Terça-feira, 6 de Dezembro de 2016

é isto que queremos!

 

Uma sugestão rápida e bem eficaz.

Quatro cogumelos destes fazem um prato principal para duas pessoas e ninguém fica com fome 

 

Cogumelos Portobello Recheados

 

20161111_192919.jpg

(em preparação)

 

4 cogumelos Portobello

1 cebola picada

1 dente de alho picado

1 fatia grossa de pão de centeio

12 rodelas finas de chouriço de carne caseiro

4 fatias de queijo de cabra

2 colheres de sopa de azeite

Sal e pimenta q.b.

 

Ralar o pão e reservar.

Saltear a cebola e o alho picados no azeite, apenas até amolecer. Juntar o pão ralado e envolver bem. Retirar da sertã e alourar o chouriço bem picadinho por dois ou três minutos.

Remover os pés dos cogumelos (podem ser usados numa sopa ou noutro prato) e pincelar a parte de dentro dos cogumelos com azeite. Por cima distribui-se o chouriço, o queijo e a mistura de cebola e pão ralado.

Tempera-se com sal e pimenta e põe-se num tabuleiro forrado com papel. Leva-se ao forno por 20 ou 25 minutos.

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
|
Segunda-feira, 5 de Dezembro de 2016

mais ideias para o natal

 

Isto dos presentes caseiros… nem todos gostam, ao que parece.

Eu adoro fazê-los (e recebê-los também) e quem os recebe das minhas mãos, é bom que goste senão, paciência, para o ano há mais!

O de hoje é muito apreciado (álcool, quem não???) e a receita foi encontrada aqui.

Um sucesso garantido.

 

Licor Caseiro de Chocolate

 

download.png

 

1 litro de leite (usei meio gordo)

1 colher de chá de extracto de baunilha

750 grs de açúcar

200 grs de chocolate em pó

2 colheres de chá de cacau em pó

300 ml de rum envelhecido

 

Numa panela misturam-se 750 ml de leite com o extracto de baunilha e com o açúcar. Mexe-se e leva-se ao lume mexendo de vez em quando até o açúcar dissolver e o leite começar a fervilhar (atenção não deixar vir por fora).

No restante leite mistura-se o chocolate e o cacau em pó até ficar sem grumos. Adiciona-se esta mistura ao leite e mexe-se bem. Deixa-se fervilhar por uns 20 minutos mexendo de vez em quando.

Retira-se do lume e deixa-se amornar. Junta-se o rum à mistura de leite e deita-se em garrafinhas bonitas.

 

Notas:

Ao fim de algum tempo, o licor fica com duas cores devido à separação do álcool e do leite. Agita-se e volta a ficar perfeito.

Pode-se guardar por meses no frigorífico.

Pode-se fazer com outro tipo de bebida alcoólica.

 

tags:
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (2) | favorito
|
Sexta-feira, 2 de Dezembro de 2016

não tarda é o ano que vem...

 

E pronto, estamos naquela época que lá para setembro começamos a dizer: não tarda é Natal! E não tardou e este mês vai passar num instantinho.

Para que não vos faltem ideias para presentinhos, pôr na mesa, ou comer porque também merecemos, vou deixar algumas sugestões. Começo por estes biscoitos, ficam excelentes e podem ir fazendo porque aguentam muito bem guardado numa lata, bem fechadinhos.

 

Biscoitos de Cacau e Gengibre

 

IMG_20151218_084328.jpg

 

½ copo de açúcar amarelo

100 grs de manteiga

½ copo de golden syrup ou melaço

1 ovo

1 colher de chá de raspa de laranja

3 copos e meio de farinha

½ copo de cacau

2 colheres de chá de canela em pó

1 colher de chá de gengibre em pó

1 pitada de pimenta preta

1 pitada de cravinho

1 pitada de sal

1 colher de chá de bicarbonato de sódio

 

Bater a manteiga com o açúcar até estar cremoso e misturar o golden syrup ou melaço, o ovo e raspa de laranja. Mexer bem e adicionar a farinha amassando com a mão para incorporar. A massa é um pouco esfarelada mas é mesmo assim. Fazer um disco espalmado com a massa, embrulhar em película aderente e levar ao frigorífico por uma hora ou até três dias.

Quando for para fazer os biscoitos, retirar a massa do frigorífico e amassar novamente. Estender com o rolo numa base enfarinhada e cortar com as forminhas dos moldes desejados (usei apenas árvores de natal).

Pôr os biscoitos num tabuleiro forrado com papel de ir ao forno e cozer em forno quente por cerca de 10 minutos. Retirar do forno e deixar arrefecer.

 

Estes biscoitos podem ser decorados com a seguinte pasta:

1 clara de ovo

150 grs de açúcar em pó

Bater com a batedeira por cerca de 5 minutos. Decorar os biscoitos do modo desejado.

 

Nota: a receita veio daqui

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (2) | favorito
|
Terça-feira, 29 de Novembro de 2016

vamos lá a animar

 

Para combater o tédio dos dias sempre iguais, sempre a correr, podemos optar por começá-los de forma irreverente e em vez do estafado café e bolo de arroz (alguém ainda?) vamos é a fazer coisas mais vistosas.

Quem alinha???

 

Taça de iogurte com todos

 

IMG_20161019_091223.jpg

 

É só pôr numa taça iogurte grego, granola e maçã assada com canela. Sim, ouviram bem, maçã assada! É bom, faz bem e é fruta por isso começamos o dia logo a comer uma porção das que necessitamos ao longo do dia.

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (2) | favorito
|
Segunda-feira, 28 de Novembro de 2016

Ui!

 

Não há lanche mais fácil de fazer e com tão boa apresentação. Alguém devia ter pensado nisto há mais tempo 

 

Caracóis de Fiambre e Queijo

 

20161028_200909.jpg

 

1 embalagem de massa folhada rectangular

12 fatias de fiambre (usei de peru)

12 fatias de queijo (usei gouda)

50 grs de manteiga

1 colher de sopa de molho Inglês

1 colher de sopa de mostarda de Dijon

1 colher de sopa de sementes de papoila

 

Aquecer o forno.

Pôr a manteiga, o molho inglês, a mostarda e as sementes de papoila num tachinho e levar ao lume até derreter a manteiga. Reservar.

Estender a massa. Por cima pôr as fatias de fiambre e as fatias de queijo.

Enrolar e cortar fatias grossas, dá para cortar 12 fatias.

Põem-se num pyrex untado e por cima deita-se o molho.

Vai ao forno por cerca de 30 minutos, até estar dourado.

 

Nota: a receita veio daqui

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
|
Sexta-feira, 25 de Novembro de 2016

embora lá

 

É por esta altura que começa o corrupio de bolos, bolinhos, biscoitos. Para não deixar tudo para a última, começo já com estes, que o fim de semana apresenta-se meio chocho e nada melhor do que um forno ligado para aquecer o ambiente.

 

Biscoitos de Aveia e Melaço

 

download.png

 

100 grs de manteiga a temperatura ambiente

½ copo de açúcar amarelo

¼ de copo de açúcar

1 ovo

1 colher de sopa de melaço

1 copo de farinha de trigo

1 colher de sopa de farinha Maizena

1 e ½ copos de flocos de aveia

1 colher de chá de canela

½ colher de chá de bicarbonato de sódio

1 pitada de sal

½ copo de mirtilos secos (ou passas)

½ copo de nozes picadas

½ copo de pepitas de chocolate

 

Aquecer o forno e forrar os tabuleiros com papel de ir ao forno.

Numa taça misturar a farinha, a Maizena, a aveia, a canela, o bicarbonato e a pitada de sal.

Noutra taça bate-se a manteiga com os açúcares, o ovo e o melaço. Quando bem mexido, adiciona-se a mistura da farinha e mexe-se bem. Junta-se os mirtilos, nozes e pepitas e envolvem-se bem.

Retiram-se colheradas de massa, rolam-se entre as palmas das mãos, espalmam-se e põem-se nos tabuleiros. Levam-se ao forno por 15 a 18 minutos. Retiram-se do forno e depois de cinco minutos cá fora transferem-se para uma rede para acabar de arrefecer.    

 

Nota: receita ligeiramente adaptada desta.

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (2) | favorito
|
Quinta-feira, 24 de Novembro de 2016

simplicidade

 

Esta receita convenceu-me. Ainda por cima agora tenho fornecimento semanal de cogumelos de vários tipos.

Neste caso, os Eringy que nunca tinha experimentado mas sobre os quais tinha muita curiosidade.

Valeu!

 

Cogumelos com molho Teriyaki

 

download.png

 

3 cogumelos Eringy

2 colheres de sopa de molho de soja

2 colheres de sopa de Sake

1 pitada de açúcar (opcional)

2 colheres de sopa de óleo de amendoim

1 colher de sopa de óleo de sésamo (opcional)

Cebolinho picado

Sementes de sésamo

 

Cortar os cogumelos ao alto em fatias finas. Num prato fundo misturar o molho de soja, o sake e o açúcar, se usar. Passar as fatias de cogumelo nesta mistura e deixar repousar no prato por uns quinze minutos.

Escorrer os cogumelos e reservar a marinada. Aquecer o óleo numa frigideira larga e fritar as fatias de cogumelos, sem se sobreporem umas sobre as outras. Depois de uns minutos, viram-se para fritar do outro lado. No todo leva cerca de dez minutos.

Adiciona-se a marinada à frigideira e se necessário adicionar mais uma colher de sopa de molho de soja. Deixar apurar por dois minutos.

Servir com arroz basmati cozido e polvilhar com cebolinho picado e sementes de sésamo.

 

tags:
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
|
Terça-feira, 22 de Novembro de 2016

se tudo fosse assim tão fácil

 

Perco algum tempo a olhar para dentro do frigorífico como se me fosse resolver os problemas… e depois vejo lá uma sobra de arroz cozido e penso: problema do jantar resolvido!

Tão fácil como isso 

 

Arroz Frito

 

20161109_201249.jpg

 

Arroz cozido q.b. (usei Basmati)

2 ovos

3 colheres de sopa de molho de soja

½ cenoura picada

30 grs de ervilhas congeladas

Fiambre de peru

Aipo q.b.

Pimento vermelho q.b.

Cebolinho

1 colher de sopa de óleo de girassol

1 colher de sopa de óleo de sésamo

 

Primeiro coze-se a cenoura picada com as ervilhas por cerca de cinco minutos. Escorrem-se e reservam-se.

Bater os ovos com uma colher de sopa de molho de soja e fritar no wok ou numa frigideira com uma colher de sopa de óleo de girassol de modo a fazer uma omelete. Cortar em tirinhas e reservar.

No mesmo wok põe-se acolher de sopa de óleo de sésamo (ou de girassol se não houver de sésamo) e salteia-se o aipo e o pimento picados. Junta-se o arroz cozido, as cenouras e ervilhas cozidas e o fiambre de peru e a omelete cortados em tirinhas. Junta-se mais duas colheres de sopa de molho de soja, mexe-se e polvilha-se com o cebolinho picado.

 

tags: ,
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
|
Segunda-feira, 21 de Novembro de 2016

outra versão

 

Sim, é mais fácil sair de casa e parar no café mais perto e pedir um galão e um bolo. Ou uma torrada. Mas isto é incomparavelmente melhor e merece o esforço extra.  Que na realidade nem é tanto assim, temos apenas que contrariar a preguiça 

 

Papas de Aveia

 

IMG_20161013_091518.jpg

 

½ copo de flocos de aveia

1 pitada de sal

1 e ½ copos de água

2 colheres de sopa de açúcar

Banana às rodelas

Amêndoas em lascas, tostadas

Coco ralado, tostado

1 colher de sopa de manteiga de amendoim

 

Cozer os flocos de aveia na água com uma pitada de sal e o açúcar (pode ser com mel) por dez minutos, mexendo de vez em quando.

Para servir deitar a papa em duas taças e por cima dispor extras a gosto. Desta vez usei bananas, manteiga de amendoim, coco ralado e amêndoas tostadas.

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (6) | favorito
|
Sexta-feira, 18 de Novembro de 2016

de aproveitar

 

Nada mais fácil. E neste caso, foi mesmo para aproveitar um bocado de massa folhada que sobrou de uma tarte e um bocado de maçãs cozidas.

Fiz assim:

 

Folhados de Maçã

 

download.png

 

Massa folhada q.b.

Maçã cozida q.b.

Açúcar mascavado q.b.

Canela q.b.

 

Pôr uma colherada de maçã cozida (com canela em pau, anis estrelado e açúcar amarelo) no meio de um quadrado de massa folhada. Dobrar e polvilhar com açúcar mascavado e canela.

Levar ao forno num tabuleiro forrado com papel até alourar.

 

tags: ,
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (2) | favorito
|
Quinta-feira, 17 de Novembro de 2016

100% bom

 

Sempre que vejo almondegas à venda e vou ler a composição, nunca é 100% carne, normalmente é uma parte de carne, farinhas, etc.

Gosto de fazer a minha própria mistura, quer seja para almondegas, hambúrgueres ou bolonhesa. Normalmente peço para picarem no talho carne de peru, porco e vitela. Depois misturo à minha vontade, às vezes sai só de um tipo, outras vezes é mesmo tudo misturado, como neste caso.

 

Almondegas com Manjericão

 

20160909_121845.jpg

 

1 dl de azeite

Sal q.b.

1 cebola picada

1 dente de alho picado

1 malagueta em rodelas (sem as sementes)

¼ de pimento vermelho picado

1 dl de polpa de tomate

1 dl de água

10 folhas de manjericão

350 grs de almondegas*

 

Alourar a cebola e o alho em azeite. Juntar a malagueta, o pimento e o tomate e deixar refogar, adicionando um pouco de agua para ter mais molho (usei água de cozer a massa). Juntar as almôndegas e as folhas de manjericão e temperar de sal. Deixar cozinhar por cerca de 30 minutos. Verificar se é necessário mais um pouco de água mas o molho deve ficar grosso.

Servir com massa cozida.

 

* usei uma mistura de vitela + porco + peru, temperei com sal

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (1) | favorito
|
Terça-feira, 15 de Novembro de 2016

hoje é assim

 

Ao ver esta receita achei logo que era excelente para fazer para o jantar, mesmo a um dia de semana porque não leva muito tempo a fazer, uma horita e está tudo à mesa.

Gosto bastante de fazer a batata doce assim aos palitos para acompanhamento de carne ou peixe. E como é feita no forno, apenas com um fio de azeite, não fica tão ‘gorda’ como se fosse frita.

Como tenho na horta uns pés de couves-de-bruxelas, aproveito para as gastar misturadas com outras coisas porque sozinhas não dão uma refeição e além disso algumas delas pouco maiores do que ervilhas são.

Se não quiserem, experimentem só o salmão, fica mesmo bom!

 

Salmão no forno com batata doce e couves-de-bruxelas assadas

 

20161104_201238.jpg

 

3 batatas doces

1 mão cheia de couves-de-bruxelas

Sal e pimenta q.b.

Azeite q.b.

 

2 tranches de salmão

1 fatia grande de pão de centeio

Cebolinho picado q.b.

2 colheres de sopa de azeite

 

Forrar dois tabuleiros com papel de ir ao forno. No maior espalhar batata doce cortada em palitos e couves-de-bruxelas (se forem grandes, cortar ao meio) ou couve-flor cortada em raminhos. Temperar com sal e pimenta e ervas a gosto (orégão, tomilho, etc.) e um fio de azeite. Levar ao forno por cerca de 45 minutos, mexendo uma ou outra vez.

Ralar o pão e misturar com o cebolinho e o azeite. Pôr sobre as tranches de salmão aconchegando bem e pôr no tabuleiro mais pequeno. Levar ao forno por cerca de 15 minutos. Deve-se colocar o tabuleiro ao forno quando as batatas já lá estiverem à volta de meia hora.

Servir de imediato.

 

download.png

couves-de-bruxelas 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (2) | favorito
|
Segunda-feira, 14 de Novembro de 2016

depressa e bem!

 

Quando vi esta receita pareceu boa demais para ser verdade. Não é. É um verdadeiro achado!

Já fiz várias vezes, com variações de farinhas (centeio, integral, espelta) e de fermento (fresco e seco) e sai sempre bem.

É mesmo aquela receita que temos que saber de cor e salteado pois em qualquer momento dá para fazer, não demora muito tempo e melhor de tudo, não é preciso suar a amassar. Melhor ainda, nem sequer é preciso amassar!!!

Mas experimentem que vão ver que todos os elogios que possa fazer a este pão ficam aquém da realidade.

 

Pão Caseiro

 

20161106_123116.jpg

 

400 grs de farinha de trigo (com fermento)

100 grs de farinha de centeio

1 pitada de sal

20 grs de fermento de padeiro fresco

420 ml de água tépida

Mais farinha para polvilhar

 

Numa taça grande misturar as farinhas com o sal. Fazer um buraco no meio e deitar aí a água com o fermento desfeito. Mexer com uma colher de pau até envolver toda a farinha. Deixar repousar por uma hora.  Ao fim desse tempo pôr o forno a aquecer com um tacho ou forma refractária com tampa lá dentro por cerca de 30 minutos.

Entretanto retira-se a massa para a bancada polvilhada de farinha e polvilha-se mais farinha sobre a massa. A massa é mole com tendência a agarrar-se se for mexida demais. Dobra-se e volta a polvilhar-se. Tapa-se e deixa-se repousar cerca de 30minutos.

Retira-se o tacho do forno (com muito cuidado, está a escaldar!) polvilha-se o fundo e põe-se lá a massa, fazendo uns recortes com uma faca afiada e polvilhando com mais um pouco de farinha. Tapa-se e leva-se ao forno por cerca de 35 minutos. Ao fim desse tempo, retira-se a tampa e deixa-se acabar de cozer por mais dez minutos de modo a que a crosta fique dourada. Está pronto quando ao bater na crosta faça um som oco.

Retirar da forma e deixar arrefecer sobre uma rede.

 

tags:
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
|
Sexta-feira, 11 de Novembro de 2016

São Martinho (prova o vinho)

 

Hoje é dia de magusto. Comem-se castanhas assadas (cozidas também, com erva-doce!) e bebe-se água pé e jeropiga, ou mesmo vinho do Porto (o meu favorito).

Apesar de saberem tão bem assim, apenas assadas ou cozidas, as castanhas dão também para preparar outras iguarias.

Neste caso foi um pudim e o que usei para o fazer foi um creme de castanhas que comprei aqui há uns tempos no lidl (passe a publicidade), aquando da sua semana de produtos franceses.

Nunca tinha provado e só posso dizer que é mesmo bom. Mas é muito guloso por isso arranjei maneira de gastar logo uma porção do frasco senão é uma estragação… 

 

Pudim de Creme de Castanhas

 

20161106_115858.jpg

 

600 ml de leite

200 grs de açúcar

5 ovos pequenos

1 colher de sopa de farinha Maizena

150 grs de creme de castanhas

Caramelo líquido q.b.

 

Misturar todos os ingredientes excepto o caramelo.

Forrar uma forma de pudim com caramelo e deitar a mistura do pudim na forma.

Levar ao lume em forma tapada, em banho-Maria num tacho também com a tampa, por cerca de uma hora e quinze minutos.

Retirar a forma do tacho e deixar arrefecer. Pôr no frigorífico por umas horas depois de frio. Desenformar num prato fundo abanando ligeiramente para descolar da forma.

 

Nota: se preferirem fazer o creme de castanhas, podem usar esta receita muito simples de fazer, do blogue As Minhas Receitas.

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (2) | favorito
|
Quinta-feira, 10 de Novembro de 2016

prato do dia

 

Canelones é mais complicado de fazer do que lasanha porque temos que encher os canudinhos de massa e isso dá um bocadinho de trabalho. Mas o resultado final compensa o esforço.

Nestes dias que se avizinham frios e chuvosos, nada melhor para ocupar o tempo

 

Canelones de Peru

 

download.png

 

350 grs de peito de peru picado

2 colheres de sopa de azeite

2 dentes de alho picados

1 talo de aipo

1 beringela pequena (cerca de 150 grs)

150 grs de cogumelos

1 dl de polpa de tomate

2 dl de água

Sal q.b.

Orégãos e basílico, q.b.

12 canelones

 

Molho bechamel

650 a 750 ml de leite morno

50 g de farinha

1 noz de manteiga

1 pitada de noz-moscada

sal & pimenta preta moída no momento

 

No azeite aloura-se o alho ligeiramente junto com o aipo picado. Adiciona-se a carne picada e deixa-se cozinhar por uns minutos até perder o aspecto de cru.

Adiciona-se a beringela (pode ser curgete) e os cogumelos picados finamente. De seguida junta-se a polpa de tomate, a água e os temperos a gosto. Deixa-se apurar por 25 minutos.

Entretanto faz-se o molho bechamel. Derreter a manteiga numa caçarola e juntar a farinha. Adicionar o leite e mexer vigorosamente com uma vara de arames de modo a não formar grumos até engrossar. Não deve ficar muito espesso porque depois vai ao forno e ainda engrossa mais. Temperar com sal, pimenta preta e noz-moscada moída no momento.

Quando a carne estiver pronta põe-se dentro dos rolos de massa com uma colher de chá até ficarem bem cheios.

No fundo de um tabuleiro de pyrex põe-se um pouco de molho bechamel. Por cima dispõem-se os canelones recheados e tapa-se com o restante molho bechamel.

Leva-se ao forno por cerca de 45 minutos.

Serve-se com uma salada.

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
|
Terça-feira, 8 de Novembro de 2016

delicioso!

 

Outra variante da aveia do pequeno almoço.

Desta vez, e porque tinha o forno a uso e ainda com algum espaço livre, aproveitei para experimentar esta receita.

Saiu muito bem, outra ganhadora para os pequenos almoços semanais.

 

Aveia no Forno

 

20161030_131810.jpg

 

6 colheres de sopa de flocos de aveia

1 pitada de sal

1 colher de chá de gengibre em pó

1 colher de chá de canela em pó

1 colher de sopa de óleo de coco

2 colheres de sopa de mel

1 copo de água

½ copo de leite

 

Misturar todos os ingredientes numa taça que possa ir ao forno. Levar a forno quente até borbulhar, cerca de 20 minutos.

Servir morno ou frio com frutos secos, uvas passas, fruta cozida (usei maçãs e ruibarbo) ou fruta fresca.

 

tags:
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:48
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (2) | favorito
|
Segunda-feira, 7 de Novembro de 2016

suminho do bom

 

Toda a gente sabe que retirar as sementes a uma romã, mesmo a dar-lhe com uma colher de pau ou debaixo de água, é trabalho árduo.

Às vezes compensa, outras, mais vale cortá-las ao meio, espremer no espremedor de fazer sumo de laranja (ou liquidificar), coar e pronto!

Um belo sumo de romã, cheio de coisas boas que vão desde uma quantidade maluca de antioxidantes (três vezes mais do que o chá verde e o vinho tinto! Vinho tinto, a minha fonte inesgotável de antioxidantes! (estou a brincar, é o chá verde…)

Para além dos antioxidantes é rico em fibra, vitamina C, proteínas, vitamina K, potássio, etc.

Segundo estudos, pode ajudar a baixar a pressão sanguínea, baixar o risco de doenças do coração, infecções da boca e dentes, melhorar a memória, ajudar ao tratamento da disfunção eréctil e artrite, entre outras doenças.

Por esta altura veem-se romãs à venda em todos os supermercados, praças, feirinhas, etc. Comprei algumas na praça e também apanhei umas numa árvore que há perto de minha casa, ao que parece sem dono (ou se tem, não as apanha). Para obter 300 ml gastei quatro romãs e demorei uns dois minutos!

 

Sumo de Romã

 

download.png

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (5) | favorito
|
Sexta-feira, 4 de Novembro de 2016

ouçam...

 

Esta receita chamou-me mesmo a atenção. Chocolate!

CHO.CO.LA.TE! ouviram bem?

 

Bolo de Banana e Chocolate

 

download.png

 

100 ml de óleo de girassol

175 grs de açúcar

175 grs de farinha com fermento

½ colher de chá de bicarbonato de sódio

4 colheres de sopa rasas de cacau em pó

100 grs de pepitas ou pedaços de chocolate (usei pedaços)

175 grs de bananas bem maduras

3 ovos médios, para separar

50 ml de leite

 

Aquecer o forno. Untar uma forma (usei uma de cartão, não necessita untar).

Numa taça grande misturar o açúcar, a farinha, o bicarbonato, o cacau e os pedaços de chocolate.

Noutra taça esmagar a banana e juntar um ovo inteiro e duas gemas, seguido do óleo e do leite. Misturar bem. Bater as duas claras em castelo.

Envolver a mistura da banana com a da farinha sem mexer demais, adicionando também metade das claras batidas em castelo mas de modo a envolver, sem as desfazer, e de seguida envolver as restantes.

Deitar a massa na forma e levar a forno quente, a receita original diz por mais de uma hora mas no meu forno ficou pronto em cerca de 45 minutos. Verificar com um palito a ver se a massa está cozida. Retirar para uma rede para arrefecer.

 

Nota: a receita original também tem uma cobertura mas optei por não a fazer já que este bolo é bastante saboroso como está

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (3) | favorito
|
Quinta-feira, 3 de Novembro de 2016

alternativas

 

De quando em quando faço canja, não é coisa que aprecie por aí além mas lá tem as suas vantagens. Uma delas é que sobra galinha cozida para usar noutras refeições como saladas, sanduiches, etc.

Da última vez optei por fazer uma empada, daquelas que o Jamie Oliver tanto apregoa e que ficam sempre tão bonitas.

Esta foi a que me saiu, com bom aspecto q.b.  E de sabor, nem vos digo nada!!!

 

Empada de Galinha

 

download.png

 

1 cebola

1 talo de aipo

2 colheres de sopa de azeite

1 alho francês

200 grs de cogumelos

350 grs de galinha cozida

1 cenoura cozida

1 raminho de tomilho

1 colher de sopa bem cheia de farinha

1 colher de café de açafrão das Índias

1 copo (250 ml) de leite

Sal e pimenta q.b.

1 embalagem de massa quebrada

 

Desfiar a galinha cozida e cortar a cenoura em quadradinhos. Cortar os cogumelos em fatias e o alho francês em rodelas finas.

Alourar a cebola e o aipo picados em azeite. Juntar o alho francês e os cogumelos e deixar apurar uns minutos. Adicionar a carne, a cenoura e o tomilho, polvilhar com a farinha e o açafrão das Índias, mexer e adicionar o leite (ou água de cozer a galinha). Deixar borbulhar e engrossar o molho. Temperar com sal e pimenta.

Deitar o preparado numa tarteira, de preferência em refractário, e tapar com a massa quebrada. Fazer um buraco a meio para sair o vapor enquanto coze e enfeitar com alguma sobra de massa. Levar ao forno até a massa da tarte estar cozida, cerca de 30 a 40 minutos, dependendo do forno.

Servir com uma salada.

 

tags:
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
|
Segunda-feira, 31 de Outubro de 2016

ideias

 

Aqui vai mais uma sugestão para um pequeno almoço diferente, faz-se num instantinho e sempre ‘vareia’ do pão-com-manteiga do costume 

 

Nada de especial, a diferença é a embalagem.

 

download.png

 

Numa taça ou frasco (se for para levar é melhor) põe-se granola, por cima iogurte natural (usei grego) e por cima fruta e um fio de mel.

Desta vez usei framboesas, mirtilos e umas bagas que me deram como sendo groselhas mas que na verdade são conhecidas por azeitona de outono. Nunca tinha visto, nunca tinha ouvido falar mas são maravilhosas. Doces como tudo e lindas.

Deram-me uns ramos delas e não sei se vai pegar ou não mas espetei uns pelo quintal a ver no que dá. As folhas são verde escuro na parte da frente e na parte de trás parecem prateadas. Pelo que li, existem bastante nos Açores e lá são conhecidas como groselhas-dos açores.

 

download (1).png

 

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
|
Sexta-feira, 28 de Outubro de 2016

escolhas

 

Nunca são demais para mim as maneiras de usar maçãs em sobremesas. É a modos como que uma obsessão, confesso.

Sempre que vejo uma receita de tarte, crumble, bolo ou queques de maçã tenho logo que ir ver se aquela ainda é melhor do que as outras.

Esta receita que vi por aí é muito boa, pode não ser a melhor (no que diz respeito a maçãs já estou num patamar de grande exigência ) mas voltaria a fazê-la, se não houvesse uma lista de milhares para experimentar…

 

Crumble de maçã

 

20160922_135748.jpg

 

150 grs de farinha de trigo

50 grs de amêndoa moída

50 grs de flocos de aveia

125 grs de manteiga cortada em cubos, bem fria

35 grs de açúcar mascavado

35 grs de açúcar branco

750 grs de maçãs preparadas

1 colher de sopa de açúcar

2 colheres de sopa de água

1 colher de chá de canela em pó

 

Numa taça misturar a farinha com a amêndoa, os flocos de aveia e os açúcares. Adicionar os cubos de manteiga e com um garfo ou as mãos bem frias misturar bem até ficar uma espécie de migalhas. Reservar no frio.

Levar as maçãs descascadas e cortadas em fatias grossas ao lume num tachinho com uma colher de sopa de açúcar, duas colheres de sopa de água e a canela por cerca de dez minutos. Podem-se acrescentar outras especiarias a gosto ou substituir por baunilha.

Deitar a fruta numa tarteira e por cima espalhar a massa esfarelada. Levar ao forno bem quente até o topo estar dourado e a parte da fruta a borbulhar, 30 a 45 minutos, dependendo do forno.

Deixar arrefecer e servir com uma bola de gelado.

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (4) | favorito
|
Quinta-feira, 27 de Outubro de 2016

sobras dignas

 

De vez em quando as sobras de carnes encontram outro caminho que não o velho empadão de carne. Aqui, e adaptando uma velha receita do icónico Chefe Silva, deu uns fabulosos croquetes em forma de bolinha (mais ou menos…)

Sim, é frito, mas perdoa-se o mal que faz, pelo bem que sabe 

 

Croquetes de Cozido

 

20160923_201748.jpg

 

400 grs de sobras de carnes e enchidos de cozido, picados

1 cebola picada

2 dentes de alho picados

1 dl de azeite

1 colher de sopa bem cheia de farinha

250 ml de água do cozido ou leite

Sal q.b.

Noz moscada e pimenta q.b.

1 ovo

50 grs de pão ralado

Óleo de girassol

 

Alourar a cebola no azeite e juntar os dentes de alho. Mexer e adicionar a carne picada e deixar apurar. Juntar uma colher de sopa bem cheia de farinha e mexer. De seguida juntar água de cozer as carnes ou leite e envolver bem de modo a ficar um creme não muito líquido. Temperar a gosto com noz moscada e pimenta, verificar o sal (atenção que as carnes e enchidos já estão temperadas).

Deixar arrefecer esta mistura e pôr no frio para enrijecer. Quando bem frio, moldar bolas ou croquetes e passar por ovo e pão ralado. O pão pode ser uma fatia de pão rijo que se rala, fica com a migalha maior e assim os croquetes ficam muito mais crocantes do que usando o pão ralado comprado.

Fritar em óleo bem quente (sem ficarem mergulhados em óleo) até estarem douradinhos. Escorrer em papel absorvente.

Servir como petisco ou como refeição principal.

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
|
Terça-feira, 25 de Outubro de 2016

sou do que é bom

 

Sou mais de chocos do que de lulas mas sou ainda mais de polvo do que de chocos e lulas.

Mas de vez em quando, lá aparecem.

 

Choquinhos estufados

 

download.png

 

½ kg de choquinhos limpos

2 dentes de alho picados

1 malagueta

Sal q.b.

1 dl de azeite

1 dl de vinho branco

Coentros picados

 

Aquecer o azeite numa sertã e alourar os dentes de alho picados. Adicionar os choquinhos e a malagueta, temperar de sal a gosto e deixar fritar durantes dez minutos.  Adicionar o vinho e tapar para criar molho e acabar de cozer, normalmente demora mais uns vinte minutos. Polvilhar com os coentros picados e servir com batata cozida.

 

Nota: pode ser usada salsa em vez de coentros

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (2) | favorito
|
Segunda-feira, 24 de Outubro de 2016

sopas de beber

 

Nada como uma caneca de sopa para aquecer corpo e alma. Com a chuva que tem caído, os meus espinafres reapareceram em grande estilo pelo que todas as sugestões não são demais para os gastar. Esta cai mesmo bem.

 

Creme de Espinafres

 

20161018_201102.jpg

 

1 cebola cortada em quartos

1 batata doce cortada em rodelas grossas

1 curgete pequena com a casca cortada em rodelas grossas

1 nabo pequeno cortado em quartos

2 batatas cortadas em quartos

2 mãos-cheias de espinafres

Sal q.b.

Azeite q.b.

750 ml de água a ferver

 

No fundo da panela põe-se o azeite e de seguida os restantes ingredientes, excepto os espinafres e a água. Leva-se ao lume e mexe-se para não pegar, deixando alourar ligeiramente. Adiciona-se a água a ferver e deixa-se levantar fervura, juntam-se os espinafres e deixa-se cozer por uns vinte minutos. Tritura-se com a varinha mágica e serve-se bem quente.

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
|
Sexta-feira, 21 de Outubro de 2016

quase lá (no fim de semana)

 

A chamar os últimos raios de sol, agora parece que já nem aquecem mas sabem sempre bem.

Venham mais dias assim, brilhantes!

 

Sobremesa de Iogurte e Curd de Limão

 

download.png

 

300 grs de iogurte grego natural

4 colheres de sopa de lemon curd (ou compota de outra fruta)

1 suspiro

2 amoras

 

Distribuir os ingredientes por duas taças de sobremesa: primeiro o doce de limão (ou de outra fruta a gosto), depois o iogurte e por cima o suspiro esfarelado e uma amora em cada taça, a enfeitar.

Não é necessário acrescentar qualquer açúcar visto que o suspiro já é doce que chegue para fazer desta sobremesa uma coisa muito gulosa.

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 12:40
link do post | mandar uns bitaites | favorito
|
Quinta-feira, 20 de Outubro de 2016

do estrangeiro

 

Uma amiga foi em tempos num cruzeiro por essa Europa fora, Marselha incluída. Trouxe-me Ervas de Provença misturadas com flor de sal num tubinho tipo tubo de ensaio, mesmo giro.
Estão mesmo no fim mas ainda mantêm um aroma e sabor maravilhosos. Acho que acompanham muito bem carnes brancas e carne de porco.
Nesta receita foram o ingrediente que fez a diferença.

 

Bifinhos de Peru com Ervas de Provença

 

20161014_195410.jpg

 (antes de ir ao lume)

 

1 dl de azeite
1 malagueta
2 dentes de alho
1 dl de vinho branco
2 bifes de peru cortado em bocados pequenos
sal q.b.
ervas da Provença q.b.

Pôr no fundo da frigideira o azeite , os dentes de alho e a malagueta cortada ao meio (sem as sementes, para os menos corajosos :) ) e o vinho.
Temperar com sal e ervas de Provença.
Levar ao lume, tapado. Deixar cozinhar por cerca de 15 a 20 minutos, depensendo da grossura dos bifes. A meio da cozedura virar os bifes.
Servir com massa de torcidinhos colorida.

 

tags:
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (4) | favorito
|
Terça-feira, 18 de Outubro de 2016

novos ingredientes

 

O Nigel Slater tem um livro que se chama ‘The Little book of fast food’. É um livro bem pensado e tem inúmeras sugestões para fast food, da boa.

Esta receita foi adaptada de uma das que está no livro. Mais rápida não podia ser e fica mesmo saboroso.

Foi a primeira vez que usei massa Soba, de que já tinha ouvido falar muitas vezes mas que na minha ‘merdaleja’ nunca encontrei à venda. Até que um dia destes o Lidl promoveu uma semana asiática e desta vez tinha à venda esta massa. Não escapou! É diferente mas tem bastante sabor.

 

Salmão com massa Soba

 

20160908_131145.jpg

 

1 pacote de massa Soba (200 grs)

2 lombos de salmão

1 malagueta

3 colheres de sopa de molho de soja

1 colheres de sopa de molho de peixe

2 colheres de sopa de óleo de sésamo (ou de girassol, amendoim, milho, etc)

Coentros e/ou cebolinho picados

Sementes de sésamo

 

Cozer a massa (cerca de 6 minutos) escorrer e passar por água fria.

Cortar os lombos de salmão em quadradinhos.

Num wok ou frigideira larga aquecer o óleo e fritar os bocadinhos de salmão. Adicionar a malagueta cortada em rodelas fininhas e a massa cozida e escorrida. Mexer e deitar molho de soja e molho de peixe envolvendo bem. Salpicar com as ervas e com as sementes de sésamo.

Servir de imediato.

 

Nota: a massa pode ser outra qualquer, esparguete ou massa chinesa.

 

tags: ,
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito (1)
|
Segunda-feira, 17 de Outubro de 2016

'bora então

 

Mais uma sugestão. Esta é para os que acham que para se fazerem tostas mistas é preciso ter uma máquina de prensar. Não é, garanto. Pode ser feito numa frigideira (sertã para os amigos) e algum peso em cima: um fervedor cheio de água, uma ou duas latas de feijão, um tijolo-burro!

Fácil, fácil.

 

Tosta Mista na Frigideira

 

20160904_204351.jpg

 

4 fatias de pão rústico (usei triga-milha)

4 fatias de queijo (usei Gouda)

2 fatias de fiambre de peru, ou paio do lombo, ou presunto

Manteiga q.b.

 

Untar as fatias de pão de um lado com manteiga. Pôr a parte que tem manteiga de duas delas sobre a frigideira. Por cima põe-se as fatias de queijo, as de fiambre e novamente as de queijo. Tapa-se com as outras fatias de pão, com a parte da manteiga para cima.

Leva-se a lume brando por uns cinco minutos tapado com um prato e sobre o prato algo que faça peso para espalmar as tostas. Viram-se e põe-se novamente o peso em cima. Deixam-se estar mais dois ou três minutos, até estarem douradas e o queijo completamente derretido.

 

Nota: o recheio: além do queijo que é essencial pode ser qualquer coisa, cogumelos salteados, curgetes salteadas, sobras de carne, frango de churrasco, atum, salmão, etc.

 

tags: ,
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
|
Sexta-feira, 14 de Outubro de 2016

sobremesa ligeira

 

Muito bom, fácil de fazer e excelente para ter no frigorífico para aqueles raides nocturnos.

Se pensarmos, a maior parte é leite e isso faz bem… certo? 

 

Creme Caramelo

 

download.png

 

4 colheres de sopa de manteiga (60 grs)

1 copo de açúcar amarelo

1 pitada de sal

3 colheres de sopa de farinha Maizena

2 ½ copos de leite (625 ml)

2 ovos grandes

2 colhers de sopa de whiskey

1 colher de chá de extracto de baunilha

 

Numa caçarola derrete-se a manteiga e adiciona-se o açúcar. Mexe-se para que o açúcar fique molhado e retira-se do lume.

Numa taça mistura-se a farinha Maizena com um pouco de leite até deixar de ter grumos. Juntam-se os ovos e bate-se bem.

Junta-se o restante leite à caçarola com a manteiga e açúcar e também a farinha Maizena dissolvida com os ovos.

Mistura-se tudo muito bem e leva-se ao lume mexendo até engrossar. Retira-se do lume e adiciona-se o whiskey e a baunilha.

Deita-se em tacinhas e deixa-se arrefecer antes de servir (deu seis porções pequenas)

 

Nota: receita encontrada aqui.

 

tags:
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (2) | favorito
|
Quinta-feira, 13 de Outubro de 2016

vavum!

 

Ideias de execução rápida, alguém pediu?

Cá está!

 

Pataniscas de Curgete

 

download.png

 

1 curgete média ralada

1 cebola ralada

2 ovos

3 colheres de sopa de farinha de trigo

1 colher de chá de fermento em pó

2 colheres de sopa de ervas picadas (usei cebolinho, menta e salsa)

1 pitada de sal

50 grs de queijo Feta esfarelado

Azeite q.b.

 

Espremer a curgete e cebola raladas para perderem o excesso de líquido.

Misturar todos os ingredientes numa taça e fritar colheradas da massa numa frigideira com um fundo de azeite.

Escorrer em papel de cozinha e servir quente ou frio.

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (2) | favorito (1)
|
Quarta-feira, 12 de Outubro de 2016

Perishable Thoughts...

 

Toupeiras… ao que parece estão em vias de extinção… na minha horta estão de saúde e até se recomendam, umas às outras.

Além do problema dos montes que levantam, é o problema dos cães que mal veem um desses montes, escavam até caber um carro lá dentro, passe o exagero, a ver se as encontram!

Por isso agora há destas plantas espalhadas por lá, diz que não gostam do cheiro e fogem.

Não sei o nome da planta e também ainda não sei se é eficaz.

Aguardemos...

 

download.png

 

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (3) | favorito
|
Terça-feira, 11 de Outubro de 2016

opções

 

Nunca são demais as opções para tartes, quiches ou outras sugestões de refeições vegetarianas. Confesso que cada vez menos me apetece comer carne e muitas das refeições, principalmente ao jantar, variam entre sopas e mais qualquer coisinha para aconchegar. 

 

Tarte de Cogumelos

 

IMG_20150720_125221.jpg

 

1 embalagem de cogumelos castanhos (300 grs)

2 dentes de alho

1 colher de sopa de azeite

Sal e pimenta q.b.

1 embalagem de massa folhada

1 queijo mozarela fresco

1 colher de sopa de orégãos

3 ovos grandes

100 ml de natas de soja

 

Saltear os cogumelos cortados em quartos ou fatias no azeite com os alhos picados. Temperar a gosto com sal e pimenta.

Estender a massa na forma. Cortar o queijo em pedaços e dispor sobre a massa. Polvilhar com os orégãos e por cima pôr os cogumelos salteados.

Numa taça bater os ovos com as natas e temperar com sal a gosto se necessário. Deitar na tarteira e por cima salpicar com pimenta moída na altura.

Levar a forno médio por 20 a 30 minutos.

 

Nota: Se sobrar um pouco de massa, podem-se fazer enfeites na tarte

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
|
Sexta-feira, 7 de Outubro de 2016

em modo compota #13

 

Se este doce chegar ao Natal, é provável que alguém receba um frasquinho dele. Mas ficou tão bom que não respondo pelas minhas acções… o mais provável é ser todo para mim!

 

Doce de Figo com Anis Estrelado

 

20160921_193224.jpg

 

 

1 kg de figos Pingo de Mel

600 grs de açúcar amarelo

1 pau de canela

2 estrelas de anis

1 casca de limão

1 dl de vinho do Porto

 

Colocar todos os ingredientes num tacho largo e levar ao lume por cerca de 75 minutos. Retirar o pau de canela, as estrelas de anis e a casca de limão e passar com a varinha mágica. Deitar de imediato em frascos esterilizados. Passado algumas horas as tampas baixam devido ao vácuo criado.

Guardar em lugar fresco e seco até abrir, após abertura guardar no frigorífico.

 

tags: ,
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (5) | favorito
|
Quinta-feira, 6 de Outubro de 2016

sabores do tempo

 

Não me importo de deixar o verão para trás, certos dias de calor insuportável, mal dá para respirar. Gosto do outono, das temperaturas mais amenas embora as manhãs, cedinho, sejam bem frescas e como ainda andamos como o tolo no meio da ponte sem saber bem o que vestir, por vezes custa 

Mas esta receita, de sabores outonais, cai sempre bem. Experimentem.

 

Pá de Porco Assada

 

download.png

 

 

1 kg de pá de porco com osso e courato

1 colher de sopa de sementes de erva-doce

1 raminho de alecrim

Sal q.b.

1 cebola (usei roxa)

2 dentes de alho

2 batatas doces com a pele

1 marmelo com a pele

4 batatas com a pele

2 dl de azeite

1 cerveja mini branca

 

Temperar a carne com sal, as sementes de erva-doce e o alecrim.

No fundo de um tabuleiro põe-se a cebola cortada em meias luas, os dentes de alho picados, a carne temperada e as batatas e marmelo, cortados ao meio ou em quartos. Deita-se o azeite por cima, tapa-se o tabuleiro com uma tampa ou papel de alumínio e leva-se ao forno por cerca de duas horas e meia.

Ao fim de uma hora, retira-se do forno e põe-se metade da cerveja. Leva-se ao forno por mais uma hora e volta-se a repetir deitando a restante cerveja. Vai novamente para o forno acabar de assar. Desliga-se e deixa-se repousar por uns dez minutos antes de servir.

 

tags:
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (2) | favorito
|
Terça-feira, 4 de Outubro de 2016

que lata!

 

Há quem não goste nada de comida enlatada. Eu adoro!

 

Bolinhos de Cavala

 

20160906_200339.jpg

 

2 batatas cozidas

1 lata de cavala em azeite (escorrida)

2 ovos

1 colher de sopa de farinha de trigo

½ colher de chá de fermento em pó

½ colher de chá de colorau em pó

½ colher de chá chilli em pó ou piripiri

Ervas aromáticas picadas (usei aipo, cebolinho, menta vietnamita)

Óleo de girassol para fritar

 

Esmigalhar as batatas e juntar a cavala em lascas, e todos os restantes ingredientes. Moldar bolinhos com duas colheres e fritar em óleo de girassol.

Escorrer em papel absorvente.

 

tags:
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (2) | favorito
|
Segunda-feira, 3 de Outubro de 2016

não custa nada...

 

Apetecem sempre mas os fins de semana ainda pedem mais. Panquecas, das boas 

 

Panquecas

 

20160914_100230.jpg

 

1 copo de farinha de trigo

1 colher de chá de fermento em pó

1 colher de sopa de açúcar

2 colheres de sopa de flocos de aveia

1 ovo

1 copo de leite

2 colheres de sopa de manteiga derretida

 

Numa taça misturar a farinha, fermento, aveia e açúcar.

Noutra taça misturar o ovo com o leite e a manteiga derretida.

Envolver as duas misturas, não é necessário bater muito.

Aquecer uma frigideira antiaderente e untar com manteiga. Deitar uma concha de massa na frigideira e deixar em lume médio até começar a borbulhar. Virar a panqueca e deixar mais um minuto ou dois. Retirar e repetir todo o processo até acabar a massa.

Servir com fruta fresca e mel.

 

tags:
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
|
Sexta-feira, 30 de Setembro de 2016

cranzacs...

 

Que saudades! Há quanto tempo não aparecia por aqui uma receitinha de biscoitos!!!!!!!!!!

Que não vos falte 

 

Biscoitos de Aveia e Cranberries

 

bikkies

 

1 copo de flocos de aveia

1 copo de açúcar amarelo (usei um pouco menos)

1 e ¼ copos de farinha de trigo integral

1 copo de coco ralado

½ copo de arandos (cranberries) secos picados

½ colher de chá de bicarbonato de sódio

1 pitada de sal

3 colheres de sopa de água quente

60 grs de manteiga ou margarina

¼ de copo de Golden Syrup (ou mel)

 

Aquecer o forno e forrar um tabuleiro com papel de ir ao forno.

Numa taça misturar flocos de aveia, açúcar, farinha, coco ralado, cranberries, bicarbonato e sal.

Derreter a manteiga e misturar com a água e com o Golden Syrup (ou mel).

Adicionar à mistura da aveia e com as mão envolver bem. Moldar bolinhas e achatar. É necessário apertar bem com as mãos pois a massa parece um pouco seca mas é mesmo assim.

Levar ao forno por cerca de 12 a 15 minutos (ou até estar dourado). Quando se retiram do forno devem-se deixar repousar dois ou três minutos no tabuleiro e depois retirar para uma rede para arrefecerem. Ficam mais rijos quando arrefecem.

 

Nota: receita original do livro Ready for Dessert do David Lebovitz

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (2) | favorito
|
Quinta-feira, 29 de Setembro de 2016

inspirações

 

Esta salada foi inspirada nesta receita. Muito ligeiramente inspirada já que acabei por não fazer quase nada igual. Mas é para isso que servem os milhões de receitas que encontramos por aí, são ideias que usamos para por à prova a nossa criatividade. E funciona (na maioria das vezes…) 

Como qualquer salada, é muito versátil e podem ser usados outros ingredientes e mesmo assim ficar tão maravilhosa como esta ficou.

E apesar de ser uma salada, com frango grelhado, tem um ar perfeitamente outonal, ora digam lá.

 

Salada de Frango Mediterrânica

 

20160911_131633

 

Peitos de frango grelhados

Legumes salteados

Macarrão cozido

Molho

 

Temperar os peitos de frango com sal, mistura de ervas aromáticas secas e sumo de limão. Grelhar de modo a que fique bastante tostado por fora (grelhei numa frigideira antiaderente sem gordura).

Pôr azeite no fundo de uma frigideira e adicionar: cebola roxa em meias-luas, beringela em rodelas, curgete em rodelas (também usei flores de curgetes!), cogumelos fatiados, pimento vermelho em tiras, sal e pimenta q.b.

Levar ao lume, tapado, de modo a refogar esta mistura de vegetais por cerca de meia hora.

Fazer o molho misturando uma colher de sopa de tahini com uma colher de sopa de mostarda à antiga (daquela com grãos), uma colher de sobremesa de mel e vinagre de vinho tinto e azeite q.b.

Põe-se o macarrão cozido e escorrido numa taça grande e por cima dispõem-se os vegetais refogados e rega-se com o molho.

Cortar o frango grelhado em fatias e dispor sobre a salada.

 

Notas:

a mistura de ervas aromáticas pode ser de compra ou feita em casa (ex: orégãos, tomilho, salsa, etc); podem ser usadas Ervas da Provença

O tahini é uma pasta de sésamo que já existe à venda na maioria dos supermercados. Pode ser substituída por manteiga de amendoim ou de amêndoas

 

download

 flores de curgete e mini curgetes

 

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
|
Quarta-feira, 28 de Setembro de 2016

em modo compota #12

 

Para aproveitar tomate quando está quase a estourar de maduro, nada melhor do que um doce! Para isso o melhor é o coração-de-boi, tem mais polpa. Mas qualquer outro serve, até já fiz com tomates cherry, tal a quantidade em certos anos.

 

Doce de Tomate com Limonete

 

20160919_094754.jpg

 

1.250 grs de tomate bem maduro sem pele

10 folhas de limonete (lúcia-lima)

900 grs de açúcar (usei amarelo)

 

Pôr o tomate cortado em pedaços num tacho grande juntamente com as folhas de limonete e o açúcar. Deixar levantar fervura e baixar o lume para médio/baixo. Deixar cozer por cerca de 90 minutos, esmagando os pedaços maiores com uma colher grande.

Retirar as folhas de limonete e deitar o doce em frascos esterilizados. Fechar de imediato. Passado algumas horas as tampas baixam devido ao vácuo criado.

Guardar em lugar fresco e seco até abrir, após abertura guardar no frigorífico.

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
|
Terça-feira, 27 de Setembro de 2016

haja tomates!

 

Ainda estão nas bancas das praças, mercados, lojas e supermercados porque este ano tudo veio mais tarde do que o costume.

Para esta sopa, quanto mais  maduros melhor!

 

Creme de Tomate

 

download.png

 

1 cebola pequena

1 alho francês pequeno (apenas a parte branca)

Azeite q.b.

4 tomates coração-de-boi bem maduros

Sal q.b.

1 pitada de açúcar (opcional)

600 ml de água

1 ovo cozido (opcional)

 

Aquecer o azeite numa panela e alourar a cebola e o alho francês. Juntar os tomates cortados em pedaços e deixar refogar uns minutos. Juntar a água e temperar com sal. Se necessário juntar também uma pitada de açúcar, caso os tomates sejam muito ácidos. Deixar levantar fervura e cozer por cerca de 20 minutos. Passar com a varinha mágica e coar num passador para descartar as peles.

Servir com ovo cozido e tostas.

 

tags: ,
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (2) | favorito
|
Segunda-feira, 26 de Setembro de 2016

dos dias longos

 

Regressos fáceis, vagarosos, descomplicados… depois de três semanas ausente daqui (mas não da cozinha) sabe bem voltar a algumas rotinas.

 

Tostas de Figos

 

20160913_093738.jpg

 

2 tostas (ou fatias de pão torrado)

1 queijo fresco (usei de Burgos)

2 figos Pingo de Mel

Mel q.b.

 

Sobre o pão dispõe-se o queijo cortado em rodelas e por cima põem-se os figos também em rodelas. Rega-se com um fiozinho de mel.

 

tags: ,
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (2) | favorito (1)
|
Sexta-feira, 2 de Setembro de 2016

e pronto!

 

Como é, já cá estão todos? Já arrumaram as malas, já compraram os livros e cadernos, já arejaram os kispos, as mochilas e tudo?

Pronto, agora é a minha vez (como disse alguém: nenhum dia é tão longo que não acabe ao anoitecer…)

Até daqui a uns dias 

 

Cobbler de Pêssego e Mirtilos

 

download.png

 

6 pêssegos

1 mão cheia de mirtilos

raspa e sumo de 1 limão

1 colher de chá de farinha Maizena

50 grs manteiga amolecida

1 copo açúcar

¾ de copo de farinha

1 colher de chá de fermento em pó

1 pitada sal

½ copo de leite

½ copo de água ferver

 

Aquecer o forno a 175ºC.

Descascar e cortar os pêssegos em fatias com cerca de meio centímetro. Pôr num tabuleiro de ir ao forno e por cima espalhar os mirtilos, a raspa de limão, o sumo e a farinha Maizena. Envolver bem.

Numa taça bater a manteiga amolecida com o açúcar (menos três colheres de sopa). Juntar a farinha, fermento e sal e mexer até ficar uma mistura esfarelada. Adicionar o leite e mexer.

Deitar às colheradas sobre os pêssegos. Por cima espalhar as três colheres de sopa de açúcar e a água a ferver.

Levar ao forno por 50 a 60 minutos ou até a massa estar alourada e o molho a borbulhar.

Servir morno com uma bola de gelado de baunilha.

 

Nota: receita adaptada desta. Fiz apenas metade e deu para quatro à vontade (ou seis que fossem menos lambões )

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (2) | favorito
|
Quinta-feira, 1 de Setembro de 2016

teclado

 

Quase nem tem receita, apenas uma mistura de ingredientes que ao fim de algum tempo a assar, se apresentam divinais.

Experimentem!

 

Entrecosto no Forno

 

IMG_5309.jpg

 

750 grs de entrecosto,

1 ramo de alecrim

1 colher de sopa de massa de pimentão

½ copo de vinho

1 colher de chá de piripiri

Sal q.b.

Azeite

 

Misturar todos os ingredientes, excepto o azeite, e marinar de um dia para o outro ou por algumas horas.

Espalhar num tabuleiro (de preferência forrado com papel vegetal, é mais fácil para limpar) e regar com um fio de azeite. Levar ao forno por cerca de uma hora, até estar bem tostado.

 

tags: ,
publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | ver bitaites (2) | favorito
|
Terça-feira, 30 de Agosto de 2016

mesmo a calhar

 

Este é o tipo de comida que eu considero fast food. É rápida de fazer, sabe muito bem e não é lá do mais saudável que há…

Mas de vez em quando é mesmo disto que precisamos!

 

Pescada à Brás

 

20160730_200609.jpg

 

4 lombos/tranches de pescada

1 cebola

1 dente de alho

Azeite q.b.

200 grs de batata palha

4 ovos

Sal e pimenta q.b.

Salsa picada

Azeitonas

 

Cortar a cebola em meias luas finas e alourar em azeite juntamente com um dente de alho picado. Juntar as tranches de pescada e tapar. Deixar cozer por uns dez minutos e com a colher de pau esfarelar a pescada em bocados pequenos. Juntar a batata palha e envolver. Tapar novamente e deixar amolecer por uns três ou quatro minutos. Adicionar os ovos batidos e envolver rapidamente. Temperar com sal e pimenta (atenção que a batata já vem com sal) e salpicar com a salsa picada.

Servir com azeitonas e uma salada de tomate.

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
|
Segunda-feira, 29 de Agosto de 2016

para começar!

 

Não me canso disto…

 

Aveia com Pistachos

 

IMG_20160817_084816.jpg

 

3 colheres de sopa de flocos de aveia

1 colher de sopa de sementes de chia

250 ml de iogurte grego (usei magro)

1 colher de sopa de compota de amora

10 pistachos

 

Misturar os flocos de aveia, as sementes de chia e o iogurte numa taça e reservar no frigorífico até à manhã seguinte.

Na altura de servir adicionar  a compota de amora e os pistachos bem picadinhos.

Esta quantidade deu para duas taças.

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
|
Sexta-feira, 26 de Agosto de 2016

Ui!

 

Havia de ser bonito! A época das curgetes quase a acabar e nada de bolo de curgete! É que nem a festa se fazia!!!

 

Bolo de Curgete

 

20160815_194939a.jpg

 

2 copos de farinha de trigo com fermento

1 colher de chá de bicarbonato de sódio

1 colher de chá de canela em pó

1 pitada de sal

2 copos de curgete ralada (e espremida)

¼ de copo de açúcar branco

1 copo de açúcar amarelo

4 ovos

1 colher de chá de extracto de baunilha

1 copo de iogurte grego

 

Aquecer o forno a 180ºC. Untar uma forma (de preferência um tabuleiro)

Numa taça misturar a farinha com o bicarbonato, a canela e o sal.

Numa outra taça maior bater a curgete com os açúcares, os ovos, a baunilha e o iogurte.

Adicionar a mistura da farinha e envolver sem mexer demais.

Deitar na forma e levar ao forno por cerca de 25 a 30 minutos (verificar com um palito).

Retirar do forno e deixar arrefecer.

 

Nota: a receita foi adaptada desta. Optei por não fazer a cobertura porque este era um bolo para ir comendo ao longo da semana e não se pretendia com cremes

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
|
Quinta-feira, 25 de Agosto de 2016

que penne...

 

Ninguém sabe bem que apareceu com esta receita. O mais certo é ter sido algum americano. Não sei nem me interessa, interessa que isto é bom, sabe bem e é outra maneira de fazer um molho com carne picada, para variar.

Qualquer entendido das receitas que ande por aí e saiba quem criou esta, agradeço 

 

Penne alla Vodka

 

download.png

 

1 cebola picada

3 colheres de sopa de azeite

300 grs de carne picada (usei novilho e porco)

Sal q.b.

60 ml de vodca

400 grs de tomate triturado (de lata, congelado ou fresco, tanto faz)

50 ml de natas

Macarrão cozido q.b.

 

Alourar a cebola no azeite e adicionar a carne. Temperar com sal a gosto e deixar fritar mexendo para não ficar em grumos e juntar a vodca. Deixar evaporar por um ou dois minutos e de seguida juntar o tomate triturado. Fica a fervilhar por uns 20 minutos em lume brando. Juntar as natas. Mexer e adicionar o macarrão cozido.

Servir de imediato.

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
|
Quarta-feira, 24 de Agosto de 2016

Cool Gadgets

 

Continuam a chegar às minhas mãos apetrechos para fazer chá! Não sei se isto é alguma indirecta… mas seja como for este veio direitinho desde Amsterdão (atenção, vinha vazio! ) e é mesmo lindinho.

Põe-se o chá dentro daquele ovinho, mete-se na água quente e lá fica ele a flutuar. Depois vai novamente para o ‘ninho’ para não ficar para ali a escorrer.

Muito esperto!

 

Infusor de Chá

 

download.png

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
|
Terça-feira, 23 de Agosto de 2016

em modo compota #11

 

As amoras da minha irmã, além de gigantes, dão uma compota excelente. Mas também pode ser feita com amoras da beira dos caminhos (que este ano estão atrasadas).

 

Compota de Amoras

 

download.png

 

750 grs de amoras

500 grs de açúcar

Sumo de um limão

 

Levar as amoras e o açúcar ao lume num tacho largo. Quando levantar fervura, adicionar o sumo de limão e baixar o lume para ir fervendo lentamente e não deitar por fora. Ao fim de 40 minutos, retirar o excesso de espuma e esmagar a maioria das amoras com as costas de uma colher (ou com um utensílio de amassar as batatas para o puré). Deitar em frascos esterilizados e tapar de imediato.

 

Nota: as amoras têm muita pectina e fazem uma compota muito espessa, tipo gelatina. Se preferirem um doce mais líquido deixem estar menos tempo ao lume, aí uma meia hora é suficiente.

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:00
link do post | mandar uns bitaites | favorito
|
Segunda-feira, 22 de Agosto de 2016

na calma...

 

Mesmo de verão, com muito ou pouco calor, não deixo de comer sopa, principalmente ao jantar.

São nutritivas, aconchegantes (em dias frios são o mesmo que um cobertor à nossa volta ) e ajudam a deixar menos espaço livre para as outras coisas gordalhufas. Só vantagens, como se vê…

 

Creme de Cogumelos

 

20160726_202259.jpg

 

1 cebola

1 curgete grande

1 nabo

10 cogumelos pequenos

2 batatas

750 ml água a ferver

Sal q.b.

Azeite q.b.

Orégãos ou za’atar, q.b.

 

Cortar a cebola em pedaços e alourar ligeiramente no azeite. Juntar os restantes ingredientes e a água a ferver, temperar com o sal e de seguida deixar cozer por cerca de 20 minutos. Triturar com a varinha mágica e servir polvilhado com orégãos ou za’atar.

 

publicado por belitaarainhadoscouratos às 13:29
link do post | mandar uns bitaites | favorito
|

mais sobre mim

cuscar

quantos são? quantos são?

HTML Hit Counter
pc computer components

digam qualquer coisa

coolinaria@sapo.pt

A Belita no Facebook!

My taste

mytaste.pt

armazém de receitas

tags

todas as tags

os meus livros de receitas, alguns...

blogs SAPO

subscrever feeds