 copos de leite

sal, pimenta e noz moscada

 

placas de lasanha pronta a usar

100 grs de queijo mozarela ralado

 

Fazer a bolonhesa:

Num tacho aloura-se a cebola no azeite, mistura-se a cenoura ralada (não é em fios como para a salada, é mesmo aos bocadinhos minúsculos), o dente de alho picadinho e o ramo de aipo cortado em rodelas fininhas (sem a rama). Mexe-se e adiciona-se a carne picada mexendo bem para não ficar em grumos. Adiciona-se o vinho, deixa-se evaporar e mistura-se o tomate picado (se forem frescos devem ser bem maduros e sem a pele, uns 4 médios). Deixa-se refogar mais um pouco e adicionam-se os temperos (sal, pimenta e molho inglês) e a água. Deixa-se em lume brando por cerca de 30 a 45 minutos para apurar bem o sabor.

 

Fazer o molho bechamel:

Derreter duas colheres de sopa de margarina num tachinho, adicionar duas colheres de farinha mexendo sempre e adicionar o leite num fio mexendo sempre para não criar grumos. Continuar a mexer sempre até engrossar, adicionar mais leite se necessário (deve ficar mais para o líquido) e temperar com sal, pimenta e noz moscada. 

 

Preparar a lasanha:

No fundo de um tabuleiro refractário ou de pyrex põe-se um pouco da mistura de bolonhesa. Por cima põem-se placas de lasanha seguidas de mais bolonhesa e molho bechamel. Polvilha-se com queijo ralado e volta-se a repetir: placas de lasanha, bolonhesa, bechamel e queijo. Repete-se até finalizar os ingredientes, a mim deu três camadas.

Levar ao forno médio até estar lourinho por cima, cerca de 30 minutos.

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (4) | favorito
|
Quinta-feira, 26 de Março de 2015

ena tantas...

 

Gosto de almôndegas. Muito.

Já as fiz à grega, à marroquina, à moda do Ikea, e claro, à italiana!

Estas também são à italiana mas são muito melhores, acho que posso dizer que são as melhores que fiz.

Dão trabalho a fazer? Dão. Mas também é sabido que as coisas sabem melhor quando tivemos que batalhar por elas. Ou então sabem melhor quando alguém as faz e as põe na mesa e só temos que as comer…

 

Almondegas à Italiana com Molho de Tomate

 

IMG_4114.JPG

 

Para as almôndegas:

750 grs de carne picada (usei vitela + porco)

1 ovo

1 cebola ralada

1 alho ralado

2 fatias de pão de seco

250 ml de leite

Salsa picada

Orégãos

Sal e pimenta q.b.

Azeite

 

Para o molho de tomate:

1 cebola picada

1 dente de alho picado

Azeite q.b.

Uma lata pequena de tomate picado

1 garrafa de molho de tomate (500 ml)

100 ml de vinho

100 ml de água (ou mais se necessário)

Sal

 

 

Pôr o pão de molho no leite por uns minutos.

Esmigalhar o pão e juntar a cebola e alho ralados, o ovo, a salsa picada, os orégãos, o sal e a pimenta. Mexer bem e juntar a carne picada. Voltar a mexer sem amassar demais e moldar almôndegas do tamanho de bolas pingue-pongue.

Fritar as almôndegas ligeiramente em azeite, apenas para alourar. Reservar.

Fazer o molho de tomate com todos os ingredientes numa frigideira larga. Quando estiver a borbulhar põem-se as almôndegas no molho e deixam-se refogar por 30 a 40 minutos, até estarem bem cozidas e o molho bem grosso.

Servir com massa.

 

Nota: A receita inspiradora foi esta, embora eu a tenha alterado bastante.

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 12:48
link do post | mandar uns bitaites | favorito
|
Quinta-feira, 25 de Setembro de 2014

almoços portáteis #10

Sempre preferi a expressão ‘levar na lancheira’ do que a expressão ‘levar na marmita’ que agora está tão em voga.

Não sei se é apenas cá para cima mas a primeira expressão tem um outro sentido, e que não tem nada a ver com comida.

Expressões à parte, esta receita é fácil de fazer, pode ser feita em quantidade para poder guardar e, quando necessário, levar… onde quiserem {#emotions_dlg.sarcastic}

 

Almondegas em molho de tomate

 

 

300 grs de almondegas (podem ser de porco, peru, mistura)

1 cebola picada

3 dentes de alho picados

4 tomates maduros

1 dl de vinho

Salsa picada

 

Refogar a cebola e o alho em azeite, misturar o tomate cortado em pedaços e o vinho. Deixar ferver e adicionar as almondegas. Temperar com sal e pimenta e polvilhar com a salsa picada.

Deixar fervilhar por 20 a 30 minutos mexendo entretanto para que as almondegas cozam por todo.

Servir com esparguete cozido.

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (3) | favorito
|
Quinta-feira, 29 de Maio de 2014

ai gordon, gordon...

Não tenho muita paciência para ver os programas do Gordon Ramsay, é muita histeria e pouca culinária. E não tem nada a ver com o fucking vocabulary porque eu consigo ser mais carroceira do que ele!

No entanto, gosto muito das suas receitas, são simples, descomplicadas, e fáceis de fazer. Esta pareceu-me sempre uma tentação até que um dia destes lá a experimentei com algumas alterações.

Aprovadíssima!

 

Barquinhos de Alface 

 

 

6 folhas de alface ‘Bola de Manteiga’

250 grs de carne picada (usei de porco)

1 colher de sopa de óleo de sésamo

1 colher de sopa de azeite picante

1 pedacinho de gengibre

2 dentes de alho

1 colher de sopa de molho de soja

1 colher de sopa de ‘molho de peixe’

Sumo de uma lima pequena

Coentros e cebolinho picados

6 colheres de sopa de batata palha

 

Aquecer o óleo de sésamo e o azeite picante numa frigideira e fritar a carne picada. Adicionar o gengibre e os dentes de alho ralados, o molho de soja e o molho de peixe (se não tiver molho de peixe usar duas colheres de sopa de molho de soja). Mexer bem e deixar cozer a carne por uns 15 minutos.

Espremer a lima sobre a carne e mexer.

No fundo das folhas de alface (que devem ser das do coração) põe-se a batata palha e por cima da batata palha a carne picada frita.

Polvilha-se com os coentros e cebolinho picados e serve-se com mais lima para quem pretender um sabor mais ácido.

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (4) | favorito
|
Quinta-feira, 15 de Maio de 2014

Quais Almondegas do Ikea???

Depois de ter experimentado uma versão de almondegas ‘à la Ikea’ muito melhor do que as originais, achei difícil encontrar outra que fosse ainda melhor. E realmente não encontrei, mas esta é tão boa como a anterior.

Confusos? Experimentem as duas!

 

Almondegas à Sueca 

 

 

2 colheres de sopa de azeite

1 cebola picada

500 grs de carne de porco picada

½ copo de pão fresco ralado

1 ovo

Sal, pimenta, pimenta da Jamaica e noz moscada, q.b.

 

Molho:

50 grs de manteiga

2 colheres de sopa de farinha

2 copos de caldo de carne

½ copo de natas

Sal e pimenta, q.b.

Salsa picada

 

Alourar a cebola bem picada numa colher de sopa de azeite. Misturar numa taça com a carne picada, o pão ralado, o ovo e os temperos. Formar almondegas do tamanho desejado.

Com a outra colher de sopa de azeite, levar a mesma frigideira onde se alourou a cebola ao lume e fritar as almondegas por uns cinco minutos (vão acabar de cozer depois).

Para fazer o molho, numa caçarola derrete-se a manteiga e adiciona-se a farinha, mexendo sempre, Junta-se o caldo de carne e mexe-se sempre até engrossar. Adicionam-se as natas e tempera-se a gosto. Juntam-se as almondegas a este molho e deixam-se cozer por mais quinze minutos, com cuidado para o molho não engrossar demais, se necessário adicionar umas colheres de sopa de caldo de carne para diluir.

Servir polvilhado com salsa picada.

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
|
Quinta-feira, 30 de Janeiro de 2014

à moda do Ikea…

Quem já foi ao Ikea conhece com certeza as famosas almondegas suecas que eles servem no seu restaurante.

Pronto, esta é a versão estratosfericamente melhorada dessas almondegas {#emotions_dlg.blink}

 

Almondegas à Sueca

 

 

 

500 grs de carne de porco picada (ou mistura de porco e vaca)

2 colheres de sopa de azeite

1 colher de sopa de farinha

300 ml de caldo de carne

1 colher de sopa de mostarda

2 colheres de sopa de molho inglês

1 colher de chá de mel

1 dl de natas

Sal e pimenta q.b.

Salsa picada

 

Temperar a carne com sal e pimenta e formar as almondegas (em alternativa podem-se comprar almondegas já feitas).

Aquecer o azeite numa sertã e fritar as almondegas até ficarem bem escurinhas. Retirar da sertã e reservar (em  forno baixo, se possível, para que se mantenham quentes).

Na frigideira que ainda deve ter um pouco de gordura, espalha-se a farinha e mexe-se. Adiciona-se o caldo de carne e a mostarda, o molho inglês e o mel. Mexe-se bem de modo a ficar um molho grossito. Adicionam-se as natas e deixa-se fervilhar. Juntam-se as almondegas à frigideira e deixam-se ferver em lume brando mais um bocadinho. Provar o molho a ver se está a gosto e rectificar algum tempero se necessário. Polvilhar com a salsa picada e servir.

Fica excelente com esparguete cozido.

 

Smaklig måltid! (que é como quem diz, Bom Apetite!)

 

 

Nota: Receita adaptada desta.

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
|
Segunda-feira, 25 de Novembro de 2013

parabéns à Moira

 

A Tertúlia de Sabores, da Moira, foi um dos primeiros blogues que conheci e segui religiosamente.

Para o seu aniversário deste ano, mais um desafio. Quando vi o mote achei logo quer não ia participar, não me lembro de alguma vez ter feito uma torta porque é mesmo um dos doces que menos aprecio, talvez pelas lembranças das tortas que a minha mãe fazia recheadas com doce de tomate e a que eu não achava grande piada.

Mas depois pensei: espera lá, há tortas salgadas ou coisas que podem passar por tortas e no mesmo dia descobri esta receita que desde logo me encantou. E cá está ela. Ficou maravilhosa!

 

Rolo de carne picada e sementes de chia

 

 

600 gr. de carne picada (mistura de vaca e porco)
2 colheres de sopa de molho de soja
2 colheres de sopa de sementes de chia
3 colheres de sopa de água
1 colher de sopa de azeite
1 colher de café de mostarda
2 dentes de alho picados
1 cebola picada
Sal

Pimenta preta

8 fatias de queijo flamengo (ou gouda ou mozarela ou outro)

Fazer uma marinada com todos ingredientes com exceção carne e do queijo e deixar repousar por 15 minutos.
Juntar a carne picada e mexer bem até que fique uma massa homogénea.

Estender a carne sobre película aderente estendida na bancada da cozinha e fazer um rectângulo com a carne. Por cima dispor as fatias de queijo e com a ajuda da película enrolar a carne de modo a fazer um rolo tipo torta.

Dispor este rolo num tabuleiro de ir ao forno untado com azeite. Levar ao forno por 30 a 40 minutos, até estar tostadinho.

Servir com cuscuz com passas e pinhões e salada de beterraba

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (1) | favorito
|
Quinta-feira, 3 de Outubro de 2013

encantamento

Continuo enamorada do livro Jerusalem.

Não sei dizer se são as receitas, as fotografias, as histórias ou a ideia de que a comida é universal. Só sei que é de todos os livros de cozinha, e talvez não só, um dos meus favoritos de sempre.

Vai ser preciso muita novidade para que um livro me encante como este tem feito.

 

Hambúrgueres de Peru e Curgetes

 

 

 

450 grs de carne de peru picada

1 curgete ralada com a casca e espremida

1 ovo

1 cebola finamente picada

2 colheres de sopa de coentros picados

2 colheres de sopa de menta picada

1 colher de chá de coentros em pó

1 pitada de sal

1 pitada de pimenta preta moída

1 pitada de piripiri

3 colheres de sopa de óleo de girassol (mais se necessário)

 

Molho de iogurte

250 grs de iogurte grego

Sumo e raspa de limão

1 alho ralado

1 colher de sopa de azeite

Pimenta preta moída

1 pitada de sal

 

Com as mãos misturar todos os ingredientes dos hambúrgueres (excepto o óleo de girassol!) numa taça e formar hambúrgueres do tamanho pretendido.

Aquecer o óleo num frigideira e fritar os hambúrgueres, poucos de cada vez e em lume brando para não ficarem queimados por fora e crus por dentro. Virar para fritar do outro lado.

Quando estiverem bem dourados retiram-se do lume.

 

Para o molho de iogurte, juntam-se todos os ingredientes numa taça e guarda-se no frigorífico até servir.

 

Nota: receita ligeiramente adaptada por falta de alguns ingredientes

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
|
Quinta-feira, 11 de Julho de 2013

Delicious!!!

Esta receita, adaptada de uma que vi na revista Delicious de Março de 2012, é muito fácil de fazer.

No original é com frango mas optei por fazer com peru.

Se a carne não estiver picada e não tivermos uma picadora, pode-se picar com uma faca bem afiada, afinal esta carne tem uma textura bastante fácil de trabalhar.

 

Bolinhos de peru e limão em conserva 

 

 

500 grs de carne de peru picada

1 colher de café de chilli em pó

1 pitada de cominhos moídos

1 fatia de pão seco, ralado

1 ovo

¼ da casca de um limão em conserva

Folhas de menta picadas

sal q.b.

Azeite q.b.

 

Picar a casca de limão em conserva (em alternativa pode-se usar raspa de um limão).

Misturar todos os ingredientes e formar pequenos bolinhos achatados.

Fritar em pouco azeite.

Servir com um molho de iogurte e hortelã.

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
|
Quinta-feira, 16 de Agosto de 2012

Tagine

Os marroquinos têm um prato tradicional que se chama Tagine. Tagine é o nome da panela onde se cozinha esta iguaria e já se pode encontrar à venda por cá, especialmente em feiras de artesanato onde há bancas marroquinas ou tunisinas. É feita em barro e tem uma tampa cónica que ajuda a criar vapor enquanto coze.

Eu não tenho esta panela mas não é por isso que não faço Tagines, uso em substituição uma panela de barro que tenho e que vai ao fogão e ao forno sem problema.

 

Tagine de Almôndegas (Kefta Mkaouara

 

  

Para as almôndegas:

½ cebola

2 dentes de alho

½ colher de chá de paprika

½ colher de chá de cominhos em pó

½ colher de chá de coentros em pó

½ colher de chá de cardamomo em pó

½ colher de chá de piripiri

½ colher de chá de sal

1 pitada de canela

1 ovo

1 colher de sopa de farinha

1 kg de carne picada

Azeite q.b.

 

Para o molho:

½ cebola

2 dentes de alho

6 tomates maduros

1 colher de chá de orégãos

1 colher de sopa de vinho tinto

½ colher de chá de sal

1 pitada de açúcar

 

Coentros picados para polvilhar

 

Numa taça juntam-se todos os ingredientes das almôndegas e formam-se bolas do tamanho de uma bola de golfe.

No fundo de um tacho (de preferência um tacho de barro com tampa) põe-se azeite e colocam-se as almôndegas.

No liquidificador põem-se todos os ingredientes do molho e desfazem-se numa pasta.

Deita-se este molho sobre as almôndegas e leva-se o tacho ao lume até ferver. Depois de levantar fervura dá-se uma mexedela ligeira e baixa-se o lume. Deixa-se cozer por cerca de 30 minutos.

Servir as almôndegas com cuscuz ou arroz branco, polvilhadas com os coentros picados.

 

Nota: encontrei a receita neste site de receitas mediterrânicas.             

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
|
Sexta-feira, 30 de Setembro de 2011

sabores mediterrânicos

Compro sempre carne picada num talho, que peço para ser picada na altura e que normalmente tem a seguinte mistura: vitela, porco e peru.

Nos supermercados não costumam picar a carne de peru porque dizem que contamina a máquina de picar… eu acho que, se eles fossem inteligentes, teriam uma apenas para picar frango e peru e outra para as restantes carnes. Mas eles é que são os entendidos…

Da última leva de carne picada foram feitos hambúrgueres para congelar e usar numa altura de maior aperto, foi feita carne picada à bolonhesa, também para guardar, e estas almondegas que saíram uma maravilha.

A receita está no livro A Taste of Greece, um dos meus favoritos.

 

Almondegas Fritas

 

 

1 fatia grossa de pão de mistura

1 dl de leite

500 grs de carne picada

1 cebola finamente picada

1 colher de chá de orégãos ou tomilho

3 colhers de sopa de salsa picada

1 ovo batido

Sal

Pimenta

Farinha para polvilhar

Azeite para fritar (3 colheres de sopa)

 

Amolecer o pão no leite. Espremer e juntar numa taça com a carne, a cebola, os orégãos ou tomilho, a salsa, o ovo e o sal e pimenta.

Mexer bem com as mãos. Formar bolinhas do tamanho de nozes grandes. Passar ligeiramente por farinha e fritar em azeite bem quente.

 

Nota: Podem ser servidas assim simples ou com molho de tomate, como aperitivo ou prato principal.

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:30
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (2) | favorito
|
Domingo, 6 de Junho de 2010

enrolado

O rolo de carne já não se vê tanto como antigamente, parece que passou de moda. Sim, que isto das comidas também tem modas mas de vez em quando apetece ir buscar uma daquelas comidinhas de conforto e dar-lhe uma cara nova. Foi o que fiz com esta receita. As sobras deste rolo são excelentes numas sandes para um jantar ligeiro ou para levar para o almoço em dia de trabalho.

 

Rolo de carne recheado com queijo e espinafres

 

 

 

200 grs de carne de vaca picada

200 grs de carne de porco picada

200 grs de carne de peru picada

1 colher de chá de sal

1 cenoura ralada

1 batata pequena ralada

1/2 curgete ralada

pimenta fresca

50 grs de espinafres

1 dente de alho

1 colher de sopa de azeite

4 fatias de queijo Gouda

4 tiras de bacon

 

Começamos por saltear os espinafres numa frigideira onde está já o azeite e o dente de alho picado. Salteiam-se por dois ou três minutos e reservam-se.

 

Numa taça grande misturamos as carnes com o sal, a cenoura, a batata e a curgete raladas. A adição destes ingredientes vai fazer com que o rolo fique com uma textura mais húmida depois de cozido. Tempera-se com pimenta fresca e amassa-se bem.

Estende-se na banca um bocado de folha aderente. Por cima estende-se com as mãos a mistura da carne até formar um rectangulo aí com 2 cms de altura e que dê para enrolar.

Por cima da carne põem-se os espinafres e sobre os espinafres dispõem-se as fatias de queijo.

Com a ajuda da folha aderente enrola-se a carne de modo a ficar parecido com uma torta recheada. Põe-se este rolo num tabuleiro e por cima enfeita-se com as fatias de bacon.

Vai ao forno médio por cerca de 45 minutos.

Servir com arroz de limão e salada.

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 17:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (2) | favorito
|
Terça-feira, 25 de Maio de 2010

estrangeirices

Quando era adolescente não se pode dizer que gostasse de cozinhar. Gostava de fazer uns bolitos mas as comidas do dia-a-dia não me cativavam.

Um dos meus irmãos, mais velho do que eu, andava por essas alturas na fase dos 'inter-rails' e desaparecia meses seguidos parando em terras belgas, onde costumava arranjar trabalho.

Um desses trabalhos foi num restaurante italiano e quando voltou, ensinou-me a fazer essa receita que para a nossa vivência era completa novidade. O esparguete à bolonhesa.

Foi a minha primeira incursão na culinária de outros povos.

 

Esparguete com molho Bolonhesa 

 

 

1 cebola

1 cenoura

1 dente de alho

1 raminho de aipo

azeite q.b.

500 grs de carne picada

1/4 de copo de vinho branco

1 lata de tomate picado

sal

pimenta

1 colher de sopa de molho inglês

1 copo de água

 

Num tacho aloura-se a cebola no azeite, mistura-se a cenoura ralada (não é em fios como para a salada, é mesmo aos bocadinhos minúsculos), o dente de alho picadinho e o ramo de aipo cortado em rodelas fininhas (sem a rama). Mexe-se e adiciona-se a carne picada mexendo bem para não ficar em grumos. Adiciona-se o vinho, deixa-se evaporar e mistura-se o tomate picado (se forem frescos devem ser bem maduros e sem a pele, uns 4 médios). Deixa-se refogar mais um pouco e adicionam-se os temperos (sal, pimenta e molho inglês) e a água. Deixa-se em lume brando por cerca de 30 a 45 minutos para apurar bem o sabor.

Servir como esparguete. Polvilhar com queijo parmesão ralado na altura (opcional).

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (3) | favorito
|
Quarta-feira, 27 de Fevereiro de 2008

Keftedes

Na realidade, keftedes são almondegas em grego. São excelentes e podem ser servidas como aperitivo ou então com um bom molho de tomate e macarrão.

 

 

Almondegas Gregas

 

1 kg de carne picada (no original a carne é de borrego)

½ copo de pão ralado (de preferência fresco)

2 ovos

1 cebola ralada ou picada muito fininha

1 colher de chá de menta seca (se for fresca pode ser uma colher de sopa)

1 mão-cheia de salsa picada

Sal e pimenta moída na altura

1 colher de chá de fermento

½ colher de chá de canela

3 batatas cruas raladas e espremidas

 

Juntar muito bem todos os ingredientes e moldar em bolinhas do tamanho de uma noz.

 

Fritar. Pode ser numa fritadeira com muito óleo ou então numa frigideira apenas com um pouquinho de óleo, esta é a minha versão favorita.

 

 

Uma dica: Pôr umas destas almondegas num pão pita com umas colheradas de tzatziki (acho que foi a 1ª receita que aqui coloquei...)

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:40
link do post | mandar uns bitaites | favorito
|

mais sobre mim

cuscar

quantos são? quantos são?

HTML Hit Counter
pc computer components

digam qualquer coisa

coolinaria@sapo.pt

A Belita no Facebook!

My taste

mytaste.pt

armazém de receitas

tags

todas as tags

os meus livros de receitas, alguns...

blogs SAPO

subscrever feeds