Terça-feira, 29 de Setembro de 2015

Eu cá não sou de modas

 

Quinoa.

Há uns anos que esta semente apareceu em tudo o que é receita saudável. Muita conversa à volta da mesma, muita gente a favor. Para os vegans e vegetarianos é mesmo boa, já existe desde os Incas, é a base da alimentação do pessoal dos Andes, tem muitas proteínas e outras mais-valias que só visto.

Outros acham que o mediatismo desta semente acabou por a tornar muito mais cara o que fez com que quase deixasse de ser possível aos povos que sempre a usaram continuarem a consumi-la já que por um lado vai  quase toda para os países ricos, por outro lado a que sobra fica caríssima para quem dela precisa (o preço triplicou desde 2006!).

Eu não entro muito nestes comboios de 'agora é sumos verdes com couves, depois é quinoa e mais tarde ainda tudo a comer hambúrguer em bolo do caco, ou batatas fritas servidas em baldinhos de zinco', ou seja, em modas.

Mas que gosto de experimentar coisas novas, ao menos uma vez (ou duas), lá isso gosto. E não podia deixar de experimentar a Quinoa, já depois de ter passado quase todo o buzz à sua volta.

E cá está ela, experimentada.

Vale a pena? Sinceramente, embora seja agradável, não me parece que valha a pena os Andinos ficarem sem comer por minha causa…

 

Salada de Quinoa

 

IMG_4720.JPG

  

1 copo de Quinoa

2 copos de água

1 dente de alho

1 pitada de sal

1 copo de grão-de-bico

1 cebola roxa picada

1 beterraba cozida em quadrados

1 mão-cheia de azeitonas

1 mão-cheia de tomates cherry

1 ramo de cebolinho, salsa e coentros

Folhas de: rúcula, espinafres, capuchinhas ou alface

Sumo de 1 limão pequeno

Vinagre balsâmico

Azeite picante

Azeite

 

Passar a quinoa por água e cozer - 1 copo de quinoa para 2 copos de água - (ou conforme instruções da embalagem). Juntei um dente de alho e uma pitada de sal à água para dar mais sabor. Está cozida quando se puder ver um ‘rabinho’ em cada semente. Depois de cozida, deixar arrefecer.

Numa taça misturar a quinoa, o grão de bico, a cebola picada finamente, a beterraba, as azeitonas sem caroço, cortadas às rodelas e os tomates cherry cortados em quartos. Picar o cebolinho salsa e coentros e misturar. Adicionar também as folhas de rúcula, de espinafre e as capuchinhas (pode ser alface).

Envolver tudo muito bem e temperar com sumo de limão. Misturar o vinagre com os azeite e deitar sobre a salada. Mexer e servir.

 

Nota: usei apenas metade da quinoa pois pareceu-me demasiada. A restante usei noutra salada de que darei conta noutra altura.

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
|
2 comentários:
De Elisabete a 29 de Setembro de 2015 às 18:37
Não é a melhor coisa do mundo! Pode fazer bem, mas em termos de sabor não é nada de especial! Eu tenho e uso de vez em quando. Acho que há que haver equilíbrio, isso é o mais sensato e o mais importante! E também não sou de modas, nunca fui, gosto de ser eu a decidir o que comer, o que vestir, o que ouvir etc. Tem muito mais graça assim! Beijinhos
De belitaarainhadoscouratos a 1 de Outubro de 2015 às 13:33
é isso mesmo, o equilíbrio é o fundamental.

Comentar post

mais sobre mim


ver perfil

seguir perfil

. 87 seguidores

cuscar

quantos são? quantos são?

HTML Hit Counter
pc computer components

digam qualquer coisa

coolinaria@sapo.pt

A Belita no Facebook!

My taste

mytaste.pt

armazém de receitas

tags

todas as tags

os meus livros de receitas, alguns...

blogs SAPO

subscrever feeds