Quarta-feira, 14 de Janeiro de 2015

perishable thoughts...

 

O nabo (Brassica napus L.) é talvez a verdura que mais detesto comer. Só lhe gosto da cor...

Não acho piada nenhuma ao sabor do dito apesar de o usar em sopas, bem trituradinho e misturado com outros ingredientes que é para nem se dar por ele.

Bastante rico em cálcio, potássio e vitamina C, tem apenas 35 calorias por 100 gramas.

Mas porque é que o chocolate não é assim???

É o verdadeiro alimento de inverno pois é em baixas temperaturas que melhor cresce, e as suas folhas são excelentes preparadas de várias formas, embora a mais tradicional seja  em sopa. Em Gondomar têm até um Festival Gastronómico intitulado “Hoje há Caldo de Nabos”.

Nabos há muitos, uns são redondos, outros mais afunilados e depois há os que não se sabe bem porque saíram assim, cheios de brotoejas 

 

Nabos

 

nabos.JPG

 

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
|
6 comentários:
De Márcia Leonor a 14 de Janeiro de 2015 às 21:52
- Eu faço igual . Só na sopa todo passadinho para não se ver nem sentir!
De belitaarainhadoscouratos a 15 de Janeiro de 2015 às 09:12
o lógico seria nem usarmos mas o que é certo é que faz bem :)
De A rapariga do autocarro a 15 de Janeiro de 2015 às 12:10
Já eu ADORO, cozido ao lado duns bróculos fica que é um espectáculo! Mas atenção, só a cabeça, nada de rama!
De belitaarainhadoscouratos a 15 de Janeiro de 2015 às 13:22
blhaaack! daí se vê que se todos gostassem da mesma coisa o mundo tombava para um lado ;)
De Fernando Rodrigues a 24 de Fevereiro de 2016 às 16:33
Alguém me pode explicar a que se devem as incrustações que apresentam algumas cabeças de nabo. Dentro dessas "bexigas" existem pequenas larvas brancas que se vão alimentando das ditas cabeças do nabo até ocuparem toda a superfície destas.
Também gostaria de saber se há algum método eficaz de eliminar esta questão e, se possível, biológico.
Obrigados
De belitaarainhadoscouratos a 25 de Fevereiro de 2016 às 09:48
Não sei porque alguns têm essas larvas, também costumam aparecer nos rabanetes e por vezes nas raízes das couves, após pesquisa, encontrei este texto:
"Cuidado com pragas e fungos. Larvas de raízes e besouros-saltadores estão entre as pragas mais comuns com as quais você vai precisar se preocupar, enquanto oídio e míldio tendem a ser as formas mais comuns de fungos.
Larvas de raiz costumam ser um problema quando nabos são cultivados em solo onde antes havia rabanetes, nabos ou rutabagas no ano anterior. Para evitar infestações de larvas de raiz, faça rotação de culturas e trate o solo com um inseticida contra larvas que seja próprio para consumo humano.
Manter o pH do solo acima de 6.0 evita a maioria dos problemas com míldio e outros fungos, como hérnia das crucíferas. Teste o solo periodicamente, com um kit de testes ou levando a um departamento de extensão de universidade.[4]
Grosso modo, quando os nabos ficam infestados por parasitas ou fungos, não há muito o que fazer para salvá-los. A melhor opção é remover a planta infectada e tratar o solo, para matar o máximo possível da praga ou fungo. Talvez você consiga recuperar o resto da sua colheita de nabo."

Comentar post

mais sobre mim

cuscar

quantos são? quantos são?

HTML Hit Counter
pc computer components

digam qualquer coisa

coolinaria@sapo.pt

A Belita no Facebook!

My taste

mytaste.pt

armazém de receitas

tags

todas as tags

os meus livros de receitas, alguns...

blogs SAPO

subscrever feeds